Além dos tapumes, só pinturas

0

Aqueles tapumes que cercam a Praça Fausto Cardoso parecem esconder uma grande obra, mas, na verdade, não escondem nada. A praça está tendo os monumentos da praça apenas pintados, coisa que poderia ser feito sem aqueles tapumes. Tapumes que, aliás, estão ameaçando cair – e se isso acontecer tomara que não fira ninguém. Os poucos monumentos da praça estão ganhando uma nova pintura, geralmente de dourado. Para fazer tão pequenas coisas, precisava cercar a praça, interrompendo a passagem de transeuntes? A mobilidade urbana agradeceria se os tapumes fossem retirados logo.

Ingressos para Bocelli com grande ágio

Quem comprou ingressos para o espetáculo do cantor lírico Andrea Bocelli, em outubro próximo, em São Paulo, fez um bom negócio. Como os ingressos se esgotaram logo, eles estão custando os olhos da cara no mercado paralelo. Uma amiga minha adquiriu dois ingressos por R$ 600. Acaba de revendê-los por mil reais. À vista, evidentemente. Desde então é sempre perguntada se não tem mais.

A ausência lamentada

Presidente da Fundação Hospitalar da Saúde, o dr. Hans Lobo mais uma vez esnoba um convite da Assembleia Legislativa para ir a plenário dar informações sobre a entidade que dirige. Ele já havia marcado a palestra para o mês passado, mas, de última hora, desistiu. Agora, remarcou a sua ida ao Legislativo para o dia 25, ou seja, quinta-feira, mas frustrou a expectativa da autora do convite, a deputada Silvia Fontes. Ela não gostou deste novo adiamento e foi a tribuna criticar o desdém do dr. Hans Lobo para com o Legislativo. Prometeu que vai continuar insistindo no convite até que ele apareça. “Ele precisa respeitar o Legislativo”.

Para substituir fornecedores

E há o caso daquela dona de boutique aqui em Aracaju, especializada no manequim plus size. Viajava quatro vezes por ano a São Paulo para fazer compras. No ano passado, viajou só uma vez. E este ano viajou novamente, mas por outros motivos: encontrar substitutos para seus oito fornecedores que este ano fecharam as portas. Donde se observa que a crise é realmente grave.

Pradinho sofre acidente

O companheiro Manoel do Prado Vasconcelos Filho apareceu na reunião-almoço do Rotary Club de Aracaju-Norte da última segunda-feira, portando gases pelo corpo. Contou então que, na saída do almoço da semana anterior, um motoqueiro bateu no seu carro, foi ao chão e ficou bastante ferido. Pradinho, um gentleman na perfeita acepção da palavra, parou o carro e foi dar socorro a ele. Depois de chamar uma ambulância ele foi remover a moto que estav a no meio da uma pista movimentada de carros. Ao levantar a moto e sem saber como manejá-la a terminou por derrubá-lo, causando arranhões pelo seu corpo. Não houve maior gravidade nos ferimentos, mas o querido Pradinho dizia que ainda doía um pouco os ferimentos.

O aniversário duplo de Pe. Walterwan

Dia de festa para o Padre Walterwan Correia, da Igreja São Pedro e São Paulo, na 13 de Julho. No dia 31 próximo, ele comemora 25 anos de sacerdócio e 52 anos de idade. Durante todo o dia haverá homenagens a ele que é uma figura muito querida  do Rotary, cuja unidade Aracaju-Norte,  ele faz parte. À noite, inclusive, recebe seus colegas para um coquetel de confraternização. Na Igreja São Pedro e São Paulo haverá pelo menos duas missas naquele dia, uma pela manhã outra no começo da noite.

A dura vida de deputado

É dura a vida de deputado. A Sra. Maria Mendonça, que já está no seu quinto mandato na Assembleia Legislativa, contou ao repórter que tem uma rotina diária estressante. Sai de sua cidade natal, Itabaiana, todos os dias as 8h30 da manhã. Vem para a sessão ordinária do Legislativo, que normalmente começa as 10 h da manhã.  À tarde, despacha no seu gabinete, atendendo os populares que lhe procuram. Só retorna a Itabaiana às 17h30, 18h, numa viagem que leva quase duas horas, por causa do tráfego na estrada estadual que vai a Itabaiana. U ma vez lá, ela ainda concede audiência às dezenas de populares que lhe esperam em sua casa. “É para despachar a receita de uns, de outros, e outros pedidos dos eleitores. Recebo a todos pessoalmente e se possível atendo os pedidos”. E ainda encontra tempo para desenvolver suas atividades parlamentares e fazer política.

         … e para  encerrar…

*** O empresário Luciano Barreto, presidente da Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Particulares (Aseopp) está sendo convidado pela Assembleia Legislativa para uma palestra sobre a Lei das Licitações e Obras Públicas, com ênfase na construção do Hospital do Câncer de Sergipe. A data será anunciada oportunamente.

         ***

*** No próximo dia 13 de setembro, após o expediente normal, a Assembleia Legislativa faz sessão especial a fim de celebrar os 70 anos do Serviço Social do Comércio – SESC, com a presença do deputado federal Laercio Oliveira, presidente da Federação do Comércio do Estado de Sergipe.

        ***

*** O SESC promove, no final do mês de setembro próximo, uma mostra com os principais filmes do genial Orson Welles, um dos maiores diretores do cinema americano de todos os tempos. Não poderia faltar, evidentemente, o célebre “Cidadão Kane”, que deve ser o filme de encerramento da mostra. Este vai poder ser vista no Cinema Vitória, ali na Rua da Cultura.

       ***

*** O Serviço de Metereologia prevê muita chuva a partir de hoje, em território baiano. E avisa: essa chuvarada toda pode chegar a Sergipe a partir de amanhã, quinta-feira.

      ***

*** O jornalismo brasileiro está de luto. Morreram, com poucos dias de diferença, os jornalistas Geneton de Morais Neto e Goulart de Andrade. O primeiro era conhecido como exímio entrevistador. O segundo apresentou por muito tempo, um programa passado nas madrugadas de São Paulo com todos os problemas peculiares ao período. Duas perdas, sem dúvida.

     ***

O ex-Governador Albano Franco estava em São Paulo, na sexta-feira quando sentiu-se mal. Procurou então o Hospital Sírio-Libanês onde se submeteu a uma batéria de exames, ao fim dos quais, ele foi liberado para deixar o hospital, mas não para voltar a Aracaju pois iria ficar sob observação. Até a 3ª feira não tinha voltado a Aracaju, o que foi o bastante para a cidade se encher de buracos. O que teria causado o mal-estar? Os fofoqueiros de plantão não se cansaram de especular: muita contrariedade, por conta do retorno de D. Maria do Carmo ao Senado, desalojando seu filho, Ricardo Franco. A imaginação criativa dos fofoqueiros não têm limites: falou-se de uma discussão entre Ricardo e d. Maria do Carmo até o desconforto de deixar o Senado na votação do processo do impeachment da Presidente Dilma…

Comentários