Almeida quer levar outra surra

0

E o senador Almeida Lima (PMDB) não se conforma mesmo com a surra que levou na última eleição para prefeito de Aracaju. Após a Justiça ter arquivado o seu processo pedindo a anulação do pleito, ele recorreu à instância superior. A alegação do peemedebista é que o Tribunal Regional Eleitoral cometeu graves erros quando da divulgação do resultado da eleição. Pelo andar da carruagem, é bem capaz que Almeidinha termine acusando o eleitor aracajuano por sua vergonhosa derrota. Para se ter uma idéia, o primeiro colocado, prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), teve mais de 140 mil votos, enquanto Lima foi votado por apenas 48 mil eleitores, uma diferença de 92 mil votos. O senador perdeu até para Mendonça Prado (DEM), que ficou em segundo lugar, tendo sido votado por 59 mil aracajuanos. Caso houvesse outra eleição, a surra de Almeida seria ainda maior. É como já dissemos anteriormente, o senador parece mulher de malandro, que quanto mais apanha, mais gosta.

 

Secretariado

 

E enquanto Almeidinha tenta anular a eleição, o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) reúne a imprensa hoje para anunciar seus novos secretários. Será logo mais às 9 horas, no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos. Como o colega Cláudio Nunes informou ontem em seu blog, as mudanças serão tímidas, o que significa dizer que o comunista está satisfeito com os auxiliares diretos. Vamos aguardar o anúncio, portanto.

 

É feia a crise

Em tempos de crise financeira e de petróleo barato, a Petrobras informou que pretende revisar contratos com fornecedores e funcionários para tentar reduzir custos. “O dinheiro não gasto é o melhor dinheiro do nosso financiamento. É o dinheiro que não custa taxa de juros”, explica o diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa. Segundo ele, serão reformuladas estratégias para ampliar a concorrência, incluindo empresas de médio e pequeno porte, e revisados contratos com funcionários envolvendo a participação de entidades de classe. A coisa está da cor do petróleo.

Posse de Vasko

E a coluna recebe o convite para a posse do professor Vasko no Movimento Cultural da Academia Sergipana de Letras. Ele é aposentado do Banco do Brasil, advogado, jornalista, radialista e filiado à Associação Sergipana de Imprensa. Pós-Graduado em administração de empresas, didática superior e gestão escolar. Apresentou programa em TV, lecionou Matemática, Português e Direito. Parabéns, professor!

Comando novo

 

A quadrilha junina Maracangaia, fundada há 26 anos, vai mudar de presidente. O nome mais cotado para dirigir o grupo de brincantes é Adaílton Freitas, revelado na própria quadrilha e dançante há 10 anos. Hoje a Maracangaia é presidida pelo engenheiro civil Dílson Luiz. O grupo inicia seus ensaios para 2009 às 17 horas do próximo sábado, no Colégio Estadual João Alves Filho, ali na avenida Hermes Fontes. A eleição da nova diretoria está marcada para o próximo final de semana.

 

Aposta no campo

A Prefeitura de Japaratuba pretende cadastrar até o próximo dia 5 todos os agricultores do município. O objetivo é identificar a capacidade de produção e o perfil do camponês para elaborar projetos nas áreas de psicultura, avicultura familiar, apicultura, fruticultura, implantação de bacia leiteira e beneficiamento da mangaba. Também visa identificar as necessidades do município quanto à produção agrícola, além de orientar a Prefeitura para aplicar corretamente os recursos financeiros.

Novo blog

Entrou no ar ontem mais um canal de orientação e informação para micro e pequenos empresários. Trata-se do blog “Pequenos Negócios & Finanças”, página na internet que abordará temas relacionados ao acesso a serviços financeiros. O endereço do site é http://uasfsebrae.blogspot.com. Em um único espaço, os internautas poderão ler textos especializados produzidos por analistas da Unidade de Acesso a Serviços Financeiros (Uasf) do Sebrae e parceiros, tirar dúvidas e fazer comentários.

 

Índice Big Mac

Com o título acima, o jornal paulista Metro informa que, por conta da valorização do dólar em relação ao real, o Brasil, que tinha no ano passado um dos Big Mac mais caros do mundo, agora pratica um preço menor que o cobrado nas lojas americanas: US$ 3,39, ante US$ 4,73 em junho de 2008. Nos Estados Unidos o sanduíche, tido como carro-chefe da rede McDonald´s, está sendo vendido por US$ 3,54.

 

Sergipe preparado

 

O governo federal adotou medidas importantes para a retomada parcial do crédito, mas há necessidade de aprofundar a ação com novas medidas. É isso que pensa o doutor em economia e professor da Universidade Federal de Sergipe, Ricardo Lacerda. Segundo ele, Sergipe e os demais estados nordestinos tendem a ser menos atingidos pelos efeitos da crise financeira. Lacerda também acredita que a economia sergipana sofrerá menos porque os nossos empresários são, por natureza, cautelosos, e não se encontravam pendurados em aplicações financeiras de alto risco que sofreram fortes reveses desde maio de 2008.

 

Economia de milhões

 

O secretário estadual da Administração, Jorge Alberto, garante que o Governo de Sergipe se destacou na modernização das compras públicas durante o ano de 2008. No ano passado foram economizados R$ 100 milhões. Segundo ele, o resultado é superior ao registrado no ano anterior, quando foram economizados R$ 62 milhões. O cálculo dessa economia é realizado através da diferença entre o menor valor cotado no mercado e do objeto comprado ou contratado e o valor efetivamente arrematado ao final do processo licitatório.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais