AL faz votação histórica hoje. Será?

0

Há uma enorme expectativa em torno da votação dos dois projetos de lei de origem governamental, a respeito dos fundos previdenciários, o Funprev e o Finaprev. Os dois ainda não passaram pelas Comissões Técnicas e, se a votação tiver que ser hoje, haverá antes reunião das comissões para apreciá-los. Há mais de uma semana discute-se na Assembleia Legislativa a tramitação dos dois projetos de lei complementar, mas o resultado dessas votações é uma incógnita. O governo tem deputados suficientes para fazer valer sua intenção mas o fato é que os dois projetos mexem profundamente com os funcionários públicos e nestas época pré-eleitoral é melhor que haja consenso entre os deputados. Hoje, ainda, vai ser lido um novo projeto do governo garantindo receitas suficientes para capitalizar o novo fundo oriundo da fusão dos dois fundos. Há ainda outros fatores que talvez não permitam a votação hoje.

REQUERIMENTOS – Há um requerimento da deputada Ana Lúcia pedindo a realização de uma audiência pública, a ser realizada na Comissão de Constituição e Justiça com a presença de um técnico da área jurídica de reconhecida competência para ajudar na discussão do PLC no. 10/2017, em especial acerca de sua constitucionalidade frente ao art. 40 da Constituição Federal e todo o ordenamento jurídico pátrio. Além disso, a deputada petista pediu ao Governador Jackson Barreto copia  do estudo técnico que promove a preservação do equilíbrio financeiro e atuarial  após a extinção do Funprev, para acompanhar o trâmiste do projeto de lei complementar número 10. Há ainda o requerimento do deputado Georgeo Passos para que a votação seja nominal, ou seja, cada deputado presente a sessão declarando o seu voto. Se a votação for nominal talvez o governo não obtenha a maioria. Ninguém quer ficar queimado perante o servidor público. Mas, se a votação for mais uma vez adiada, como reagirá aquela verdadeira multidão que vai lotar o plenário da Assembleia na manhã de hoje? Pelo sim, pelo não, o ideal é reforçar o policiamento.

Presidente foi passear na China

O País se acabando numa crise desgraçada, que não tem fim, e o Presidente Michel Temer passa sete dias fora do Brasil, em viagem de turismo do outro lado do mundo, a China. A desculpa é a de sempre, fazer negociações para aumentar o comércio entre os dois países. Levou na comitiva nada menos que dez deputados de sua base aliada. Precisava tanta gente para ser testemunha do serão turístico?

Tributos Federais em Sergipe

A arrecadação de tributos federais, no mês de julho, em nosso Estado, ultrapassou os R$ 359 milhões de reais. Houve um aumento de 10,9%, quando comparado a arrecadação de julho de 2016. Quando comparado como o mês anterior deste ano h ouve um crescimento de 5,3%. No acumulado do ano, a soma chega a R$ 2,3 bilhões, crescendo 3,6% quando comparado o mesmo período de 2016. .A receita previdenciária foi a maior responsável pela arrecadação daquela grana toda no mês de julho: foram R$165,1 milhões, abrangendo 45,9% do recolhido. O Imposto de Renda levou R$ 82,3 milhões , ou seja 22,9% O Cofins  levou R$ 23 milhões e o PIS/PASEP R$ 14,2 milhões . O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) teve uma arrecadação de R$ 6,5 milhões.

Prefeito vai a Washington

O Prefeito Edvaldo Nogueira prepara-se para ir a Washington, a Capital dos Estados |Unidos, a convite do BNDES, que está patrocinando o seminário “Rumo a Cidades Inovadoras e Competitivas”. Foram convidados também os prefeitos de Florianopolis (Gean Loureiro), Natal (Carlos Eduardo Alves), Goiania (Iris Rezende), João Pessoa (Luciano Cartaxo), Palmas (Carlos Anastha) e Vitória (Luciano Rezende). A despesa da viagem corre toda por conta do BNDES. Ou seja, uma viagem com boca livre total.

Botijão de gás: os olhos da cara

O preço do botijão do gás de cozinha que aumenta todo o mês, está batendo nos oitenta reais. É muito alto, muito caro e um incentivo para a volta do fogão a lenha. Até o final do ano, o botijão chegará a casa dos cem reais, na acelerada marcha que vai. Cadê a sensibilidade social do governo para coisas deste tipo?

Jorge Carvalho lança álbum hoje

O Secretário da Educação, dr. Jorge Carvalho do Nascimento, lança hoje, as 17h, na Escola Yazigi, nas proximidades da Biblioteca Pública, o seu primeiro livro. Chama-se “Muda Expressão” e é também sua estreia na arte da fotografia. Aliás, o acabamento do livro é de primeiríssima qualidade. Na última reunião do Rotary Clube de Aracaju-Norte ele fez a entrega do primeiro exemplar ao professor Olimpio Seixas, que foi quem o encaminhou para a arte fotográfica. Olimpinho sentiu-se prestigiado  e muito alegre com o seu aluno. O livro é um encanto, em verdade. Praticamente não tem texto, são só fotografias clicadas com esmero artístico e profunda sensibilidade.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários