A Pátria Mãe está sendo subtraída em tenebrosas transações

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Enquanto o presidente da Bolívia, Evo Morales, vai “’in loco”, acompanhar o combate ao incêndio na Amazônia boliviana, o “presidente” do Brasil, Bolsonaro insiste no bate boca de comadres com lideranças internacionais.

E o pior, o Brasil está diante de uma sociedade que se mostra conivente com um governo de imbecis composto por nove generais subalternos a um capitão que de louco só tem a cara e as ideias.

O Brasil não pode “trocar” a sua soberania nem por uma vaga permanente no Conselho da ONU, quanto menos por quinquilharias de OCDE e de supostas “transferências de tecnologias”. É isso que Bolsonaro pretende com o apoio de Trump.

No futuro bem próximo aqueles que referendaram este desterro da democracia no Brasil e escancaram às costas do país à pilhagem terão que prestar contas. O que dirão aos seus filhos e netos?

Chico Buarque tem razão: “dormia a Pátria Mãe tão distraída, sem perceber que está sendo subtraída em tenebrosas transações…!”

O Brasil é um país que se submete a ridículos tiranos, com podres poderes da republiqueta de bananas. Até quando, Caetano Veloso?

Tá achando pouco? Quem quiser que continue a dormir o sono dos “inocentes”.

 

Morosidade no TSE Para quem disse que não ficou abalado com a cassação do mandato pelo pleno do TRE de Sergipe, Belivaldo Chagas resolveu agora anunciar nos bastidores que o processo deve levar dois anos para ser votado no TSE. Sei não, depois do que os ministros de lá leram sobre as declarações do governador cassado contra a decisão do TRE/SE não tomem como surpresa a celeridade que está sendo costumeira nos últimos tempos.                         

Uma placa de proibido estacionar resolveria o caos na Rua Ministro Nelson Hungria  Diariamente, a partir do meio dia, o caos no trânsito é grande da rua Ministro Nelson Hungria, esquina com o supermercado G.Barbosa no Bairro Luzia.. A SMTT já tem conhecimento e nada faz. Bastaria uma placa de proibido estacionar para amenizar o problema, mas parece que a SMTT não tem interesse em resolver o problema.

Operação em Lagarto contra furto de energia elétrica Deu no NE Notícias:
A Polícia Civil deflagrou a operação “Furto de Energia” na cidade de Lagarto. Durante a manhã desta quinta-feira, 29, as equipes em conjunto com a empresa distribuidora, Energisa, flagraram seis estabelecimentos comerciais e duas residências com irregularidades no recebimento de energia elétrica.

Irregularidades De acordo com a delegada regional Michele Araújo, a empresa já tinha identificado as irregularidades, que não foram solucionadas pelos proprietários. Algumas das fraudes foram identificadas diretamente na fonte de energia, enquanto outras nos medidores instalados nos locais. Cerca de 30 policiais participaram da ação.

Furto “Nós fomos demandados pela Energisa que nos informou a existência de vários estabelecimentos que estavam praticando furto de energia elétrica. A empresa nos apresentou os relatórios técnicos com a constatação desse fato. Fomos demandados para essa operação para providências contra esse crime”, citou.

Boletim de Ocorrência O coordenador de perícias, Nestor Barros, explicou que a perícia também foi acionada. “A criminalística, perícia de um modo geral, sempre é acionada quando ocorre esses desvios de energia elétrica. A empresa distribuidora registra boletim de ocorrência na delegacia e nós fomos convocados para a constatação do desvio de energia elétrica”, disse.

ACESE ampliará debate sobre Lei da Publicidade ao Ar Livre na próxima segunda-feira, 02 Com o objetivo de democratizar os debates e ouvir todos aqueles que fazem parte do setor produtivo, em especial do Comércio, e de tornar público o debate, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE), Marco Pinheiro e toda diretoria da instituição, convidam todos os seus associados, bem como o empresariado em geral, para conhecer a nova proposta apresentada pela Prefeitura de Aracaju acerca da Lei e das cobranças relacionadas às fachadas, para que se possa construir um posicionamento de maneira coletiva acerca da Lei de Publicidade ao Ar Livre e identificação das fachadas.

Propostas Segundo Marco Pinheiro, o debate é necessário para tornar público os pontos que estão sendo propostos. “Apenas ouvindo a categoria, conseguiremos responder, de maneira efetiva, aos anseios dos empresários de Aracaju. Assim, de maneira democrática e participativa, poderemos definir quais pontos deverão ser adequados para que todos sejam favorecidos, sem transtornos”, explicou o presidente.

Auditório Em formato de assembleia, a reunião será realizada na próxima segunda-feira, 02 de setembro, a partir das 18h no Auditório da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe, localizado na Rua José do Prado Franco, 557, Centro. Para mais informações ligue: (79) 3205-9767.

Dois municípios do Polo Costa dos Coqueirais não estão inseridos no Novo Mapa do Turismo Brasileiro Aracaju, São Cristóvão, Laranjeiras, Barra dos Coqueirais, Nossa Senhora do Socorro, Pirambu, Pacatuba, Brejo Grande, Estância, Itaporanga D´Ajuda e Indiaroba, fazem parte dos municípios sergipanos inseridos no Novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021-, divulgado nesta segunda-feira, 26, pelo Ministério do Turismo (MTur), por meio do Diário Oficial da União (DOU). No entanto, as regiões de Santa Luzia do Itanhy e Santo Amaro das Brotas que compõe o Polo Costa dos Coqueirais não estão inseridas neste processo.

Cinco polos Ao todo, 46 municípios sergipanos passaram a integrar o novo mapa por meio de uma divisão em cinco polos turísticos, são eles: Polo Costa dos Coqueirais, das Serras, dos Tabuleiros, do Velho Chico e do Sertão das Águas. De acordo com a presidente da Instância de Regional de Governança (IRG) Polo Costa dos Coqueirais, Cassandra Teodoro, este ano o Mtur exigiu dois novos critérios para os municípios se adequarem junto ao mapa.

Novos critérios “Todos os municípios que foram inseridos no mapa estão seguindo os novos critérios, conforme estabelecido na Portaria 192 do Ministério do Turismo, como a criação de um Conselho Municipal de Turismo; a existência de um órgão responsável pelo turismo no município; a existência de dotação orçamentária para o turismo e existência de prestadores de serviços incluídos no Cadastur”, explicou.

Gama de oportunidades Cassandra Teodoro ressalta ainda que a inclusão das cidades no Mapa do Turismo Brasileiro abre uma gama de oportunidades e benefícios para as prefeituras. “Sem a inclusão no mapa os municípios não poderiam assumir uma região turística brasileira, tão pouco receber recursos do Ministério do Turismo”, frisou.

Regiões Ao todo, 2.694 cidades de 333 regiões turísticas do país foram incluídas pelo Ministério do Turismo. Conforme o Mtur, em 2019, os estados e municípios contaram com novos critérios, compromissos e recomendações estabelecidas pelo órgão, entre elas a obrigação de participação em Instância de Governança e em Conselho Municipal de Turismo (Comtur). Fonte: Instância de Governança Polo Costa dos Coqueirais.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                             

Cemitério de Socorro: De um cidadão: “Ontem fui com uma família, sepultar um ente querido no Município de Socorro. Fomos orientados a sepultar no Cemitério da Palestina somente lá tinha vaga. Veja o descaso da Prefeitura Municipal de Socorro com os moradores. Essas fotos foram tiradas ontem dia 27de Agosto. Fotos: Lenilson dos Santos.”

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ARTIGO

As licitações comprometidas e a incompetência municipal  Por Bertulino Menezes – (e como o leitor pode constatar ele se antecipou e acertou)

Nesta quarta-feira, 28, pode ser iniciada uma nova confusão pela Prefeitura de Aracaju. Gostaríamos de dizer que seria uma nova etapa de trabalho, para que os erros da EMSURB pudessem ser corrigidos, no que diz respeito às feiras livres da Capital. Mas os personagens são os mesmos, então fica difícil acreditar.

Em maio passado, fui afastado pela EMSURB de algumas feiras administradas por mim. Conseguiam, assim, fazer com que eu encerrasse um trabalho executado há cerca de 23 anos. O discurso adotado pelo Sr. Ubiraci Rabelo de Lima, o Bira, como é conhecido o Diretor da EMSURB, foi o da truculência e da calúnia. Mas não estou a fim de chorar sangue derramado.
Preferi esperar – e estou pagando caro por isso – as soluções que seriam adotadas. Torci muito pela cidade, mas o que vimos foi uma regressão no cuidado com as feiras. E – pior – acompanhei um processo de licitação no mínimo muito estranho.

Quatro empresas que participaram do concurso foram desclassificadas e uma afastada ilegalmente do julgamento, por conta de uma denúncia absurdamente formal e fora do ordenamento jurídico, adotada por Cristiane Santos Gois, que conduzia a reunião sem condições legais para isso. Ela não fazia parte da Comissão de Licitação.

A incompetência generalizada ficou constatada. Da EMSURB, por autorizar representação a uma servidora não credenciada para isso, e da própria empresa municipal, por provocar a ilicitude de uma sessão, que causa perda de tempo e prejuízo à Prefeitura.

Sem contar os danos às empresas que participaram, e especialmente a uma delas que nem teve a oportunidade de ter sua proposta aberta. Ridículo. Um escândalo, provocado pela incapacidade e inépsia de um gestor há muito tempo mantido sob suspeita de comportamento, inabilidade e falta de competência. E ainda pretenso candidato a Vereador.
O Presidente da EMSURB, Luiz Roberto Santana, deve sim também ser responsabilizado por tantos erros na condução desses processos, que só tumultuam a vida da cidade. Hoje, deve anunciar o fim da licitação ridícula e a proposta de um novo certame.

Rezemos!! Mas que a incompetência da Prefeitura não fique mais uma vez exposta na área de licitações – onde a desmoralização já está demonstrada na questão das feiras livres, mas também nos assuntos do Lixo e dos Transportes. Gestão Municipal, aliás, bastante desgastada e marcada pela má administração e falta de realizações.

PELO TWITTER

www.twitter.com/gugachacra Com uma política externa ideológica, Bolsonaro fez ingerência na política de 4 países ao apoiar claramente líderes na Itália, Argentina, Israel e EUA. O primeiro a cair foi Salvini. Macri corre enorme risco. Netanyahu, tb. E se Trump perder?

www.twitter.com/yuridarlon Dia 19 de setembro vai ser inaugurado o novo shopping de Aracaju que contará com quatro lojas âncoras – Americanas, Renner, C&A e Riachuelo. Quanta novidade neh?

www.twitter.com/ISMARVIANA “As grandes coisas devem ser bem pensadas e não podem ser decididas assim do pé para a mão.” Monteiro Lobato.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

 

Frase do Dia
“Pequenas oportunidades podem ser o começo de grandes empreendimentos.” Demóstenes.

Comentários