Antônio Francisco tem recurso negado

0

Antônio Francisco tem recurso negado

 

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Sergipe negou o pedido de anulação do júri que condenou Antônio Francisco Garcez e o filho Júnior, considerados culpados pelo assassinato do ex-deputado estadual Joaldo Barbosa. Ambos foram condenados, respectivamente, a 16 anos e seis meses e 19 anos e 10 meses em regime fechado. Para pedir a anulação do julgamento, os advogados alegaram que uma testemunha chave não foi ouvida. Porém o Ministério Público provou que não se tratava de uma testemunha, e sim de um co-réu, argumento acatado por unanimidade pela Câmara Criminal. Diante da decisão, Antônio Francisco Júnior permanecerá cumprindo a pena em regime fechado, enquanto o pai continuará em liberdade, já que foi beneficiado recentemente por um indulto humanitário porque está com a saúde debilitada.

 

Déda vai a Lula I

 

Na audiência que terá amanhã (22) com o presidente Lula (PT), o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), vai defender a descentralização do Ibama. O petista é favorável a instalação de um escritório do órgão no Nordeste para agilizar a aprovação de licenças ambientais. Déda disse à coluna que o grande problema da centralização do Ibama é a demora na concessão de licenças, o que provoca prejuízos imensos à Petrobras e à própria sociedade, que deixa de usufruir dos empregos criados e dos investimentos públicos possibilitados pelos royalties e impostos.

 

Déda vai a Lula II

 

 Na conversa que terá com o presidente Lula, o governador sergipano vai argumentar que a centralização dos processos de licenças ambientais na sede do Ibama, no Rio de Janeiro, prejudica o Norte e o Nordeste. “Por isso é que apoiamos a descentralização, com a criação de um escritório aqui no Nordeste. A medida melhora o controle e a proteção do meio ambiente e reduz a burocracia e o tempo perdido com a atual sistemática”, ensina Déda.

 

Cancelamento discutido


As entidades que integram o trade turístico sergipano vão se reunir nesta segunda-feira (21) para avaliar o impacto que será causado pela decisão da Gol Transportes Aéreos de retirar três dos sete vôos diários que saem de Aracaju para outros Estados. A reunião será coordenada pela sucursal sergipana da Associação Brasileira de Agentes de Viagens. A Gol explicou que o cancelamento dos vôos, marcado para 11 de agosto próximo, foi provocado pelos aumentos nos preços dos combustíveis e a diminuição da demanda de passageiros.


Gestão pública

 

Será aberto às 8h30 desta segunda-feira (21) o I Seminário para Capacitação em Gestão Pública. Marcado para o auditório do Banese da Avenida Augusto Maynard, em Aracaju, o evento vai prosseguir até a próxima sexta-feira (25), e deverá reunir cerca de 200 gestores e técnicos de todos os órgãos estaduais. A iniciativa tem por objetivo modernizar e integrar as ações administrativas do governo de Sergipe.


Fábrica de asfalto


A Emurb vai comprar uma nova fábrica de asfalto. O presidente da Empresa Municipal de Urbanização, Valmor Barbosa, informou que a proposta é dobrar a produção de asfalto para atender às necessidades da Prefeitura de Aracaju e das empresas que prestam serviço à Deso. A única fábrica de asfalto existente na capital pertence à Emurb e foi comprada há 23 anos. Ela produz cerca de 80 toneladas do produto por mês.


Vereador recorre

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu mais nove recursos de vereadores de municípios do Nordeste contra decisões de Tribunais Regionais Eleitorais que decretaram a perda de seus mandatos por infidelidade partidária. Entre eles está o ex-vereador de Capela, José Carlos Lopes, que teve o mandato cassado por ter trocado de partido depois de 27 de março deste ano. Ele espera ter a mesma sorte do vereador de Porto da Folha, Gilson Pinto Vilela, que ganhou no TSE o direito de voltar ao cargo.

 

Novos hotéis I


Aracaju ganhará três grandes hotéis até dezembro deste ano, todos localizados na Orla de Atalaia. Um é dos empresários Tácito Faro e Marcos Franco, deverá ser inaugurado em novembro próximo e funcionará com uma bandeira internacional, que ainda não foi escolhida.  O segundo está sendo construídos pelo empresário Manoel Oliveira, do Grupo Bandeirantes. O Hotel Vitória pertence aos proprietários do Hotel da Costa, que já funciona na Orla. Além desses três, outros empreendimentos menores estão em fase de construção na capital sergipana, a exemplo do hotel Arumã, na rodovia José Sarney, próximo a Associação Atlética Banco do Brasil.

 

Novos hotéis II

 

Ainda sem nome definido, o hotel de Tácito Faro e Marcos Franco vai dotar a rede hoteleira sergipana com novos 305 leitos. “Será um empreendimento de categoria superior para atender as áreas de lazer e de turismo de eventos”, explica Tácito. Ele acredita que até o início de agosto já terá sido definida a bandeira que administrará o hotel. Na mesma linha de raciocínio do secretário Jorge Santana, o empresário revela que ele e Marcos Franco decidiram investir no setor por acreditarem muito no crescimento do turismo e da economia sergipana como um todo.

 

Nova seguradora


A Capemisa Seguradora de Vida e Previdência inaugura nesta segunda-feira a sua nova agência em Aracaju. Será durante um café da manhã, quando o diretor da empresa, Laerte Tavares, falará à imprensa sobre a decisão de se instalar no Estado. Um dos produtos da Capemisa é o Bilhete Premiável, um seguro popular de acidentes pessoais. A partir de R$ 22,99 por ano, o interessado poderá fazer um seguro que lhe dará direito a uma cobertura por morte ou invalidez de R$ 10 mil.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários