A Segunda Guerra Mundial na “Donzela de Ferro”

0

Raquel Anne Lima de Assis
Graduada em História pela UFS
Email: raquel@getempo.org
Orientador: Dr. Dilton Cândido S. Maynard (UFS/DHI)

Trabalho apoiado pelo projeto "Quando a Guerra chegou ao Brasil: Ataques submarinos e memórias nos mares de Sergipe e Bahia (1942-1945)", Edital Universal CNPq 2014

Em 1940, os alemães empreenderam a Operação Leão-Marinho na Batalha da Inglaterra. O objetivo era invadir a Grã-Bretanha. Por se tratar de uma ilha as opções eram pelo mar e pelo ar. No primeiro caso teriam que enfrentar a maior frota naval do período, a Marinha Real. Sendo assim, era necessário dominar os aeres para invadir o país. Contudo, os nazistas falharam, mas a custo de lutas entre a Real Força Aérea (força aérea inglesa) e a Luftwaffe (força aérea alemã).

Esta batalha é o tema da música Aces High (Ases às Alturas) da banda britânica Iron Maiden, que significa “Donzela de Ferro”. A música foi lançada no álbum Powerslave, em 1984. A letra inicia com um discurso de Winston Churchill, primeiro-ministro inglês da época, em uma tentativa de fazer com que os britânicos não desistissem e que continuassem a lutar. Em algumas passagens ele afirma: “Nós devemos ir até o fim”, “nós devemos lutar com confiança e força crescentes no ar”, “nós devemos defender nossa ilha não importa o quanto custe”, “nós nunca devemos nos render".

Neste enfretamento cidades inglesas foram bombardeadas pelos nazistas, eram as chamadas “blitz”. Poderiam ser alvos estratégicos e militares ou civis para abalar a moral da população. Diante disto, era preciso preparar a Real Força Aérea para a defesa e contra-ataque, pois, “lá vai a sirene que avisa do ataque aéreo”. “Depois vem o som das armas antiaéreas. Fora do combate, nós temos de decolar. Temos de nos preparar para a chegada do ataque. Pule na cabine e ligue os motores”.

“Temos de decolar antes que seja tarde demais”, segundos poderiam fazer a diferença quando os pilotos chegavam às alturas antes do ataque inimigo. Em relação aos aviões utilizados havia diversos modelos. Entre eles: o Messerschmitt Bf 109E-3 (ME 109), da Luftwaffe, com dois canhões de 20 mm e duas metralhadoras de 7,9mm. Já os britânicos um dos preferidos era o Supermarine Spitfire I, com oito metralhadoras Browning de 0,303’’. Por isso, o Iron Maiden canta: “Dez ME-109 fora do sol. Subindo e girando nossos Spitfire para enfrentá-los”.

Por fim, não podemos esquecer que a letra da música Aces High atribui um caráter heroico aos pilotos britânicos. “Corra. Viva para voar, voe para viver, faça ou morra. Você não irá? Corra, viva para voar, voe para viver. Ases às alturas”. Talvez isso ocorra porque os músicos da banda sejam britânicos, ou seja, provavelmente possuem um sentimento nacionalista para defender a história de seu país.

Comentários