Aposta na renovação administrativa

0

  

 

 

  Uma certeza no anuncio do secretariado do futuro governo ontem: Marcelo Déda Chagas mostrou que pretende cumprir as promessas de mudar a estrutura governamental. Esse compromisso de renovação está claro na grande maioria dos nomes anunciados. Há quem diga que os nomes de Bosco Costa, Benedito Figueiredo, João Gama e Paulo Viana não representam renovação. Do ponto de vista político sim, mas do ponto de vista da máquina estatal é renovação por conta do novo modelo que o futuro governo pretende seguir. A grande maioria dos nomes foi escolha pessoal do futuro governador e se enquadra dentro do perfil que ele estabeleceu para redesenhar o mapa administrativo do Estado.

   Está claro que os nomes de Bosco, Benedito, Gama e Paulo Viana representam respectivamente as indicações do PSDB, PMDB, PTB e PSB. Déda ainda falta contemplar o PL, o PCdoB e os dissidentes do PDT. Outro ponto interessante do novo secretariado: Déda deixou claro que nenhum membro do segundo escalão será nomeado, ou melhor, convidado, sem antes passar pelo crivo dele. O que pode parecer uma atitude ditatorial representa na verdade a preocupação em acerta o maior percentual possível.

   Em Sergipe há mais de 20 anos diversas “figurinhas carimbadas” trocam de posições em diversos governos. Uma prática constante que confunde técnicos com políticos e vice-versa.  Ao anunciar parte do secretariado ontem, Déda mostrou que apostou na juventude. Não na juventude  na idade, mas nas idéias, nas transformações e principalmente comprometidas com a mudança. Até mesmo ao anunciar Kércio Pinto para a SSP é uma indicação nova. O delegado federal assumirá o comando da SSP com idéias e concepções bem diferentes das já carcomidas por interesses não apenas eleitorais, mas pessoais. Um delegado federal não apenas impõe respeito, mas poderá adequar uma nova metodologia na pasta que dará, com certeza, a maior dor de cabeça para o futuro governador.

   Redesenhar um novo quadro para o governo estadual não será fácil em Sergipe. Por trás de tudo isso está uma estrutura carcomida, não fisicamente, mas mentalmente por princípios e dogmas ultrapassados. Déda ontem, ao anunciar cada secretário, revelou também um rápido diagnóstico do que deseja de cada área. Da mesma forma que a coluna hoje concede seu espaço para analisar que o futuro governador começou a cumprir as promessas de campanha, antes mesmo de assumir o governo estadual, este espaço será usado para criticar quando o novo governador e alguns destes membros destoar do conjunto ou cometer algum erro.

   

Débito de R$ 2 milhões deixa vários órgãos sem telefone I

O que leva no final de uma administração 10 órgãos da administração estadual a terem seus telefones bloqueados a partir da meia noite passada? Foi o que aconteceu na Fundação Renascer,na Secretaria da Educação, na Secretaria da Administração, na Deso, na Secretaria da Pobreza, na Defensoria Pública, na Secretaria da Justiça e até na Secretaria da Fazenda . Estes os que a coluna tem conhecimento. A divida do governo estadual chega a RS 2 milhões. Somente a Deso deve em torno de R$ 200 mil.

 

Débito de R$ 2 milhões deixa vários órgãos sem telefone II

O pior de tudo não é o débito. O pior de tudo é não se estabelecer uma negociação com a concessionária para que o serviço não sofresse solução de continuidade em órgãos vitais da administração pública. Atrasos de pagamentos ocorrem em várias administrações, o erro maior é não estabelecer um processo de negociação. Se um pobre mortal hoje tem facilidade de negociar suas dividas com as telefônicas imagine o governo estadual. Será mero desleixo administrativo ou uma tentativa de deixar o caos estabelecido para o futuro governo? Já que uma dívida de R$ 2 milhões é insignificante para o montante arrecadado pelo Estado, pelo menos é o que se pode deduzir.

 

Velox prejudica usuários do sistema

Desde a madrugada da terça-feira que os usuários da Velox, serviço prestado pela Telemar, estão com sérios problemas na conexão a Internet. A desculpa é que está realizanda uma “manutenção” e com isso os usuários do sistema em vários bairros de Aracaju estão prejudicados. Na região da Atalaia o serviço continuava ruim até hoje pela manhã. Por este motivo o colunista pede desculpas aos leitores porque não conseguiu ler todos os e-mails recebidos.

 

Governo começa a pagar URV no Ipes

Uma pendência que existia há muito tempo no Ipes, o não pagamento da URV a servidores do Ipes, está sendo viabilizada agora no final da administração pelo governo estadual. Alguns poucos servidores estão sendo beneficiados com a medida que abre um precedente jurídico para os demais. Mais uma casca de banana para o futuro governo. Ontem Déda já começou a espernear: “Não podemos permitir que seqüestre o nosso futuro”. Sei não, ao invés de apenas denunciar, através de discursos, Déda deveria agir com uma maior firmeza política e até jurídica, antes que a vaca vá para o brejo…

 

Os primeiros nomes anunciados

Ontem Déda anunciou 17 secretários e o presidente do Banese. Foram eles: Casa Civil, Clóvis Barbosa; Governo e Gestão Estratégica, Oliveira Júnior; Finanças, Nilson Lima;

Comunicação, Eloísa Galdino;Articulação com Municípios,Bosco Costa; Agricultura e Desenvolvimento Rural e Agrário, Paulo Viana; Turismo, João Augusto Gama; Planejamento, Lúcia Falcon; Justiça e Cidadania, Benedito Figueiredo; Saúde, Rogério Carvalho; Cultura, Luís Alberto; Educação, José Fernandes Lima; Segurança Pública, Kércio Pinto, Infra-estrutura, Osvaldo Nascimento; Meio Ambiente, Márcio Macedo;Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (antiga Indústria e Comércio), Jorge Santana de Oliveira; Edson Ulisses, Procuradoria Geral do Estado e João Andrade, presidente do Banese.

 

Excesso de exposição do nome para SSP

Quando anunciou o nome de Kércio Pinto, Déda explicou todo o processo de escolha ao começar pela ida ao Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos e ao superintendente nacional da Polícia Federal. Déda disse que por conta da exposição excessiva do nome de Kércio Pinto chegou em um determinado momento que teve que dar um freio. E deu, através desta coluna.

 

Azaléia pode abrir fábrica em Aparecida I

Ao ser entrevistado ontem pelos radialistas Fábio Henrique e George Magalhães, no sistema Atalaia, o deputado federal eleito, Albano Franco (PSDB) lembrou que quando assumiu o governo do Estado em 1995 a fábrica Azaléia de Itaporanga estava para ser fechada e depois de vários entendimentos a diretoria da empresa preferiu fechar a fábrica que existia em Campina Grande. Ele ressaltou que no governo dele a fábrica trouxe novos investimentos com as unidades de Carira, Frei Paulo, Lagarto e Ribeiropolis que abriram 1.865 empregos diretos.

 

Azaléia pode abrir fábrica em Aparecida II

Albano Franco revelou que conseguiu falar com Antonio Brito que anunciou que estava deixando a presidência da empresa por razões pessoais. Segundo Albano, dentro do que está programado é possível que a empresa aproveite os trabalhadores da fábrica de Itaporanga na unidade de Frei Paulo. “Além disso o governador eleito, Marcelo Déda, solicitou a abertura da fábrica que já estava prevista em Nossa Senhora Aparecida”, disse Albano Franco.

 

Praetorium será lançado hoje em Aracaju

Acontece hoje, às 20h,  o lançamento da unidade em Aracaju do Praetorium, um dos mais conceituados cursos preparatórios para concursos e exames da OAB do Brasil, além de curso de pós-graduação em Direito Público, Privado e do Trabalho.  O Coquetel de lançamento será no Auditório do Banese (Av. Augusto Maynard, 321) com as palestras dos Professores Nelson Rosenvald, Procurador de Justiça em Minas Gerais e Mestre em Direito pela PUC-SP, e do  juiz do TJ/SE, José Anselmo de Oliveira. A entrada é franca.

 

 

VIII Simpósio ObservaNordeste

O professor, escritor e historiador Ibarê Dantas está participando de hoje até o próximo dia 8, em Natal (RN) do VIII Simpósio observaNordeste realizado pela Fundação Joaquim Nabuco. No evento cientistas políticos, representantes dos Estados nordestinos analisarão os resultados eleitorais. O professor Ibarê Dantas discorrerá sobre o pleito de Sergipe.

 

Não dê Esmolas. Dê Cidadania

Até o final do ano a coluna publicará e-mails dos leitores sobre as crianças que ficam nos sinais de trânsito pedindo esmolas e que se multiplicaram neste período natalino, quando a hipocrisia de alguns alerta para a fome de milhares. Um e-mail enviado por uma leitora: “O poder público municipal tem tentado junto ao Juizado da Infância e Adolescência e Ministério Público a retirada e penalização dos pais que expõem seus filhos e filhas no semáforo próximo ao Detran. A Semasc não tem poder de polícia, tanto que só este ano, em conjunto com outros órgãos municipais retirou várias famílias daquele local, mas sem sucesso, pois quando chega festas que derretem os corações, elas voltam e em maior número.Todas as famílias que formaram aquela comunidade de pedintes tem casa própria, participam de algum programa de transferência de renda do Governo Federal e seus filhos vão à escola. O que fazer ? Não dar esmola!”.

 

Posto de saúde fechado no Abais

Sobre a resposta do prefeito Ivan Leite ontem uma leitora, veranista da praia do Abais enviou o seguinte e-mail: “Chamou-me a atenção o trecho que o prefeito relatou que “…colocamos ambulância plantonista diuturnamente no posto de saúde do Abais, …”Gostaria de saber quais os dias e horários que funciona este posto de saúde, já que fui passar o feriado de finados no Abaís, e no dia 04/11/06, por volta das 14:00 hs, meu filho de 04 anos sentiu-se mal e ao procurar o posto de saúde, o mesmo encontrava-se fechado. Resumindo, fui encontrar uma médica (particular) na Caueira, sendo que saúde pública, como o próprio nome já diz, é de responsabilidade do município, visto a municipalização da saúde. Então eu pergunto: os veranistas, caso fiquem doentes serão socorridos por quem? Cadê a ambulância? O posto de saúde? Vale salientar que na região de Abaís-Caueira não tem uma farmácia, algumas mercearias vendem remédios básicos, o que não deveria ser permitido, mas se não fosse isso, que seria dos veranistas?”.

 

 

Posse na Arcádia Literária  do Atheneu

A Arcádia Literária Estudantil convida seus amigos e colaboradores para participarem da solenidade de posse dos Árcades Abraão Santos Silva a Stefani Romano Alves do Nascimento na Presidência e Vice-Presidência do Sodalício, no dia 7 de dezembro, às 19h, na Sede da Entidade, no Colégio Atheneu Sergipense.

 

 

Codevasf entrega matrizes e reprodutores

Estruturar e fortalecer a ovinocaprinocultura na Sub-Região do Sertão do São Francisco, estimulando a organização de empreendimentos coletivos e a geração sustentável de emprego e renda é o que pretende a Codevasf – Sergipe ao entregar hoje, às 14h30, na sede da Prefeitura Municipal de Monte Alegre de Sergipe e às 15 h, no Povoado Monte Santo, ainda naquele município, ao entregar 160 matrizes e reprodutores de caprinos raças “parda-alpino”, “anglo-dubliano” e “sani” a criadores da região, beneficiários das ações de estruturação do Arranjo Produtivo Local de Ovinocaprinocultura. A ação é financiada com recursos do Programa de Revitalização Ambiental da Bacia Hidrográfica do São Francisco, por meio de convênio no valor de R$ 486.650,00, firmado entre a Codevasf e a Fundação para o Desenvolvimento da Agronomia (Desagro), de Cruz das Almas (BA), em dezembro de 2005.

 

Frase do Dia

“O ser humano não pode deixar de cometer erros; é com os erros, que os homens de bom senso aprendem a sabedoria para o futuro”.Plutarco.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários