AJU abandonada! SMTT gasta dinheiro com semáforos nunca usados

0

                      Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça

 “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

 

 Depois que o blog divulgou o novo semáforo na Avenida Tancredo Neves, em frente a nova loja da Pisolar (quando tinha shows no Emes a SMTT nunca se preocupou com os pedestres), começaram a “chover” reclamações e denúncias contra a SMTT, da administração do prefeito Edvaldo Nogueira.

 

Mais dois exemplos:

 Acima, o semáforo na Avenida Tancredo Neves e a Avenida Augusto Franco. Qual a finalidade, se nunca funcionou? Existiu estudo de fluxo de pedestres para tal investimento? Com a palavra a SMTT e o MPE.

 

Acima, semáforo instalado na Rua José Pedro do Nascimento, no conjunto Médici II, Bairro Inácio Barbosa. Qual a finalidade deste semáforo que nunca funcionou?

  

O blog pede que os moradores fotografem e enviem as imagens dos semáforos instalados pela SMTT que nunca funcionaram. O MPE, através da promotoria em defesa do cidadão, deveria pedir o ressarcimento para o erário, através do bolso dos gestores, nesta caso o superintendente da SMTT e o próprio prefeito.

Ainda na SMTT, alguns agentes de trânsito – tem exceções – atuam como “valentões no gramado”, com um celular nas mãos para multar sorrateiramente e sem apitos de advertência motoristas pelas ruas de Ará! Porém, esses mesmos são “delicados na intimidade” ao não se digitarem de coibir os ilícitos à legislação de trânsito sobre as calçadas e ruas circunvizinhas à SSP, por flagrante prevaricação, que usam dois pesos e duas medidas na fiscalização de trânsito em Aracaju!!Até quando?

Por falar em prevaricação, faz-se oportuno registrar o excesso de poder praticado pela SMTT que arbitrariamente instala placas de “proibido estacionar” ao longo de ruas inteiras, a pretexto de implantar o famigerado “corredor de ônibus” que está sendo executado a passos da incompetência administrativa. Ocorre que, enquanto não implantam o abusivo corredor de ônibus, os “guardinhas da SMTT” aparecem sem, sequer, fazer uso do apito de advertência para multar os veículos estacionados nas vias públicas, por puro abuso de autoridade na arrecadação do vil metal, causando constrangimentos aos motoristas. Até quando?

E o corredor da Avenida Hermes Fontes? Serve para quê? Estão esperando as proximidades das eleições? Qual o órgão que terá coragem de ingressar com ação pública contra o gestor? A desculpa de vários meses que faltam ferros para entrega dos pontos dos ônibus não vale. É gestor ou a preocupação é apenas com 2022?

Triste Aracaju abandonada!

 

Operação “Tapa-buracos” cheia de ondulações Alguém pode explicar qual a técnica e a racionalidade em algumas operações tapa-buracos realizadas em Aracaju? Por exemplo, no Bairro Suíssa todas as ruas que receberam a operação estão totalmente desniveladas. Nenhum carro que transite diariamente conseguirá manter o alinhamento.

 

Prisão por peculato e improbidade administrativa Ninguém se surpreenda se uma autoridade no âmbito federal pedir a prisão de um gestor em Sergipe por peculato e improbidade administrativa. Não se fala em outra coisa pela farta documentação recebida. Não dá nem para chamar de tráfico de influência, é associação criminosa mesmo.

 

Aracaju sem memória! O prédio histórico da antiga Alfândega de Aracaju, que foi sede da Receita Federal, no Centro de Aracaju, continua abandonado há mais de 10 anos. Cadê as autoridades constituídas que não fazem uma parceria com a ajuda dos parlamentares através de emendas para restaurar o prédio e transformar em mais uma atração turística? Vão esperar desabar ou deixar que pegue fogo?

 

Nota: Energisa combate “gatos” no estacionamento da Passarela do Caranguejo A Energisa Sergipe informa que realiza inspeções periódicas para identificar fraudes e furto de energia elétrica em todo estado. A concessionária já enviou uma equipe ao local para identificar se há irregularidades e tomar as medidas cabíveis, pois fraude e furto de energia elétrica são crimes e devem ser denunciados. A Energisa ainda ressalta a importância do papel da população no combate a esses crimes. A denúncia pode ser feita pelo Call Center 0800 079 0196 (ligação gratuita) ou pelo site www.energisa.com.br em Serviços Online / Mais Serviços  / Denuncie Furto de Energia. A identidade de quem denuncia é mantida em total anonimato.

                 

 

Lagarto: Ação de improbidade pode causar cassação de prefeita Deu no NE Notícias: Uma grave denúncia pode resultar na cassação do mandato da prefeita de Lagarto, Hilda de Gustinho (SOLIDARIEDADE). Caso a ação movida pelo Ministério Público contra a gestora seja julgada procedente pelo Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJSE), Hilda pode perder o cargo por uso indevido da máquina pública. De acordo com a ação do MP, a Prefeitura de Lagarto estaria usando maquinário do município para promover beneficiamentos em um terreno particular que pertenceria ao aliado Fernando Moura. A ação detalha a forte ligação de Fernando Moura com a prefeita Hilda de Gustinho, deixando claro o objetivo de usar a prefeitura para interesses privados. Segundo a denúncia, provas mostram o maquinário da prefeitura sendo usado nesse terreno particular. Além do mais, Fernando Moura foi candidato a vereador em 2020 e uma das pessoas doadoras da sua campanha foi a prefeita Hilda de Gustinho. Toda matéria aqui:https://www.nenoticias.com.br/acao-de-improbidade-pode-causar-cassacao-de-prefeita/

 

 

             

Confusão mental Por causa do jornal Cultura News, da Rádio Cultura de Sergipe, que está sendo apresentado na emissora de TV ligada ao grupo da TORRE, cuja empresa esteve envolvida no escândalo do lixo de Aracaju, uma grande confusão está se formando na cabeça dos católicos sergipanos. Pela divulgação realizada do tal jornal, os católicos estão pensando que a TV é da Arquidiocese de Aracaju. Não é verdade. Na realidade, a arquidiocese está usando o espaço da TV Liberdade 7.1 e não é a tal CULTURA TV divulgada pela Rádio Cultura. Essa confusão mental cheira mal.

 

Dízimo agora não No último sábado, no programa apresentado pelo arcebispo de Aracaju, na Rádio Cultura, o tema principal foi “o dízimo”. Ele não tocou no assunto da venda do colégio arquidiocesano e nem nos milhões que a arquidiocese adquiriu com a negociação. Muitos católicos estão dizendo que por enquanto não entregarão o dízimo, pois os cofres da arquidiocese estão abarrotados de dinheiro. Durante o programa era realizada a divulgação pendido um PIX para a Rádio Cultura. Crendeuspai.

 

 

 

       

 

Itabaiana: prefeitura procura parceria com o DNIT Ontem, 3, ao lado do Superintendente Regional do DNIT, Alexandre Monteiro da Cunha, o prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa, fez uma visita técnica na Avenida Pedro Teles Barbosa, na BR-235, para, em parceria com a gestão municipal, solucionar a problemática dos buracos que dificultam o trânsito no trecho.

Rio das Pedras O prefeito aproveitou a oportunidade para apresentar algumas demandas, como, por exemplo, a necessidade de uma limpeza geral do canteiro central do povoado Rio das Pedras ao povoado Terra Dura na BR-235.

 

 

 

 

Parcerias para transferência de novas tecnologias aos agricultores de mandioca e citricultores de Sergipe O ex-deputado federal e presidente estadual do MDB, Sérgio Reis, participou na manhã de ontem, 3, de uma reunião na Embrapa, com o objetivo de analisar parcerias para transferência de novas tecnologias aos agricultores de mandioca e citricultores de Sergipe. “Na reunião foi possível compreender o passo a passo para estreitar relações com parceiros importantes na modernização da produção de mandioca e o plantio de frutas cítricas no estado” explicou Reis. Na companhia de Sérgio Reis, o superintendente da Embrapa, Marcus Cruz, a chefe de pesquisa do órgão, Marcela Fernandes, o chefe de Transferência de Tecnologia, Alexandre Nizio, o chefe de Administração Paulo Carvalho e a engenheira agrônoma Isabela Reis.

 

 

 

       

 

Macambira: Prefeitura amplia rede para atendimento a população O prefeito de Macambira, Carivaldo Souza, desde o início da atual administração, colocou como foco principal a melhoria da qualidade de vida da população através da disponibilidade de profissionais em diversas áreas. Além das ações que são referência em Sergipe no combate a Covid-19, a Prefeitura vem disponibilizando especialistas em diversas áreas. Ao todo, o município já conta com 11 especialistas atuando: Cardiologista, Ortopedista, Ultrassonografista, Pediatria, Fonoaudióloga, Nutricionista, Terapeuta Ocupacional e duas psicólogas. O mais recente foi o retorno do médico especialista em psiquiatria, Erik Cunha, que, mensalmente, atenderá na Clínica Dona Caçula. Para agendar uma consulta, basta procurar a sede da Secretaria da Saúde mediante encaminhamento, documento de identificação e Cartão do SUS em mãos.

 

 

 

 

 

Presidente do TJSE entrega pessoalmente Projeto de Lei de revisão salarial dos servidores na Alese O Presidente do Poder Judiciário de Sergipe, Des. Edson Ulisses de Melo, esteve ontem, 03, na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese). Na oportunidade, ele entregou os Projetos de Lei aprovados pelo Pleno do TJSE que tratam da revisão geral dos vencimentos básicos dos cargos e funções do Quadro de Pessoal do Poder Judiciário e a instituição do seguro COVID-19 ao Presidente da Alese, Dep. Luciano Bispo.

Revisão O primeiro Projeto de Lei versa sobre a revisão em 3%, dos vencimentos básicos dos servidores do Quadro de Pessoal do Poder Judiciário do Estado de Sergipe, bem como as vantagens pessoais nominalmente identificadas, a partir de 1º de janeiro de 2021.  Desde o início deste ano, o Presidente do TJSE vem mantendo sucessivos encontros com a diretoria do Sindicato dos Servidores do Judiciário (Sindijus), recebendo e debatendo propostas sobre revisão salarial dos servidores. Durante reunião realizada no último mês de julho apresentou aos representantes sindicais, uma contraposta de descongelamento das letras e triênios, mais a revisão no valor de 3% dos vencimentos básicos, o que fora aceita pelo Sindicato.

Dificuldades Segundo o Des. Edson Ulisses de Melo, a gestão entende as dificuldades que os servidores passam, porque a crise atinge a todos, mas, após estudos financeiros realizados pelas equipes técnicas foi possível conceder a revisão salarial, que tem assento Constitucional, no valor de 3% dos vencimentos básicos, dentro dos limites que o orçamento permite e o que a lei não proíbe.

Seguro Covid-19 Outro Projeto de Lei aprovado pelo Pleno para apreciação e votação do Poder Legislativo, e entregue ao Presidente da ALESE trata da instituição e pagamento do seguro aos dependentes de servidores públicos efetivos ou comissionados do Poder Judiciário do Estado de Sergipe, estando na atividade de forma presencial, que tenham falecido em decorrência da Covid-19. O seguro prevê o valor indenizatório a ser pago em parcela única, em cotas-partes iguais, conforme o número de dependentes do servidor público efetivo ou comissionado no total de R$ 15.000,00 (quinze mil reais). Tal iniciativa é única no âmbito dos Poderes Republicanos na esfera federal e no Estado de Sergipe.

Apreciação Segundo Presidente da Alese, já na próxima semana deverá levar à apreciação e votação do plenário os projetos de lei apresentados pelo Poder Judiciário. “Os projetos apresentados pelos Poderes, a Assembleia tem sempre como meta aprová-los, porque cada Poder sabe de suas necessidades e dos seus problemas individuais”, finalizou o Chefe do Legislativo.

Convite Movimento Polícia Unida Com o intuito de deliberar as novas ações do Movimento Polícia Unida, as nove instituições participantes promoverão a 2ª Assembleia-Geral, na próxima quinta-feira, 5, às 14h, na sede da Associação dos Oficiais Militares de Sergipe (Assomise). O Governo do Estado, através do secretário de Administração, receberá o Movimento Polícia Unida às 10h do mesmo dia. A expectativa é que neste dia seja, de fato, aberto o diálogo sobre o adicional de periculosidade. A pauta da Assembleia consiste em informar o resultado da reunião e deliberar atos públicos e medidas condizentes com a posição do governo. Convidamos toda a imprensa para saber em primeira mão dos próximos passos do Movimento Polícia Unida. A sede da Assomise fica no bairro Farolândia, Rua Tenente Aragão, nº 695, Aracaju/SE.

 Advogada orienta empresas e órgãos públicos sobre sanções em vigor na LGPD Aprovada em 2018, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) chegou à sua fase final de implementação. Com isso, entraram em vigor nesse domingo, 1º, as sanções previstas para empresas e órgãos públicos que descumprirem as normas estabelecidas na Lei n° 13.709. Para auxiliar empresários e administradores públicos neste processo de adaptação, a advogada Rafaella Batalha, do escritório BSL Advocacia Integrada, destaca algumas penalidades que podem ser aplicadas pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

 Adequação “A partir deste momento, todas as empresas e órgãos públicos, que lidam diretamente com a coleta e o manuseio de dados pessoais dos cidadãos, precisarão se adequar, sob o risco de serem punidos. A LGPD traz sanções escalonadas, desde uma advertência a multa de R$ 50 milhões, incluindo também a publicização da infração, bloqueio ou eliminação de dados pessoais, suspensão e até a proibição parcial ou total do exercício das atividades relacionadas ao tratamento de dados”, explica Rafaella Batalha.

 

Prevenção De acordo com ela, é fundamental que os agentes de tratamento de dados atuem de forma preventiva. “O propósito da LGPD é organizar a coleta, o uso e o tratamento de dados pessoais para evitar vazamentos e a utilização ilícita de informações. As empresas e órgãos públicos alinhados com o que determina a nova Lei, demonstram boa-fé e minimizam os riscos de serem penalizados”, afirma a advogada.

 

 

ESPECIAL

 

Mais uma do presidente da Adema: fere normas de transparência e participação popular em audiência pública para Usina Solar em Canindé. A empresa de consultoria a mesma de “trânsito livre.” Ainda terá sérios desdobramentos.

 Inclusive a sociedade civil já fez denúncia pedindo a interveniência do licenciamento ambiental prévio, tanto na Adema, como no Ibama, no MPF e no MPE. Mesmo com o protocolo oficial e a intervenção no dia da audiência o licenciamento seguiu. Aqui:A.P. Poço de Areia_Sergipe

 

 Alguns servidores da Adema enviaram mais uma denúncia:

 

A ADEMA contrariando todas as normas de transparência e participação pública, informou com menos de 48 horas de antecedência a realização de audiência pública referente a Usina Solar a ser instalada em Canindé do São Francisco, tendo como empresa de consultoria a mesma de “transito livre” na ADEMA. 

 

 Esta estratégia já tinha sido realizada nas audiências para os aterros Sanitários situados em Itabaina, Itaporanga da Ajuda e Estância, tendo como empreendedor empresa do grupo Torre e a mesma empresa de consultoria. 

 

 Para surpresa do Presidente da ADEMA, o link da audiência foi disponibilizado em grupos nas redes sociais, comparecendo uma audiência de 92 pessoas.

 O presidente da Adema, alegando outros compromissos atrasou o início da audiência em mais de 1 hora. Segundo relatos dos participantes na audiência, houve denúncias de plágio referente ao estudo realizado pela consultoria, além de questionamentos quanto a baixa qualidade do estudo, que pasmem foram defendidos pelo presidente da ADEMA e não pela consultora, ele se mostrou bastante contrariado com as perguntas e intervenções dos participantes, chegando a subjugar o conhecimento de um Engenheiro Florestal com mais de 10 anos de experiência em licenciamento, tratando como se fosse um estudante de nível fundamental, por perguntar qual o critério da ADEMA para aceitar um estudo com falhas grotescas com relação a fauna e flora. Ouça a fala do presidente da Adema subjugando o conhecimento do engenheiro florestal:

 

Constatando sua irritação, o presidente encerrou a audiência antes do tempo previsto, sem responder diretamente os questionamentos, nem permitir complemento das intervenções realizadas. Tudo foi gravado.

Apesar de diversas solicitações a gravação desta audiência pública, não foi disponibilizada pela ADEMA, nem tão pouco o Estudo De Impacto Ambiental (EIA) completo foi disponibilizado no site da ADEMA, conforme solicitado pelos participantes.

 

Segundo Servidores da ADEMA, aparentemente o empreendimento estaria localizado entre dois Estados (SE/BA), sendo de competência federal, por isso, informam os servidores, até hoje o ICMbio não foi oficializado do empreendimento pela ADEMA. Essa seria a razão da tentativa de audiência as escondidas uma estratégia do Presidente da Adema e da Consultoria para burlar a legislação licenciando pelo estado uma competência federal, para manter a parceria com a consultoria já iniciada com os empreendimentos de resíduos sólidos.                                

                                     

 

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Contra a PEC-32 O Sinpol Sergipe está em Brasília para participar da manifestação contra a PEC-32 que desmonta os serviços públicos. Ouça o vídeo com Adriano Bandeira, presidente Sinpol/SE, do vice-presidente, Enio Nascimento e da presidente da Associação dos Escrivães da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, Aline Risi dos Santos, na sede da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis – COBRAPOL, na capital federal:https://www.instagram.com/tv/CSHYbROFIy-/?utm_medium=copy_link

 


A 9ª Semana Mundial do Aleitamento Materno do Hospital e Maternidade Santa Isabel  Foi iniciada com orientações às mães sobre como amamentar o seu bebê. A equipe multidisciplinar, mostrou como funciona a pega e os posicionamentos corretos para indução da amamentação. Acesse as redes sociais para acompanhar. Facebook: https://www.facebook.com/102344288547229/posts/193123959469261/?d=n e Instagram: https://www.instagram.com/p/CSHqnGrr-bH/?utm_medium=copy_link

 




PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

 

OPINIÃO

 

O Mercado da Loucura Por Antônio Samarone, médico sanitarista.

 

http://blogdesamarone.blogspot.com/

 

 Os transtornos mentais explodiram no século XXI. O mal-estar foi privatizado e psicologizado na nova Sociedade do Desempenho.

 Os medicamentos psicoativos são os mais vendidos pela indústria farmacêutica e a dependência tornou-se um problema de Saúde Pública.

 Como surgiram tantas doenças mentais?

 As antigas psicoses e as neuroses foram rebatizadas de transtornos mentais. A velha loucura, elogiada por Erasmo de Roterdã, foi desmembrada em centenas de transtornos mentais.

 Foi o século XIX que trouxe a insanidade para o cérebro e resolveu medicalizá-la. A teoria dominante atribuía a loucura uma causa degenerativa. Havia a crença que a psicose era unitária. O louco, alienado, apoucado, aluado, maluco, demente, insano e o doido eram uma mesma pessoa.

 Os unitários defendiam que a mente não podia ser subdividida em faculdades, que os casos intermediários são comuns e, a longo prazo, os diagnósticos são instáveis. Eles tinham razão.

 Ao eterno doido de pedra, a medicina o batizou de psicótico. A insanidade era um estado de total irracionalidade. A medicina inverteu: “A razão é o perfeito equilíbrio de todas as faculdades; fora daí insânia, insânia e só insânia.” – Doutor Simão Bacamarte.

 Foi no final do Dezenove que a medicina criou uma taxonomia e começou a inventar nomes. A denominação cria as coisas, segundo Saramago.

 O psiquiatra alemão Emil Kraepelin, em seu Compendio de Psiquiatria (I883) classificou as doenças mentais (psicoses) em três grupos: demência precoce (esquizofrenia), loucura maníaco depressiva (transtorno bipolar) e paranoia.

 No início do século XX, já eram reconhecidas as neuroses (histeria, obsessão, fobias, ansiedade e depressão). Disfunções mentais menores. 

 Em 1917, os americanos publicaram um manual Standard de psiquiatria e relacionaram 22 doenças mentais. Depois, eles criaram a bíblia da psiquiatria orgânica (Diagnostic  and Statistical Manual of Mental Disorders – DSM). E novas doenças foram surgindo.

 Em 1952, eles publicaram o primeiro DSM-I. As doenças mentais passaram de 22 para 106. Essa explosão coincidiu com o surgimento dos psicotrópicos.

 Em 1968, foi publicado o DSM-II com 182 doenças mentais descritas.

 O DSM-III, publicado em 1980, foi seguido de uma grande polêmica. Houve uma reação a esse crescimento interessado das doenças mentais, com acusações de que se estava criando doenças para aumentar o consumo de drogas já descobertas.

 O remédio, em alguns casos, surgia antes da doença que ele deveria tratar. O DSM-III sofreu grande interferência das regulamentações da indústria farmacêutica.

 A maior revisão foi a do DSM-IV, publicada em 1994. O DSM-5 (DSM-V) foi publicado em 18 de maio de 2013 e é a versão atual do manual, onde as doenças agora chamadas de transtornos mentais, já ultrapassaram três centenas. (300 tipos diferentes de transtornos mentais). Está difícil escapar! Um criterioso exame clínico, com certeza, nos arruma uma vaga num desses subitens.

 O novo Código Internacional das Doenças (CID – 11), que entrará em vigor em janeiro de 2022, não só confirmou todos os transtornos mentais estabelecidos no DSM-5, como criou outros.

Em seu capítulo 6 estão, os “Transtornos mentais, comportamentais ou de desenvolvimento neurológico”. Aguardem a novidade.

 O doutor Simão Bacamarte, personagem de Machado de Assis, acertou, quando internou a população inteira de Itaguaí, na Casa Verde.

 Segundo Bacamarte:

 “De todas as vilas e arraiais vizinhos afluíam loucos à Casa Verde. Eram furiosos, eram mansos, eram monomaníacos, era toda a família dos deserdados do espírito. Ao cabo de quatro meses, a Casa Verde era uma povoação.”

 “Tudo era loucura. Os cultores de enigmas, os fabricantes de charadas, de anagramas, os maldizentes, os curiosos da vida alheia, os que põem todo o seu cuidado na tafularia, um ou outro almotacé enfunado, ninguém escapava aos emissários do alienista.”

 “Os alienados foram alojados por classes. Fez-se uma galeria de modestos; isto é, os loucos em quem predominava esta perfeição moral; outra de tolerantes, outra de verídicos, outra de símplices, outra de leais, outra de magnânimos, outra de sagazes e outra de sinceros.”

 

Simão Bacamarte voltou! Dessa vez, Crispim Soares, o boticário da vila, é quem está se dando bem. Por enquanto!

 



Siga Blog Cláudio Nunes: 


Instragram

 Facebook

 Twitter

 

 


Frase do Dia
“…da inocência da infância até à velhice extrema, continuará exatamente assim, só atribuindo interesse e grandeza àquilo que está a serviço da sua pessoa e da sua importância.” Rachel de Queiroz.


Ouça a reportagem com a voz do Papa e compartilhe: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-08/intencao-oracao-do-papa-francisco-agosto-reformar-igreja-e-todos.html

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais