Alça do caixão

0

Reunidos ontem em Brasília, os dirigentes do DEM definiram quem vai segurar na alça do caixão quando o partido moribundo desencarnar. Alguns ‘parentes’ do doente, como o prefeito paulista Gilberto Kassab, nem apareceram à unção do enfermo. Para cuidar da casa demista, foi escolhido o senador Agripino Maia, a quem caberá contratar as carpideiras para a sentinela e acompanhamento do féretro. De Sergipe, foram indicados para carregar o ataúde do DEM o ex-governador João Alves Filho, o ex-deputado federal José Carlos Machado e o deputado federal Mendonça Prado. Todos que compareceram à reunião de ontem definiram que até o paciente ‘bater as botas’ vão negar o agravamento de seu quadro clínico visando manter o grupo unido ao lado do leito de morte do DEM, partido que deve se exaurir da mesma forma como os seus antepassados Arena, PDS e PFL. 

Dia de balanço 

Em evento que contará com a presença do governador Marcelo Déda (PT), o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento, concederá entrevista à imprensa nesta quarta-feira para divulgar os resultados obtidos pelo banco em 2010. A coletiva será realizada no auditório do Banese da Avenida Augusto Maynard. Depois da apresentação dos números do banco, o governador também fará um pronunciamento para enaltecer a saúde financeira do Banese. 

Mesmice 

Como ocorreu na legislatura passada, os deputados estaduais Francisco Gualberto (PT) e Augusto Bezerra (DEM) permanecem trocando farpas na Assembléia. Ontem, depois de um discurso do demista, o petista o acusou de praticar estelionato político. “Fraude política é ver o deputado que é aliado da iniciativa privada dizer que é defensor da coisa pública”, fuzilou Gualberto. Pelo visto, os dois vão continuar trocando acusações em plenário, quando deveriam ocupar o tempo das sessões com temas que interessam à sociedade. Uma pena! 

Cortesia 

A Mesa Diretora da Assembléia fez ontem uma visita de cortesia ao governador Marcelo Déda. Este ressaltou a importância da consolidação de uma relação cada vez mais respeitosa e produtiva entre os dois Poderes, porém sem abrir mão da independência. A presidente do Parlamento, deputada Angélica Guimarães (PSC), disse que a visita faz parte da harmonia entre os Poderes. “Apesar da independência que sempre deve haver entre o Governo e o Legislativo, é preciso que haja essa relação harmônica em prol do povo sergipano”, frisou Angélica. 

Ação verde 

Como parte das comemorações dos 156 anos de Aracaju, a Rede Bompreço está distribuindo mudas de Acácia e Jacarandá para que os clientes contribuam com a arborização da capital. As mudinhas podem ser adquiridas gratuitamente nos Hiper Mercados do Bompreço localizados no bairro Jardins e na Avenida Gonçalo Prado. Taí um presente recheado de cidadania e responsabilidade. 

Aprova hoje 

Apesar da posição contrária da oposição, a Assembléia deve aprovar hoje o projeto de reforma administrativa do governo estadual, que cria Secretarias e funde outras. Ontem, o oposicionista Venâncio Fonseca (PP) propôs mais tempo para votar a matéria, porém a bancada governista não deve atendê-lo. O petista explica que é preciso esclarecer alguns pontos da reforma administrativa, mas o governo tem pressa em aprová-la para concluir as nomeações nos 1º e 2º escalões.

Exportando

Sergipe começa a se destacar na fabricação de cosméticos, já contando com 10 empresas que atuam neste ramo. Entre elas merece destaque a GUF, Indústria Química e Farmacêutica, através do Programa Exporta CIN da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (Fies), que chegou aos Emirados Árabes Unidos, com a exportação inicial de US$ 2 milhões para aquele mercado consumidor, mostrando a importante capacidade de adaptação dos produtos para atender aos costumes e tradições daquele país. 

No ar 

Deve ir ao ar nos próximos dias o programa político do PSDB. As gravações tiveram início ontem com a participação do líder maior dos tucanos em Sergipe, o ex-deputado federal Albano Franco. A maior preocupação da direção do PSDB é com o esvaziamento do partido, principalmente depois de sua fraca participação nas eleições de outubro passado. Alguns tucanos acham que a legenda só sobreviverá em Sergipe se começar a dar boas bicoradas na administração do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B).

Reunião almoço 

O programa ‘Conversando com o Lojista’, organizado mensalmente pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL), receberá na quinta-feira da semana que vem o gestor local de Fornecedores da Petrobrás, Ubirajara de Brito Cruz. A reunião almoço ocorrerá a partir das 12h, no Centro de Convenções da CDL, em Aracaju. O palestrante falará sobre “Oportunidades de Negócios em Bens e Serviços, sendo Fornecedor da Petrobras em Sergipe”. 

Pardais 

Veja o que disse na coluna de Rita Oliveira, no Jornal do Dia, o ex-deputado federal José Carlos Machado (DEM) sobre os pardais e lombadas eletrônicas de Aracaju: “A continuidade do vínculo é manter o contrato com criminosos. As imagens mostradas pela Rede Globo não deixam dúvida sobre a ilegalidade. É uma quadrilha. O que o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) tem de fazer é ordenar a suspensão do contrato”. Para tristeza de Machadão, o comunista já afirmou que o contrato será mantido e que os pardais e lombadas eletrônicas continuarão multando os motoristas infratores. 

Do baú político 

Em uma das últimas visitas que fez a Aracaju, o ‘cavaleiro da esperança’ Luiz Carlos Prestes espantou-se com a ignorância de um jornalista local. Foi na década de 80, logo após a legalização do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Após uma palestra para militantes e intelectuais sergipanos, Prestes foi convidado a degustar um caranguejo na Orla de Atalaia. Na concorrida mesa, bebia-se cerveja, apreciava-se tira-gostos diversos e discutia-se política, principalmente o futuro do ‘Pecebão” depois de sua legalização. Nisso, um jornalista iniciante vira-se para o ‘cavaleiro da esperança’ e indaga: “Qual o jornal que o senhor trabalhava?”. Sem entender a pergunta, o líder maior do PCB questiona: “Como assim?”. Escuta o inusitado: “Em qual jornal o senhor publicava a coluna Prestes?”. O ‘foquinha’ ficou sem resposta. 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários