Aliados amolam a faca da traição

0

Aliados amolam a faca da traição

 

A entrevista concedida ontem (26) à rádio Ilha FM pelo presidente estadual do PR e presidente de honra do PSC, empresário Edvan Amorim, deixa claro que a queixa dos aliados do PT é porque o governador Marcelo Déda não estendeu o tapete vermelho e os convidou para discutir coligações no interior. Amorim disse que, embora os seus partidos estejam cumprindo o acordo de ajudar na governabilidade, só o presidente estadual do PT, Márcio Macedo, sentou com ele para tratar sobre as eleições de outubro. Essa é a maior queixa dos aliados petistas, principalmente daqueles que apoiavam governos passados e estavam acostumados com a ultrapassada política do “toma lá, dá cá”. Como o estilo do PT de fazer alianças é outro, muitas lideranças do interior se organizam para mostrar que se não forem bem tratados agora, vão dificultar as candidaturas petistas. Aliás, já tem muita gente com a faca da traição pronta para sangrar o PT. Resta saber se o governador vai colocar o pescoço do seu partido no cepo para a imolação.

 

Reajuste aprovado

 

Bastou apenas um dia para os deputados estaduais aprovarem os projetos do governo que tratam sobre o reajuste salarial dos servidores e outras vantagens. Na sessão de ontem (26), os parlamentares apreciaram e votaram as proposituras que deverão ser sancionadas ainda hoje (27) pelo governador Marcelo Déda (PT). Entre os projetos aprovados está o que reajusta, linearmente, em 5% os salários dos servidores. O percentual resulta num impacto de R$ 120 milhões na folha salarial já a partir deste mês e deixa o estado acima do limite prudencial, estipulado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que é de 46,55%.

 

Eleição é concurso

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro sergipano Carlos Ayres Britto, disse que as eleições podem ser comparadas a um concurso público. “Os candidatos nesse concurso são os políticos; os examinadores são os eleitores, que darão nota de aprovação ou desaprovação aos candidatos”, comparou. Britto também lembrou que é a Justiça Eleitoral que permeia todo esse processo para que todas as regras sejam observadas. “A Justiça Eleitoral visa a depuração do processo eleitoral sem o que não se tem autenticidade do regime representativo, não se tem qualidade de vida política”, completou.

 

E tome imposto!

 

O ano começa amanhã (28) para o trabalhador brasileiro. Todos os dias trabalhados em 2008 só serviram para pagar a conta devida de tributos ao governo, segundo cálculo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário. O estudo mostra que a carga tributária disparou nos últimos anos. Em 2008, o brasileiro trabalhou, em média, 148 dias só para bancar os impostos. Nos anos 90 eram 102 dias e, na década de 80, 77 dias. Os brasileiros nascidos em 2008 têm expectativa de vida de 72 anos; 33 serão gastos para pagar tributos. Além de elevada, a carga é desigual. Levantamento do Ipea revelou que o peso dos impostos aumentou para a classe média e os mais pobres.

 

Livre da aftosa

 

Sergipe está entre os estados brasileiros beneficiados com o status de livre de aftosa com vacinação concedido ontem (26) pela Organização Internacional de Saúde Animal. A entidade havia bloqueado estes estados em 2005. Além de Sergipe, foram beneficiados o Espírito Santo, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Tocantins e o Distrito Federal. Há 13 anos que Sergipe não registra um único caso de febre aftosa em seu rebanho.

 

Emenda preocupa

 

A Seccional sergipana da OAB acompanha com preocupação os encaminhamentos no Congresso Nacional para aprovação da proposta que regulamenta a Emenda Constitucional 29, destinando cerca de R$ 25 bilhões para a área de saúde. Na avaliação do presidente da OAB de Sergipe, Henri Clay Andrade, a aprovação da proposta que regulamenta a emenda deve ser assunto prioritário na pauta do Congresso Nacional, assim como é indispensável também a reforma tributária, haja vista a exorbitante carga tributária no Brasil. Henri Clay avalia que a elevada carga tributária impede o desenvolvimento econômico do País e das empresas nacionais.

 

Déda faz balanço

 

O governador Marcelo Déda (PT) se reuniu com todo o secretariado na manhã de ontem (26) para avaliar o desempenho do Governo no 1º quadrimestre deste ano e estabelecer as metas prioritárias para os próximos meses. Na pauta de discussão foram destacadas as diretrizes da nova política de recuperação salarial do servidor público, o fortalecimento do rigor fiscal e a intensificação da integração entre as secretarias para a eficiência na execução do plano de investimentos do Estado. “Nossa meta é honrar os compromissos salariais sem comprometer o plano de investimento de cada pasta”, afirmou Déda.

 

Alerta aos motociclistas I

 

Os motociclistas que circulam no país têm apenas mais alguns dias para se adaptarem às novas normas do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) em relação ao uso de capacetes. A partir do dia 10 de junho, aqueles que têm equipamentos fabricados após agosto de 2007, e não os adaptarem às novas determinações, serão multados em R$ 127, além de somarem sete pontos na carteira. As novas regras, publicadas em fevereiro, chegaram a valer entre os dias 10 e 11 daquele mês. Na época, alguns motociclistas foram multados, mas o Denatran foi obrigado a ceder às pressões de sindicatos e associações da categoria, e adiou a decisão para junho agora.

 

Alerta aos motociclistas II

 

De acordo com a deliberação 12, do Denatran, o capacete agora deverá ter adesivos refletivos nas laterais e na parte traseira para melhor visualização por parte dos motoristas. Além disso, o equipamento será obrigado a ter selo holográfico ou logomarca do Inmetro, para comprovar qualidade. O motociclista ainda deverá usar viseira fechada e transparente mesmo com a moto parada nos semáforos. No caso dos capacetes mais antigos, sem viseira, o condutor deverá usar óculos de proteção que não podem ser substituídos por óculos de sol.

 

Futebol em julgamento

 

O pleno do Tribunal de Justiça Desportiva vai se reunir hoje (27) para julgar recurso do seu procurador José Carlos Nogueira, contra a decisão da 1ª Comissão Disciplinar que decidiu não ter havido “encenação” dos jogadores do Itabaiana no jogo contra o Confiança. Caso os integrantes do pleno entendam que houve “mela, mela” por parte dos atletas itabaianenses, que caíram em campo para impedir a continuidade da partida, o Confiança ganha os pontos e sagra-se campeão estadual de 2008. Esta coluna aposta um picolé de graviola, como o julgamento desta terça-feira será favorável ao time proletário do bairro Industrial.

Comentários