A Oposição despede-se de Jackson

0

Em tom de velório, mas com uma ironia fina, o deputado Georgeo Passos, líder da Oposição na Assembleia Legislativa, despediu-se do Governador Jackson Barreto que renuncia na próxima sexta-feira, para ser candidato ao Senado.  Neste discurso ele anunciou que não vai pedir o “impeachment” de Sua Excelência, porque não dá tempo para mais nada: ”O impeachment seria obtuso já que ele se afasta na sexta-feira. Mas, vou continuar perseguindo a abertura de uma CPI para apurar todas as irregularidades e mazelas praticadas pelo  governador. ”Jackson vai embora sem deixar saudades”, vaticinou Georgeo Passos, neste seu pronunciamento de 40m, interrompido por apartes por duas vezes Num desses apartes, que mais pareceu um discurso, a deputada Maria Mendonça disse que Jackson “desgovernou o Estado”.  Já para o deputado Luciano Pimentel,   Jackson vai embora mas não deixa saudades. Antes de renunciar, Jackson deixou uma triste notícia: o bloqueio das contas pelo Tesouro Nacional. Não foi só o Estado de Sergipe que teve as contas bloqueadas, mas por aqui a medida tem o inconveniente, se não for reformada a tempo, de deixar o servidor público sem salário. “Tudo porque o governador agiu fora do conceito da Lei, na prestação de contas de um dos inúmeros processos do Estado, junto a Presidênciia da República. “Em uma semana, vários fatos graves ocorreram: a acusação dos fornecedores do Estado que também estão sem receber pelo material fornecido; o anuncio de um concurso para policiais com apenas 300 vagas, o que reforça a crise da segurança pública; e a denuncia tardia do mal uso do Proinveste”. Para Georgeo Passos o governo do Sr. Jackson Barreto foi um desastre completo.O interessante é que, durante a sessão de ontem, o principal partido de Oposição, o PT manteve-se em silêncio.  “Agora é torcer para que o vice-governador Belivaldo Chagas, que assume no sábado, possa fazer um trabalho melhor. Por que o de Jackson Barreto certamente não vai deixar saudades”, finalizou.

Em preparação projeto de CPI

Georgeo Passos, junto à bancada de Imprensa, anunciou que está preparando o projeto de constituição de uma CPI para apurar o que chamou de desmandos do governo Jackson Barreto. “Preciso – declarou ele – de sete assinaturas, mas uma eu já tenho, que é a minha”…

Consórcio de Transporte Público

Foi frustrada a primeira reunião do Consórcio Metropolitano do Transporte Público da Grande Aracaju. Ela foi convocada pelo Prefeito Edvaldo Nogueira para a última terça-feira, mas diante das ausências dos Prefeitos de São Cristovão, Marcos Santana, e  Airton Martins, da Barra dos Coqueiros, o Prefeito Edvaldo Nogueira resolveu cancelar a reunião. Só o Prefeito de Socorro, Padre Inaldo compareceu, os dois outros mandaram representantes, mas mesmo assim o prefeito da Capital achou por bem cancelar a reunião. Edvaldo acha que a presença de todos administrações  é fundamental para o funcionamento do consórcio. O Prefeito Airton Marins mandou como justificativa para a sua ausência, o fato de estar de férias, fora do país. O próprio Governador Jackson Barreto, convidado para a reunião, mandou, por escrito uma justificativa pela ausência. Uma nova reunião será marcada posteriormente. A criação do Consórcioi de Transporte Público,  está associada a implantação do Plano de Mobilidade, cujos recursos, no valor de 130 milhões, foram assegurados pelo Governo Federal. Esta importância será usada para a revitalização de q2uatro corredores do transporte pública, reforma de terminais, construção de abrigos de ônibus e semaforização inteligente.

Feira de Artesanatos promovida pelo Sebrae

Quem for de 5 a 29 de abril no Shopping Rio Mar terá oportunidade de conhecer diversos artesanatos da Indonéstia, Índia, Turquia, Senegal, Peru, Venezuela e Brasil. Isso será possível graças a realização no Estado de mais uma edição da FEINCARTES – Feira Internacional de Artesanato e Decoração. Fruteiras, pratos, xícaras, taças pintadas a mãos, feitas com vidro oriundos da Turquia; tecidos, roupas de lã, cerâmicas, tecelagem, bolsas de couros e outras peças artesanais coloridas  e com múltiplas funcionalidades vindas do Peru. Instrumentos musicais feitos de madeira, tingimento em tecidos de algodão e peças em bronze originárias do Senegal. A Indonésia estará presente com peças exclusiva esculpidas por artesãos, que contam um pouco da história deste local tão exótico, como esculturas de animais e de divindades, máscaras tribais, budas em madeira teca, cestaria de rattan, espelhos com molduras entalhadas, jóias em pedras naturais e pérolas de cultivos em água doce, tudo produzido com muitas cores. Do Brasil estão produtos do Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Serão travesseiros com anatomias especiais, doces gigantes e saborosos direto das fazendas, além de almofadas térmicas que aquecem sozinhas.

Encontro Nacional RedeJur

Nos dias 12 e 13 de abril realiza-se em Aracaju o 43º. Encontro Nacional RedeJur – Rede de Associação de Escritórios de Advocacia Empresarial – , que é um dos maiores eventos da advocacia. O local do evento é o Hotel Radisson, na Orla de Atalaia. O objetivo é reunir profissionais que se destacam no meio jurídico e empresarial para disseminar as técnicas de suas práticas. O encontro é uma ótima oportunidade de atualização de carreira, uma vez que temas importantes e atuais serão colocados em pauta para debater nos painéis: desafios da terceirização de mão de obra, sob a ótica do mercado e lei número 13.429  e Legal/Tech – Oportunidades e avanços da Tecnologia e Inteligência Artificial a serviços da Justiça e Escritórios de Advocacias.

As palavras de um general

Um dos pronunciamentos mais duros advindos de fontes do Exército foi feito na segunda-feira, 2, pelo General Luiz Gonzaga Lessa, em entrevista à Band News. Não obstante esteja na reserva, a palavra do General Lessa tem bastante peso, em razão do seu grande número de seguidores e incontestável liderança. O general é ex-Presidente do Clube Militar, uma das mais tradicionais instituições do Exército brasileiro, onde angariou enorme prestígio. Durante a entrevista, ele foi extremamente veemente, exigiu a prisão de Lula e fez ameaças explícitas ao Supremo Tribunal Federal.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários