Ao lado de cassados, cai por terra discurso de Alessandro e Danielle

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

E nada como uma eleição após a outra para cair por terra os discursos. Agora a mesmice foi encarnada pelo senador Alessandro Vieira, a delegada Danielle Garcia e Cia.

Eleito como o discurso de defensor da “nova política”, o senador Alessandro Vieira, Cidadania,

Fonte: Jornal da Cidade

vem mostrado neste período que antecede as eleições municipais que vale qualquer aliança para conquistar as prefeituras. O Jornal da Cidade na semana passada publicou foto com a legenda sobre o defensor da “nova política” referendando uma aliança com os ex-prefeitos cassados de Riachão do Dantas, Laelson Menezes e Gerana Costa.

Já no fim de semana foi grande a repercussão do referendo de Alessandro e a pré-candidata do Cidadania, Danielle Garcia, que não abriram mão do apoio do PL (então PR nas eleições de 2018) em Aracaju. O partido é comandado pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado e preso por envolvimento no esquema de corrupção do mensalão.

O responsável pela inusitada aliança entre o “impoluto” Cidadania e o “mensaleiro” PL é o empresário Milton Andrade, que deixou o comando do diretório regional do NOVO para assumir o diretório do PL em Aracaju. Em Sergipe, o partido de Valdemar Costa Neto é presidido pelo empresário Edivan Amorim, conhecido articulador da “velha política”.

Instado em um grupo de Whatsapp a confirmar se o Cidadania agregou o PL a seu projeto eleitoral em Aracaju, o vice-presidente estadual do partido, deputado Georgeo Passos, foi evasivo e se negou a responder. Isso porque, ao dizer sim a uma aliança com o PL, o Cidadania contradiz todo o discurso moralista com o qual tenta conquistar o eleitorado indeciso.

Milton também foi provocado, no mesmo grupo de Whatsapp – Política sem Frescura – a referendar a notícia que circulou sobre sua ida para o PL e o apoio desta sigla à delegada Danielle Garcia. Sem negar a aliança, disse apenas que comunicaria a todos no devido tempo.

Assim, ao buscar o apoio do partido de Edivan Amorim, a delegada Danielle Garcia ignora tanto a sua própria retórica, quanto a do principal fiador de sua candidatura à prefeitura de Aracaju, o senador Alessandro Viera, cuja aliança com o PL se estende, também, para 2022, conforme noticiado pela imprensa.

Essa é a nova política? Além de acabar com o discurso moralista essas alianças de Alessandro e Danielle mostra para o eleitor aracajuano que a “nova política” é pura balela. Como dizer que é a “nova política” com os velhos vícios e ao lado de políticos cassados e mensaleiros?

 

Aracaju: todos os eventos suspensos Correta a decisão do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, de suspender os eventos públicos municipais por conta do primeiro caso de coronavírus confirmado na capital.  Todos os shows, solenidades e eventos como a Corrida Cidade de Aracaju foram suspensos.

 Enquanto são suspensas missas e eventos no Santuário de Aparecida e CNBB pede observação irrestrita às orientações médico-sanitárias, em SE, Arquidiocese mobiliza fiéis para Via-Sacra  Muitos fiéis participam, diariamente, de missas e encontros. Porém, até agora nenhuma recomendação para os mesmos, inclusive após a confirmação do primeiro caso de coronaavírus em Aracaju.  Grande parte das dioceses no Brasil já emitiu algum alerta com recomendação. Em Sergipe nenhuma nota das dioceses de Sergipe sobre o coronavírus. Pelo contrário, a Arquidiocese envia release para a imprensa convocando fiéis para uma Via Sacra na Orla no dia 31 de Março. Desrespeitando até mesmo a CNBB que emitiu nota na qual pede observação irrestrita às orientações médico-sanitárias. Por que será? Para não perder receitas?

Sob forte investigação de órgãos fiscalizadores “rede” montada por diretoria de uma empresa pública está virando caso de polícia A rede montada pela diretoria de empresa pública para favorecer a empresa de tecnologia do amigo do rei está sob forte investigação dos órgãos fiscalizadores e poderá virar caso de polícia. O que está sendo investigado: um dos diretores da empresa pública teria beneficiado a própria empresa privada que ele é sócio, com um contrato na empresa pública. É mole? Se for verdade é muito senso de impunidade!

Modificações O blog foi informado que dois diretores da empresa pública assustados e acuados tentam rever essa “”rede” que favorece essa empresa antes de virar caso de Polícia. Ficam algumas perguntas, quem assinava as notas atestando os serviços não desconfiava dessa possível irregularidade? Existe coerência entre os valores recebidos pela empresa até hoje e os serviços prestados? Quanto essa empresa já recebeu? Os sócios fizeram alguma doação para alguma campanha eleitoral? Este blog poderá estar trazendo à tona algumas perguntas que poderão ser feitas ao principal responsável, o comandante que nomeia a diretoria.

Eleições CREA/SE podem parar na Justiça O blog foi informado que as eleições para o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe – CREA/SE podem parar na Justiça. Tudo por conta da comissão eleitoral colocar as urnas no interior na subsedes da Emdagro, quando o mais isento seria colocar nas sedes das prefeituras que englobam todos os profissionais e não apenas os de agronomia. Será que estão querendo beneficiar alguém?

Aliás, está na hora de renovação no CREA/SE  É preciso renovar e mudar. A pedido de alguns engenheiros civis amigos – que foram colegas deste jornalista do curso de edificações da antiga ETFSe, hoje IFS – o blog vai assumir nos próximos dias um candidato dos três que concorrem a presidência. A eleição será realizada em 3 de junho.

TRE/SE precisa julgar embargos de declaração Um advogado especialista em direito eleitoral alertou ao blog que está chegando mais uma eleição e estão em tramitação no TRE/SE muitos processos eleitorais que ainda não foram julgados em definitivos. Desde novembro que o órgão não julga vários embargos declaratórios inclusive envolvendo parlamentares que já são pré-candidatos este ano. O que falta?

Desculpas do governo estadual “O Governo de Sergipe já utilizou todas as desculpas possíveis para adiar a aprovação dos nossos projetos. A próxima justificativa será o Coronavírus”, desabafou Adriano Bandeira, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE), em entrevista concedida ao radialista Gilmar Carvalho na manhã da sexta-feira, 13, no programa “Impacto”, veiculado na Rádio Jornal FM.

Preocupação Na oportunidade, Adriano Bandeira destacou a preocupação dos policiais civis com a intervenção da delegada-geral da Polícia Civil, Katarina Feitoza, nos projetos encaminhados para aprovação do Governo. Bandeira destaca ainda o “jogo de empurra” no Governo Belivaldo para atender as demandas de agentes, agentes auxiliares e escrivães da Polícia Civil.

TJSE e Anoreg celebram convênio na área de mediação de conflitos O Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) e a Associação dos Notários e Registradores do Estado de Sergipe (Anoreg/SE) celebraram na sexta-feira, dia 13, um Termo de Cooperação com a finalidade de melhorar e ampliar a política de conciliação e mediação de conflitos no Estado de Sergipe e contribuir com a desjudicialização.

Trabalho dos cartórios “Reconhecemos o quanto é importante o trabalho dos cartórios para toda a comunidade, inclusive, é notório o empenho da Anoreg em oferecer cada vez mais serviços melhores e de qualidade. Esse termo que estamos assinando vem nesse sentido, porque sabemos que os cartórios são parceiros e que podem colaborar com a desjudicialização, mas é importante essa capacitação. O Judiciário de Sergipe é o melhor do Brasil devido ao esforço de servidores, magistrados e da administração como um todo e os cartórios trazem a sua colaboração também, sempre assessorados e fiscalizados pela Corregedoria Geral da Justiça. Este curso será uma preparação para que os cartórios sejam esse braço em prol de um melhor serviço prestado à população”, salientou o Presidente do TJSE, Des. Osório de Araújo Ramos Filho.

Ações conjuntas A parceria contará com ações conjuntas do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e da Escola Judicial de Sergipe (Ejuse) para a realização de até duas turmas por ano letivo do Curso de Mediação Judicial, nas quais serão capacitados 16 alunos indicados pela Anoreg. A Ejuse realizará o módulo teórico com carga horária de 40 horas e o Nupemec realizará um módulo prático (estágio supervisionado) para os alunos, com carga de 60 horas, no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc).

Módulos teórico e prático Ao TJSE caberá organizar, oferecer e realizar os módulos teórico e prático, com o acompanhamento do estágio supervisionado. À Anoreg, segundo o termo assinado, caberá o pagamento dos honorários aos instrutores indicados pelo Nupemec. O Presidente da Anoreg/ SE, Henrique Buarque Maciel, lembrou que a instituição tem a prática reiterada de capacitação da classe e que a parceria com o Poder Judiciário permitirá melhorar ainda mais os serviços prestados à população sergipana.

Cursos de capacitação “A Anoreg tem realizado constantemente, a cada três meses, cursos de capacitação para todos os colegas, notários, registradores, escreventes, com a finalidade de prepará-los para uma prestação de um serviço de melhor qualidade. Acreditamos que podemos contribuir com a desjudicialização, que hoje é uma tendência e uma preocupação de todos. Assim, com a possibilidade de implantarmos a conciliação e mediação nos cartórios colaboramos com a redução de processos judiciais de menor complexidade, que podem ser solucionados por métodos autocompositivos, e tornamos mais efetivo o trabalho do nosso Judiciário”, analisou o presidente da Anoreg/SE. Os Desembargadores Ana Lúcia Freire dos Anjos, Diretora da Ejuse e Diógenes Barreto, Presidente do Nupemec também assinaram o Termo de Cooperação.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Desabafo de um servidor sobre a atual situação do DER/SE E-mail recebido: “É lamentável a atual situação em que se encontra o DER/SE. Está servindo apenas para contemplar um deputado federal e encher de CC’S, um órgão paralisado. Totalmente sucateado. Não tem serviço para executar, não tem mais servidores para desenvolver o que resta. Setores considerados estratégicos ainda têm alguns abnegados que mesmo tendo tempo de se aposentar, ainda não largaram o osso, pois o filé, só para os amigos da Corte. Quando alguém tenta alguma melhora, já que se passam mais de sete anos sem um centavo de reajuste, recebem como resposta do diretor administrativo, que podem ir embora que ele trás mais um CC. Constrangimento puro e na cara. Enganaram por mais de um ano, prometendo criarem uma nova tabela de FC’S, exclusiva do órgão, quando na verdade seria necessário o governador enviar pra Assembleia Legislativa alterando para todos os demais. Enquanto isso, aumentam as folhas de diárias. Pessoas que trabalham exclusivamente na sede, estão nessas folhas. Imaginem o que não inventam para justificar e enganar os órgãos fiscalizadores. Existe também a prática de “poucos” participarem de mais de uma comissão de trabalho, recebendo dobrado, quando outras pessoas deveriam fazer parte também. O DER/SE, nos últimos anos, teve dois momentos de incentivo quanto a equipamentos. No governo de Albano e Marcelo Déda. Mas não houve concurso. Chegou aonde chegou. Hoje, o órgão deve as viúvas, três anos de atraso no auxílio funeral. Deve o 13 salário de 2019, para quem se aposentou ano passado. Telefones cortados. Deve a Deso. Todos os contratos atrasados. A firma da limpeza, três parcelas. Vigilância, próximo a isso. Com todos esses problemas, o diretor administrativo está preocupado com o ponto digital, cujos equipamentos não prestam, não emite comprovante, como determina. Em vez de ir para SEFAZ resolver todas as pendências financeiras, encontrou nos servidores que vão todos os dias ao órgão, mais não toma providências para quem lá não aparece, mas oa salários estão nas suas contas todos os meses. Realmente o governador veio resolver a situação dos aliados. Obrigado Belivaldo Chagas. Você nos enganou direitinho. Esperamos a confirmação da sua cassação para você entender que as maldades praticadas aqui, aqui mesmo as pagamos.”                                                                                                         

Mesmo produto em um Shopping com 100% de diferença De um leitor indignado: “A foto não ficou nítida, mas o que quero mostrar é que num Shopping de Aracaju o mesmo produto – abacaxi desidratado – numa distância de 60 metros de um quiosque para outro, custa 100% mais caro. No quiosque do lado esquerdo custa R$ 95, 00 o quilo. No do lado direito R$ 199,00. O mesmíssimo produto. Esse pensamento é o que pensa e pratica parte significativa do empresariado brasileiro. Uma tragédia tupiniquim.”

Mais um residencial na Colônia Treze No sábado, 15, o povoado Colônia Treze, em Lagarto, recebeu mais um novo empreendimento, o Residencial Parque das Laranjeiras. São casas com dois quartos – com ou sem suíte – varanda, banheiro, cozinha, hall e área de serviço. Um lançamento com o selo da JFilhos Construtora, que celebra 15 anos de história. Ao todo noventa e uma unidades foram lançadas no primeiro lote e foram reservadas já nas primeiras horas. O investimento é a partir de noventa e cinco mil reais e as condições de financiamento facilitam na hora da negociação. É possível usar o FGTS e aproveitar o subsidio do programa do Governo Federal, Minha Casa Minha Vida.

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

PELO TWITTER

www.twitter.com/revinhogama O jogo virou! Ninguém segura a mão de ninguém…

www.twitter.com/andretrig O novo coronavírus expôs:
• a vulnerabilidade do mercado de petróleo aos humores sauditas
• investidores ensandecidos na montanha russa das bolsas
• a crueldade de quem produz fakenews
• políticos irresponsáveis
• sistemas de saúde defasados
• religiosos oportunistas.

www.twitter.com/diegodacosta se o famoso vírus mundial fosse tão rápido quanto a informação em grupos de Whatsapp, Sites, TV, Fake News estaríamos todos infectados. Ainda bem que o vírus, em comparação, é lento. Oremos!

www.twitter.com/acmneto_ Estamos tomando todas as medidas para evitar a propagação do Coronavírus em Salvador. Hoje, decidi baixar dois decretos: um que proíbe qualquer evento ou atividade para mais de 500 pessoas na cidade, a partir da próxima segunda-feira (16).

www.twitter.com/monicabergamo Amigos pedem q morte de Bebianno seja investigada:

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“A linguagem política dissimula para fazer as mentiras soarem verdadeiras e para dar aparência consistente ao puro vento.” George Orwell.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários