Alguns problemas

0

O deputado estadual Fabiano Oliveira (PTB) lançou, ontem, o nome do deputado federal Jackson Barreto (PTB), à Prefeitura de Aracaju, sob argumento de que ele aparece nas pesquisas com um bom percentual, mesmo sem dizer que é candidato. Ninguém se precipite em fazer deduções antes de continuar a leitura do parágrafo. Fabiano Oliveira só citou Jackson Barreto, na hipótese do prefeito Marcelo Deda não topar disputar a reeleição, preferindo um cargo de ministro do presidente Lula. O destaque no lançamento, feito pela coluna, foi apenas para mostrar que os partidos vinculados à Prefeitura, não estão desatentos ao que pode acontecer em Aracaju e todos desejam a melhor posição no ranking político. Na realidade, até o momento o prefeito Marcelo Deda (PT), que se encontra em Fortaleza em férias, não comunicou aos aliados que disputará a reeleição. Sem essa confirmação e com os comentários de que ele poderá ocupar o Ministério das Cidades, no remanejamento que o presidente Lula da Silva pretende fazer logo após o carnaval, as legendas que integram o bloco de oposição ao Governo também começam a se articular politicamente, para não serem surpreendidas com fatos que fogem ao projeto político traçado. A tese de Fabiano Oliveira é de que estão no PTB os nomes que têm maior penetração no eleitorado da Capital. Não esqueceu de citar o ex-prefeito João Augusto Gama, que deixou a Prefeitura com um alto índice de aprovação da sua administração. Enfim, Fabiano acha que primeiro o prefeito Marcelo Deda tem que comunicar se será candidato à reeleição ou ministro… O deputado reconhece que seria uma grande hipocrisia dizer que os partidos que integram o bloco de oposição ao Estado, não estão querendo a posição de vice-prefeito na chapa encabeçada por Marcelo Deda. Essa perspectiva de Deda deixar a Prefeitura 16 meses depois de assumir o mandato, passa a fazer com que todos os membros que o apóiam, desejem a posição que hoje é ocupada por Edvaldo Nogueira (PCdoB). O deputado federal Heleno Silva (PL) já chegou a afirmar que o seu partido não vai entrar em uma campanha dura só para votar e, certamente, vai lutar para integrar a chapa majoritária na Capital. Até o momento, apenas o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) manifestou que o seu partido apóia o PT a nível nacional e estará com Marcelo Deda em Aracaju. Claro que se houver condições de ficar com a vice será ótimo, inclusive porque o nome do próprio senador é muito forte. As deduções de Fabiano Oliveira demonstram, apenas, que as discussões para composição da chapa em Aracaju serão pacíficas. Uma ala forte do Partido dos Trabalhadores defende a chapa puro sangue, porque, quando Déda se afastar para disputar o Governo, a legenda não perde o prefeito. Isso já está certo que ninguém aceita, mesmo que todos evitem comentários. Já no caso de Marcelo Déda sair para ser ministro, as lideranças dos demais partidos consideram que só um outro nome no PT o substitui: José Eduardo Dutra. Como não se cogita o afastamento de Dutra da Petrobrás, o entendimento é que não existe outro nome capaz de ganhar as eleições para a Prefeitura, sem Deda ou José Eduardo serem candidato. Nesse caso é que surge a hipótese de Fabiano Oliveira, a qual, muito provavelmente, oferecerá uma imensa resistência do bloco petista. Como tudo está na base da especulação, o melhor é ter cautela e esperar para conferir… ÁGUA O exército voltou a distribuir água nos municípios em estado de emergência, com o mesmo número de caminhões pipas. Pasmem: será por apenas mais 15 dias, quando tudo será suspenso. O Governo Federal ainda mantém a burocracia para continuidade do programa. NEGOU Uma assessora técnica do Ministério da Segurança Alimentar, através de telefone com lideranças da área, disse que a Pasta não determinou a suspensão da distribuição. Deixou a entender que fora uma decisão do comando do exército. Ninguém acreditou, já que os caminhões voltaram a circular por apenas 15 dias, obedecendo a ordem de Brasília. CORONEL O deputado Heleno Silva teve um encontro com o comandante do 28 BC, coronel Jaborandir e foi informado que houve a suspensão da distribuição de água para rever os decretos. Jaborandir comunicou que já havia recebido autorização para continuar durante estes 15 dias, período em que se chegará à prorrogação por mais quatro meses. CONCEPÇÃO No momento, o projeto que o governador João Alves Filho (PFL) tem para enviar à Assembléia Legislativa é de concepção administrativa, elaborado pela Fundação Dom Cabral. Segundo uma fonte do Palácio, o projeto será submetido ao governador, que poderá sugerir uma reforma administrativa, com redução de pastas e mudanças de secretários. É POSSÍVEL A mesma fonte acrescenta que é possível que essa reforma aconteça, porque o governador já manifestou interesse em fazer alterações na equipe de Governo. A Assembléia Legislativa deve ser convocada até o dia 20 próximo, para aprovação do projeto, e a reforma será feita em fevereiro. REFINARIA A instalação da refinaria de petróleo em Sergipe é fundamental para a economia do Estado e precisa ter uma maior participação política para essa conquista. Pernambuco avançou na proposta para a refinaria, mas hoje Sergipe está em condições de competir, para que seja instalada no Estado. POLÍTICA A capitalização política de uma refinaria em Sergipe seria mais para o Partido dos Trabalhadores, através de José Eduardo Dutra e prefeito Marcelo Deda. Seria natural que todos os políticos se unissem em torno da instalação da refinaria, porque o maior beneficiário seria Sergipe. GLÓRIA O vereador José Israel Andrade (Zico), de Nossa Senhora da Glória, ainda está analisando a possibilidade de disputar as eleições indiretas na Câmara, para eleger o novo prefeito. Confirma que, neste momento, a maioria dos vereadores é do prefeito em exercício, Anselmo Dantas, que é o único candidato inscrito até agora. ALBANO Aliados do ex-governador Albano Franco (PSDB) estão ansiosos para que ele comece a conversar política e a interferir nas eleições municipais. O pessoal quer saber a posição do partido em Aracaju e tem consciência que o nome de Albano deixa o tucanato em maior evidência no Estado. ULICES O deputado Ulices Andrade (PSDB) revelou que votou no PT para o Governo do Estado e, se houver um entendimento com o seu partido, votará de novo para prefeito de Aracaju. Ulices acrescenta que de uma única coisa o PSDB tem certeza: “não se compõe com o PFL”. A recíproca é verdadeira. GILMAR O pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo Partido Verde, Gilmar Carvalho, já adquiriu quatro camarotes no Pré-Caju. Avisou que vai encher de verde o novo espaço da festa, com a distribuição de milhares de bonés e camisas. SUSANA A deputada Susana Azevedo (PPS) manteve os dois camarotes que compra todos os anos, mas também vai dar um banho de bonés e camisas. Ela é pré-candidata a prefeita e diz que a primeira dama, Maria do Carmo Alves (PFL), vai visitar o seu camarote. BANESE O Banco do Estado de Sergipe (Banese) não vai patrocinar o Pré-Caju este ano, como fez nos eventos anteriores. O Banco do Brasil ocupou a vaga para divulgar um cartão de crédito destinado a jovens universitários. HELENO O senador Almeida Lima (PDT) disse que não conversa política com o deputado Heleno Silva (PL). Acha que ele quer se valorizar politicamente. “Se Heleno me convidar para tomar uma água de coco para conversar sobre amenidades, vou com o maior prazer. Mas sobre política, não”, decidiu. Notas MARKETING O pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo Partido Verde, Gilmar Carvalho, esteve circulando por São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Manteve contato com pessoal especializado em marketing para a campanha. Vai trabalhar com gente dos três Estados e um pessoal de Sergipe. Gilmar está animado porque atingiu os 23% nas pesquisas, em dezembro. Seu projeto agora é chegar aos 28% ou 30% em maio e daí partir para a campanha definitiva. Gilmar diz que o prefeito Marcelo Deda não é imbatível. DENÚNCIA O superintendente da Polícia Federal, Kércio Pinto, estranhou a matéria publicada nesta coluna, atribuindo a ele a informação que setores do Executivo, Judiciário e Legislativo estariam avisando ao foragido Antônio Francisco, as diligências da Polícia para prendê-lo: “eu seria insano se atribuísse isso aos três poderes”, disse. Kércio Pinto confirmou que acredita que tenha havido vazamento das diligências, mas lembrou que os três poderes não tinham condições de conhecer os preparativos entabulados pelos policiais. CONVOCAÇÃO O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) está sugerindo que o presidente da Assembléia Legislativa, Antônio Passos, faça a auto-convocação extraordinária, para aprovação do projeto do Governo, que prevê reforma administrativa: dessa forma não oneraria os cofres do Estado. Não onerar os cofres do Estado significa não pagar aos parlamentares pela convocação. A proposta de Gualberto não é simpática, porque a convocação extraordinária atende mais a interesses dos próprios parlamentares. É fogo O deputado Fabiano Oliveira disse, ontem, que conversou com o ator Alexandre Frota, para que ele não divulgasse que é sócio do bloco Nana Banana. Alexandre Frota já anunciou essa sociedade em várias emissoras de televisão e até a banda Chicletes com Banana já reclamou de Fabiano. Ao participa, ontem, da radio conferência na Ilha FM, o deputado Fabiano Azevedo disse que “se a vida é passageira, imaginem o poder”. O secretário de Turismo, Pedrinho Valadares, está passando alguns dias em Simão Dias, para descansar. O secretário de Comunicação Social, Carlos Batalha, está viajando nos países vizinhos. Ficou entre o Chile e Argentina. Um grupo de técnicos e auxiliares está viajando a Roma, dia 19, para encontrar-se com o governador João Alves Filho em busca de recursos. De lá segue para Washington… Embora esteja de férias na Europa, o governador João Alves Filho telefona diariamente para a governadora em exercício e alguns auxiliares. O chefe da Casa Civil, Flávio Conceição, retomou suas atividades e vem conversando diariamente com lideranças políticas da capital e interior. O ex-governador Albano Franco viajou ao Rio de Janeiro e estava sendo esperado ontem. Continua em silêncio sobre política. A festa das cabacinhas, em Japaratuba, tem movimentado a cidade e atraído políticos da região para aquela cidade. O prefeito de Pirambu, André Moura, tem participado ativamente dos festejos e cada dia a sua posição melhora como pré-candidato à Prefeitura daquele município. Almir do Picolé já está avisando que não será cabo eleitoral de ninguém. O trabalho que realiza é apolítico. Pedro Firmino está trabalhando firme na periferia para retornar à Câmara de Vereadores. Acha que desta vez será eleito. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais