ABAIXO O MONOPÓLIO DOS CORREIOS

0

Não dá mais para suportar a ineficiência da empresa estatal CORREIOS. Apesar de retirar do antigo nome a palavra “telégrafos”,  sua atuação está ao nível dessa ultrapassada ferramenta. A falta de investimentos, a desvalorização do dedicado e esforçado potencial humano, a corrupção desenfreada que abalou a República, entre outros, foram  fatores que, a meu ver, fizeram com que a estatal chegasse ao fundo do poço.

Tentei outra vez usar seus serviços neste sábado à noite, para passar uma mensagem pelo 0800-570-0100. Dias atrás havia tentado, sem sucesso. Mais uma decepção.  Acompanhe o drama:

19 horas – “Neste momento, todas as linhas do serviço solicitado, encontram-se ocupadas. Por favor, chame novamente daqui a alguns minutos. Obrigada.”

19 horas e 10 minutos  – “Neste momento, todas as linhas do serviço solicitado, encontram-se ocupadas. Por favor, chame novamente daqui a alguns minutos. Obrigada.”

19 horas e 21 minutos  – “Neste momento, todas as linhas do serviço solicitado, encontram-se ocupadas. Por favor, chame novamente daqui a alguns minutos. Obrigada.”

19 horas e 40 minutos…… 20 horas e 5 minutos, 20 horas e 19 minutos, 20 horas e 30 minutos, 20 horas e  42 minutos……………A mesma história:  “Neste momento, todas as linhas do serviço solicitado, encontram-se ocupadas. Por favor, chame novamente daqui a alguns minutos. Obrigada.”

Desisti. Recorri então ao portal dos Correios na internet e mais uma decepção:

“Senhores (as) clientes e usuários (as). O Portal Correios está apresentando instabilidade. Nossa equipe técnica está atuando para a resolução do problema”

Anos atrás, quando trabalhava numa cooperativa operadora de  planos de saúde, contratamos os serviços de uma empresa privada para fazer a entrega das nossas milhares de correspondências mensais, com muito mais agilidade, comprovadamente testada e com um custo indiscutível e consideravelmente menor. Fomos então surpreendidos por decisão do STF mantendo o monopólio dos Correios e em consequência  obrigados a romper o contrato com a empresa e voltar a utilizar a estatal, muito menos eficiente e com um custo mais alto.

Os problemas internos mal resolvidos dos Correios, que passam pela insatisfação de seu pessoal, aliada a outros fatores já mencionados, comprometeram de forma expressiva a eficiência e a eficácia da empresa. Nossas correspondências hoje tardam a chegar, compromissos são desprezados pelo atraso na entrega de convites, etc, etc, etc… Não confio mais nos Correios, no cumprimento dos seus prazos de entrega e como usuário dependente desse monopólio, não tenho  a quem recorrer.

São agora 21 horas e 30 minutos. Acabo de escrever este texto, chateado, impotente, após intervalo para o jantar. E tento de novo, insisto, volto a ligar para o 0800-570-0100: “Neste momento, todas as linhas do serviço solicitado, encontram-se ocupadas. Por favor, chame novamente daqui a alguns minutos. Obrigada.”

Abaixo o monopólio dos Correios. Precisamos de liberdade para  escolher serviços eficientes.

Ou então vamos reabilitar o telégrafo!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários