Adepol, déficit e apuração conivência

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

O ingresso de uma ação conjunta da Adepol/SE- Associação dos Delegados de Polícia de Sergipe, com outras entidades de classe, para obrigar os poderes Judiciário e Legislativo, bem como o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público Estadual a, de forma solidária, colaborarem com o Poder Executivo no pagamento do déficit previdenciário de seus respectivos inativos é muito mais profundo do que aparenta ser.

Além da inofensiva colaboração solidária que a nota emitida pela Adepol revela buscar, a ação denuncia claramente que durante um bom período houve uma fraude contábil/administrativa, para impedir que os demais Poderes extrapolassem os percentuais estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. É grave a denúncia.

Pela nota, durante o período em que assumiu o pagamento dos inativos dos demais Poderes, o Poder Executivo o fez com objetivo único de livrar os demais Poderes do descumprimento da LRF, gerando assim falsos percentuais de despesa tanto para os Poderes Legislativo e Judiciário quanto para o próprio Poder Executivo.

Ou seja, pela denúncia os falsos índices foram utilizados como argumento para justificar a impossibilidade de atender os servidores públicos estaduais na recomposição salarial, prejudicando milhares de famílias e com isso, se for comprovada, poderá ser tipificada de várias formas, com desfechos indesejáveis para os gestores públicos envolvidos.

O único problema agora seria saber quem pode, vai ou deseja apurar se esse crime de improbidade ocorreu mesmo com a conivência dos três poderes.

AJU: dos sete candidatos João é o mais rico e Vera Lúcia não tem nada
As declarações de bens entregues a Justiça Eleitoral dos sete candidatos a prefeito em Aracaju: João Alves -R$1.499.463,20;Dr. Emerson -R$1.396.328,57;Sonia Meire – R$953.520,00;Edvaldo Nogueira – R$951.243,57;João tarantella – R$730.779,49; Valadares Filho –
R$525.000,00 e Vera Lúcia não tem nada.

Junior Pinheiro desiste por conta da coligação inviabilizada
O suplente de vereador por Aracaju, Junior Pinheiro que chegou a registrar candidatura de entrada ontem, 19, no TRE, informando a renuncia. Segundo Junior a coligação do DEM com o PEN ficou inviabilizada e para não acontecer o mesmo de 2012, onde foi bem votado, mas foi fora ele renunciou. “Não vou repetir agora é apenas um adiamento do projeto”, revelou.

Homenagens e o resgate histórico do governo Jackson Barreto
Aos poucos, o governador Jackson Barreto está fazendo um resgate histórico homenageando pessoas que dignificaram Sergipe e a história em prédios públicos. Foi assim ao mudar os nomes das escolas e do estádio de Itabaiana retirando os nomes de militares da ditadura e agora,  quando tem algum prédio novo. A iniciativa vem desde o tempo de prefeito. São velhos camaradas e intelectuais que têm seus nomes em prédios públicos graças a ação de Jackson.

Justa homenagem a Seixas Dória
Na sexta-feira, por exemplo, inaugurou em Socorro, o Centro Estadual de Educação Profissional Governador João de Seixas Dória (CEEPGJSD).
. Uma justa homenagem a um homem que dignificou Sergipe, inclusive não abrindo mãos de suas convicções no golpe militar, preferindo perder o mandato de governador e ser preso do que aceitar a ditadura. Ao lado do governador e do secretário de Educação para a entrega oficial do prédio escolar estava Antônio Carlos Dória, filho de Seixas Dória, homenageado e patrono da escola, representando a família; Celso Oliva, que foi secretário de imprensa do governo de Seixas Dória.

Investimento
“Temos aqui um investimento superior à 8 milhôes em recursos do tesouro do Estado e do Proinvest, utilizados para construção de uma escola profissionalizante em uma comunidade extremamente pobre, como é o caso do conjunto Jardim, e que vai oferecer ensino de qualidade para a população jovem, que sairá desta escola já com uma profissão para ingressar no mercado de trabalho”, afirmou Jackson após assinar o decreto que cria e denomina o CEEPGJSD.

Gilvan Rocha, José Rosa e muitos outros
Jackson Barreto já tem ideia de nomes para novos centros de educação profissional, como Gilvan Rocha e José Rosa Neto, sergipanos que lutaram pela democracia no país.  Aliás, tem também algumas escolas da rede estadual com nomes iguais, inclusive de políticos vivos. Seria uma boa ideia deixar um nome, mas mudar o outro. Não tem sentido duas escolas estaduais com nomes idênticos.

Não foi um vacilo?
O incidente envolvendo o Palhaço Soneca e os guardas municipais, pode acabar envolvendo a Justiça Eleitoral.Ao informar que iria ser recebido pela senhora Maria do Carmo Alves, é possível que o Palhaço sem querer tenha denunciado o uso de um gabinete da administração municipal para acertos de campanha. Afinal que tipo de assunto seria tratado entre Soneca e a secretária Maria do Carmo Alves?

Não foi um vacilo? II
Ela é esposa do atual prefeito de Aracaju e candidato à reeleição João Alves Filho e Soneca candidato à vereador pelo município de Aracaju, situação que pela lei eleitoral o impede de visitar órgãos públicos para tratar de assuntos da campanha eleitoral. Pedir votos nem pensar! Quem sabe se também sem querer, a guarda municipal não agiu para impedir um crime eleitoral?

Capela
E em Capela a política está dando uma reviravolta surpreendente. Pesquisas realizadas no município agitam a sociedade capelense e estão deixando imbatíveis lideranças de orelha em pé.

Multas
O Ministério Público vai buscar saber porque os extratos de multas da SMTT discriminam um valor de R$ 20,00 (vinte reais) sob a nomenclatura de “agente de trânsito”.O MP já tem a certeza de que não existe infração de trânsito enquadrada nesse valor.

Vida de suplente
O suplente Ricardo Franco (DEM) deixa de vez a cadeira do Senado para que volte a ser ocupada pela titular do mandato Maria do Carmo Alves (DEM).Segundo comentários que circulam nos bastidores da política, Ricardo não gostou do senta-levanta imposto pela senadora, e há quem entenda que os índices de uma pesquisa realizada em Aracaju, contribuíram para o retorno dela ao Senado.

Aracaju: dois candidatos inauguram comitês eleitorais
Os candidatos a prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, PCdoB e Valadares Filho, PSB, inauguram na sexta-feira, 19, seus principais comitês eleitorais, no mesmo horário, às 19h. O de Edvaldo fica na Avenida Barão de Maruim e o de Valadares Filho na Avenida Hermes Fontes.

Edvaldo:  reconstrução
No discurso, Edvaldo se  emocionado e motivado. "Vamos plantar a mensagem da esperança, da reconstrução, do amor por Aracaju. Estou muito feliz com a presença de todos vocês, muito animado com o apoio que tenho recebido dos aracajuanos", disse. Ele lamentou a condição da cidade atual.

Valadares Filho: Mudança e esperança
Já Valadares Filho destacou que este é o ato que oficializa o início da campanha. “Nós estamos começando muito bem. A gente sente isso no olhar dos aracajuanos, a gente sente que a mudança já está nas pessoas de nossa capital. Desde a nossa convenção já vemos a vontade e a esperança das pessoas apostarem na renovação”.

João Alves ainda não iniciou a campanha

Já o candidato à reeleição, João Alves Filho, DEM, ainda não tem agenda de campanha e nem mesmo inaugurou o comitê central.

Tucanos em Brasília
No último dia 17, o ex-deputado estadual e candidato a prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Zé Franco (PSDB), esteve em Brasília na companhia do também tucano José Carlos Machado, vice-prefeito de Aracaju, onde foram recebidos pelo presidente nacional do partido, senador Aécio Neves.

Socorro é prioridade
Aécio afirmou que a eleição de Zé Franco em Nossa Senhora do Socorro é uma prioridade para o PSDB nacional. Durante a passagem pela capital federal, Zé Franco e Machado também foram recebidos pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM).

Proposta intervenção em São Cristovão
O procurador Eduardo Rolemberg Côrtes, do Ministério Público de Contas, emitiu despacho solicitando a abertura de processo de intervenção estadual no município de São Cristóvão devido à aplicação indevida dos recursos destinados à Educação entre os anos de 2012 e 2015. Sua propositura será analisada pelo conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, que é o responsável pela área de controle e inspeção na qual está inserido o município.

Relatório preliminar
O posicionamento do procurador foi embasado por relatório preliminar da equipe técnica do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que apontou uma série de irregularidades recorrentes nos exercícios financeiros analisados. Entre elas Eduardo Côrtes destaca o desrespeito à aplicação de pelo menos 25% das receitas de impostos e transferências constitucionais na educação básica. Em 2012 foi aplicado 19,58%; em 2013, 21,69%; em 2014, 19% e em 2015, 24,73%.

Irregularidades
Outras irregularidades encontradas estão nos saldos das contas do Fundeb e MDE dos finais dos exercícios 2012 a 2014, que não correspondem com os saldos iniciais dos exercícios de 2013 a 2015; bem como a existência de até cinco contas do Fundeb, inviabilizando o efetivo controle da aplicação dos recursos, além do saldo negativo das contas bancárias da MDE para o exercício seguinte.

Procedimento especial
O procurador destaca também que o Regimento Interno do TCE/SE possui previsão de procedimento especial para esses casos ao permitir que seja emitida representação ao governador do Estado solicitando intervenção em município quando não houver sido aplicado o mínimo exigido pela Constituição Estadual da receita resultante de impostos.

Associação Brasileira aprova filiação da AGRESE
Foi aprovado durante Assembleia Geral Extraordinária, em Brasília, o pedido de Filiação da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe – AGRESE à Associação Brasileira de Agências de Regulação – ABAR.

Apoio importante
O diretor-presidente da AGRESE, Mendonça Prado destacou que a autarquia estadual passa a contar com o apoio de uma grande instituição. “A incorporação é extraordinária, porque é um foro privilegiado para as discussões dos temas de maior interesse como um todo. Os servidores terão condições de buscarem novas experiências e discutirem iniciativas no âmbito da AGRESE. A parceria irá fortalecer ainda mais a agência reguladora no Estado de Sergipe, proporcionando melhor qualidade dos serviços daqueles que são destinatários das ações da AGRESE”.

Pecuária nordestina tem aporte de maiS de R$ 1,7 bilhão
A pecuária teve aporte de mais de R$ 1,7 bilhão com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) até o início de agosto. Desse montante, pouco mais de R$ 1 bilhão (59,8%) foram investidos no Semiárido e R$ 707 milhões nas demais zonas, compreendendo toda a área de atuação do Banco do Nordeste. 

Operações
O setor da pecuária também concentrou a maior quantidade de operações do Banco do Nordeste, com mais de 247 mil operações, o que representa 78,2% das contratações com essa fonte de recursos. Desses empréstimos, mais de 174 mil foram destinados para empreendimentos em zonas de Semiárido.

Sergipe
No território sergipano, foram investidos mais de R$ 68 milhões, dos quais R$ 43 milhões em municípios do Semiárido, o que corresponde a 63,2% do volume de recursos destinados à pecuária.Em Sergipe, o grupo mais beneficiado foi o dos microempreendedores rurais (que faturam até R$ 360 mil por ano), para os quais o Banco do Nordeste aplicou 50,7% do total contratado com o setor. Este segmento contratou mais de R$ 34,5 milhões.

Catadoras de mangabas
"Na última quarta, 17, as mulheres doceiras da Ilha Grande, em São Cristóvão, visitaram a Unidade Produtiva das Catadoras de Mangaba de Ribuleirinhas, em Estância, com o objetivo de conhecer a rotina de produção das mulheres extrativistas e suas ações de planejamento e organização. A visita é atividade integrante do projeto ‘Frutos da Ilha’, contemplado pelo edital Petrobras Integração Comunidades e executado pela ONG Sahude – Sociedade para o Avanço Humano e Desenvolvimento Ecosófico.

Catadoras de mangabas II
Na ocasião, as doceiras conheceram o maquinário da Unidade Produtiva e o processo de produção de 12 derivados da mangaba: compotas, doces, trufas, licor, torta, entre outros. “Na Ilha Grande, temos muita vontade de construir nossa Unidade Produtiva, mas ainda temos algumas limitações. Esses encontros são bons pra gente conhecer as dificuldades de outras mulheres, como elas lidam com isso. Aprendemos muito”, afirma Maria Madalena Santos, moradora da Ilha Grande."

Restabelecimento do sistema do Detran/SE
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE) comunica aos seus usuários que o seu sistema foi restabelecido às 19h da quinta-feira, dia 18, e já está funcionando normalmente. De acordo com Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis), o fato foi causado por problemas de comunicação no circuito da operadora Oi, que tiveram início na última segunda-feira, 15.

Operadora Oi
A procuradoria jurídica da autarquia está analisando a situação para que as medidas cabíveis possam ser adotadas com relação à operadora Oi, evitando que esse tipo de oscilação no sistema volte a acontecer. Diante dos transtornos causados aos usuários da autarquia que ficaram sem atendimento no período de 15 a 18 de agosto, o Detran/SE enfatiza  que os casos de documentos com data de vencimento nesses dias de paralisação do sistema terão os prazos prorrogados até o dia 31 de agosto, sem a incidência de juros ou multas.

TJSE: estágios de direito, história, psicologia e serviço social
A partir desta sexta-feira, 19/08, até o dia 26 de agosto estarão abertas as inscrições para o processo seletivo de estágio de nível superior no Tribunal de Justiça de Sergipe. A seleção visa o preenchimento de vagas disponíveis e formação de cadastro reserva para estudantes das áreas de Direito, História, Psicologia e Serviço Social.As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.tjse.jus.br/Estagio/. O candidato deve preencher o cadastro, imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento em qualquer agência do Banese até 26/08/2016. O valor da inscrição é R$ 20. As inscrições somente serão confirmadas após a comprovação do pagamento. A partir do dia 31/08/2016, será disponibilizado no mesmo site a relação dos interessados que tiveram suas inscrições deferidas.

Requisitos
Entre os requisitos estão ter cursado no mínimo 50% dos créditos obrigatórios; ter média geral ponderada correspondente a, no mínimo, 5,0, entre outros. Somente poderão ingressar no estágio os candidatos que estejam até o limite de seis meses da data prevista para a conclusão do curso. As provas serão realizadas em Aracaju, no dia 14/09/2016, na Faculdade Pio X, Campus III, à avenida Tancredo Neves, 5655, bairro Jabotiana, Aracaju, das 9 às 12 horas.

Valor
A seleção para ingresso no estágio de nível superior terá validade de um ano, a contar da data da homologação do resultado, podendo ser prorrogado uma vez e por igual período. O valor da bolsa de estágio será de R$ 622 e o valor do auxílio-transporte será de R$ 124. Os candidatos aprovados poderão ser convocados para estágio com jornada de 4 horas diárias (20 horas semanais), que será desenvolvida no período matutino, excepcionalmente no período vespertino, observado o interesse da administração. confira o edital completo:http://www.tjse.jus.br/tjnet/publicacoes/visualizar_publicacao.wsp?tmp.idPublicacao=1292

Banese: título e Icatu paga prêmio de R$ 16 mil
Uma funcionária pública estadual foi contemplada através de sorteio com o prêmio de R$ 16.095,00 de um dos títulos de capitalização que o Banco do Estado de Sergipe (Banese) mantém em parceria com a Icatu Seguros, o Banese Cap+Bônus. O prêmio foi entregue durante um café da manhã realizado nessa sexta-feira, 19, na sede da agência Central do Banese, no Largo Esperanto, em Aracaju, onde a servidora tem conta.

Negócios
Participaram do ato vários funcionários da agência, entre os quais a gerente de Negócios Maria Vânia Gomes, que vendeu o título à cliente sorteada, e o assessor comercial da Icatu em Aracaju, Mateus Rosa. “Essa premiação veio a calhar, vai me ajudar a resolver algumas coisas”, disse a sorteada, que é cliente do Banese há cerca de 30 anos.

Investimento
O Banese Cap+Bônus é uma economia programada em que a pessoa resgata o seu dinheiro no final do investimento, com o valor corrigido, mais 10% de bônus, e ainda concorre a sorteios de prêmios semanais, mensais e semestrais, podendo ganhar até R$ 2 milhões. Os sorteios são realizados com base nas extrações da Loteria Federal e o cliente concorre com dois números diferentes a cada sorteio. Caso seja premiado, continua concorrendo, podendo ganhar quantas vezes a sorte permitir.

DO LEITOR

Doações à vista!
Do leitor Dr. Edilson: “Nobre Jornalista, o Editorial do jornal  Folha de São Paulo deste último domingo (14/08/2016), denominado “Salto no Escuro”, critica a decisão do STF de proibir a doação de dinheiro por pessoas jurídicas nas campanhas eleitorais, sob o argumento de que isto ampliará e intensificará a doação ilícita e o chamado “ caixa dois”. Tal argumentação, se levada à sério, poderia ser aplicada também ao "contrabando" ou a  qualquer outra atividade ilícita, posto que só é ilícita pelo fato de não ser amparada em legislação que, uma vez criada, transformará a ilicitude em atividade legal. Simples assim! Ora, ao que consta, para os infratores da Lei existem Polícia e Poder Judiciário, sendo estranho o pensamento de que a legislação deve ser adaptada ao modos operandi de quem não a respeita. E pelo lado prático, o momento econômico que o Brasil atravessa têm submetido o setor empresarial privado à enorme arrocho financeiro, ao menos é o que tem sido divulgado. Logo, as empresas não estariam, em tese, interessadas ou capitalizadas para fazer “doações” às campanhas políticas de pretensos candidatos. E, cá entre nós, a operação lava-jato teve a serventia de esclarecer um pouco porque empresas têm tanto interesse em financiar campanhas políticas, e que esses interesses, não raro, colidem com os interesses ditos republicanos, configurando-se em verdadeiro investimento financeiro. O resultado pode ser aferido pela eterna supremacia do interesse privado sobre o público (quando a lei preconiza o contrário), e pode ser verificado pela ausência de licitação em setores essenciais como coleta de lixo e transporte público, e o amontoamento de prédios nas chamadas “áreas nobres” da cidade, só para ficar nestes três exemplos. Por tudo isso, pode esperar, logo, logo haverá uma intensa mobilização política e de setores da mídia, para legitimar uma alteração legislativa que viabilize o retorno da participação de empresas como financiadores “legais” dos seus políticos prediletos. Alguém duvida? Um abraço!”

DAQUI DA ARQUIBANCADA*

É impressionante como a grande imprensa parece ter pontos de vistas antípodas quanto ao significado da final entre a Seleção Olímpica de Futebol do Brasil e a congênere Seleção da Alemanha. Alguns acham que pode ser uma oportunidade de vindita dos 7 a 1 que os germânicos impiedosamente nos impuseram dois anos atrás. Outros acham que não faz nenhum sentido trazer à lume a lembrança da maior desgraça ocorrida com a Seleção Canarinho, pois a importância do futebol, como modalidade olímpica, disputada com atletas, em sua maioria, com menos de 23 anos de idade, já diminui, por si só, a importância do torneio, isso aliado ao fato de que o selecionado alemão não conta com os seus melhores jogadores e o Brasil, em tese, estaria representado com o que há de melhor em termos de jogadores nessa faixa etária. Noutras palavras, ganhar a Olímpiada não significa muita coisa, ainda que seja contra os Bávaros. Acreditamos, por concepção pessoal, que é sempre bom buscarmos o ponto de equilíbrio das coisas. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra, pois, como diria o filósofo Aristóteles, a virtude está no meio termo entre ações opostas. Entre o excesso e a deficiência. Então, entre o pachequismo de uns e o aziago de outros, preferimos pensar que uma vitória contra a Alemanha, no próximo sábado, tem a importância de nos restituir um pouco da nossa autoconfiança futebolística. De nos trazer a alegria de poder conquistar uma medalha olímpica de ouro no futebol, fato inédito, sendo que já chegamos perto em três oportunidades (1984, 1988 e 2012). Há um simbolismo nisso. Chega a ser um truísmo dizer que, agora, ganhar da Alemanha, seja em que modalidade esportiva for, tem um sabor especial, mormente no futebol, porque se criou uma rivalidade esportiva transcendental em razão do infortúnio (para nós) ocorrido na Copa do Mundo pretérita. Numa visão realista e sem os excessos do ufanismo, cremos que ganhar da Alemanha, por qualquer placar, não vai nos redimir do 7 a 1, é verdade; porém, também é verdade que a vitória, a se confirmar, terá sim um gosto especial, pois ainda que ganhemos pelo placar mínimo, ela, por si mesma, já irá nos devolver um pouco da autoestima perdida. Ela vai valer pelo que é: uma vitória olímpica, uma vitória de ouro. Vai reacender as nossas esperanças futebolísticas como um pira. Apesar do cataclismo ocorrido no Mineirão em 8 de julho de 2014, ainda somos a seleção mais gloriosa do futebol mundial, a única com cinco estrelas no peito e que tem uma safra excepcional de jogadores que irá nos trazer muitas alegrias nos anos vindouros. Que Neymar e a sua trupe façam a diferença.

P.S.: O nosso placar é Brasil 4 a 0 Alemanha.

PALPITES DO CAMPEONATO BRASILEIRO:

Botafogo 2 a 0 Sport. O Fogão vem de uma vitória surpreendente ante o São Paulo, em pleno Morumbi, na undécima hora, e o Sport de boa vitória perante o Flamengo, além de outros bons resultados recentes. São equipes equivalentes e o fator campo pode ser um trunfo para o alvinegro carioca. O Botafogo perdeu o bom treinador Ricardo Gomes, mas não há de perder o rumo no campeonato. Deve tentar uma vaga na copa sul-americana.

Flamengo 3 a 0 Grêmio. Muito embora não possa contar com Guerreiro e nem com Willian Arão, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o Flamengo deve promover a estreia de Diego e ter a seu favor o estádio Mané Garrincha lotado de rubro-negros. O Flamengo é forte em seus domínios e tem um bom elenco, enquanto o Grêmio é um time de bom conjunto, porém muito pendular, além de não possuir nenhum jogador de excepcional técnica.

Atlético/MG 3 a 1 Atlético/PR. Como costuma dizer a torcida do Galo: “caiu no horto tá morto”. De fato, o time mineiro quando joga no estádio Independência dificilmente perde ou empata. O Galo vinha de uma sequência de cinco vitórias consecutivas, interrompida pela derrota para o Santos. Já o Atlético/PR perdeu para o Palmeiras em plena Arena da Baixada e se distanciou um pouco do pelotão da frente. O Galo tem um grande elenco e um trio de ataque muito forte com Lucas Pratto, Robinho e Fred.

Palmeiras 3 a 1 Ponte Preta. O Palmeiras vem de boa vitória fora de casa e deve confirmar o favoritismo diante do time de Campinas. Cuca parece ter encontrado um maneira de o time palestrino jogar sem a presença de Gabriel Jesus. O Palmeiras é forte candidato ao título, muito embora sempre haja uma desconfiança de que novamente possa claudicar na reta final, como já ocorreu em outras ocasiões.

Internacional 2 a 1 São Paulo. Duelo muito interessante entre dois times que jamais foram rebaixados no campeonato brasileiro, mas que hoje vivem situação desesperadora, principalmente o Colorado gaúcho, que está a um ponto de distância do primeiro time que integra a zona do rebaixamento. A opção por Celso Roth no comando técnico do Inter, notável por montar times defensivos, indica que o objetivo é jogar na retranca e tentar ganhar por placares mínimos os próximos jogos. O fator casa tende a favorecer o Inter.

Figueirense 1 a 1 Cruzeiro. Jogo dos desesperados, pois ambos estão na zona do rebaixamento. O Cruzeiro, apesar de contar com Mano Menezes como treinador, até o momento não conseguiu reagir no campeonato e corre o sério risco, pela primeira vez em sua história, de ser rebaixado. O time de Florianópolis tem apenas quatro vitórias no campeonato e faz uma campanha ruim nos seus domínios, enquanto que o Cruzeiro não consegue conquistar muitos pontos fora de casa.

Corinthians 1 a 1 Vitória. O fator campo não tem sido tão decisivo para o Timão ultimamente, pois perdeu vários pontos jogando na sua Arena. O empate com o Cruzeiro teve sabor de vitória, pois era para ter perdido, não fosse, mais uma vez, o apito amigo a ajudá-lo. Corinthians e Vitória, nas últimas cinco partidas, conquistaram apenas uma vitória cada. O Treinador do Timão, Cristóvão Borges, se perder ou empatar, corre sério risco de ser demitido. O time paulista não tem um bom elenco e já não conta com o mágico ou alquimista Tite. Se conseguir classificação para a libertadores já terá alcançado um grande feito.

Coritiba 0 a 2 Santos. O Peixe, além de ser implacável como mandante, também tem se mostrado vitorioso quanto atua fora da Vila Belmiro. Ricardo Oliveira tem mostrado total recuperação da lesão no joelho e Lucas Lima é sempre um jogador que pode decidir uma partida numa jogada genial. O Coritiba luta para não cair e não deve ser páreo para o Santos.

Santa Cruz 2 a 1 Fluminense. O time pernambucano está na penúltima colocação, tendo perdido várias partidas no Arruda, mas conta com o artilheiro Grafite. Já o Fluminense, não é um time muito confiável. Ganhou apertado do América/MG (último colocado) e as suas vitórias têm sido conquistadas com esforço hercúleo. O Santa Cruz demitiu Milton Mendes e contratou Doriva, que geralmente costuma fazer bons trabalhos em times que ocupam a parte intermediária ou final do campeonato. Doriva é um técnico que apaga incêndios.

MANOEL DANTAS – Advogado e Santista*
http://Daquidaarquibancada@gmail.com

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Quem se faz professor de si mesmo torna-se aluno de um tolo.”Bernardo de Claraval, santo católico francês, morreu em 20 de Agosto de 1153 (n. 1090).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais