Ambulâncias Samu com água nos tanques. É grave!

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

E ontem, na TV Atalaia, no programa Balanço Geral, apresentado por Fábio Henrique o secretário adjunto da saúde estadual, Luiz Eduardo Correa fez uma grave denúncia que é caso de polícia respondendo questionamento sobre as ambulâncias que não estão funcionando:

“Algumas destas quebras temos que ver realmente. Não é normal a ambulância sair da oficina ok, e algumas vezes vai ver o tanque tem água”, disse afirmando que tem que se admitir que está havendo sabotagem. “As próprias oficinas estão mandando estes relatórios. 99% dos nossos profissionais são comprometidos, mas um profissional que não seja compromissado pode jogar a situação no caos”, revelou.

Sinceramente, o Samu de Sergipe é referência, mesmo com os diversos problemas. Os funcionários se superam em todos os sentidos. O maior exemplo é a ex-secretária Conceição Mendonça que comandou o Samu por muito tempo.

Agora a população que saber a verdade: a Secretaria ingressa com processo administrativo e queixa na delegacia e também o sindicato da categoria deve entrar com uma queixa contra o adjunto.

O adjunto falou a verdade? Cadê os sindicalistas do Samu? Os chamados “samuzeiros” vão ouvir calados uma denúncia desta gravidade?

Sabotagem e boicote

Já a noite também na TV Atalaia, no programa apresentado por Gilmar Carvalho foi anunciada a matéria com a entrevista feita por ele com o adjunto. Saiu até uma parte na chamada, onde Luiz Eduardo fala em sabotagem no Samu e boicote no HUSE.  Só que a matéria não foi exibida. Com certeza sai hoje, não deu tempo.

Agradecimento
O titular deste espaço agradece os diversos e-mails e comentários recebidos por conta do artigo de ontem. Os comentários não foram postados pelo simples motivo do espaço não ser para elogios ao titular, mas de informação e de análise política. Aliás, o blog sempre teve e sempre terá posição, nunca ficará “no muro”, como os covardes ou pulando para lá e para cá como alguns puxa sacos de plantão.

Incompatibilidade: Fábio Henrique vai abrir mão de secretaria para se dedicar a TV e rádio
O blog foi informado ontem, 27, que o ex-prefeito de Socorro, Fábio Henrique, atualmente titular da secretaria de turismo do Estado vai abrir mão do cargo, indicando outra pessoa do PDT, por conta da incompatibilidade com os horários, além de não poder ter patrocínio governamental como gestor. Ele está apresentando programas na TV Atalaia, das 6 às 8h e à tarde na MIX FM, das 17h às 19h. Não é só o tempo do programa, mas também todo preparo para produção e apresentação.

Secretário não aceitará critica
Detalhe. Um secretário foi enfático: “se Fábio me criticar vou logo a Jackson. Não admito que auxiliar direto de Jackson receba salário e critique o governo.”

MP de olho
A fonte disse que até o MP já está de olho para que a estrutura da pasta, inclusive assessores, não se misture com os programas.  O blog entende que Fábio deve ter todo cuidado, principalmente com o tempo, já que recentemente o Jornal da Cidade colocou a esposa dele, a deputada Silvia Fontes como a mais faltosa na Alese. Para realizar uma ação positiva na pasta do turismo, principalmente no tempo de hoje, é preciso dedicação total.

Más línguas. PDT apoia Padre Inaldo em Socorro
E em Socorro dizem que o PDT já está apoiando o padre Inaldo, através dos três vereadores.

Independente na Alese
Ao ser entrevista na FAN FM, pelo radialista George Magalhães a deputada Ana Lúcia, PT, falou sobre  relação com o governo Jacson:  “O Governo faz toda uma política contra o que eu penso e milito por isso eu estou de forma independente porque não posso aderir ao bloco governista”, explicou.

Silêncio no momento certo
“Palavras erradas costumam magoar para o resto da vida, já o silêncio no momento certo, pode ser a resposta de muitas perguntas…” Resposta do deputado federal Fábio Reis as últimas declarações do governador Jackson Barreto. 

Deso: OAB/SE ingressará com ação civil pública para barrar privatização 
Em defesa da população sergipana, a Ordem dos Advogados do Brasil, em Sergipe, ingressará com ação civil pública pela nulidade do Pregão Eletrônico Nº 19/2017, que tem o propósito de privatizar as atividades da Companhia de Saneamento de Sergipe. Para a entidade, a medida fere princípios fundamentais do cidadão, como o direito à saúde e a universalização do acesso.

Unanimidade
Em reunião ordinária, o Conselho Pleno da OAB/SE aprovou por unanimidade o ajuizamento de ação civil pública pela nulidade do Pregão Eletrônico que estabelece a privatização e a realização de um ato público contra a privatização da Companhia, a ser realizado pela OAB/SE.

Marco
De acordo com o relator da matéria, Inácio Krauss, vice-presidente da OAB/SE, em uma análise ainda que superficial da Constituição da República Federativa do Brasil; da Legislação Estadual sobre saneamento básico em Sergipe; e da Lei 11.445/2017, que institui o marco regulatório do saneamento básico no Brasil, não existe previsão legal para a desestatização da Companhia.

Universalização
Segundo o relator, a lei é clara ao dizer que os serviços públicos de saneamento básico devem ser prestados com base no princípio fundamental da universalização do acesso, que abrange todos os cidadãos brasileiros, pois compreende a saúde pública, o meio ambiente e o combate à pobreza: interesses sociais e coletivos voltados para a melhoria da qualidade de vida.

Quadriciclos. Não adianta! Vão esperar mais uma morte na praia
De nada adiantou o acidente fatal que vitimou um bebê e deixou a mãe com graves sequelas na praia de Pirambu. Nos fim de semana os 

Até quando? Omissão autoridades até morrer mais uma criança…

quadriciclos continuam circulando nas praias, muitas vezes pilotado por crianças, em meio aos banhistas. E quem reclama acaba escutando impropérios dos donos do mundo. Também, as autoridades que deveriam fiscalizar são omissas. Elas são as principais responsáveis pelo acidentes fatais que vierem a acontecer nas praias, principalmente em Aracaju. A foto ao lado foi tirada no último domingo, 26, em frente ao restaurante Dunas no fim da rodovia Sarney.

“Cooperativa” das pessoas que faltam receber de uma campanha
E prometeram ao blog que enviarão conversas de um grupo de WhatsApp criado por uma, diga-se assim “cooperativa” das pessoas que faltam receber de uma campanha na Grande Aracaju.  E o pior que os serviços e produtos entregues e que estão sem pagar não constam na prestação de contas. É mais de R$ 1 milhão. Se as conversas desta “cooperativa” cair nas mãos de um procurador eleitoral ou membro do TRE/SE é cassação na certa.

Aracaju poluída visualmente. Como se não bastasse o lixo, canteiros e praças cheios de faixas e placas
Parece que a Emsurb deixou de fiscalizar tudo em Aracaju. Como se não bastasse o problema do lixo em todos os canteiros e praças têm faixas estendidas. E até mesmo placas móveis. É propaganda de todo o tipo numa grande poluição visual. Aracaju está abandonada e feia.

Comissão de Integração Nacional
Entusiasta da política como uma atividade que ajuda ao desenvolvimento e traz soluções para as comunidades, o deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, festejou na Alese mais um espaço político de grande destaque obtido por um sergipano no âmbito federal. “Ocupo o pequeno expediente na tarde de hoje para fazer um registro com muita alegria, com muito contentamento, sobre a escolha do deputado federal Valadares Filho para Presidência da Comissão de Integração Nacional e Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara Federal”, disse o parlamentar.

Contribuição para Sergipe
“Esta é uma Comissão das mais importantes, que certamente irá contribuir e ajudar muito no desenvolvimento do nosso Estado da nossa região Nordeste, da região Centro-Oeste e da Amazônia. E hoje pela manhã, eu conversando com o deputado federal Valadares Filho ele já me falava que vai realizar o primeiro seminário no Estado de Sergipe para discutir o desenvolvimento de ações que possam trazer desenvolvimento para o nosso Estado”, informou Luciano Pimentel.

Venda da Deso
A deputada estadual Maria Mendonça (PP) pediu celeridade no processo de marcação da sessão que tratará sobre os possíveis prejuízos ocasionados com a venda da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), que figura na lista do (BNDES), como uma das oito empresas privatizáveis a partir de 2018.

Convite
No Requerimento, lido no último dia 20 de fevereiro, Maria sugere que o Parlamento convide o promotor de Justiça, Adelino Júnior; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe, Henri Clay Andrade; o presidente do Sindisan, Sérgio Passos e o presidente da Deso, Carlos Melo.

Conselho de Segurança 17 de Março: comunidade disse não a politicagem
E a chapa comandada pela líder comunitária Marta Andrade, venceu a eleição para o Conselho de Segurança do Bairro 17 de Março com a força dos amigos. Foram 556 mais do o dobro dos votos da chapa comandada pelo vereador Bigode, PMDB. A comunidade disse não a politicagem.  “Muita obrigada a vocês que acreditaram em nosso projeto, temos um compromisso com nossa comunidade”, escreveu Marta pelas redes sociais.

Lei beneficia servidores Aperipê, Emdagro e Pronese
Diante de um auditório, ontem, 27,  lotado de servidores estaduais da Fundação Aperipê, Emdagro e Pronese, o governador Jackson Barreto sancionou projeto de lei que garante alterações em carreiras e incorporação de gratificações para essas três instituições. Com a sanção, os servidores das três instituições terão garantidos gratificação – no caso dos trabalhadores da Emdagro e Pronese -, e níveis formais de escolaridade para quem trabalha na Aperipê.

Demanda antiga
Em seu discurso, Jackson ressaltou que o projeto de lei atende a uma demanda antiga das categorias, sobretudo para os servidores da Aperipê, que há mais de 10 anos lutam pelas alterações na carreira e nos interníveis da Fundação. “Estamos fazendo história com a fundação Aperipê, afinal de contas, são anos de luta, de reivindicação. Quero destacar o papel de Fernando Cabral, do sindicato dos radialistas, que sempre lutou pela valorização dessa categoria profissional”.

Clóvis Barbosa  na Câmara
O vereador Jason Neto (PDT), foi o autor do requerimento que solicitou a Sessão Especial, realizada ontem, 27, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), para ele o TCE-SE nunca mais será chamado de tribunal de faz de conta. “Sempre ouvíamos críticas de que o TCE era um Tribunal de Faz de Contas, mas hoje o TCE tem uma atuação ativa e proativa e precisamos reconhecer sempre a sua atuação para combater a corrupção”, disse o vereador.

Educação
Ainda durante seu discurso, Jason Neto apontou caminho de saída para essa crise que o Brasil vive. “Para o Brasil ser um país forte precisamos urgente de duas frentes, uma que promova o combate à corrupção irrestritamente, sem seletividade, e a outra que promova avanços em nossa educação”, declarou. E finalizou lembrando Leonel Brizola, fundador de seu partido o PDT. “A educação é o único caminho para emancipar o homem. Desenvolvimento sem educação é criação de riquezas apenas para alguns privilegiados”.

Conselhos municipais
O vereador Fábio Meireles (PPS) defendeu um tratamento cauteloso para com os agentes de controle social que atuam nos conselhos municipais, a exemplo que cuidam da merenda escolar, da saúde, da assistência social e tantos outros. Ex-integrante dos Conselhos Municipais de Saúde e da Merenda Escolar, ele considera importante capacitar quem está na ponta cuidando do fortalecimento da participação democrática da população.

Sugestão
“Não podemos esquecer que há um elo entre conselheiros e comunidade que contribui decisivamente na formulação e implementação de políticas públicas”, afirmou o parlamentar, que aproveitou a presença do presidente do (TCE), conselheiro Clóvis Barbosa, na tribuna da Câmara Municipal de Aracaju, no início desta manhã, para fazer a sugestão.

Reunião TCE
Na próxima quarta-feira, 29, às 15h, a Comissão de Finanças, Tomada de Contas e Orçamento terá uma reunião com o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), Clóvis Barbosa de Melo.A solicitação foi feita pelo presidente da Comissão, Thiaguinho Batalha (PMB), durante sessão especial realizada ontem, 27.

Orientações
Thiaguinho enalteceu a importância do encontro para a troca de conhecimento. "Esta reunião servirá para a busca de informações e orientações, já que o TCE é o órgão que fiscaliza os gastos públicos, papel que também é exercido pela Câmara de Vereadores", frisou.

Sebrae apresenta projeto para ajudar pequenas empresas da construção civil
O projeto de Desenvolvimento da Construção Civil nos territórios de Sergipe foi apresentado por técnicos do Sebrae/SE na reunião-almoço da Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP, desta semana. A reunião contou com a presença do diretor presidente do Sebrae/SE, Emanoel Silveira Sobral, do gerente da Unidade de Atendimento Coletivo, José Leite do Prado Filho e do analista Thiago Oliveira.

Fortalecimento
Ao abrir a reunião, Emanoel Sobral, disse que o Sebrae tem suas limitações de atuação dentro do valor de R$ 3,6 milhões no faturamento anual da empresa, mas preparou um projeto para que possa ajudar no fortalecimento da qualificação das pequenas empresas da cadeia da construção civil. Inicialmente o projeto vai beneficiar 15 construtoras e 10 fábricas de cerâmicas. A ideia é qualificar o relacionamento entre pequenas e médias empresas da cadeia da construção civil.

Parceria com o BB
Emanoel Sobral anunciou ainda a parceria entre o Sebrae e Banco do Brasil irá oferecer crédito orientado para pequenos empresários em todo o país. Serão disponibilizados R$ 8,2 bilhões para capital de giro  por meio das linhas Proger Urbano Capital de Giro BNDES e Capital de Giro Progeren . A meta é beneficiar 36 mil micro e pequenas até o final do ano em todo o Brasil.

Importância
O analista Thiago Oliveira fez uma retrospectiva do setor da construção civil no Brasil e em Sergipe, nos últimos anos até chegar em 2013 no crescimento maior e a desaceleração  que iniciou-se em 2014. “É um setor que precisa ser observado dado a sua importância no contexto de Sergipe”, explicou ao apresentar números e dados econômicos que aparentam sinais de melhora.

Emenda
O vice-presidente da ASEOPP, Francisco Costa, que sugeriu o convite ao Sebrae, aproveitou para pedir o apoio a emenda que a entidade está enviando para os congressistas no sentido de tornar mais justa a disputa, já que as empresas de pequeno porte (EPP), até 3,6 milhões, tem uma regalia nas licitações, mas na verdade essas empresas muitas vezes faturam bem mais. A emenda  vincula o limite da EPP, sem a regalia de poder baixar 10% se já está comprometido com obras. “Queremos apenas pé de igualdade já que muitas vezes a EPP entra e depois não tem condições de arcar com a obra ou está bem acima do limite da empresa de pequeno porte. É uma distorção”, explicou.

Quadro difícil
O presidente da ASEOPP, Luciano Barreto, agradeceu a presença de todos e lembrou que a entidade vem lutando há 10 anos, através de debates em fóruns em todo o país, para melhorar a construção civil através de propostas realmente viáveis. “O que vimos é que a nova lei das licitações será pior que a 8.666. Destruíram o setor da construção civil, agora começaram a destruir o setor da carne. Estamos vivendo um quadro muito difícil”, alertou.

Reunião CBIC
A engenheira e consultora Patrícia Carvalho fez uma exposição sobe a reunião que participou em Brasília, na Comissão de Materiais da Câmara Brasileira da Indústria da Construção- CBIC, sobre Norma de Desempenho. Um dos temas debatidos foi o BIM (Building Information Modeling) que visa criar um modelo único de informações para a construção civil, inclusive com uma rede de laboratórios para atender as demandas das construtoras e incorporadoras. O BIM será lançado em maio no Encontro Nacional da Construção Civil – Enic.

Comitê 
A presidente da Fundação João Mangabeira em Sergipe, Niully Campos, participou na última quarta feira de reunião de Planejamento anual da Fundação em Brasília. Na oportunidade, com a presença de coordenadores e representantes de todo o Brasil, o presidente Nacional da Fundação João Mangabeira (FJM), Renato Casagrande, deu posse ao Comitê de Coordenadores da FJM juntamente com o presidente do Partido Socialista Brasileiro, Carlos Siqueira.

Debates
O novo Comitê terá como função difundir as ações de governos socialistas exitosas, colaborando no fomento de políticas públicas efetivas.Ela ainda que, a FJM está em fase de reestruturação em Sergipe e contribuirá fortemente para a elaboração do documento denominado “Projeto Brasil Socialista”, que tratará do posicionamento estratégico do Partido Socialista Brasileiro para os próximos 30 anos. Além disso, a FJM promoverá debates sobre os principais temas da agenda política sergipana e nacional.

Exames oncológicos Ipesaúde: a partir de abril diretamente nas clinicas
A partir do mês de abril, os usuários do Ipesaúde, que estão em tratamento de câncer, não precisarão mais vir a sede do Instituto para marcar exames e realizar perícia. Todos os exames serão marcados diretamente nas 7 clínicas que disponibilizam o serviço.

Melhoria para os pacientes
São elas: Hospital Primavera, Onco Hematos, Núcleo de Oncologia de Sergipe, Clínica San Giovani, Avosos, Vitta e Cemise. “Essa mudança tem o objetivo de atender melhor os nossos pacientes. Antes eles eram obrigados, mesmo debilitados, a vir aqui no Ipesaúde, marcar sua guia, aguardar a perícia e isso, demanda tempo, causa desconforto, diante da situação que eles se encontram. Então, essa mudança visa facilitar a vida de nossos beneficiários”, explica a auditora do Ipesaúde, Lícia Novaes.

Diagnósticos Confirmados
Mas, aos pacientes devem estar atentos. A mudança será para aqueles usuários que possuem diagnóstico confirmado de câncer e vão iniciar o tratamento. “ Em caso de suspeita ou investigação, o procedimento segue normalmente, o paciente vem a central de atendimento, marcar as consultas e exames que precisarem”, alerta Lícia Novaes.

Reunião
Na última sexta feira, aconteceu uma reunião na sede do Ipesaúde, entre representantes das clínicas prestadoras do serviço, a auditora do Ipesaúde Lícia Novais, o coordenador de Informática, Augusto Maynard e o gerente de contas hospitalares, Fábio Machado.

Problemas futuros
“Nós fizemos essa reunião para alinhar a sistemática de atendimento entre o Ipesaúde e as clínicas, para evitar ruídos e problemas futuros. Nosso objetivo é que todos os pacientes consigam a liberação dos seus exames”, explicou Augusto Maynard.

PELO TWITTER

www.twitter.com/sargentoedgard   Enquanto as autoridades brasileiras não entenderem que segurança pública se faz com prevenção, continuaremos com 60 mil homicídios por ano.

www.twitter.com/joaocorrrea  Não se iluda amigo. Já sabem muito bem disso. Quando mais aterrorizado o povo estiver , mais dependente do mau político ficam.

www.twitter.com/ThalesBrandao   Correios é uma estatal que detém o monopólio e de forma inédita conseguiu atingir falência. Vão demitir os servidores concursados.

DO LEITOR

SMTT – Rua Raimundo Fonseca
Sugestão do leitor Luiz Brandi: “A rua acima já é mão única da Rua Celso Oliva até a Beira Mar, só que da José Sotero para a Celso Oliva é mão dupla, com permissão de estacionamento dos dois lados, o que deixa o trânsito muito confuso, pois a rua é estreita.Volto a sugerir que esse último trecho também passe a ser mão única no sentido José Sotero x Celso Oliva, acompanhando esse sentido até a Beira Mar.”

HUSE:Foto da área “catástrofe”: fraude na informação? Área cheia, segundo servidor
De um servidor do HUSE: “Hoje dia 27/03/17, segunda feira, considerado o dia mais crítico na superlotação do pronto-socorro do Huse por causa

do movimento do final de semana, a SES, que vem publicando imagens da Área chamada de "catástrofe" diariamente, publicou uma imagem teoricamente tirada por volta das 8h da manhã com a unidade praticamente vazia. Até aí tudo bem. O problema é que uma foto tirada por um funcionário do Huse, que não quer se identificar com medo de represálias, às 08h15min mostra a mesma Área da "catástrofe" cheia de macas com pacientes. O que ocorre? Fraude na informação? Ou estão achando que o grande público é besta? Isso, do ponto de vista jornalístico, é muito grave. O tempo dirá a verdade…”

O melhor nome para a presidência do PT
Por: Geraldo Lima Feitosa: "Como já disse o poeta Renato Russo: "Quem um dia irá dizer que não existe razão pras coisas feitas pelo coração".
seguindo uma trajetória política bem sucedida e honrada pelas mãos e passos de Zé Eduardo e Marcelo Déda, o companheiro Márcio Macêdo, ex-deputado federal, com brilhante atuação no legislativo brasileiro, e, hoje, secretário de planejamento e finanças do Partido dos Trabalhadores, que se destaca na mídia nacional pela condução da importante função que exerce, inclusive já tendo ocupado outros cargos na esfera estadual e federal, mantendo o respeito e a credibilidade dos sergipanos e brasileiros, mesmo num momento de crise institucional de parte de legendas partidárias do país, incluindo alguns membros do PT. Pelo trabalho ético, qualificado e isento de qualquer acusação de corrupção ou de qualquer outra prática danosa à população, Márcio Macêdo merece presidir o PT Nacional e continuar a tradição dos bons petistas, a exemplo dos saudosos Déda e Zé, que o Brasil os conheceram e nos orgulharam".

SINDIJOR repudia comentário maldoso do ex-presidente do Sinpol contra profissionais da imprensa

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE), entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, vem a público manifestar total repúdio ao escrivão e ex-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol), Antônio Moraes, que em rede social comentou, baseado em uma conversa que teve com uma pessoa, a qual ele não identifica, que profissionais da imprensa (jornalistas) recebem dinheiro para não falar sobre denúncias envolvendo pessoas investigadas pela polícia.

Ao se utilizar de uma ferramenta de comunicação para tornar público um suposto comentário de alguém que não se identifica, sem apresentar nomes e, muito menos provas da suposta propina, este mesmo servidor público comete um crime: o de calúnia, pois coloca sob suspeita toda uma categoria jornalística que é pautada por um Código de Ética Profissional.

O SINDIJOR repudia qualquer tipo de agressão a jornalistas, ainda mais quando se generaliza e não apresenta documentos que provem o possível comportamento antiético de profissionais do Jornalismo e, ao mesmo tempo, desafia o servidor público Antônio Moraes a declinar o nome do suposto informante, se é que existe, e as provas do suposto crime.

Compromissado com o bom Jornalismo, o SINDIJOR assegura que a Comissão de Ética adotará as medidas cabíveis contra qualquer jornalista que afronte o seu Código Disciplinar, mas observa ser indispensável a apresentação de provas, o que não se ver na “denúncia” maldosa feita pelo servidor público estadual.

Neste sentido, o SINDIJOR reitera posição de solidariedade aos jornalistas sergipanos e lamenta, profundamente, o comportamento desrespeitoso do senhor Antônio Moraes para com a imprensa sergipana, bem como analisará medidas judiciais contra a atitude do policial.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe

NOTA DE REPÚDIO

A Secretaria Estadual de Mulheres do Partido Socialista Brasileiro (PSB/SE) manifesta imenso REPÚDIO e indignação pelas declarações do relator do Projeto de Lei 4.302 de 1998, o deputado Federal sergipano Laércio Oliveira, que deixou clarividente em sua fala, o machismo e a naturalização da discriminação à mulher, em debate promovido pela Confederação Nacional da Indústria.

Segundo notícia da Folha de São Paulo, o parlamentar disse que a maioria dos trabalhadores no país do setor de asseio e conservação é do sexo feminino porque “ninguém faz limpeza melhor do que a mulher.” Não bastasse, ainda afirmou ter preocupação com o trabalhador da modalidade “home office” questionando se teria um “ambiente propício para exercer sua atividades” (com uma mulher agradável que leva cafezinho), ou ficaria “estressado cada vez mais a ponto de querer sair de casa” (com uma mulher reclamando querendo ajuda no cuidado do filho).

Não menosprezamos o trabalho de limpeza, mas é forçoso desmistificar a ideia de que a atividade é caracteristicamente feminina. Destacar a qualidade do trabalho da mulher para as profissões ainda menos valorizadas, com salários mais baixos e maior precariedade é reforçar a violência simbólica que discrimina e oprime as mulheres.

Nós, mulheres socialistas, não nos calaremos diante de declarações machistas, misóginas, que ainda representam o domínio do patriarcado, da naturalização de práticas que inferiorizam a mulher e impõem sobre ela a responsabilidade exclusiva sobre a criação dos filhos e sobre o trabalho doméstico.

Machistas não passarão!

Aracaju, 27 de março de 2017.
Secretaria Estadual de Mulheres do PSB Sergipe.

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

Frase do Dia
“Não há barreira, fechadura ou ferrolho que possa impor à liberdade da minha mente.” Virginia Woolf, escritora britânica, morreu em 28 de Março de 1941 (n. 1882).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários