ALGUNS TÓPICOS BÁSICOS SOBRE FIBRAS MUSCULARES

0

Começaremos entendendo de que o músculo basicamente é constituído: 1. Mais ou menos 25 a 30% de proteínas contrátil (miofibrilas); 2. Mais ou menos 10 a 20% de mitocôndrias (fator genético); 3. Componentes viscoelásticos, como: capilares, gorduras, tecido conjuntivo, glicogênio e outros componentes; 4. 20 a 30% de sarcoplasma, a qual é o liquido gelatinoso intracelular; As Fibras Musculares podem ser classificadas em dois tipos: a) Fibras Aeróbica: Vermelhas ou Tipo I; b) Fibras Anaeróbicas: Brancas ou Tipo II; c) Fibras Intermediárias. O número de Fibras e a percentagem do tipo de cada indivíduo é caracterizado pela genética de cada pessoa. O treinamento Anaeróbico (Exemplo: musculação, corrida de 100 metros), resulta em músculos mais densos e volumosos pelo aumento das miofibras, do volume sarcoplástico e/ou aumento conjuntivo. As Fibras Aeróbicas (vermelhas) utilizam Oxigênio como fonte de energia no seu “trabalho” (contração) e trabalham por um período longo de tempo. Exemplo: corridas longas, ciclismo, etc.). As Fibras Anaeróbicas (brancas) não dependem de Oxigênio com fonte de energia e sim de substância energéticas (ATP) e fósforo creatina (CP), tendo como características básicas “trabalharem” por um período de tempo curto. Exemplo: musculação, luta de queda de braço, corrida de 100 metros. É bom frisar que podemos através de treinamento específico modificar certas características de cada Fibra Muscular, podendo desenvolver uma maior capacidade de resistência em Fibras Anaeróbicas e aumentar força e potência (explosão) em Fibras Aeróbicas. Contudo, é muito fácil haver alterações no Aeróbio, como por exemplo: Um velocista de 100 metros se tornar um fundista (corredor de longas distâncias) do que um fundista se tornar um velocista de 100 metros (curta distância). Para os praticantes de musculação que desejam um ganho de massa muscular é importante os aeróbicos (20 a 30 minutos, três vezes por semana), pois o coração se tornará mais forte e mais resistente, levando o sangue aos músculos exigidos, e conseqüentemente, causando uma diminuição de batimentos cardíacos, que é característica de um coração mais treinado e mais saudável. BOA MALHAÇÃO E SAÚDE SEMPRE !!! * Araujinho Qualificação: Instrutor Técnico registrado pelo Confef – Conselho Federal de Educação Física – nº 000072/T-SE, CREF – Conselho Regional de Educação Física – e pela FSCMF – Federação Sergipana de Culturismo Musculação e Fitness – reconhecida pelo COB – Conselho Olímpico Brasileiro e filiada a IFBB – International Federetaion Of Body Building -; árbitro de Culturismo e Fitness da FSCMF; vice-campeão sergipano de Musculação, Técnico em musculação pela NABA, Federação Paulista de Musculação. Dúvidas e Sugestões: araujinhopersonal@infonet.com.br (0xx79) 9978-6799

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais