Ano de arrumação

0

Governadores e prefeitos vão aproveitar 2011 para arrumar a casa com vistas às eleições municipais de 2012. Passadas as festas natalinas, as posses dos eleitos e, naturalmente, o carnaval, os chefes dos executivos estaduais e municipais se ocuparão dos investimentos a serem feitos para melhorar os serviços públicos visando angariar a simpatia da população. Precisarão trabalhar muito, principalmente na captação dos recursos federais necessários à execução de obras projetadas ou já em execução. Não será tarefa fácil, pois em seu primeiro ano de governo, a presidente Dilma Rousseff (PT) deverá fechar a torneira para evitar o descontrole da economia. Na espreita, a oposição vai torcer pelo fracasso dos governadores e prefeitos, fato que aumentará sua chance de sucesso no pleito de 2012. Portanto, mesmo o próximo sendo um ano sem disputa eleitoral, a classe política não moverá uma palha sem pensar nas futuras eleições. 

No 1º escalão 

Indicado para o Gabinete da Segurança Institucional, o general Elito Siqueira é o
primeiro sergipano no primeiro escalão do governo Dilma Rousseff (PT). Ele vai substituir Jorge Armando Felix no Gabinete da Segurança Institucional. Tomara que outros de sergipanos sejam confirmados no ministério da petista.
 

ZPE na Barra 

O governador Marcelo Déda anunciou ontem, em seu twitter, a criação de uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE) na Barra dos Coqueiros. Ele recebeu uma ligação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) informando que o Decreto da ZPE foi assinado. Isso significa que será efetivamente criado um distrito industrial que fortalecerá a economia local.  As empresas localizadas em ZPEs operam com suspensão de todos os tributos federais e liberdade cambial, ou seja, não são obrigadas a converter em reais as divisas obtidas nas exportações. 

Regime de engorda

A imprensa sergipana está fazendo um verdadeiro regime de engorda neste mês de dezembro. Quase todos os dias participa de um regabofe oferecido pelos políticos. Sexta-feira passada, os coleguinhas almoçaram com o governador Marcelo Déda (PT). Ontem, foram ao hotel fazenda Boa Luz provar a culinária do local a convite do deputado federal e senador eleito Eduardo Amorim (PSC). Hoje, os jornalistas almoçam no hotel Parque dos Coqueiros com o deputado federal Albano Franco (PSDB), enquanto pensam no tradicional comes e bebes a ser oferecido pelo senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Dieta, nem pensar. 

Dinheiro na mão 

A Receita Federal depositou hoje nos bancos as restituições de um lote de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2006 que estava na malha fina. O dinheiro teve correção de 51,06%. Amanhã, o ‘Leão’ libera os valores da restituição de um lote de 2007, que também estava na malha fina. Nos dois casos, a consulta poderá ser feita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou pelo Receitafone – 146.  

Lançamento 

Será lançado hoje o livro “Os Ícones do Terremoto – Golpe Militar, Repressão e Resistência Política”, do jornalista Paulo Barbosa de Araújo (in memorian). O lançamento está marcado para as 17 horas na Sociedade Semear. A obra, editada e publicada pela gráfica do Diário Oficial de Sergipe, integra o projeto “Memórias reveladas”.  

Droga proibida 

A Anvisa proibiu a venda, importação, fabricação ou manipulação da Caralluma fimbriata, substância que vinha sendo divulgada como emagrecedor natural. A Agência alerta que, até o momento, nenhum produto à base de Caralluma é regularizado e que não há comprovação de sua segurança e eficácia. A orientação é para que as pessoas suspendam imediatamente o consumo do produto. Você tá nessa? 

Vacina grátis 

A Assembléia Legislativa aprovou Moção da deputada estadual Angélica Guimarães (PSC), ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão, sugerindo a liberação de vacina, gratuita, contra o papiloma vírus humano, doença sexualmente transmissível e conhecida como HPV. A vacina ainda não é disponibilizada nos postos de saúde. O HPV é o principal causador do câncer do colo do útero, tumores no pênis, ânus, boca e garganta. 

Despedida 

O deputado Albano Franco (PSDB) fez ontem seu discurso de despedida da Câmara Federal. O objetivo era usar todo o tempo para fazer um balanço de sua trajetória política, porém os 24 apartes dos colegas parlamentares o impediram de concluir o texto escrito. Em função disso, o presidente da sessão, deputado Marcelo Ortiz, considerou o discurso como lido em sua totalidade para registro nos anais da Casa.  

Do baú político 

Essa é da lavra do jornalista veterano Sebastião Nery: “Euclides Pais Mendonça, prefeito de Itabaiana, era dono do Estado. Tinha terra, dinheiro e voto. Semi-analfabeto e inteligente veio ao Rio e procurou o brigadeiro Eduardo Gomes, ministro da Aeronáutica: ‘Senhor ministro, Itabaiana precisa de um aeroporto. Sou da UDN, fui seu eleitor duas vezes. V. Excia. Sempre ganhou em minha cidade. Agora queria que V. Excia. mandasse fazer o aeroporto lá.” – Pois não, senhor prefeito. Vou estudar o assunto. Se Itabaiana estiver dentro de nossas normas e houver possibilidade, o aeroporto será construído, disse o ministro. Coronel Oclides (o povo o chamava assim) saiu desolado. Procurou Leandro Maciel: ‘Doutor Leandro, agora eu sei porque aquele caboclo não ganha eleição. Político que precisa de possibilidade para servir aos amigos não ganha eleição’. 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários