Atenção Jackson: comando instala ditadura PMSE

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Na semana próxima passada, o Governador Jackson Barreto, num gesto positivo em atenção a um antigo sonho dos policiais e

Ato publicado no Boletim de ontem da PMSE

bombeiros militares, instalou uma mesa de negociação para discussão sobre os subsídios e promoção por tempo de serviço.

O deputado Capitão Samuel, representante na Assembleia Legislativa dos policiais e bombeiros militares, presidente da Comissão de Segurança Pública e aliado do governador, que participará da primeira reunião da mesa de negociação, que ocorrerá hoje, 07, convidou os oficiais da PM e do BM para uma reunião amanhã, 08, as 19 horas na sede da Associação dos Prefeitos, que fica ao lado da Secretaria de Administração do Estado, SEPLAG.

Esta reunião tem o objetivo tão somente, de maneira informal, explanar aos oficiais da PM e do BM, sobre os temas discutidos e em que pé encontram-se as discussões,entre outros.

Vale ressaltar que tal reunião, pacífica, ordeira e constitucional, foi marcada com o único objetivo de se publicizar assunto de interesse de toda a PM, conta com o apoio da Associação dos Oficiais Militares do Estado de Sergipe – ASSOMISE, Associação que congrega grande parte dos oficiais da PM e do BM.

Pois bem, o comandante geral da PMSE, num ato impensável, numa tentativa de intimidar toda a oficialidade da Polícia Militar e contrariando frontalmente a Constituição Federal, proíbe quaisquer policiais de reunirem e de tratarem sobre qualquer tema.

O comandante do Corpo de Bombeiros, todavia, não entendeu desta forma, visto de tratar de direito universal de todo e qualquer cidadão, se reunir pacificamente.

Será que voltamos ao tempo da ditadura? Será que o governador tem conhecimento dessas aberrações? E que inclusive isso desgasta a imagem política do governador?

Pelo jeito a Comissão da Verdade tem que chamar o comando para que entenda o que é ditadura e que Jackson sempre lutou contra.

Deputado capitão Samuel: convidei os oficiais
Ao ser informado da decisão do comandante da PMSE em um grupo do whatShapp o deputado capitão Samuel escreveu:

Print do que escreveu o deputado capitão Samuel.

 “Presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia pode convidar e convocar até o comandante geral. Convidei os oficiais. Normal e legal.”  O bicho vai pegar…

FAPITEC: mobilização da comunidade cientifica e entidades para rever nomeação de político
A decisão do governador de exonerar os diretores da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica de Sergipe (FAPITEC) e nomear para a sua presidência um ex-vereador de Neópolis, visando contemplar o partido aliado que ocupa a secretaria à qual a fundação é vinculada (Sedetec) está criando uma grande mobilização na comunidade científica. Centenas de pesquisadores e bolsistas das instituições de ensino e pesquisa estão assinando um documento que apela para o governador reverter a decisão.

Preocupação
Entidades do setor empresarial também estão subscrevendo expediente de igual teor, todos preocupados com as consequências da indicação de nomes desvinculados do meio acadêmico e sem trajetória no ensino, na pesquisa e na inovação, que poderá afetar os diversos e importantes programas em andamento. A expectativa do movimento é que a FAPITEC continue a ter como dirigentes profissionais reconhecidamente à altura dos seus desafios e responsabilidades, comprometidos exclusivamente com as demandas da política de desenvolvimento científico e tecnológico de Sergipe.

SMTT: caos no trânsito na 13 de julho por conta de obra da Deso. Agente: órgão é político
Cansados dos constantes congestionamentos na rua Laura Fontes, paralela a Avenida Acrisio Cruz, no bairro 13 de Julho, moradores foram ontem pela manhã, às 8h15, questionar os agentes porque não organizam o trânsito, já que provoca um congestionamento grande e eles não ficam nos locais corretos, como na outra rua (Moacir Rabelo). “A SMTT é um órgão político, não posso fazer nada”, disse um agente (devidamente identificado) para o morador. Já outro, que estava desviando o trânsito para a rua Vila Cristina passando por cima da área onde se monta a feira, quando questionado por um morador da necessidade de ficar um agente também na esquina com a Avenida Augusto Maynard bradou: “Vá você ficar lá organizando o trânsito”. É essa a  SMTT de hoje. E quem quiser que fique chateado…

Segundo morador é a 11ª vez que Deso abre buraco no mesmo lugar. Água marrom em alguns horários
Já o buraco que originou o caos no trânsito, na Avenida Acrísio Cruz, segundo um morador da região, foi a 11ª vez que a Deso abriu. O morador já esteve na Deso em várias administrações e estranha que já mudou a diretoria por várias vezes e o diretor de operações continua o mesmo. “Quem explica?”, indaga o morador. O morador informou que em determinados horários a água que chega é marrom e vai levar a imprensa para provar.

João, desligue ares-condicionados secretariado
Impressionante a ausência de alguns secretários municipais nos bairros da cidade de Aracaju. Ficam em seus gabinetes e não resolvem nada em prol da população. Senhora Maria Socorro Cacho as ruas estão esburacadas, em todos os bairros, não apenas na periferia, mas também na chamada "Zona sul".

Buraco completou um ano ao lado da Prefeitura
Existe um buraco na Rua Acre, ao lado no prédio da Prefeitura há mais de ano e nada é feito. Os galhos das árvores do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos já ultrapassam os muros e estão no leito da rua. Todo aracajuano está vendo que o ponto de táxi em frente à Petrobras está causando transtornos ao trânsito, mas a SMTT não enxerga isso. O prefeito João Alves Filho ainda tem tempo para se realizar algumas pequenas obras que servirão a população aracajuana, basta desligar os aparelhos de ares-condicionados dos secretários e cobrar deles mais empenho e trabalho.

Socorro: Fábio Henrique e Zé Franco já decidiram?
A foto ao lado (tirada ontem,06) levanta vários questionamentos: o prefeito de Socorro Fábio Henrique já se definiu? Vai votar em

Fábio Henrique e Zé Franco ao centro: juntos de novo?

 Zé Franco? Ou Zé Franco vai indicar o Vice de Kleverton? E já estão preparando o caminho após a decisão de Betinho, PMDB, apoiar padre Inaldo, PCdoB, e ser candidato a vice?

Visita
"Atualmente, sou presidente do PSDB em Sergipe e como presidente Estadual do PDT, Fábio Henrique nos fez uma visita. Em breve irei visitá-lo na sede do PDT no nosso Estado", afirmou Zé Franco. Participaram do encontro, os vereadores de Socorro Vagnerrógeris e Jairo Joaquim; o ex-vereador Zé Conde e o prefeito de Muribeca, Fernandinho Franco.

‘Quadrilha Junina Século XX – 52 anos de vitórias’
O livro-reportagem ‘Quadrilha Junina Século XX – 52 anos de vitórias’, escrito pelo jornalista Gilson Sousa, será lançado nesta quarta-feira, dia 8. A obra conta em detalhes a história do grupo de brincantes dos festejos juninos formado no bairro Industrial há mais de cinco décadas e que é atualmente o mais antigo de Sergipe em atividade. O lançamento acontece no Sesc Centro (Rua Senador Rollemberg, 301, bairro São José), a partir das 18 horas. A noite de lançamento do livro terá também a apresentação oficial dos trajes da quadrilha Século XX para os festejos de 2016. Além disso, será oferecido aos participantes do evento um farto jantar nordestino e um show de forró pé de serra com sanfoneiros e cantores que integram a chamada Família Século XX.

Educação
Será na próxima quinta-feira, 09, o I Fórum Estadual de Educação Permanente para Conselheiros de Saúde e Secretários Executivos. O evento que terá a participação do Ministério Público Estadual e Federal, Tribunal de Contas do Estado e da União e Conselho Estadual de Saúde, acontece a partir das 08:30 horas no Espaço de Vivência da Universidade Federal de Sergipe.O Evento terá como tema: A parceria entre os órgãos de Controle e os Conselhos de Saúde na Defesa dos Interesses Coletivos.

Senac promove Gincana Aprendiz Sustentável
Com o objetivo de estimular o pensamento crítico e a adoção de práticas sustentáveis por alunos do Programa de Aprendizagem, o Sistema Fecomércio-Senac lança por meio do Programa Senac Pleno, a Gincana Senac Aprendiz Sustentável. O evento que encerrará no dia 11 de junho, das 9 às 12h30, no Ginásio de Esportes Charles Moritz, envolveu 17 turmas do programa, totalizando 360 alunos de unidades do Senac de cinco municípios sergipanos: Aracaju, Itabaiana, Lagarto, Tobias Barreto e Nossa Senhora da Glória.

Provas
Os alunos se dedicam a cumprir seis provas, desenvolvidas ao longo de dois meses, cujas temáticas são: gerenciamento de resíduos sólidos (coleta de instrumentos de escrita, de resíduos eletroeletrônicos, de higiene pessoal); consumo consciente de água e de energia elétrica; arborização urbana (cultivo de uma árvore); inovação para a sustentabilidade (aprendiz inventor) e desafios ambientais. A ideia é engajar esses futuros jovens profissionais na busca pela sustentabilidade e torná-los agentes de transformação em seus núcleos familiares e de empresas.

Resíduos sólidos
Para a tarefa de gerenciamento de resíduos sólidos, os materiais recolhidos pelas diversas turmas serão encaminhados para empresas que trabalham com a logística reversa, como a ECO TI Logística Reversa de Eletroeletrônicos, Projeto Reviravolta e TerraCycle, evitando o descarte de aparelhos no meio-ambiente. O Instituto Canto Vivo fez a doação de sementes e promoveu oficinas de plantio para os representantes das turmas, para auxiliar os alunos na atividade de arborização urbana.

Consciência cidadã
“Despertar e fortalecer a consciência cidadã e responsabilidade sustentável em nossos alunos é uma das missões do Senac. As pessoas devem saber conservar e ajudar a melhorar o local em que vivem. Preservar o meio-ambiente é o melhor mecanismo para uma sociedade autossustentável e responsável com o lugar em que vivemos. Iniciativas como a gincana nos fazem entender ainda melhor como devemos proceder para cuidar do que é nosso, do que é de todos”, destacou o presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira.

Procon Municipal de Aracaju lança novo site
O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor Municipal de Aracaju, Procon/ Aju acaba de lançar o novo site da instituição, o http://www.procon.aracaju.se.gov.br    uma importante ferramenta que dá mais agilidade no atendimento ao consumidor. A plataforma recém-lançada conta ainda com notícias, a nível local e nacional a respeito de novidades e direitos do consumidor, acesso ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (SINDEC)  para fornecedores e consumidores, pesquisas, histórico, recalls, ranking de reclamações e legislação.

Desenvolvimento de lideranças
O Programa de Desenvolvimento de Lideranças do Banco do Estado de Sergipe (Banese) teve prosseguimento nesta segunda-feira, 6, durante encontro que reuniu uma turma de 25 colaboradores que ocupam as mais variadas funções na empresa, tanto nas agências quanto na sede do banco, em Aracaju. O programa, de acordo com a assessora da Presidência do Banese, Léa Monteiro Rocha, tem como objetivo desenvolver as competências comportamentais necessárias para que os participantes aprimorem suas capacidades de gerir pessoas e, consequentemente, melhorar a performance das equipes da instituição.

Treinamentos
Planejado pela Área de Desenvolvimento Humano e Organizacional, ligada à Superintendência de Gestão Estratégica da instituição, o programa prevê uma série de treinamentos que serão desenvolvidos em 12 módulos, ao longo dos próximos meses. Esta semana, até a próxima quinta-feira, 9, será concluído o primeiro módulo do evento, que trata do tema “Cenário Econômico/Financeiro, Inovação e Empreendedorismo”.

Capacitação
A capacitação sobre este tema vem sendo conduzida pelo mestre em Economia, Rodrigo Salgado, que já realizou o treinamento de uma outra turma do Banese, no período de 2 a 5 do mês passado. “Em um cenário de rápidas e profundas transformações nas áreas de Tecnologia e Comunicação, o treinamento contínuo revela-se imperativo para que as empresas e colaboradores alcancem os resultados desejados”, afirma o professor. De acordo com a Área de Desenvolvimento Humano e Organizacional do Banese, “Planejamento, Metas e Resultados” será o tema do segundo módulo do treinamento, previsto para o próximo mês de julho.

NOTA ESCLARECIMENTO FUNESA

Em virtude da nota publicada no blog do jornalista Cláudio Nunes, no Portal Infonet, no último dia 02 de junho, em relação a um pregão realizado pela Fundação Estadual de Saúde (Funesa) no dia 6 de junho de 2016, a Fundação vem a público esclarecer que não houve realização de pregão na data afirmada no texto.

A Funesa deixa claro que em nenhum momento inviabilizou ou inviabiliza a participação de licitantes em seus processos, respeitando todos os prazos e requisitos da Lei 8.666/93.

A Fundação Estadual de Saúde também se coloca à disposição do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Ministério Público Estadual para acompanhamento dos processos licitatórios, prezando pelo seu histórico de lisura em todos os seus procedimentos administrativos.

AscoM/FUNESA

DO LEITOR

Adema: insatisfações, atendimento pior e patriarcado na autarquia
E-mail de um servidor da Adema devidamente identificado: “Mando essa mensagem como servidor da Adema profundamente incomodado com os rumos tomados pela Adema. O órgão passa por diversas modificações que trazem insatisfação aos servidores, contando com exonerações arbitrárias, mudança no modo de trabalho e fluxos…Caso isso ainda garantisse maior eficiência, o que se vê é o contrário: o licenciamento está menos eficiente e o público externo pior atendido.Além disso, a autarquia vem se tornando um grande patriarcado tamanha a quantidade de familiares dos diretores que possuem familiares empregados, como o próprio Almeida, o qual emprega sobrinho e filho, numa clara afronta à legalidade na administração pública.Preferia não me identificar, mas caso você julgue que seja necessário, me identifico caso me garanta o anonimato.”

SINTRASE -Esclarecimentos sobre a retomada da greve da Administração Geral

         Os servidores da Administração Geral decidiram, em assembleia realizada na última quinta (2), pela retomada da greve, que terá início na próxima quarta, 8. A categoria, que havia paralisado as atividades por cerca de três meses (em uma greve que começou no início de fevereiro), resolveu suspender a paralisação temporariamente durante o mês de maio, já que o governador Jackson Barreto, de forma pública, se comprometeu a pagar o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) até o mês citado. Jackson se responsabilizou ainda a analisar a viabilidade de pagar o reajuste das tabelas do Plano, reconhecendo que as mesmas estão defasadas.
         A implementação efetiva do Plano foi anunciada na última segunda (30) primeiramente ao SINTRASE, por representar a base mais castigada do funcionalismo público estadual, que é a Administração Geral. Na terça, dia 31, os outros sindicatos contemplados pelos demais Planos foram informados oficialmente. O pagamento do PCCV, então, ficou disponível aos servidores no mesmo dia (31) conforme anunciado. A notícia do pagamento do PCCV foi amplamente divulgada e comemorada pelos servidores antes mesmo de terem acesso aos contracheques.
         O SINTRASE, que foi convocado pelo Governo antes da data esperada (o sindicato marcou reunião com Jackson para o último dia do mês de maio, mas foi chamado para comparecer no dia 30), foi informado que o Plano seria pago ainda naquele mês para grande parte da categoria. Assim, quem tivesse a receber até R$500,00 com o Plano ganharia este valor normalmente. Já o servidor que fosse receber acima disso, embolsaria até os R$500,00 e o que excedesse esta quantia, o Governo anunciaria seu pagamento até 11 de junho.

A deflagração da greve
       Porém, desde o último dia 31, muitos servidores vêm reclamando porque não observaram ganho real com a implementação do PCCV, diferentemente do que foi anunciado. Entre os reclamantes, o sindicato apurou que as queixas mais frequentes vinham dos servidores que trabalham na rede estadual de ensino, como merendeiras e executores de serviços básicos. Esta categoria reclamava que o PCCV, ao contrário do que foi divulgado na imprensa, não trouxe ganho real significativo. Ou seja: o valor bruto dos servidores mudou nos contracheques e, de fato, eles não ganham hoje menos de um salário mínimo (no bruto), como acontecia no passado, mas a remuneração líquida ainda fica abaixo desse valor. Para esta parcela de servidores, o PCCV, então, não passou de um engano.
        É justo destacar que a categoria já vinha pedindo durante a última paralisação que o pagamento do PCCV fosse atualizado, sofrendo reajuste em 24,31%, que atende ao índice inflacionário, pois o Plano foi aprovado em 2014 e possui tabelas salariais com valores defasados. No Plano aprovado há dois anos, nenhum servidor receberia, por exemplo, menos de R$ 900,00 na tabela inicial, quando o salário mínimo era R$ 724,00. Porém, para 2016 – que o mínimo é de R$880,00 – o Plano para o nível básico não representa ganhos salariais.
       Diante deste quadro, os servidores durante a assembleia do último dia 2 – que já estava pré-agendada desde a suspensão da greve – ocorreu num clima tenso, que demonstrou uma grande insatisfação coletiva. Por maioria na assembleia, os servidores a favor da retomada da greve venceram a votação. A principal pauta de reivindicação continua sendo, portanto, o reajuste do PCCV.
        O SINTRASE, como sindicato representativo de mais de 10 mil servidores explica, através desta nota, que a base desta instituição é bastante ampla, comportando servidores de diversas áreas, instituições e regimes, como estatutários e celetistas. Por isso, o sindicato entende a reclamação dos servidores que não vislumbraram ganho real e, pela decisão da assembleia ser soberana, informa que cumprirá o papel que lhe é devido.
         A greve foi deflagrada atendendo a todos os preceitos legais e por decisão majoritária da categoria, que é quem decide o andamento das negociações. Sendo assim, a Administração Geral paralisará suas atividades a partir da quarta, 8 de junho, por tempo indeterminado.

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Lugar onde todos têm razão, melhor não ter nenhuma.”
Paulo Leminski, poeta e escritor brasileiro, morreu em 07 de Junho de 1989 (n. 1944).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais