A Igreja e os Motéis

0

O povo brasileiro tem muita fé. Alias, não há como duvidar, afinal, se não fosse esta fé que remove até montanhas, esse povo não sobreviveria a tanta crueldade patrocinada pela maioria dos políticos. E fé, como futebol, não se discute. O que deve ser discutido são certos comportamentos de determinados setores religiosos que, em nome de um moralismo retrógrado e desacreditado, criam certas barreiras dentro de uma sociedade moderna, que já adota o sexo com naturalidade e o pratica de forma prazerosa. Existem coisas muito mais importantes a fazer, do que discutir o local, o município e a cama em que se deita e rola todos os casais normais – e anormais – de Aracaju. A Igreja Católica deve estar hoje em estado de graça. Ontem, através de seu representante maior em Aracaju, dom Lessa, invadiu a Câmara Municipal para pressionar, com a sua presença, os vereadores a votar favorável ao veto do prefeito Marcelo Deda (PSB), ao projeto de lei do vereador Elber Batalha (PSB), que regulamentava o funcionamento de pousadas e motéis em Aracaju. Marcelo Deda, como bom estrategista político em ano de campanha, tirou sua cabeça da mira e colocou a batata quente nas mãos dos vereadores. Não que o prefeito seja contra o que acontece por baixo dos lençóis nas pousadas de Aracaju, mas ele sabe que se trata de uma questão de boa jogada eleitoral. Deda não é tão pudico para considerar que um motel ou pousada em Aracaju seja o fogo dos infernos. Mas entende que, neste período não é recomendável brigar com juiz ou padre. Os vereadores, que também não são ingênuos, sucumbiram ao poder da Santa Igreja e mantiveram o veto ao projeto, por 16 votos a 4, deixando assim os moralistas de plantão mais tranqüilos para dormirem sossegados, mesmo sabendo que seus filhos, a partir de agora, não poderão mais se entregar aos prazeres da carne em motéis de Aracaju. O projeto de lei do vereador Elber Batalha é avançado. Nas capitais de nenhum Estado deste país existe tanto pudor. Aliás, a igreja sempre pregou a virgindade e a pratica da atividade sexual depois do casamento, jamais onde se constroem motéis ou pousadas. Porque se existe pecado nessa prática, dentro de uma visão caolha da igreja, não importa onde seja construído o leito desse pecado mais praticado pela humanidade. Entretanto, é bom deixar bem claro, esse veto vai levar os jovens namorados e os adultos amantes a se aventurarem nas ruas escuras e perigosas da praia de Aruana, na rodovia José Sarney, ou no conhecido “motel das estrelas”, na área da Coroa do Meio. Lá, muitos casais já foram assaltados. Moças e rapazes são humilhados, violentados e até mortos. Isso sim é uma violência, uma insanidade, um pecado excessivamente maior do que um significativo momento de amor dentro de um quarto de motel ou posada. Em Aracaju ou em qualquer outro lugar do Estado. Aliás, quem pode usa até hotéis estrelados, desde que paguem as diárias completas. Ninguém é obrigado a mostrar atestados para hospedagem e nem sempre quem vai para uma pousada tem o único objetivo de praticar o pecado mortal que a igreja reprime em Aracaju, mas permite em Nossa Senhora do Socorro. Seria bom que isso fosse repensado, em nome da modernidade, da nova mentalidade social, da vontade do cidadão, do direito de se praticar o que desejar, desde que não seja crime. Seria muito bom mesmo que pensassem nas centenas de casais que foram assaltados, seqüestrados, mortos, estuprados e torturados por bandidos. Não se pode deixar que isso continue ocorrendo em nome de uma moralidade que nem o prefeito Marcelo Deda, que sancionou o projeto de lei, aceita e muito menos os vereadores que votaram contra. Afinal, é difícil acreditar que eles jamais tenham utilizado essas pousadas e motéis, nos seus momentos para o relax, natural de quem perde a cabeça que pensa, em tantos problemas mais sérios da sociedade. Não é proibindo motéis e pousadas em Aracaju que se vai evitar a naturalidade de um relacionamento sexual saudável, que já não é mais tabu até mesmo para as beatas que vivem beijando as mãos dos padres. CITADO O ex-deputado Antônio Francisco revelou, em seu depoimento, que soube do empréstimo que tomara a Floro Calheiros, através de Plenário. Disse até que não sabia da quantia e que também tomou conhecimento através da coluna. Antônio Francisco negou absolutamente tudo. ÍNTIMA O ex-deputado Antônio Francisco está ocupando uma cela de encontros íntimos, em razão do excesso de detentos na Penitenciária de São Cristóvão. Ele não está com nenhuma regalia, como os demais 70 presos que ocupam celas idênticas no mesmo presídio. BENEDITO O presidente do PMDB, Benedito Figueiredo, declarou que por enquanto o partido está em stand by, mas continua mantendo a intenção de lançar candidato a prefeito de Aracaju. O nome para disputar a sucessão municipal continua sendo o de Jorge Alberto, mas está faltando o deputado bater o martelo. CÂMARA A igreja invadiu a Câmara, ontem, comandada por Dom Lessa, para pressionar os vereadores a votarem a favor do veto do prefeito que regulamenta os motéis na área urbana de Aracaju. A igreja prefere que os casais corram o risco de acidentes nas rodovias, para freqüentar os motéis que ficam fora do perímetro urbano. BATALHA O projeto que regulamenta os motéis é de autoria do vereador Elber Batalha (PSB), porque não há mais preconceito em relação à freqüência dessas casas para um bom namoro. O envolvimento da igreja em um projeto dessa natureza é hipócrita, porque as transas acontecem nas areias da orla ou nos apartamentos de hotéis estrelados. SECRETARIA O médico José Alves Neto, que ocupa a Secretaria de Combate à Pobreza, vai para a Secretaria de Coordenação Política e Assuntos Institucionais, que esta sendo criada. Flavio Conceição vai continuar na Casa Civil e cuidará das questões administrativas junto às Secretarias e outros órgãos. MOLINA A fita do programa de Gilmar Carvalho (PV), que usa a palavra “corja”, foi enviada pela Comissão de Ética para o perito Molina, da Universidade de Campinas (SP). O objetivo é identificar a voz como sendo a de Gilmar que pronunciou a palavra, para evitar que seja levantada qualquer dúvida. CONVERSA O prefeito Marcelo Deda (PT) continua conversando com aliados sobre a formação da chapa. Garante que tudo está ocorrendo na mais absoluta ordem. Só na próxima semana é que Marcelo Deda terá uma conversa com a militância do partido, para avaliar o lançamento de sua pré-candidatura e discutir a chapa. GILMAR O deputado estadual Gilmar Carvalho (PV) continua votando naturalmente em todos os projetos enviados pelo Governo para a Assembléia. Ele terá uma conversa com o governador João Alves Filho sobre a comissão de ética e seu posicionamento político. Só a partir daí é que manterá ou não a candidatura a prefeito. RESIDÊNCIA A Secretaria de Segurança não vai procurar saber a quem pertence a chácara que escondia um fugitivo da polícia. Segundo uma fonte da polícia, esse problema seria da Secretaria de Alagoas. Em outras palavras, que escondeu Antônio Francisco ficará impune. EM POÇO O líder dos Sem Terra em Poço Redondo, vereador Roberto, é o pré-candidato do Partido dos Trabalhadores à Prefeitura daquela cidade. Roberto ainda não está fazendo campanha porque se encontra foragido, em razão de um mandado de prisão injustificável. ENOQUE Quem não está gostando da candidatura de Roberto é o prefeito Enoque Salvador (PL), porque sempre esteve ao lado do PT em todo o Estado. Enoque não deixará a Prefeitura e vai ficar para apoiar a médica Viviane para sucede-lo. A chapa será formada por duas mulheres, já que a vice será Edilene. PINDAÍBA Um cidadão procurou uma liderança política, Em Aracaju, para pedir ajuda porque estava desempregado, doente e quase sem poder andar. Teve como resposta que a coisa está ruim e que ele (a liderança) era uma pessoa pobre, que anda na pindaíba. Notas ALERTA Segundo uma influente fonte do Governo, instituições como o Tribunal de Contas já começou a solicitar servidores do estado e de Prefeituras para prestarem serviços com ônus para o órgão. Esse pessoal requisitado geralmente integra um bloco de familiares e parentes de uma casta que ainda domina Sergipe. É bom lembrar que foi assim que começou o famoso trem que culminou na nomeação dos requisitados para o Tribunal, sem a devida prestação de serviço. É bom que se evite logo, para que não se registre novos escândalos depois. ESTÂNCIA O juiz Walter Ribeiro, de Estância proibiu a realização de festas e serestas naquela cidade, sob alegação de que está desorganizada e o som é ligado acima dos decibéis permitidos por lei no período da noite. O juiz não determinou o nível de altura do som que é permitido, o que prejudica os donos de bares. Agora em abril haverá uma festa de Zezé de Camargo e Luciano, no forródromo daquela cidade, mas o promotor Josenias França já disse para o organizador do evento que se dependesse dele o show não ocorreria. CRÍTICAS Jornais de circulação nacional têm publicado matérias assinadas com críticas pesadas ao presidente da Petrobrás, José Eduardo Dutra (PT), principalmente no Rio de Janeiro. Esta semana, o jornalista Hélio Fernando lhe dedicou um artigo forte, em que acusa Dutra de ser um ausente da administração da estatal. Trata-se de uma campanha pesada contra o ex-senador por Sergipe, possivelmente para pressiona-lo a instalar a refinaria de petróleo no Rio de Janeiro. Os grandes estados não perdoam ficar sem a Petrobrás. É fogo A nova Secretaria do Estado de Coordenação Política e Assuntos Institucionais tem a sugestiva abreviatura de Secpai. O deputado Adelson Barreto (PTB), na pesquisa induzida, está muito à frente para a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro. Já o prefeito José Franco, candidato à reeleição, aparece bem quando a pesquisa é espontânea. A senadora Maria do Carmo Alves (PFL) deve reassumir a Prefeitura de Combate à Pobreza em abril. O governador João Alves Filho esteve, ontem, no Instituto Airton Sena e conversou com vários empresários paulistas. O ex-prefeito de São Cristóvão, Isaias Almeida (PFL) reuniu amigos para um café da manhã, como uma espécie de pré-lançamento de sua campanha à sucessão municipal. Já está sendo discutido o nome que pode substituir Pedrinho Valadares na Secretaria do Turismo. O deputado Arnaldo Bispo (PMDB) considera o seu irmão, Luciano Bispo, um dos melhores prefeitos que já administraram Itabaiana. Apenas dois candidatos estão disputando a prefeitura de Canindé do São Francisco: Rosa Feitosa, que tenta a reeleição, e João de Deus, prefeito de Paulo Afonso. As pesquisas divulgadas em Canindé apontam para a reeleição de Rosa Feitosa, que ainda não escolheu o vice. Em fevereiro os bancos reduziram em 0,6 ponto percentual a taxa média de juros cobrada sobre o cheque especial para pessoas físicas. Os consumidores aproveitaram os juros menores. Voltaram a se endividar e foram responsáveis por um aumento no volume de crédito concedido pelas instituições de crédito. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários