A reaglutinação das oligarquias em torno de Belivaldo e Eliane

0
Uma bela poesia do escritor português Sidónio Muralha. Ter coerência e caráter sempre se paga um alto preço. Parar não paro.

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Se ainda não foi, certamente no futuro será dado o louro da vitória e o devido reconhecimento a Marcelo Déda por ter vencido e derrotado as forças conservadoras e as oligarquias atrasadas em Sergipe. Naquele histórico 2006, ladeado por homens e mulheres que acreditaram no discurso e na competência “do menino” Déda que viria a vencer o experiente e tri-governador João Alves Filho. Aliás, a grandiosidade do feito de Marcelo Déda deriva justamente da força de seu oponente: João, “da água, chapéu de couro”, e tantos apelidos dados pelo povo, imbatível no sertão e apoiado pela maioria esmagadora dos prefeitos. “Dedinha” venceu e soube reconhecer que, embora discordasse ideologicamente de João Alves, jamais poderia esconder e ignorar seu poder eleitoral e sua história política.

Republicano, leal e com um senso de aglutinação extraordinário, o petista encerrou um ciclo de longas datas monopolizado pelo sobrenome Franco e pelo próprio João Alves. O demista, à épocas pefelista, valorizou a vitória do PT e seus aliados e isto nem o partido da estrela vermelha poderá apagar.

Déda venceu seus adversários, mas foi vencido pelos desígnios do destino que deixou órfão o povo sergipano de seu governador em 2013, um ano antes de deixar o governo em seu segundo mandato. Antes, porém, parecia pressentir o que viria depois de si e já antenado com as redes sociais repreendeu seu vice, Jackson Barreto, com escolhas de nomes sem postura republicana marcada pela Era Déda (nomeação de Roberto Bispo para a Codise).

Infelizmente, nestas eleições parece que o grupo que Déda ajudou a fundar e o projeto gerado por sua luta e pelos governos estão dando sobrevida às velhas oligarquias e o que há de mais  retrógrado na política sergipana.

Em nome da permanência no poder, seus sucedâneos abraçam sem nenhum pudor todos aqueles que além de ser oposição, dificultaram até a última lágrima os projetos que beneficiariam os sergipanos e trariam sorrisos que rememorariam a obra de Deda.

O projeto agora cabe tudo e todos.

O cúmulo do absurdo é perceber a adesão dos aliados mais íntimos e familiares de André Moura, aquele que ajudou Eduardo Cunha a derrubar Dilma e o atual líder do governo que os próprios petistas rotulam de “golpista”.

Não há meio apoio.

Ao aceitar o apoio de prefeitos de André estes estão sendo ligados umbilicalmente ao grupo do governo estadual. Quem quiser saber quem é o prefeito de Ilhas das Flores basta navegar nas redes sociais de André. E hoje Cristiano Beltrão do PSC é o mais novo agregado da Casa Grande. O braço direito do líder de temer em Sergipe.

O pior de tudo é que do lado do governo os argumentos, ou a falta deles, é o sentimento de revanchismo, de vingança política pela dissidência aberta no grupo pelo PSB após se desentender com o ex-governador Jackson Barreto.

Por outro lado, a oposição vive um período de ressentimento e não engole que o apoio de tantos prefeitos não tenha refletido na ida de Eduardo Amorim ao segundo turno. Ou seja, a aliança destes dois grupos têm por liga mais forte a desforra, a sede de poder e o rancor. Desta mistura altamente explosiva e corrosiva não se sabe o que surgirá.

E o mais trágico é que o vice-governador eleito em 2006, e a companheira de Déda à época, e agora candidata a vice, são os fiéis signatários e principais avalistas deste acordo sem programa, sem projeto e sem rumo.

A história há de cobrar coerência. Um capítulo de ingratidão, traição e ambição.

A Déda apenas o eterno respeito deste blog pela sua memória e pela sua história. Aos que fazem da política o jogo do tudo ou nada, o conselho do Mestre escrito em Lucas 23:34, “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.”

 

Itabaiana: Revolta silenciosa e a prova do fato O blog foi informado que desde a última terça-feira Itabaiana enfrenta uma revolta silenciosa de grande parte do eleitorado revoltado com ameaças que vem sofrendo uma liderança importante que definiu seu candidato no 2º turno. O que corre junto ao eleitorado é que são chantagens e ameaças de processos e até perda de mandatos. O blog está esperando provas para divulgar. E o pior: o adversário da liderança ameaçada “canta de galo” na cidade dizendo que agora seu inimigo político está “comendo pianinho” nas mãos do seu chefe. Arrepare, Osmário!

Política é Coisita do Capeta! Mais uma do irônico João Fontes: “Ganha um picolé de graviola quem acertar o destino de Henri Clay. Parece que Henri foi trocar ideias com Ciro Gomes na Sorbonne e nos charmosos cafés de Paris!”

TRE reforça que Fábio Henrique é deputado federal Ontem, 17, o pleno do TRE/SE deu ganho de causa ao deputado federal eleito Fábio Henrique (PDT), por seis votos a um, contra uma ação impetrada pelo candidato a deputado federal Márcio Macedo, PT, pleiteando a vaga com a alegação que o novo cálculo fere o princípio da anualidade, que estabelece a vigência da Lei após um ano da data em que foi aprovada.

Decisões anteriores “A decisão do TRE/SE está em consonância com as decisões anteriores do TSE, inclusive essas regras têm mais de um ano e foram publicadas no dia 06 de outubro de 2017. Ou seja, um ano antes da eleição e não haveria como reconhecer qualquer tipo de inconstitucionalidade”, explicou o advogado Mário Vasconcelos, que faz a defesa de Fábio Henrique.

Regras conhecidas “Outro ponto, inclusive falado pelo Relator é que essas regras já eram de conhecimento de todos há um ano e não houve nenhuma objeção. Somente agora que houve esse questionamento”, reforçou o advogado. Depois dos cálculos do coeficiente sobram algumas vagas, quando são calculadas as maiores médias entre os candidatos que não conseguiram uma vaga pelo Coeficiente Partidário, medida adotada depois da minirreforma do Código Eleitoral feita e aprovada pelo Congresso em 6 de outubro de 2017.

Unidades do CENAM interditadas As unidades de medida socioeducativas direcionadas a adolescentes infratores (CENAM e USIP) foram interditadas! Em decorrência de uma estrutura sub-humana e que violam claramente a dignidade humana!

Prazo Ocorre que nessa sexta-feira expira o prazo para que o Estado adote as providências necessárias quanto a estrutura e organização do CENAM, sob pena de expedição de alvará coletivo aos adolescentes infratores. Ou seja, todos os adolescentes que foram sentenciados por homicídio, latrocínio, estupro, roubo majorado e demais atos infracionais estarão livres.

Sem internação De igual modo, essa semana a unidade de internação provisória foi interditada! Impossibilitando a decretação de internação provisória aos adolescentes que forem apreendidos em flagrante! O que causa estranheza é que há dois meses, conforme noticiado nas mídias, Jackson Barreto decretou situação de emergência do CENAM, recebendo verbas federais para que fossem destinadas à situação emergencial decretada. Em que pese um novo CENAM está sendo construído, o mesmo não foi entregue e quando inaugurado, existirá superlotação!

Caixa começa a pagar hoje, 18, abono do PIS para nascidos em outubro Começa nesta quinta-feira (18) o pagamento do Abono Salarial do Programa de Integração Social (PIS) calendário 2018/2019, ano-base 2017, para os trabalhadores nascidos no mês de outubro. Os valores variam de R$ 80 a R$ 954, conforme o tempo de trabalho durante o ano passado. Titulares de conta individual na CAIXA com saldo acima de R$ 1,00 e com movimentação na conta receberam o crédito automático antecipado nessa terça-feira (16).

Emília: “antes de fazer o réveillon a Prefeitura precisa pagar os artistas do Forró Caju” A vereadora e defensora pública Emília Corrêa (Patriota) usou a Tribuna da Câmara Municipal De Aracaju (CMA) para falar sobre o anúncio da Prefeitura referente a realização da iluminação de Natal e a festa de réveillon da capital.

Natal “Eu fiquei feliz por saber que a cidade será iluminada e que terá a festa de ano novo, fiquei feliz de verdade. Mas também fico preocupada com o seguinte: para essa festa serão contratados artistas e bandas. Aí eu me questiono: como será o pagamento desse pessoal, se até agora os artistas que se apresentaram no Forró Caju não receberam? Como é que será feito o pagamento dos que irão cantar e tocar no réveillon?”, questionou.

Respeito “O que ouvimos da Prefeitura é que o dinheiro do Ministério da Cultura não repassou e isso e aquilo, mas os nacionais receberam. Os que vieram de fora foram embora com seus pagamentos no bolso. Deixo aqui uma reflexão sobre esse assunto, torço para que aconteça, espero que aconteça a festa, não estou aqui torcendo contra Aracaju não, o que eu faço é cobrança para que a gestão cumpra o que promete de forma responsável, honrando com seus compromissos, quero que respeitem os que já estão na fila para receber e expliquem com clareza como serão feitos os pagamentos”, pontuou.

João Daniel desaprova MP 840 e lamenta campanha baseada em mentiras O deputado federal João Daniel (PT) se manifestou desfavorável à aprovação da Medida Provisória 840, que tem como objetivo criar novos cargos comissionados para o Ministério da Segurança Pública. Pela MP, serão 164 cargos, de livre nomeação e que podem ser destinados para pessoas sem vínculo com a administração pública federal. Isso geraria um impacto ao Orçamento de R$ 14 milhões em 2018, R$ 19,4 milhões em 2019 e outros R$ 19,5 milhões em 2020. Segundo o parlamentar, o governo Temer, fruto de um golpe parlamentar, não tem legitimidade para continuar a enviar matérias à Casa.

Cargos “Quer criar mais cargos para um governo que já acabou, um governo que nasceu de um golpe, que fez, com a participação efetiva do PSDB e dos setores conservadores desta Casa, a criação do ódio no Brasil e a retirada à força de uma presidenta legítima, para tentar construir no Brasil um novo momento de ódio, de preconceito e de mentira, que é o que representa hoje esse projeto em curso desse candidato que representa o que há de mais atrasado, mais arcaico, mais fascista que a história do Brasil já teve;’, lamentou João Daniel.

Maior Feira de Vestibular do Nordeste acontece dia 20 na Unit Final do ano chegando e as aspirações para o futuro começam a ganhar um novo ritmo na cabeça do jovem que está finalizando o ensino médio. São dúvidas misturadas com desejos e emoções que invadem o peito de quem sonha com uma graduação. Para tentar aliviar os corações e ampliar os horizontes desses estudantes, a Universidade Tiradentes realiza a 18ª edição da Feira do Vestibular (Feivest) no próximo dia 20, no campus Farolândia, das 8h às 17h. Durante todo o dia, professores e alunos dos cerca de 50 cursos da Unit estarão organizados no minishopping do campus para interagir, trocar informações, tirar todas as dúvidas e apresentar os diferenciais de cada profissão aos visitantes. Em paralelo, escolas do ensino médio promoverão aulões de revisão para o vestibular, terão oficinas práticas de alguns cursos da graduação, além de testes de aptidão profissional. O acesso é gratuito e a organização espera cerca de 10 mil visitantes. Mais informações em: www.unit.br/feivest.

Mais de 1,89 milhão de beneficiários receberão R$ 1,38 bilhão referentes ao calendário 2018/2019, ano-base 2017 O início do pagamento se deu em julho, com os nascidos naquele mês. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019.Para os nascidos em outubro, estão disponíveis R$ 1.385.455.512,00 para 1.894.404 trabalhadores. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA (www.caixa.gov.br/PIS ) ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

Segurança: Guardas de Rosário concluem capacitação na Acadepol A segurança dos rosarenses é prioridade da administração Trazendo o Futuro pra Perto da Gente. Desde que assumiu o cargo, o prefeito Vino Barreto vem investindo na Guarda Municipal com melhorias na área operacional a exemplo da nova sede, um prédio maior e com estrutura adequada, pois no local funcionou a delegacia de polícia, além das novas viaturas.

Cursos Na qualificação profissional, alguns cursos foram realizados como de Uso e Operação de Armas não Letais, Condução de Veículos de Emergência, entre outros. O mais recente foi encerrado nesta quarta-feira, 17, quando 78 guardas de cinco municípios, entre eles 20 de Rosário, receberam na Academia da Polícia Civil de Sergipe(Acadepol), em Aracaju os certificados de conclusão.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Agente de trânsito da SMTT em fila da Caixa e veículo público esperando com ar condicionado ligado Pelo zap: “Sou cliente da Caixa da Avenida Augusto Maynard. Na última segunda-feira, por volta das 14h, uma agente de trânsito (mulher) estava como os clientes normais numa enorme fila. O errado: ao sair deparo-me com o veículo da SMTT, placa OMB-1025, esperando a dondoca fardada. Como se não bastasse a irregularidade ao sair a dondoca da SMTT resolveu multar um carro ao lado do que a esperava. Uma vergonha! Se tivesse punição na SMTT seria de fácil identificação, mas como em Aracaju tudo pode…”

Boquinha do dízimo do governo Do leitor Roosevelt Ferreira de Oliveira: “A Coluna de Brayner publicou ontem, dia 17/10, que o Pastor Heleno disse que a população do sertão Sergipano aceitou muito bem o seu apoio ao candidato Belivaldo no segundo turno das eleições para Governador do Estado. Pelo visto, como Pastor e Dizimista convicto da Igreja Universal do Reino de Deus, o Pastor Heleno não quer perder a boquinha do Dízimo do Governo.”

 

PELO TWITTER

www.twitter.com/frednavarro Cardápio da semana: medo, vergonha, autocrítica, hipocrisia, estelionato, ignorância, patrulha. Tem para todos os gostos.

www.twitter.com/andrizek Uma das coisas que mais tenho recebido do túnel do tempo são discursos do Brizola nas eleições de 89. Mostram que perder uma eleição é o menor dos males para um político. Ruim mesmo, no julgamento da história, é perder os princípios.

www.twitter.com/dilsonramoslima Esse @TSEjusbr é uma piada. Levou quase a eleição inteira pra se pronunciar contra um crime eleitoral de muita gravidade, que é a mentira do ‘kit gay’.

www.twitter.com/sidneyrezende É assustador que o poder público brasileiro não responsabilize o Facebook, dono do Whatsapp e Instagram, pelas barbaridades veiculadas nestas plataformas durante a campanha eleitoral brasileira. Perfis falsos, mentiras deslavadas, ataques contra a honra, reputações destruídas.

www.twitter.com/SergiusAugustus O país definitivamente ensandeceu. Não tenho saúde pra isso. Vou me recolher outra vez.

www.twitter.com/ThalesBrandaoRepito: As pessoas tem o direito de votar em quem elas quiserem. RESPEITEM!

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“Quando alguém lhe magoar ou ofender não retruque, não responda da mesma forma. Apenas sinta compaixão daquele que precisa humilhar, ofender e magoar para sentir-se forte.” Chico Xavier.