Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura

0

Como é bom receber notícias de pessoas que se esforçaram e conseguiram atingir a meta desejada. Recebi, nos últimos dias, de forma coincidente, mensagens, ligações e visitas de pessoas que foram aprovadas em concursos públicos e Exames da OAB.

Bem, a minha filha está para nascer nos próximos dias. Dizem que é uma emoção muito grande… talvez uma das maiores sentirei em toda a minha vida. E deve ser realmente! Como ainda não tenho esse parâmetro, tenho como relatar a alegria da aprovação em um concurso público. Essa sensação você também guarda para o resto de sua vida. Isso porque você vê que todo o período de esforço teve algum sentido. Você percebe, olhando para trás, que os momentos que você não pode estar ao lado de as pessoas queridas (pais, filhos, namorado, marido); ou quando teve que substituir a praia em um belo dia de sol para se debruçar sobre os livros; ou, ainda, quando teve respirar fundo para aturar a pressão que sofreu em casa por não ter passado em nada até aquele momento, valeram a pena. Afinal de contas, muita gente que está próxima de uma pessoa que está estudando para concurso, muitas vezes sem maldade, ouve o “estou estudando” como “tenho tempo disponível para ir ao mercado, levar o cachorro no veterinário, pegar a irmã no ballet…” e outras tantas coisas que só o concurseiro é capaz de compreender.

Tais notícias me fazem lembrar uma história peculiar que muito me emocionou e que me faz buscar força e inspiração para o meu aperfeiçoamento como professor.

Preciso compartilhar isso com vocês… Já o fiz, uma vez, em meu perfil no facebook (www.facebook.com.br/tiagobockie). Era dia 29 de janeiro de 2012. Um domingo. 09 h da manhã, quando fui surpreendido com uma ligação.

Era uma aluna que não tinha notícias há muito tempo. Começou a falar: Professor, lembra de mim? E a resposta foi peremptória: Não, desculpe, quem está falando? Quem fala é sua aluna, que começou a estudar para concursos lá na CICLO, no curso básico para concursos, na primeira sede da empresa, que é filha de faxineira e de um vendedor de balas, que cuidava das irmãs durante o dia e ia para o curso à noite, que pediu muito a sua ajuda, que foi incentivada pelo senhor a sempre continuar estudando e que seguiu o seu conselho a risca de estudar até passar… Lembra? E continuou ela: Pois é… agora vou ter que mudar de residência, pois acabei de ser convocada para o cargo de Técnico de um Tribunal. Muito obrigada! (não precisa dizer como eu estava nesse momento… já não saiam palavras).

Disse eu, naquela oportunidade, quando postei essa história: E precisava falar alguma coisa? Dificuldade todo mundo tem… Não podemos usar isso como pretexto no caminho de busca do que queremos…

De fato. Nós achamos, muitas vezes, que os nossos problemas são maiores que os problemas dos outros… Faz parte da vida que a gente não esteja, muitas vezes, nas “condições normais de temperatura e pressão”. Encare a eventual “pedra no caminho” que pode surgir ao longo da trajetória como algo circunstancial, passageiro e, acima de tudo, tente encontrar um aprendizado nesse obstáculo.

De acordo com Fernando Pessoa, “ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise… Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo.”

Isso, sim, faz valer a pena! Cabe a mim passar o maior e melhor conteúdo para fazer com que muitos sonhos sejam concretizados. E como fico feliz como eles são realizados… é uma parte do meu esforço que vejo que não foi em vão. Mas não é de graça: cabe a você acreditar nos seus sonhos!!!

IMPOSSÍVEL = Que não pode ser; que não se pode fazer. Será mesmo? Tanta coisa que achava impossível se concretizou… tantas coisas que estavam só nos sonhos se transformaram em realidade… Portanto, cabe a você não desistir, afinal de contas, água mole, pedra dura, tanto bate até que fura…

Notícia da Semana:

• Foi publicado o edital do concurso público para a Companhia de Saneamento do Estado de Sergipe – DESO. Verifique aqui o conteúdo programático para este concurso público, que prevê 382 vagas, com remuneração de até R$ 3.256,10. Muito importante que os candidatos tenham atenção especial às disciplinas Português, Informática e Conhecimentos Gerais, que são comuns a todos os cargos de nível técnico, médio e superior. Para os candidatos ao cargo de Advogado, muito importante uma revisão geral da disciplina Direito Administrativo, que constitui 70% do conteúdo programático, especialmente, o conteúdo Licitações e Contratos Administrativos.

• De acordo com a Polícia Federal, o seu concurso, suspenso desde julho de 2012, com 350 vagas para Escrivão, 100 de Perito e 150 para Eelegado, será retomado. De acordo com o Departamento da Polícia Federal, as inscrições serão reabertas para todos os cargos e as provas devem acontecer em julho de 2013. Além deste concurso, atualmente suspenso, há um pedido para a realização de novo concurso para mais 1.200 vagas para os cargos de Agente (600), escrivão (450) e Delegado (150)

•  O edital do concurso da Polícia Rodoviária Federal, autorizado em 9 de abril de 2013 para 1.000 vagas do cargo de Agente (Remuneração de R$ 6.479,81), tem prazo para a publicação até outubro, sendo que, diante do histórico do órgão, a previsão é que o mesmo seja publicado a qualquer momento.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais