As aventuras de um Consumidor no Brasil

0

A história de hoje narra a aventura de Consuminho para exigir do supermercado um atendimento adequado no sentido de atender a finalidade a que se destina, nos termos exigidos pelo Código de Defesa do Consumidor.

Cansado de enfrentar filas e de ver uma total falta de controle sobre os caixas preferenciais, caixa Consuminho consultou o Código de Defesa do Consumidor e descobriu que ele determina a prestação de serviço de maneira adequada e assim, registrou reclamação no Ministério Público.

O Ministério Público instaurou procedimento para investigar a conduta desenvolvida pelo supermercado e ao final concluiu que o supermercado desenvolvia conduta de prática abusiva, uma vez que submetia os consumidores a extensas filas, pois dos muitos caixas que possuía, o supermercado deixava poucos funcionando e ainda assim sem empacotador.

Diante das conclusões o Ministério Público ingressou com ação civil pública, tendo o juiz concedido liminar determinando que o supermercado mantenha 80% dos caixas funcionando permanentemente e 100% nos horários de maior movimento.

Consuminho ficou feliz da vida, pois percebeu o quanto é importante cada um fazer a sua parte e naquele momento ele fez a parte dele ao denunciar a conduta abusiva praticada por aquele supermercado.

Agora Consuminho aguarda o final do processo, porém, com a consciência tranquila de que cumpriu com o seu papel de cidadão.

Faça você também como Consuminho e exija o seu direito. Agindo assim, estará contribuindo para a melhoria da qualidade das relações de consumo.

Comentários