As intempéries de Ciro, Lula e Bolsonaro

0

Quem tem o costume de acessar a internet tem se deparado com alguns filmetes que mostram um pouco de nossa realidade política. É de assustar, por exemplo, o vídeo de um comício do ex-Governador do Ceará e ex-Ministro de Governos passados, Ciro Gomes, chamando  os espectadores de um comício para briga, literalmente. Ele ouviu, lá do fundo da plateia, algumas vaias e não se conformou de ser alvo dessa manifestação. Prometeu, então, que “dentro de cinco minutos”, estaria no terreno  dos que o vaiavam para acertar contas. “Pera lá, não vou esperar cinco minutos não, vou é agora mesmo”, aí desceu do palanque e perdeu-se na multidão. Todo mundo sabe que Ciro Gomes tem pavio curto mas não se imaginava que fosse tão curto. Os anfitriões do comício convocavam a Polícia para interceder com receio de uma tragédia, mas não apareceu um só policial. O que aconteceu no meio da multidão não se sabe, o fato é que Ciro voltou de lá  preparado para mais coisa. E esse homem ainda almeja a Presidência da República…

Um outro vídeo mostra o ex-Presidente Luis Inácio Lula da Silva fazendo pouco caso da democracia. “E eu sei lá o que é isso. Agora ficam dizendo que o PT usa táticas fascistas, nazistas, etc. Eu também não sei o que é isso nem quero saber. O que queremos saber é de convocar o povo para, em outubro de 2018, reconduzir o Partido dos Trabalhadores ao governo”. Só não disse que o candidato do qual ele falava era ele próprio. Mas, o Sr. Jair Bolsonaro, segundo lugar nas pesquisas não fica atrás.

Apoiado pelas Igrejas Evangélicas – há coisa mais reacionária neste país hoje em dia? – ele já chegou ao segundo lugar nas pesquisas, atrás apenas do Sr. Lula da Silva. Pois há um vídeo circulando por ele onde ele perde as estribeiras com repórteres dos jornais O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo. Só não partiu para agressão física porque as jornalistas vestiam saia e fica feio homem, principalmente com treinamento militar, bater em mulher. Estão aí, portanto, três candidatos a Presidente da República, que não merecem o nosso voto…

A prisão da filha de João e Maria

A jornalista – mas a profissão dela mesmo é filha do ex-governador João Alves Filho e da Senadora Maria do Carmo Alves – Ana Alves curtiu, e ainda curte até a hora em que este texto estava sendo redigido, alguns momentos de prisão fechada, praticamente sem direito a visita. Foi acusada pelo Ministério Público de querer sabotar investigações em torno da administração anterior da Prefeitura, comanda por seu pai. Os advogados dela preparavam a entrada de um pedido de habeas corpus nesta segunda-feira. Mesmo na qualidade de Presidente do DEM, o Ministério Público não relutou em dar-lhe foz de prisão na sexta-feira, depois de ser ouvida pelo órgão. É acusada de orientar funcionários públicos nos depoimentos à Polícia Federal. Ficou feio, muito feio, para ela…

Vai acabar a feirinha

Aquele mercado no entorno da praça João XXIII, a praça da Rodoviária Velha, está com horas para acabar. Até que enfim, uma “autoridade” resolveu peitar aquele mercado persa que se instalou por ali e nunca mais saiu. É preciso o quanto antes liberar até para melhorar o trânsito de carros pelas pistas e de populares pelas calçadas. Onde a Prefeitura pretende instalá-los ainda não se sabe. O problema é que eles não pagam um centavo de imposto a órgão nenhum. E atrapalham prá caramba…

Ibaré biografa o caudilho Leandro Maciel

Aguarda-se com expectativa o lançamento nesta quarta-feira do novo livro do historiador Ibarê Dantas. O personagem principal é o ex-governador Leandro Maciel, uma figura central da política sergipana a partir do começo dos anos 50. Leandro governou o Estado de 1955 (foi eleito em 1954) ao final de 1958.Nesta época nunca houve tantos crimes políticos – a história registra mais de 400 óbitos nos seus quatro anos de mandato. Apesar disso passou a outro integrante da mesma UDN, Dr. Luis Garcia, o Governo do Estado. Foi ser outra coisa na vida. Anos depois voltou a se candidatar ao governo e adotou um “slogan” curioso: “Ninguém se perde na volta”.  Apesar dele, foi preterido pelos eleitores. O livro de Ibarê é uma peça histórica fascinante…

Detran tem que avisar…

O Detran está obrigado, a partir de agora, a notificar aos motoristas sobre a proximidade da data de validade da Carteira Nacional de Habilitação. Diz o projeto (já aprovado) do deputado Moritos Matos, que “A notificação deve ser emitida de forma impressa destinada ao endereço do condutor, com pelo menos, 30 dias de antecedência”. Nesta comunicação, o Detran vê-se obrigado  expor os procedimentos para a renovação do documento, bem como “sanções e multas pertinentes à condução de veículos com documento vencido”. Ao ser flagrado com a CNH vencida, o motorista está sujeito à perda de sete pontos e multa de R$ 293,47.Existe até a possibilidade de retenção do veículo

A CUT mantém a greve geral de amanhã

A CUT local resolveu manter o movimento paredista marcado para amanhã, embora alguns Estados como o Pará, Santa Catarina, São Paulo, Ceará, Maranhão, entre outros, já tenham desistido da manifestação. É que o governo federal sinalizou com recuo para a tramitação no Congresso Nacional do projeto de reforma da Previdência Social. São necessários 310 votos para a aprovação do projeto, mas o governo não dispõe ainda nem de 250 votos. Em Sergipe, a CUT está apostando que consegue paralisar os serviços essenciais para que a greve geral possa ser considerada um sucesso…

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários