A reação da natureza

0

A reação da natureza

 

Entra ano e sai ano, sem que se encontre saídas para as grandes enchentes, que tantos danos causam à população. Agora mesmo, Aracaju sofre com as inundações causadas pelas fortes chuvas. Completamente tomado pelas águas, o condomínio Costa do Sol é o retrato de como o meio-ambiente reage quando violentado. É preciso admitir que as inundações, em sua maioria, devem-se tanto à imprevidência das pessoas, que constroem em áreas de risco, quanto à negligência dos governos, que permitem e até autorizam que bairros inteiros sejam construídos em áreas impróprias para edificações.  Quando as chuvas chegam e inundam tudo, há quem culpe os Céus pela tragédia, mas isso não é correto. O descaso da população e dos governos com o meio ambiente, seu desrespeito, sua falta de atenção aos princípios que regem a natureza é que a leva a se revoltar de maneira violenta.

 

Anúncio educativo

 

A exemplo do que ocorre com cigarros e bebidas alcoólicas, toda publicidade da indústria automobilística terá mensagem educativa. A exigência deve ser regulamentada pelo Contran ainda neste mês. A partir das próximas semanas, haverá frases sobre o respeito ao limite de velocidade e ao uso do cinto na publicidade de automóveis. A medida vale para produtos como baterias, pneus e amortecedores, tanto na TV como em rádio, jornais, revistas e outdoors.

 

Proibição mantida

 

O Superior Tribunal de Justiça cassou duas decisões que liberavam as farmácias de cumprir normas da Anvisa. Entre as determinações está a proibição de deixar medicamentos ao alcance do consumidor, mesmo os que não precisam de receita

médica. Além disso, as drogarias não poderão vender produtos como refrigerantes,

balas e óculos. A associação de farmácias diz que vai recorrer no STJ.

 

Cadê as grávidas?

 

A campanha nacional de vacinação contra a gripe suína (H1N1) não está obtendo o resultado desejado. O governo já prorrogou o prazo para grávidas e doentes crônicos

receberem a dose. Mesmo assim, mais da metade deles ainda não procurou os postos de vacinação. A imunização de mulheres grávidas (48,7%) e pessoas com doenças crônicas

(44,2%) está abaixo do esperado. Gestantes, crianças pequenas, doentes crônicos e jovens entre 20 e 29 anos têm até o dia 23 para se vacinar.

 

Farmácias proibidas

 

As farmácias não estão autorizadas a vender vacinas contra a influenza A (H1N1) – gripe suína. Segundo a Anvisa, quem está fora da lista do Ministério da Saúde, pode tomar a vacina em hospitais e clínicas particulares, mediante pagamento. A Anvisa explica que as farmácias só podem aplicar vacinas quando participarem de campanhas públicas de imunização, o que não ocorre na campanha contra a influenza A (H1N1) – gripe suína. As denúncias contra drogarias que desrespeitaram a proibição podem ser feitas à autoridade local de vigilância sanitária, à Anvisa ou pelo telefone 0800 642 9782.

 

Abastecimento afetado

 

As fortes chuvas que caem em Sergipe, desde a semana passada, afetaram o abastecimento de água em vários municípios sergipanos. Max Montalvão, presidente da Deso, informou que as cidades mais atingidas são Itaporanga, Riachuelo e Malhador. Também foram verificados problemas em Itabaiana, Areia Branca, Nossa Senhora das Dores, Riachuelo, Cristinápolis e Maruim. Ontem, Max conversou com os prefeitos dos municípios afetados, para explicar as providências que estão sendo adotadas visando regularizar o abastecimento de água.

 

FGTS penhorado

 

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que o FGTS pode ser penhorado para quitar parcelas atrasadas de pensões alimentícias. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do STJ. O processo iniciou-se após uma investigação de paternidade, no qual a mãe de um menor entrou com uma ação solicitando receber do pai as pensões entre a data da investigação e o começo dos pagamentos. Depois da penhora dos bens, verificou-se que o montante era insuficiente para pagar a dívida. Sendo assim, a mãe pediu a penhora do valor restante da conta do FGTS do pai.

Vale tem licença

 

A Vale recebeu licença prévia da Adema para o projeto Carnalita, que será implantado no município sergipano de Rosário do Catete e contará com investimentos superiores a US$ 800 milhões. A previsão da Companhia é que o projeto comece a produzir a partir do quarto trimestre de 2014.  Segundo nota enviada ontem pela Vale, o documento é o “primeiro passo” para a implantação daquele que “será a maior planta de extração de potássio do Brasil quando entrar em operação”. 

 

Brasil Sabor

 

Na gastronomia, a imaginação não tem limites. Ela é uma arte que desperta sentimentos, alimenta sonhos, recordações, tradições e histórias. E para valorizar a história de amor entre os Chefs de cozinhas e suas criações, as lembranças e sensações despertadas pelos ingredientes e temperos, vem aí a quinta edição do Festival Brasil Sabor. Em Sergipe, o evento vai ser aberto às 19 horas da próxima segunda-feira, no Hotel Parque dos Coqueiros. O Festival, que este ano contará com a participação de 45 restaurantes localizados em 40 cidades sergipanas, vai prosseguir até 15 de maio.

 

Bote fé

 

A Mega-Sena tem um prêmio de R$ 19 milhões no concurso que será realizado nesta quarta-feira.  O valor renderia quase R$ 100 mil por mês, se aplicado na poupança. No mercado imobiliário o prêmio permitiria a compra de 95 apartamentos de classe média. O sortudo poderia ainda montar uma frota de 904 automóveis populares ou 3.800 motocicletas de 250cc. As apostas na Mega-Sena custam R$ 2,00 (aposta mínima) e podem ser feitas até as 19 horas de hoje em qualquer casa lotérica credenciada. Então, vai ficar aí parado, com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar?

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários