Alta dos preços materiais pode levar à paralisação de obras públicas

0

               Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Fonte: Estadão

 O Estadão publicou ontem, 22, um excelente artigo do engenheiro civil e vice-presidente de Obras e Infraestrutura do Sinduscon-DF, Ruyter Kepler Thuin, que mostra o atual quadro da construção civil no País. Com o título “Alta dos preços de materiais pode levar à paralisação de obras públicas”, o artigo esclarece que com a paralisação das atividades essenciais, incluindo o comércio e a indústria, no atual momento a construção civil sofre com o desabastecimento de insumos provocado pela paralisação das indústrias, o inesperado incremento da demanda por serviços proporcionado por reformas nas residências e o respectivo impacto no varejo, a aceleração do ritmo de vendas de imóveis, que já vinha em alta no decorrer do ano de 2019, o aumento exponencial nos preços das commodities no mercado internacional, especialmente, aço, resina para produção de PVC, cobre e alumínio, provocado pela explosão mundial de seu consumo, tornaram-se ingredientes perfeitos para extraordinários e sucessivos aumentos nos preços dos insumos de toda a cadeia produtiva das obras de engenharia. De tal forma que nem os índices setoriais IGP-M e Sinapi conseguiram captar os reajustes na velocidade que ocorriam, situação que persiste até o presente momento.

Em Sergipe, a Associação Sergipana de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP, que tem como maioria dos associados pequenos e médios empresários e é comandada pelo empresário Luciano Barreto, vem há alguns meses promovendo reuniões e debates on-line demonstrando a preocupação com a alta de preços e a necessidade do reequilíbrio de preços das obras públicas neste momento para que as mesmas não sejam paralisadas e assim, prejudicar toda uma cadeia produtiva e, principalmente, a sociedade não ter atendida com o benefício da obra pronta. A alta de preço vem prejudicando a todos: desde o cidadão que deseja fazer uma pequena reforma em sua casa até as grandes construtoras, conforme outra matéria do Estadão.

Ainda no artigo é citado que o reajuste dos preços dos insumos entre fevereiro de 2020 e março de 2021 chegou a ultrapassar a marca dos 100% em alguns casos. O somatório dos efeitos provocados pelo desabastecimento e aumento excessivo no preço de insumos, fato nunca antes ocorrido, afeta de maneira grave os contratos públicos firmados anteriormente à pandemia, bem como os que possuem propostas formadas no seu decorrer, mormente pelo fato de que o reajustamento contratual se dá apenas 12 meses após a apresentação da proposta, o que, na atual conjuntura de imprevisibilidade, torna o mecanismo ineficaz no restabelecimento do equilíbrio dos contratos.

O engenheiro alerta que “Urge a tomada de ações concretas visando à revisão e reequilíbrio dos contratos, sob pena de que ocorram danos irreparáveis às empresas construtoras, com maiores efeitos nas micro e pequenas, e, consequentemente, paralisações de obras em todo o País. Recomendamos que haja atualização dos orçamentos das obras, levando-se em conta as especificidades de cada uma, já que a adoção de índices setoriais tem grande capacidade de distorcer a realidade, pois são indicadores genéricos e não retratam, eventualmente, o impacto que determinado grupo de insumos tem sobre um tipo determinado de obra.”

Por fim – conclui o artigo – é imperioso salientar que no Brasil, levantamento feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) mostrou a existência de 14 mil obras paralisadas já antes da ocorrência da pandemia. Cabe ao poder público, em trabalho conjunto com o setor privado, envidar esforços para que este cenário não piore ainda mais.

 

A loucura dos índices da oposição e os grupos políticos Por Fausto Leite: Analisamos à apresentação do nome de Daniela Garcia para o Governo do Estado como um ato de Dionísio, o deus Grego da embriaguez e do descomedimento, levando à loucura momentânea e morte política de um grupo marcado pela ideologia sem critérios da renovação política. Política se faz com razão, conhecimento histórico e estratégia e não com paixões momentâneas ou bandeiras sem palanques. Veja que em seu primeiro discurso a delegada disse que é independente e não pretende ter como padrinho político o senador Alessandro Vieira. Todo artigo aqui na Infonet.

Nota de esclarecimento – Frigoserrano Mediante a veiculação de áudios e um vídeo de um cidadão informando que peixes apareceram mortos em um riacho que passa na região onde está localizado o Frigoserrano, gostaríamos de informar que o estabelecimento cumpre rigorosamente todas as exigências dos órgãos ambientais, como Adema e Ibama. O riacho é bastante extenso e nós compreendemos que a competência de preservar os afluentes é de todos que estão no seu entorno. Estamos tranquilos em relação às nossas responsabilidades.

Nota de Esclarecimento – Embrapes Devido ao fato desta empresa ter passado por um amplo processo de fiscalização, quando ocorreu a retenção de vários computadores, nos quais estão arquivados dados essenciais, ficamos impedidos de organizar a folha de pagamento dos nossos mais de três mil funcionários, o que resultou no atraso involuntário do pagamento dos mesmos. A Embrapes reafirma seu compromisso com os nossos colaboradores, esclarecendo que a situação já foi regularizada. Nesse sentido, a empresa está à disposição para outras informações que porventura sejam consideradas necessárias.

É por debaixo dos pano Na próxima semana, o blog irá divulgar os bastidores de duas pretensões do arcebispo de Aracaju, d. João Costa, que estão sendo planejadas no mais absoluto segredo, e que, se confirmadas, causarão grande revolta na comunidade católica sergipana. Como diz o cantor Ney Matogrosso:

O que a gente faz
É por debaixo dos pano
Prá ninguém saber
É por debaixo dos pano
Se eu ganho mais
É por debaixo dos pano
Ou se vou perder
É por debaixo dos pano

É por debaixo dos pano II E para encerrar a semana, o blog divulga o clip da música de Ney Matogrosso que foi sucesso nos anos 80 e que continua mais do que atual:


Danielle faz visita à deputada Diná Almeida Ontem, 22, a delegada Danielle Garcia, nova presidente do PODEMOS em Sergipe, fez uma visita de cortesia à deputada estadual Diná Almeida, filiada à sigla. Danielle estava acompanhada de Adriano Stefanni, secretário nacional do partido e coordenador regional, e do assessor Cleber Correia. No encontro, Danielle falou do novo momento do partido, dos planos de crescimento no estado, como também fez questão de reafirmar seu interesse em manter na sigla a deputada estadual. Trata-se de uma mulher que tem honrado seu mandato com trabalho e perfil conciliador. Será uma grande alegria mantê-la conosco nessa reconstrução”, destacou a nova presidente.

Permanência Diná Almeida agradeceu a visita e confirmou sua permanência no PODEMOS, mantendo sua coerência e forma de atuação dentro da Casa Legislativa. “Sou uma grande incentivadora da participação da mulher na política. Acredito que temos muito a contribuir com nossa experiência e ideias. Faço política para somar, para construir, estaremos juntos naquilo que estiver de acordo com nossos princípios”, ressaltou Diná Almeida.

 

Socorro começa a vacinar pessoas com 33 anos Com o recebimento de novas doses de imunizantes contra a Covid-19, a Prefeitura de Socorro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), iniciará, nesta sexta-feira, 23, a vacinação de pessoas com 33 anos, e acima, e de lactantes, acima de 18 anos, que tiveram filhos nascidos em janeiro de 2021. Esses públicos podem se vacinar nos 20 pontos fixos de vacinação, especificados na imagem, das 8h às 12h.

 Locais Além dessas pessoas, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) acima de 18 anos, sem comorbidades, também podem se vacinar a partir desta sexta-feira, 23, na sede da SMS ou nas UBS: Mugival Messias (Marcos Freire I), Maria Helena (Marcos Freire I), Heitor Dias (Albano Franco), Tancredo Neves (João Alves), Augusto César Leite (Marcos Freire II) e Eduardo Vital (Conjunto Jardim), das 8h às 12h. A SMS lembra que, aqueles que desejam se vacinar devem estar portando RG, CPF, comprovante de residência, cartão do SUS e cartão de vacina. Além disso, se a pessoa tomou a vacina contra a gripe, deve respeitar o intervalo de 15 dias antes de tomar a vacina contra a Covid-19.

Contratualização do HU-UFS Na última quarta-feira, 21, mesmo em recesso na Câmara Municipal de Aracaju, o Vereador Ricardo Vasconcelos foi recebido, juntamente com a atual superintendente do HU-UFS, senhora Angela Silva, pelo Secretário Geral de Estado, José Carlos Felizola, em seu gabinete. O tema da reunião foi a contratualização dos serviços da maternidade do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe.

Esperança Após a análise exposta, todos chegaram à conclusão de que se faz necessária uma reunião urgente com a Secretária Estadual de Saúde para avaliar a possibilidade de fazer a contratualização. O secretário Felizola compreendeu a situação e percebeu que a contratualização poderá ser muito boa não só para a Aracaju como para todo o Estado de Sergipe pela complexidade dos procedimentos que o HU poderá executar. Ao fim da reunião, todos saíram muito esperançosos com a solução do problema, ficando alguns encaminhamentos já acertados.

Alese: campanha de doação de sangue entre servidores Ontem, 22, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), através do Departamento de Atenção à Saúde, encaminhou mais um grupo de servidores para Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), com a finalidade de realizar a doação de sangue. A ação faz parte do projeto “A Esperança de Alguém Corre em Nossas Veias”, realizado pela Casa Legislativa, com o apoio da Diretoria de Comunicação do órgão.

Importância A assistente social, Marjana Fontoura Almeida, ressaltou a importância da iniciativa e destacou que a Alese já encaminhou dois grupos, totalizando 15 doadores, e que tem uma lista de interessados a doar. “Incentivar a doação em um espaço que trabalham muitas pessoas e a maioria nunca doou é importante. Estamos organizado uma logística em dias alternados para contemplar mais pessoas, pois o estoque de sangue está 50% mais baixo, agora, na pandemia”, destacou. Marjana Fontoura Almeida, enfatizou que a ideia da doação surgiu em virtude do Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado no último dia 14 de junho, e que a campanha de doação de sangue, segue por tempo indeterminado. Leia os requisitos e recomendações no print ao lado. Mais informações: www.hemose.se.gov.br

Banese Clube + de maio: ganhadora é do município de Poço Redondo O prêmio de R$ 10 mil do sorteio do mês de maio do Banese Clube + saiu para uma moradora do município de Poço Redondo. A ganhadora foi a professora Maria José do Nascimento Silva, 42 anos, servidora da rede pública municipal de Educação. Casada e mãe de quatro filhos, Maria Silva é cliente Banese desde o ano de 1997 e conta que o Clube + foi a primeira premiação que ganhou na vida.

Vantagens “Estou muito feliz por ter sido sorteada. Até então nunca havia ganhado nenhum sorteio, na verdade, nada do tipo. Esse dinheiro chegou em momento oportuno, ele ajudará a antecipar as parcelas de um terreno que comprei”, explica. Embora ainda não tenha utilizado todas as vantagens oferecidas pelo Banese Clube +, a professora jamais pensou em cancelar a participação. “Entrei para o Clube + porque o gerente conversou comigo e explicou sobre as vantagens que teria, principalmente as taxas reduzidas”, relembra.

Serviços Além de terem isenção no pacote de tarifas bancárias e concorrerem ao sorteio mensal no valor de R$ 10 mil, os participantes do Clube + Banese possuem acesso a serviços de assistência 24h, seguro para casos de acidentes pessoais, e diversas vantagens e descontos em compras nos mais de cinco mil estabelecimentos credenciados. Para saber mais e participar do Banese Clube +, acesse www.clubemaisdebeneficios.com.br/


ESPECIAL

Influências, primeiro EP da trilogia de The Maupi (Maurício Pimentel), será lançado dia 20 de agosto Com o nome “Influências”, o cantor The Maupi irá lançar oficialmente seu primeiro EP de uma trilogia musical nas principais plataformas de streaming, no dia 20 de agosto. A data marcará também o início de sua carreira como cantor profissional, função que a partir de agora irá dividir com a de consultor político. A primeira fase deste projeto contará com uma concepção de capa branca, considerada como a fase “White”. São quatro músicas próprias, sendo apenas uma em parceria, que remetem aos primeiros 20 anos de vida de The Maupi, no Rio de Janeiro. Logo, contará com influências de Tim Maia, James Brown e da Black Music.

Produção A produção é carioca com o renomado produtor, Marco Brito, tecladista conceituado que trabalha há 20 anos com Ivan Lins, além das participações do baterista Serginho Melo (Lulu Santos), baixistas Alexandre Catatau e Bruno Migliari e dos guitarristas Leandro Barros e Jow Ferreira. “Quero me dedicar para fazer o mais profissional possível e continuarei o meu trabalho de consultor”, explica The Maupi, que estará gravando nos próximos dias o clipe da música “Darling”, cuja letra é uma homenagem à sua esposa, Géssica Mello.

Sonho Ele revela que esta nova fase é a realização de um sonho de adolescente, quando aos 13 anos começou a aprender a tocar violão, compor e cantar. “Sempre amei violões. Tenho violão de 30, 35 anos que me acompanha até hoje. Sempre cantei, seja com os amigos, familiares ou em barzinhos, mas nunca com foco profissional. Mas agora acredito que consigo levar estes dois caminhos paralelos”, aposta.

Pandemia A mudança de rumo deu-se no início da pandemia, quando se viu mais em casa por conta do distanciamento social. “Fiquei mais perto do violão, mais perto do meu sonho e mais perto das minhas músicas”, conta. Foi quando surgiu a ideia de apresentar uma live no seu perfil do instagram. A resposta do público foi positiva. Depois da segunda live, não pôde mais adiar o sonho porque acreditava que era o momento para criar este novo conceito autoral com o trabalho do “The Maupi”, que é seu nome artístico. Neste período de pandemia conseguiu compor 15 músicas em um ano e meio. Daí ter conseguido material para lançar três Ep’s, com quatro músicas cada e ainda com sobra.

Trilogia Se por um lado a primeira parte da trilogia tem inspiração carioca, por outro, na segunda fase a iluminação vem de Brasília, onde The Maupi viveu dos 20 a 27 anos. Neste EP, a concepção da capa será preta (Black) e com produção de Paulo Almeida e Wálber da Mata, amigos de Brasília do tempo que ele participou de uma banda gospel. Os dois amigos entraram também com parceria na poesia de algumas músicas, que deverão ser lançadas em outubro deste ano. A conclusão da trilogia contará com o EP, cuja capa será colorida e com influência de Sergipe, estado que mora dos 27 anos até hoje. “Estou há 32 anos aqui e peguei muita influência da música nordestina, como forró, baião e todo esse conceito que tem aqui de vários ritmos”, declara The Maupi, que prevê fazer o lançamento da terceira fase em dezembro deste ano. Ele já está trabalhando na produção desta última etapa e contará com dois produtores locais: Evandro Lima e Evaldo Evas. “As músicas já estão prontas. Só falta colocar voz para entrarmos no processo de mixagem e masterização”, adianta.

LP Com tanta criatividade que lhe é peculiar, The Maupi ainda prepara a cereja do bolo deste projeto. Trata-se do lançamento futuro do LP, no qual contará com as 12 canções dos três EPs que serão lançados ainda este ano. Neste caso, ainda não tem uma previsão, será “um processo mais pra frente”. O lançamento do LP poderá ser com um show, num momento pós-pandemia, no qual The Maupi possa reunir os três grupos musicais da trilogia: os músicos do Rio, Brasília e de Sergipe. Para dar conta a todo este projeto, The Maupi tem contado com total apoio da sua esposa, Géssica Mello, que faz o gerenciamento da sua carreira. Foram criados o canal no Youtube, página no Facebook e o perfil no instagram (@themaupi). Além de divulgação nos sites especializados como: www.suamusica.com.com.br/influenciasthemaupi e https://themaupi.hearnow.com/ “Hoje, sou um artista verificado no Spotify. Isto é muito importante. Tenho a minha distribuidora e tenho todo um trabalho feito profissionalmente, sem dever nada a ninguém. Agora, entramos na parte de divulgação”, afirma.

Programa cultural Além de se enveredar pela carreira de cantor, ele pretende propagar a cultural em Sergipe, através de um programa no seu canal do Youtube, cujo nome será “Cenário Cultural”. Será um espaço para muita música, divulgar lançamentos de livros e entrevistar pessoas da área artística do estado, por exemplo. E toda semana trazer um tema para debate. Aos 59 anos, The Maupi se sente preparado e renovado para entrar numa fase nova da vida. Se o ditado diz que a vida começa aos 40, para Maurício a vida musical começará aos 60 anos, visto que completará em setembro seis décadas de vida. “Nunca é tarde para sonhar. Nunca é tarde para começar. Nunca é tarde para desenvolver o que você faz. Graças a Deus, eu estou tendo um feedback muito legal. As pessoas estão amando o meu trabalho, e isto é muito importante para mim”, conclui.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Um tapa na cara dos sergipanos, uma amostra de como funcionam as instituições de controle em Sergipe. Aliás, funcionam? Mensagem que viralizou entre os servidores  em diversos grupos de WhatsApp ontem: “Poucos meses antes do conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza atingir a idade compulsória para se aposentar, o Tribunal de Contas deu um jeitinho: em plena pandemia, enviou projeto de lei para Assembleia Legislativa. Pra quê? Mudar a legislação e permitir que o fidalgo, mesmo aposentado, pudesse dirigir a Escola de Contas. Até então, a Escola era dirigida por um conselheiro ativo, sem qualquer custo para o Tribunal. Com a mudança vinda com a Lei Complementar nº 346/2021, o povo sergipano pagará essa conta até os últimos dias de vida do conselheiro Carlos Alberto. Agora, num cargo em comissão, ele se torna verdadeiramente vitalício. Isso mesmo, deram um jeito para não largar o osso: Enquanto vida ele tiver, o povo sergipano pagará o cargo em comissão dele, o motorista à disposição dele e as pessoas ligadas a ele, além da aposentadoria integral do cargo de conselheiro. Há expressões mais nefastas do patrimonialismo na Administração Pública? Não acreditamos que aqueles que fazem parte do Tribunal concordam com isso. Será que o Ministério Público do Estado de Sergipe assistirá a tudo de atalaia? Deixará para lá a luminosa ofensa à moralidade e à probidade administrativa? Todo mundo está vendo, todo mundo viu: será preciso ligar os refletores do Batistão para alumiar a consciência dos condescendentes? Funcionam? As cenas dos próximos capítulos vão responder. Triste saga do povo sergipano!”
   
Frei Paulo: nos grupos de whatsApp denúncia do uso da merenda escolar das crianças por funcionários E nos grupos de whatsApp do município de Frei Paulo moradores publicaram fotos mostrando funcionários da Prefeitura comendo a merenda para as crianças da Escola José Israel, no Povoado Mocambo. Pelas fotos, os cidadãos denunciam que alguns funcionários estão comendo as merendas e até mesmo bebendo. “Enquanto isso estão mandando para as crianças pequenas uma macaxeiras podres”, escreveu um pai de aluno. Com a palavra a Prefeitura de Frei Paulo.





NOTA PÚBLICA – Saúde de Aracaju emite nota sobre “desvio de recursos”

Prezando pelo princípio da transparência que norteia a administração pública, a Prefeitura de Aracaju publicou no Diário Oficial do Município, edição de 15 de julho, o decreto de destituição de um servidor público municipal ocupante de cargo de provimento em comissão da Secretaria Municipal da Saúde.

Todo o processo está seguindo os princípios constitucionais da administração pública e a SMS garante que tomou tempestivamente todas as ações necessárias para a correta investigação dos fatos, incluindo prévio afastamento do servidor e, posteriormente, obrigando-o a devolver em sua totalidade os supostos valores desviados, caso seja confirmado o desvio após o término do processo.

A decisão teve o parecer da Procuradoria Geral do Município e, com fundamento no art. 167, da Lei Complementar Municipal nº 153/2016.

Sobre a nomenclatura do Cargo ‘Auxiliar de Gabinete’, a gestão informa que, por questão legal, todos os CC’s da SMS possuem essa mesma denominação, e que o servidor em questão não esteve lotado no gabinete da secretária durante esta gestão.

Em consonância com a informação oficialmente publicada, a Secretaria Municipal da Saúde repele qualquer tipo de ilação ou tentativa de aproveitamento político do fato e dará prosseguimento ao processo conforme a lei.


PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK


UMA VOCAÇÃO PELOS POBRES

“PREFIRO UNZINHO PADRE PEDRO A UMA BATELADA OU CARRADA DE PADRES DE MODA.” Clarkson Ramos Moura

NA ÚLTIMA QUARTA-FEIRA, 21, FEZ 24 ANOS DA PARTIDA DEFENITIVA DO SAUDOSO PADRE PEDRO — NOSSO “SÃO PEDRO” — DESTE PLANO EXISTENCIAL.

A TAL PREDESTINADO SERVO DE DEUS (FOTO ABAIXO), EU TIVE A HONRA E A SATISFAÇÃO DE CONHECÊ-LO, ASSIM COMO DE HAVER INTERAGIDO, PESSOALMENTE, COM ELE, POR INCONTÁVEIS VEZES, SEJA CRUZANDO COM ELE NAS CORRIQUEIRAS ANDANÇAS PASTORAIS PELOS LOGRADOUROS DE ARACAJU; SEJA CONSULTANDO-LHE OS SÓLIDOS E VASTOS CONHECIMENTOS DA GRAMÁTICA E DO VOCABULÁRIO DO “LATIM”, LÍNGUA-GÊNESE DOS CHAMADOS IDIOMAS NEOLATINOS, COMO O PORTUGUÊS, COM VISTAS A ME DIRIMIR FREQUENTES E OCASIONAIS DÚVIDAS SOBRE ESSA IMPORTANTE LÍNGUA, NÃO OBSTANTE MORTA, OFICIAL NO ÂMBITO DO ESTADO DO VATICANO, EM EFÊMEROS E DIVERSOS BATE-PAPOS INFORMAIS.

ALÉM DE INATAMENTE INTELIGENTE, POLIDISCIPLINARMENTE CULTO, TAQUIFEMICAMENTE FALANTE, FLUENTEMENTE LATINANTE E RACIONALMENTE CONVINCENTE, PEDRO ALVES DE OLIVEIRA, VULGO PADRE PEDRO, NASCIDO, EM 3 DE JULHO DE 1904, NA CIDADE DE RIACHÃO DO DANTAS, SEDE DO MUNICÍPIO DE MESMO NOME, ESTADO DE SERGIPE, E ORDENADO EM 8 DE DEZEMBRO DE 1928, POR CAPRICHO DO DESTINO, DIA CONSAGRADO A NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, PADROEIRA DA ATUAL ARQUIDIOCESE DESTA CAPITAL, ERA VOCACIONALMENTE RELIGIOSO, EXAGERADAMENTE HUMILDE E INFINITAMENTE CARIDOSO.

ESSA CRIATURA BEM-AVENTURADA, DE BAIXA ESTATURA, DE CABELOS BRANCOS, DENSOS E LISOS, DE BATINA PRETA, DESBOTADA E DE COLARINHO PUÍDO, DE ÓCULOS PRETOS “FUNDO DE GARRAFA”, SEM NENHUM ADEREÇO, PEREGRINAVA DIUTURNAMENTE PELAS AVENIDAS, RUAS, TRAVESSAS, VIELAS, BECOS ETC. DO CENTRO, DOS BAIRROS, SUBÚRBIOS, DA PERIFERIA DA GRANDE ARACAJU. TODOS OS DIAS, SOB SOL OU CHUVA, A PÉ E A PASSADAS RÁPIDAS, SEMPRE, COM UM SACO DE PÃO NAS COSTAS, ESSE INCANSÁVEL E SENIL PASTOR CATÓLICO BATIA AS SETES FREGUESIAS E PERCORRIA OS MAIS INACESSÍVEIS RINCÕES DESTA CIDADE, A ABENÇOAR OS QUE LHE PEDISSEM, OU NÃO, BENDIÇÃO, A DISTRIBUIR CONFORTO ESPIRITUAL, PÃES ETC. ENTRE TRASEUNTES, PERAMBULANTES, MENDIGOS, FAMINTOS, PROSTRADOS, OU SEJA, ENTRE TODOS OS TIPOS DE MORADORES DE RUAS E DE NECESSITADOS DE BENS MATERIAIS E/OU IMATERIAIS, COM QUEM ENCONTRASSE PELA FRENTE, EM SUAS JORNADAS BENFAZEJAS COTIDIANAS.

AINDA QUE EU ESTEJA EQUIVOCADO, NA MINHA MODESTA COGNIÇÃO TEÓRICO-ECLESIAL, ENQUANTO LEIGO,
PADRE PEDRO SE DEIXOU TRANSPARECER-ME TER SIDO PRECURSOR DA REVOLUCIONÁRIA E PROGRESSISTA “TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO”, GENUINAMENTE LATINO-AMERICANA, CONCEBIDA PELOS TEÓLOGOS GUSTAVO GUTIÉRREZ (PERUANO) E LEONARDO BOFF (BRASILEIRO), APÓS O CONCÍLIO VATICANO II (1962–1965) E A CONFERÊNCIA DE MEDELLÍN, COLÔMBIA (1968), EXEGESE TEOLÓGICA ESSA, “AB INITIO”, CONSISTENTE, NADA MAIS OU NADA MENOS, NA OPÇÃO EVANGÉLICO-CRISTÃ PREFERENCIAL PELOS EXCLUÍDOS NO MAIS AMPLO SENTIDO DA DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA ROMANA CONTEMPORÂNEA, PÓS-CONCÍLIO VATICANO II, SALVO MELHOR INTERPRETAÇÃO DOS NOTÓRIOS TEÓLOGOS E ESTUDIOSOS DESSA CORRENTE TEOLÓGICO-CRISTÃ.

POIS BEM, SOB SUCESSIVAS LIDERANÇAS EPISCOPAIS, ESSE PRÓ-HOMEM SACROSSANTO SOUBE SER, AO MESMO TEMPO, MISSIONÁRIO, PASTOR, EVANGELIZADOR, DEFENSOR DOS OPRIMIDOS, POBRES, MISERÁVEIS, INJUSTIÇADOS DAS DEZENAS DE PARÓQUIAS INTEGRANTES DA CIRCUNSCRIÇÃO ECLESIÁSTICA DA ENTÃO ARQUIDIOCESE DE ARACAJU.

ALIÁS — SEJA DITO DE BOM LEMBRETE — DURANTE SEU LONGEVO MINISTÉRIO SACERDOTAL, FOI VIGÁRIO NAS CIDADES DE PROPRIÁ, ROSÁRIO DO CATETE, MARUIM, SANTO AMARO DAS BROTAS, TOBIAS BARRETO E ARAUÁ.

ADEMAIS, COMO CAPELÃO DO HOSPITAL SANTA IZABEL, AO LONGO DE MAIS 40 ANOS, COSTUMAVA VISITÁ-LO DIARIAMENTE.

SURGIA, ASSIM, MAIS UMA VIDA SACERDOTAL, DEDICADA EXCLUSIVAMENTE À DEFESA DOS DOS MAIS NECESSITADOS, DOS FAMINTOS, DOS INDEFESOS, ABANDONADOS, DESCARTADOS, VIOLENTADOS, TORTURADOS, DOS SEM-TETO, DOS DESASSISTIDOS, DOENTES, ENFIM: DOS EXCLUÍDOS E EXPLORADOS.

ORA, ESSE DIGNITÁRIO DURADOURO E INFATIGÁVEL, PELO QUE REALIZOU POR TODA A EXTENSÃO DO SEU ANOSO E PROFÍCUO MINISTÉRIO, FAZ POR MERECER TODAS AS HOMENAGENS RESERVADAS A UM BENFEITOR E BALUARTE DA HUMANIDADE, A UM HERÓI ANÔNIMO, A UM VERDADEIRO HUMANITÁRIO.

O LEGADO DESSE HOMEM DE FÉ E AÇÃO É INCOMENSURÁVEL.

E MAIS, QUANTA FALTA INSUPRÍVEL ESSE LEGÍTIMO SERVO DE DEUS, APÓSTOLO DA IGREJA DE ROMA, NOS FAZ, HÁ ALGUM TEMPO, EM DIVERSOS SETORES DA VIDA PÚBLICA E ESPIRITUAL DE NOSSO ESTADO, AINDA CARENTE DA ATUAÇÃO EFETIVA E COOPERATIVA DA DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA CATÓLICA, APOSTÓLICA, ROMANA.

PORTANTO, IMPÕE-SE-NOS, AOS CATÓLICOS SERGIPANOS — POR UM IMPERATIVO DE GRATIDÃO, A JUSTA RECORDAÇÃO DOS 24 ANOS DO PASSAMENTO DESSE SAUDOSO RELIGIOSO, CREDOR DE EXTENSO ROL DE SERVIÇOS DE ALCANCE SOCIAL E DE INTERESSE PÚBLICO, ALÉM DA AMPLA E NOTÓRIA ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL — DESTINANDO-LHE NOSSAS ORAÇÕES E INVOCANDO-LHE A INDISPENSÁVEL INTERMEDIAÇÃO COM O PAI DIVINO EM FAVOR DE TODOS NÓS, NESTES MOMENTOS TÃO DIFÍCEIS PARA TODA A HUMANIDADE.

PELAS SOBEJANTES RAZÕES EXPOSTAS E POR OUTRAS TANTAS NÃO RESENHADAS NESTE BREVE E MODESTO ESCRITO, OUSO PROCLAMAR-ME ADMIRADOR CONFESSO, ASSIM COMO TESTEMUNHA OCULAR E AUDITIVA DO HISTÓRICO E SOCIAL LEGADO DESSE VOCACIONADO SERVIÇAL DE DEUS.

OBRIGADO! INOLVIDÁVEL BENFEITOR SOCIAL, DEFENSOR DOS DESASSISTIDOS, DOS SEM-TETO, E MODELAR PRESBÍTERO.

QUÃO IMENSA LACUNA, SUA SANTA BONDADE NO-LA TEM FEITO!

QUE DEUS O CONSERVE NA MANSÃO DOS BEM-AVENTURADOS!


PELO TWITTER

www.twitter.com/cezar_britto De Sergipe para São Paulo… um hino de louvor ao cuscuz… bom fu https://instagram.com/p/CRoEUF8hUkF/?utm_medium=twitter

www.twitter.com/ConradoJunior Quando o cara não tem o que falar, ele diz “dentro das quatro linhas da Constituição”. Puta que pariu, eu nunca ouvi um termo mais esdrúxulo em minha vida.

www.twitter.com/ayres_britto Se a fase é de predadores institucionais, Constituição neles!
www.twitter.com/InstMarceloDeda “Só mobilizando e fazendo despertar as energias, a gente pode sonhar com um futuro de prosperidade, justiça e mais igualdade para todos que tiveram a felicidade de nascer, amar, viver e trabalhar no solo sagrado de Sergipe Del Rey.” Marcelo Déda Estrela brilhante #DédaEterno

www.twitter.com/LeonardoBoff A mentira ficou tão institucionalizada e naturalizada que ninguém sabe quando um ministro ou mesmo o presidente falam a verdade ou estão mentindo. Tudo parece mentira. Só não é mentira o mais de meio milhão de vitimados pelo vírus e as lágrimas choradas com dor e imensa saudade


Siga Blog Cláudio Nunes:           

Instragram

 Facebook

 Twitter

 

 


Frase do Dia
“Não ter uma posição política justa, disse alguém, é como não ter alma” Nelson Werneck Sodré –
Formação histórica do Brasil.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais