Ana Lúcia esclarece declaração

0

Na impossibilidade, por problemas de saúde, de fazer esse debate de forma pessoal e direta, como sempre fiz, venho me dirigir à sociedade sergipana, de forma fraterna e honesta, para defender as minhas posições diante do que vem sendo colocado por parte da imprensa e pelo governador Marcelo Déda, do meu partido, o PT, a respeito do meu pronunciamento na Assembleia Legislativa, do dia 28/5, em defesa dos professores sergipanos, meus colegas de profissão, de vida e de lutas.

Reitero que em momento algum do meu discurso busquei atingir a honra ou a pessoa de Marcelo Déda, mas sim, fiz uma crítica com linguagem política e ideológica – jamais de xingamento, porque esta não é, e nem nunca foi a minha prática –, ao seu governo e ao modo como estão sendo tratados os professores. E governos, pelo que entendo, são impessoais.

Para os que querem distorcer as minhas palavras, sugiro ouvir o áudio do meu pronunciamento, que está disponível no site da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Não posso deixar de me indignar com a posição do meu governo e do governador de insistir no descumprimento do pagamento do piso a todos os professores e de buscar jogar a população contra a categoria. Não é esse o papel de um estadista ou de um governo progressista.

É importante que a sociedade saiba que as posições nacionais do PT relativas à Educação e ao Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério são as mesmas que defendo, porque sou partidária e, portanto, estou caminhando em conformidade com o que defende o meu partido.

As resoluções congressuais do PT são deliberações que pautam os rumos do partido seja em que instância for. Portanto, o companheiro Marcelo Déda deveria ler melhor as resoluções do 4º Congresso Nacional do PT. Nelas se lê que:

“O PT deve se empenhar para aprovação de um Plano Nacional de Educação (PNE) que responda aos anseios, esperanças e necessidades da sociedade brasileira com universalização e ampliação do atendimento escolar da creche à pós graduação; valorização social dos profissionais da educação com piso salarial, carreira e formação; (…). Parte integrante desse processo é a consolidação, ao nível dos estados e municípios, do pagamento integral do Piso Salarial Nacional aos trabalhadores e trabalhadoras da educação. Para tanto, o PT deve envidar todos os esforços na implementação da lei específica, considerada constitucional pelo STF.”

Como também que “O PT reafirma sua disposição de diálogo com a Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS), com o movimento sindical, em particular com a Central Única dos Trabalhadores, (…).”

São resoluções do nosso partido. E não estamos vendo-as serem respeitadas em Sergipe.

Neste momento, é muito mais fácil buscar direcionar o debate para uma questão pessoal entre mim e o governador, como tentam plantar na imprensa, para desviar o foco do debate mais importante e central, que é a luta dos professores pelo cumprimento da Lei do Piso e a superação do impasse que se estabeleceu e da greve, que já supera os 48 dias. Desviar esse foco é o que mais interessa hoje ao governo, mas não à sociedade, que espera uma solução para o conflito, que penaliza alunos, mas também professores, pois são estes que terão que repor todas as aulas para fechar o ano letivo.

E se a greve se estende, isso não pode ser creditado apenas aos professores, que lutam por um direito conquistado com muita luta e referendado pelo Supremo Tribunal Federal, além de legitimado pela sociedade. Assim, cabe à sociedade perguntar que esforço tem feito o governador para superar essa greve? Nenhum. Prefere manter a sua postura intransigente em lugar de dialogar com a categoria e apresentar alguma proposta que traga avanço.

Por fim, reforço que sempre pautei a minha vida na luta pelo direito dos trabalhadores, em especial dos meus queridos professores, e não é por estar diante de um governo do meu partido que arrefecerei desta luta, como muitos já o fizeram, para atender a interesses pessoais. Não sou desse tipo de político. Sempre fui muito honesta, leal e franca com as pessoas. E assim me manterei.

Neste sentido, reitero o meu apelo para que o governador Marcelo Déda, como um estadista, abra canal de diálogo com o magistério e com o nosso sindicato, o SINTESE, com vistas ao pagamento do piso a todos os professores e à superação do impasse que se estabeleceu, para que professores e alunos voltem às suas atividades normais e que trabalhadores da educação e governo voltem a ter uma agenda comum e construtiva.

Agradeço pelos vários apoios que tenho recebido. Vou continuar na luta pela educação pública de qualidade com valorização do magistério. Sempre!

Ana Lúcia Vieira Menezes -Professora e Deputada Estadual – PT Aracaju (SE), 04 de junho de 2012.

Extinção do NAPS. É indiscutível sua importância
Os Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS) – 18ª REGIÃO/SE e de Psicologia (CRP) – 19ª REGIÃO/SE, autarquias federais emitiram nota pública manifestando suas preocupações sobre as últimas ações do Comando Geral da Polícia Militar de Sergipe (PMSE), que propõe uma “Reestruturação Administrativa” na Corporação, sob a alegação de enxugamento do quadro administrativo da Instituição.

Alerta
Na nota os conselhos alertam que “o atual Comando da PMSE publicou em seu Boletim Ostensivo Geral (BGO) nº 087, de 16 de maio de 2012, a inatividade temporária do Núcleo de Atenção Psicossocial (NAPSS) e, nos boletins dos dias 28 e 29 de maio, a transferência de TODOS/AS os/as Assistentes Sociais e Psicólogos/as do NAPSS”. Leia a nota na integra: http://site.cress-se.org.br/?p=2836

Feira das Trocas. Coletiva do MPE
O Ministério Público Estadual realizará uma coletiva a imprensa, hoje, 04, às 15h, na sede do órgão, para esclarecer a operação de fiscalização realizada na feira das trocas no último sábado. O local é ocupado irregularmente desde 2008 e lá são comercializados diversos produtos de crimes, desde armas, passando pelo comércio clandestino de animais silvestres e produtos eletrônicos oriundos de roubos.

Ambulantes no calçadão da Orla X Feira de Artesanato
A Secretaria de Estado do Turismo tem que encontrar uma saída para valorizar os comerciantes da Feira de Artesanato, instalada ao lado da pista de MotoCross. Eles aceitaram a decisão de Setur, há algum tempo e investiram no local, com barracas padronizadas.

Ambulantes atrapalham pedestres
Enquanto isso quase que diariamente ambulantes – alguns com mercadorias sem nota fiscal, como eletrônicos importados e bolsas falsificadas – se instalam quase que todas as noites no calçadão da orla. Além de prejudicar os comerciantes que estão legais na Feira de Artesanato eles fecham quase todo o calçadão prejudicando a mobilidade dos pedestres.

Um absurdo! Fiscais só quando tem shows
E o absurdo!  Quando tem algum show na praça de eventos da orla, são colocados fiscais para impedir que o calçadão seja tomado pelos ambulantes. A pergunta é:  e só vale a lei quando tem shows? A Setur devia fazer uma parceria com a Emsurb ou uma empresa terceirizada para proibir a colocação de mercadorias no calçadão. Além de ajudar a mobilidade beneficiará os comerciantes da Feira de Artesanato.

Praça da Juventude no Augusto Franco: banheiros fechados
Os idosos que participam da Academia da Cidade e os frequentadores da Praça da Juventude no conjunto Augusto Franco reclamam que os banheiros não ficam abertos. O que custa a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer colocar pessoas para tomar conta dos banheiros? Além disso é preciso uma manutenção urgente na iluminação do local.

Posse de Sílvio. Despedida da PMA
A posse de Sílvio Santos, na Secretaria de Estado da Saúde, está programada para hoje a tarde, 04, no auditório do Banese, na avenida Augusto Maynard. Antes, às 11hs, na Prefeitura será realizado um ato de despedida.

Parque dos Cajueiros I
Não é exagero dizer-se que Aracaju ganhou um “novo” parque. Em verdade, a concepção do novo projeto redundou em uma completa mudança com relação à filosofia que norteou o empreendimento, quando de sua construção, no final do governo Valadares, no limiar da década de 90 do século passado. Este blog ouviu várias pessoas, principalmente ligadas à área do esporte e do lazer. Elas foram unânimes em afirmar que os equipamentos desportivos foram instalados em total obediência aos detalhes exigidos por cada modalidade.

Parque dos Cajueiros II
Ressalte-se que o parque também é dotado de uma academia ao ar livre, o que oferece aos freqüentadores a possibilidade de realizar exercícios físicos. O entrelaçamento entre o lazer e o esporte realiza-se naturalmente. O governo do Estado está de parabéns pela obra. O desafio, agora, é a conservação do parque, através da manutenção permanente dos serviços de limpeza. Custódio Santana, diretor de praças de esporte da Secretaria de Esporte e Lazer, é, também, o responsável direto pela administração do Parque dos Cajueiros (ou) Parque Governador Valadares.

Calçadão da Beira Mar
Outra obra que merece destaque é o calçadão da avenida Beira-Mar, que começa na Ponte Godofredo Diniz, que dá acesso à Coroa do Meio e vai até a avenida Antonio Góis, na Atalaia. As duas pistas, uma para ciclistas e outra para pedestres, são excelentes. A iniciativa da Prefeitura Municipal é digna de aplauso. Afinal, exercícios físicos são indispensáveis às pessoas que se preocupam com a saúde. E uma boa saúde é um passo fundamental para quem deseja desfrutar de uma melhor qualidade de vida.

Mudanças no trânsito
Na manhã desta segunda-feira, 4, às 9h o Prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, anunciará as mudanças no trânsito na área de construção do Complexo Viário da avenida Tancredo Neves. O anúncio será no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos.As medidas visam reduzir ao máximo os transtornos causados pela obra que, quando concluída, vai melhorar a fluidez do trânsito da região com uma nova via de escoamento.

Construções
O complexo inclui as construções de um viaduto em concreto armado de 90 metros e dos acessos à ponte Gilberto Vila Nova de Carvalho, que liga o Inácio Barbosa ao Augusto Franco. O viaduto que será construído no cruzamento das avenidas Tancredo Neves e ministro Geraldo Barreto Sobral será denominado jornalista Hugo Costa. A vereadora Simone Gois foi a autora do projeto de lei.

Verborragia
Há dias atrás, este blog registrou o excesso de formalidades que permeia as sessões da Câmara Municipal de Aracaju. A troca de elogios é simplesmente impressionante. É o conhecido “rasga-seda” em ação. A promoção de eventos religiosos é outra tônica que é facilmente identificada. Os representantes dos católicos e dos evangélicos, que são muitos, deitam e rolam para divulgar as atividades das respectivas igrejas.

Erros de português
Outro detalhe que impressiona é o cometimento, em larga escala, de erros no uso da língua portuguesa. Até mesmo os mais elementares, como os de concordância verbal e nominal. Para completar, os casos de agressão à ortoepia proliferam de forma acentuada. Observação: ORTOEPIA significa “pronúncia normal e correta”. Nesse aspecto específico os nossos edis abusam da cacoepia. CACOEPIA quer dizer “pronúncia contrária, em desacordo com as regras da ortofonia”.Grande parte dessas falhas são causadas pela dicção (maneira de dizer ou falar) deficiente. É preciso ressalvar que há exceções, embora o bloco dos que incorrem nas situações acima descritas seja mais numeroso.

Modernidade, racionalidade e crise
O desembargador Federal do Trabalho Dr. Fábio Túlio Correia Ribeiro, fará palestra hoje, 04, às 16hs, no mini auditório da Academia Sergipana de Letras (Rua de Pacatuba, 288) com o tema: Modernidade, Racionalidade e crise”.

Planos de Saúde
Os aposentados já podem migrar de planos de saúde sem carência. A medida, que entrou em vigor no último sábado (02.06), também vale para trabalhador demitido e permite mudar de convênio da empresa para individual. As novas regras permitem às empresas optar por manter aposentado e demitido em plano dos ativos.

Recuo oportuno I
O recuo da Igreja Católica no caso do afastamento do Monsenhor Carvalho da direção do Colégio Arquidiocesano é um fato importante a ser registrado. Sem entrar no mérito da questão, percebeu-se, claramente, que a medida poderia estar certa no conteúdo, mas a forma de adotá-la foi um verdadeiro desastre. Ainda bem que a comunidade soube mobilizar-se para protestar.

Recuo oportuno II
Uma comunidade inteira: alunos, ex-alunos, pais de alunos, professores e funcionários do Arqui, todos juntos, mostraram, na prática, que “a união faz a força”. Bola branca para o Arcebispo, Dom Lessa, que em boa hora interveio e evitou a consumação de uma injustiça inominável.

Ginásio em Japoatã
O Governo do Estado de Sergipe inaugurou na última sexta , 01, o Ginásio de Esporte do Colégio Estadual Josino Meneses localizado na Cidade de Japoatã, uma obra que irá atender não só os estudantes, mais toda juventude e a comunidade em geral daquele município.

Dia histórico
Após a inauguração do Ginásio de Esporte o Secretário de Estado da Educação Belivaldo Chagas se Reuniu com os Diretores da USES e o Grêmio Estudantil Josino Meneses. Os Estudantes relatarem os Diversos Problemas enfrentados diariamente por eles na Escola e com o Transporte Escolar. “Foi um dia Histórico para a cidade de Japoatã e para o Movimento Estudantil da Cidade!”, disse o presidente da USES, o Estudante, Aby Custódio.

Problemas
O Secretário visitou as dependências da Escola e compreendeu a angustia dos alunos e comprometeu – se a tomar algumas medidas imediatas para que a escola tenha um Funcionamento satisfatório além de averiguar os Problemas do Transporte Escolar e encaminhará para que no início de 2013 a Escola Receba uma Reforma Completa que, de fato, dê dignidade a Todos os estudantes e a toda população do Município. O Grêmio Estudantil participará da Construção do Projeto e será contemplado com a Construção de uma sala Própria.

Conquista
Para o Presidente do Grêmio Estudantil e Diretor Regional da USES Cássio Matheus é um momento histórico. “Foram várias as gerações de jovens que estudaram no Josino e Lutaram por esta reforma e nós do Grêmio após muita luta conquistamos um beneficio que servirá não apenas para esta geração de estudantes mais para várias outras que virão. Parabéns aos estudantes de Japoatã, parabéns ao Grêmio estudantil e parabéns a Grandiosa USES que esta sempre ao nosso lado lutando e defendendo a educação de Qualidade”. O Cássio completou que as aulas no Colégio voltarão à normalidade hoje, 04.

Posição da AFABB
A  Associação dos Funcionários Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil de Sergipe (AFABB/SE), está enviando, hoje (04.06), correspondência ao eminente senador do PSDB de Santa Catarina, Paulo Bauer, cumprimentando-o pela posição assumida em defesa dos funcionários e ex-funcionários do Banco do Brasil. O parlamentar apresentou projeto de decreto legislativo no sentido de sustar a prática absolutamente lesiva aos participantes da PREVI. Em seu pronunciamento do dia 23 de maio, Paulo Bauer também fez severas críticas à direção do BB no tocante à remuneração acima do teto aos seus executivos, também com reflexos negativos para os contribuintes/participantes da PREVI.

Financiamento Imobiliário
O Banco do Brasil resolveu entrar para valer no mercado de financiamentos imobiliários, setor em que sua participação nunca foi expressiva. Com esse objetivo, o BB anunciou uma drástica redução nos juros dos financiamentos para aquisição de casa própria. Com o agressivo corte realizado, o BB iguala-se, praticamente, em condições e taxas, à Caixa Econômica Federal, líder absoluta na área da habitação. A meta do Banco do Brasil é sair da quinta posição no “ranking”, que hoje ocupa, para o segundo lugar, até 2015. Também já está posta em prática a política de atração de clientes que possuem empréstimos imobiliários em outros bancos.

Caravana botafoguense em Salvador
Olha só nação. No próximo dia 30 de setembro, no estádio de Pituaçu, em Salvador, tem Bahia X Botafogo. Depois da lei seca, nada melhor do que ir e vir em um confortável ônibus. Sairemos às 05 da manhã, com chegada prevista em Salvador para as 10 horas. Lá nos dirigiremos até a sede/praia do Bahia para adquirirmos os ingressos. Após a compra dos ingressos, ofereceremos algumas opções. A primeira ficar numa praia, ir ao Pelourinho e uma terceira, parar num restaurante para o almoço. Para os interessados, entrem em contato com Messias Gonçalves (98960462/88675851).

Resolução 26 I
No último dia 23 de maio, o senador Paulo Bauer, do PSDB de Santa Catarina, fez veemente pronunciamento, ocupando a tribuna do plenário do Senado Federal, em que denunciou a grave irregularidade contida na referida resolução do CGPC – Conselho Gestor da Previdência Complementar, órgão vinculado ao Ministério da Previdência Social. O referido documento concede, em total desrespeito à legislação em vigor e à própria Constituição Federal, ao Banco do Brasil, o direito à metade do superávit da PREVI. Ocorre que a legislação pertinente determina que a distribuição do superávit deve ser feita, exclusivamente, entre seus participantes, que são os funcionários do BB, tanto da ativa, quanto os aposentados e pensionistas. Este absurdo inominável vem ocorrendo desde 2008.

Resolução 26 II
Várias entidades do funcionalismo do Banco do Brasil têm ingressado com ações na Justiça, mas até o momento nenhuma delas conseguiu o seu intento. O Banco do Brasil é o patrocinador do fundo de pensão (PREVI). Contudo, a lei estabelece, de forma clara, que somente os participantes têm direito ao superávit. Com a apropriação indébita de parcela correspondente à metade do montante do superávit, o Banco do Brasil aumenta consideravelmente os seus lucros, enquanto que os funcionários da ativa, aposentados e pensionistas, os legítimos beneficiários da distribuição vêm sendo, ao longo dos últimos anos, tremendamente prejudicados.

Turma dos 70
Estamos comemorando os 100 anos de nascimento de Luiz Gonzaga. Uma turma boa, porém, está completando 70 anos. Vejam bem: Gilberto Gil, Milton Nascimento e Paulinho da Viola. Se vivo estivesse, Tim Maia também faria 70 anos nesse 2012 que está passando, numa rapidez impressionante.

Caetano Veloso
É outro grande nome da MPB que completa 70 anos em 2012. Isso vai ocorrer no dia 7 de agosto. No próximo dia 12, o cantor e compositor baiano lança seu novo site: caetanoveloso.com.br como parte das comemorações de seu aniversário.

Forró Danado de Bom
A terceira edição desse concorrido forró, promovido pela AABB Aracaju, será no próximo dia 8, sexta-feira. As atrações serão Valtinho do Acordeon e a Banda Skema de Três.

Equipe promovida
A equipe de futebol Super Máster da AABB Aracaju, ao conquistar o título da série D nos jogos nacionais dos aposentados do BB, ascendeu à série C. Os atletas Zito, Job e Cardeal foram os destaques do quadro aracajuano.

PELO TWITTER

www.twitter.com.br/diegodacosta  infelizmente a política no Brasil é uma decepção para grande parte da sociedade. Quando falo em política escuto: "vai se meter com isso!"

www.twitter.com.br/b_campelo  Na política @diegodacosta , enquanto o sistema for podre, qualquer homem de bem pode acabar cheirando mal. Infelizmente!

www.twitter.com.br/riltonmorais  Mas os homens de bem não podem deixar a política ser dominada pelo mal.

www.twitter.com.br/thiagoribeirose  Cargo vitalício deveria ser exclusivo para pais, mães e filhos. Dar-lo a um conselheiro/ministro é empoderá-los de uma "ilusória divindade".

www.twitter.com.br/Gilbertotv  Muitas vezes as pessoas utilizam palavras sem dar muita importância ao verdadeiro significado delas.Um bom motivo para pensar antes de falar.

www.twitter.com.br/anabeatrizpsi  O direito do Sr Demóstenes em se manter em silêncio na CPI corresponde ao nosso direito de sermos tratados como palhaços !

www.twitter.com.br/susanevidal  O tão esperado mês de junho chega com o toque da sanfona, no ritmo do forró, o cheiro do milho verde, o amor que tira o fôlego e mais!!!

www.twitter.com.br/zeehsoares  Junho, para quem não gosta de forró, é mês de economizar! Não me convidem para nada.

DO LEITOR

Trânsito caótico
Por Abrahão Crispim Filho: "Em Aracaju, a cada dia que se passa, cresce continuadamente o número de veículos. Conseqüentemente não poderia ser diferente com relação ao trânsito, pois segundo a SMTT são mais de 200 mil carros circulando diariamente pelas vias da cidade. Nos horários de pique, período que vai das 6h às 8h e das 17 às 19h, fica insuportável transitar nas grandes avenidas, a exemplo da Beira Mar, Hermes Fontes, Desembargador Maynard, Tancredo Neves, entre outras. Com isso o estresse é quase total entre os motoristas e transeuntes.
Aracaju precisa urgentemente de estudos técnicos e de uma estrutura melhor para amenizar o caos existente no trânsito. Obras de infra-estrutura são necessárias de imediato, com o objetivo de tornar o trânsito mais ameno e menos violento. É o que a população está esperando".

Media in virtus
E-mail recebido: “ A virtude está no meio. Essa conhecida expressão é de autoria de Aristóteles, filósofo grego, discípulo e crítico de Platão e o mais renomado entre os filósofos de seu tempo. O pensamento de um dos maiores filósofos de todos os tempos encerra, nessa curta oração, uma grande verdade. Os extremismos, quase sempre exacerbados, levam os homens a cometer excessos. É isto exatamente o que está ocorrendo na luta travada entre o governador Marcelo Déda e o SINTESE – Sindicato dos Professores de Sergipe. A sempre coerente e tranqüila professora Ana Lúcia exagerou ao comparar o governador a Hitler. Mas é preciso reconhecer que é indiscutívelmente estranha a forma como Déda tem tratado essa importante categoria profissional. O atropelo às leis, em especial à própria Carta Magna do país beira as raias do absurdo. A lei do piso foi aprovada pelo Congresso Nacional, sancionada pelo presidente da República e depois homologada, no que tange a sua constitucionalidade pelo Supremo Tribunal Federal. Vários governadores e não somente o sergipano estão desrespeitando a LEI, interpretando-a de uma forma absolutista e arrogante. O direito de greve é garantido pela Constituição Federal. Não há a mínima condição de o Tribunal de Justiça declarar a greve dos professores ilegal. O governo do Estado sabe disso. E é por isso que o pedido ainda não foi feito, nesse sentido. É preciso lembrar que Déda respeitou a Lei no ano que passou. Ainda está pagando o piso, de forma parcelada. No final de 2011, porém, mandou um arremedo de projeto para a Assembléia Legislativa, que o aprovou de olhos fechados, demonstrando completa ignorância sobre o assunto. O que mudou, de um ano para o outro? Aristóteles tem razão. A virtude está no meio. Ou seja, uma imediata negociação deve ser aberta, se é que educação é, de fato, uma prioridade do governo socialista comandado por Marcelo Déda. Não há outro caminho. É muito arriscado, para o governo, solicitar ao TJ a declaração de ilegalidade da greve dos professores. A população espera, ansiosamente, uma solução, pois já são quase 50 dias sem aulas na rede estadual. Vale lembrar: extremismos não levam a nada. A virtude está no meio”.

ARTIGO

Gilmar Mendes não é supremo. É ministro do Supremo – Edson Júnior*

O polêmico encontro entre o ministro do STF, Gilmar Mendes; o ex-ministro, Nelson Jobim e o ex-presidente Lula, ainda repercute, mais pelo avanço do tom de Gilmar Mendes, que a cada entrevista adiciona mais malagueta. Após a publicação da revista VEJA, ele já fez reparos sobre o que teria dito o ex-presidente Lula, já envolveu o ex-delegado Paulo Lacerda, o atual deputado Federal Protógenes Queiroz e agora diz que vai entrar com uma ação na Procuradoria Geral da República, solicitando o substrato das empresas estatais que usam do uso do dinheiro público para o financiamento de blogs que atacam as instituições. Particularizou, de vez, o episódio.

Não acredito no que a VEJA publicou, até porque desconfio de cada página dela. Preventivamente: se sou cético (e tenho razões), ela é cínica (porque me dá motivos). Ademais, é cristalina sua indisposição (para não dizer ódio) ao ex-presidente Lula. A CPMI do Cachoeira e os diálogos e ligações do contraventor com Policarpo Jr., Diretor da revista em Brasília, revelam um matrimônio com o crime organizado, que cedo ou tarde a colocará na bancada da comissão parlamentar. Os trabalhos estão apenas no início.
Mas, voltando ao esquisito encontro, está claro, pelos desmentidos e por fatos passados, de que o ex-presidente Lula jamais procuraria Gilmar Mendes para tratar de tema tão delicado e complexo. A condução do ex-presidente Lula na presidência da república, em seus dois mandatos, expõe uma relação institucional de respeito entre o executivo e judiciário, mas na política, Gilmar Mendes já foi à mídia carimbar suas ideias sobre Lula e deixar digitais de sua preferência que, claramente, não é pelo ex-presidente Lula, a quem o ministro, enquanto presidente do STF, ameaçou-o “chamar às falas”.

O ex-presidente Lula não é ingênuo e se não fez incursões sobre o suposto "mensalão" quando presidente da república, e não há um único ministro que o diga, ao contrário, por que agora e justamente com Gilmar Mendes, que não é presidente do STF, nem relator, nem revisor do processo? Que ascendência teria o ministro Gilmar Mendes sobre o STF e demais ministros? Seria de uma infantilidade sem amparo na biografia de Lula.
E, aqui para nós: por que o ministro demorou tanto para a denúncia e por que por meio da VEJA? Por quê não por devido processo legal?
Como divulgado pela imprensa, dos três participantes do encontro, dois negaram: Nelson Jobim e o próprio Lula, ficando apenas Gilmar Mendes a tentar patrocinar Goebbels, ministro da Propaganda de Adolf Hitler, para quem "a mentira dita várias vezes torna-se verdade". Digo “tentar patrocinar” diante da negativa dos outros dois participantes, o que o deixa isolado em suas afirmações. Quem o socorre não participou do encontro, mas afiança a peça de Gilmar Mendes em detrimento dos desmentidos de quem realmente participou. É a verdade suprema de quem desfila como "supremo" e aí o fato ganha um importante destaque: o que um ministro do STF estaria fazendo numa reunião, particular e não institucional, em um escritório de advocacia e com um ex-presidente da República? Por que esse encontro não foi em seu gabinete, no STF, com os protocolares administrativos e litúrgicos? Essa atitude do ministro Gilmar Mendes não agride a Lei Orgânica da Magistratura Nacional? Essa atitude do ministro Gilmar Mendes não recoloca a imagem do Supremo Tribunal Federal nas páginas políticas, quando deveria estar afastado delas?

Só para recordar, o ministro Gilmar Mendes já protagonizou o “espetaculoso” episódio do “grampo sem áudio”, exatamente na presença do hoje “chachoeirante” senador Demóstenes Torres. As investigações provaram que não houve grampo algum, mas o episódio custou a cabeça do então delegado Paulo Lacerda, então diretor da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). O episódio teve seu “transitado e julgado”, servindo como possível jurisprudência futura; ou, no mínimo, o benefício da dúvida sobre quaisquer afirmações do ministro Gilmar Mendes. Claramente, afeta sua credibilidade de julgador.

Em outro episódio, mais deprimente, o também ministro do STF, Joaquim Barbosa, teve tensa e reveladora discussão com o ministro Gilmar Mendes, à época, presidente do STF. Disse, o ministro Joaquim Barbosa, sem metáforas:

Joaquim Barbosa — Vossa Excelência (Gilmar Mendes) está destruindo a Justiça deste país. Saia à rua, Gilmar.
Gilmar Mendes — Estou na rua.
Joaquim Barbosa — Vossa Excelência não está na rua, Vossa Excelência está na mídia, destruindo a credibilidade da Justiça brasileira. Vossa Excelência não está falando com seus capangas do Mato Grosso.
Gilmar Mendes – Vossa Excelência me respeite.
Isso aconteceu em sessão do Supremo Tribunal Federal, no plenário, ao alcance de toda sociedade, por meio da Tv Justiça.
Aqui http://epocaestadobrasil.wordpress.com/2009/04/22/ministro-joaquim-barbosa-acusa-gilmar-mendes-de-destruir-a-justica-brasileiravideo/, integra do bate-boca.

Pelos fatos, não sobram dúvidas de que o ministro Gilmar Mendes coloca o STF fora de suas competências e normalidade, levando o Poder a agenda midiática e para o centro das discussões políticas. Quebra a sobriedade e distância à temas que não lhe são naturais. Sombreia a imparcialidade do STF. Constrange os demais ministros a terem que se posicionar sobre assuntos dos quais não fizeram parte.

Pela excelência do Poder, seria de bom tamanho que os demais ministros chamassem o ministro Gilmar Mendes “às falas”, regimentalmente. O STF não pode estar a todo o momento nas manchetes políticas pela ação isolada de apenas um dos seus ministros e fora do seu território próprio, como magistrado.

Do episódio, a lição: o STF é maior que o ministro Gilmar Mendes e não deve se confundir com ele, ou por ele e seus encontros fora da Suprema Corte, como uma espécie de supremo do supremo.

*Acadêmico de Jornalismo

ARTIGO

Silvio Santos vem ai, lá lá lá lá  –  Messias Gonçalves 

No Brasil pode ser que haja mais de dois Silvio Santos famosos. Mas, para os sergipanos só existem dois. O mais famoso dos dois é o homem do Baú da Felicidade, o dono do SBT. Já o outro, sergipano de Capela, salvo engano era até esta semana vice-prefeito de Aracaju e que será o futuro secretário do estado de Sergipe.

Depois do fracasso do atual secretário, Antônio Carlos, o governador viu em Silvio Santos, o daqui, a solução para tentar solucionar esse que é o maior calo na administração estadual. Embora ele não seja não seja médico e nem da área da medicina.

Depois da experiência vivida pelo Brasil, quando José Serra foi ministro da saúde, todas as teses de corporativismos, quando somente profissionais de determinadas áreas, só poderiam assumir cargos dentro dessas mesmas áreas, caíram por terra.
Em Sergipe e em muitos estados, os médicos que se tornaram secretários, se elegeram deputados federais ou senadores. Assim ocorreu com, Ivan Paixão, Eduardo Amorim e ultimamente Rogério Carvalho. E será que foi esse o compromisso dado por Déda a Silvio Santos, para que ele renunciasse a vive prefeitura de Aracaju, para assumir a secretária?

Uma das coisas que deve incomodar a Silvio Santos é não ter um mandato. No mundo da política, você vale pelos votos que você tem numa eleição. O importante é você está na publicação do TER. Pode ser 100, 300, 500, 5.000. São os seus votos. Por outro lado, todo eleitor só tem um voto. O seu.

Agora Silvio Santos, todos os três exemplos citados são médicos. E nenhum deles enfrentou de frente os reais motivos do caos na saúde neste País. A falta de médicos e, as desigualdades na distribuição dos que existem quanto às regiões do País. Somente nas regiões Sul e Sudeste, concentram 74% desses profissionais. Ficando 26% para as demais regiões, sem contar com as adversidades territoriais.
Então Silvio Santos, com todas essas colocações, seja um secretário diferente. Mesmo que você queira ser mais deputado federal. Quebre a barreira e os conchavos com as entidades representativas dos médicos. Não seja mais que sabe que o problema é a falta de profissionais e continuam a fazer política com a saúde alheia.
Chame a Procurador Euza Mizano, o MPE, peça um TAC, peça cobertura e vá à Brasília, nas embaixadas de Cuba, Chile, Argentina e Venezuela. Celebre Convênios, Intercâmbios, ou qualquer alternativa jurídica, para formar grupos de médicos formados nesses Países e que continuam impedidos de trabalharem aqui.
Neste assunto, a incoerência brasileira é coisa estarrecedora. Crescemos ouvindo que em Cuba se pratica a melhor medicina básica do mundo. E ainda, mandamos brasileiros estudar  lá. Os jovens sonhadores estudam e, quando retorna ao seu País de origem, são impedidos de exercerem a sua profissão.

Portanto Silvio Santos. Você pode tentar fazer qualquer coisa, bem intencionado. Mas, sempre faltará o mais importante. Por mais significante as construções das Clínicas de Saúde, as aberturas dos hospitais no interior, depois que João Alves Filho fechou todos, sem médicos, não funciona. E você Silvio Santos e nenhum outro secretário de qualquer estado ou cidade neste País encontrarão médicos para suprir as carências.
Porém, existe um lugar em Aracaju, que não faltam médicos, e ninguém reclama nos programas de rádio e nem nenhum deputado preocupado com a saúde da população. É na MERCADOMEDICINA da Rua Bahia, no Aribé.  Lá é outra realidade, patrocinada pelos prefeitos dos municípios sergipanos, baianos, alagoanos, pernambucanos, ……………e de onde vier mais.

Quanto mais sofredores, melhor. Assim Silvio Santos, pensaram Ivan Paixão, Eduardo Amorim e Rogério Carvalho. E se elegeram. Os dois últimos campeões de votos. Para os dois, os fins justificaram o início e os meios.
Para você, justifique o seu início, o meio e o fim. E pense antes no povo que está mercê de suas atitudes. A sua administração será mais importante do que um mandato. Embora lhe conforte.

Já pensou você encampar a nível nacional, como secretário estadual de saúde de uma campanha, junto aos demais secretários pela revalidação dos diplomas dos cursos de medicina dos Países latinos e Sul-americanos? Lembro que a presidenta Dilma já determinou aos Ministérios da Saúde e da Educação, encontrarem uma solução.É neste gancho Silvio, que você poderá fazer a diferença. Não cometa os mesmos erros dos seus antecessores, infelizmente, todos os médicos. Mesmo com a necessidade de um mandato.

Lembre que o seu xará, com a chave do Baú, ainda assim, errou, por acreditar em terceiros. Já com o seu Baú, ouse na criatividade. Apesar de que você encontrará obstáculos para dinamizar a sua administração.

Silvio, boa sorte.  Rasgue alguns paradigmas. Exija do governador Marcelo Déda autonomia nas questões financeiras e orçamentárias. Não fique a mercê de João Andrade. Pois se depender dele, continuarão a faltar gazes, seringas, macas, papel higiênico, luvas, entre tantos outros materiais. Mesmo sabendo que ainda você terá que conviver com sabotadores de plantões, plantados, lá pelos que denunciam.
Silvio, o de lá, o mais famoso, conseguiu fazer milhares de brasileiros felizes. Mesmo se utilizando das mensalidades pagas dos seus carnês. E você tem a missão de atender as necessidades do povo de Sergipe. Se conseguir cumprir as tabelas dos profissionais, reclamará. Se falhar, será alvo de críticas.

OBS: Se você se omitir deste artigo, já demonstrará que seguirá a linha dos seus antecessores.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

  
Frases do Dia

"inveja, vaidade excessiva e nervosismo fazem mal ao coração". Adib Jatene, médico , professor universitário, político e cientista brasileiro que nasceu em 04 de Junho de 1929.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários