Atestado de…tá, “Grandeza”

0

 

 

 Texto enviado pelo leitor Edson Júnior: Gostaria de fazer um breve comentário sobre a celeuma PSDB/DEM, em que o deputado federal Mendonça Prado, novamente desdenha e chama para a briga o tucanato sergipano.

 

 Nessa linha, concedeu entrevista ao radialista e deputado estadual Gilmar Carvalho, na Rede Ilha, no dia 30/01. Fez o “ nada presta e nosso papel é empentelhar”. O deputado achincalhou o governo Lula; o governo Déda e a legitimidade de Albano, como tucano. Antes de mais nada, foi uma atitude deselegante, desagradável e pueril, ainda que ele mesmo (Mendonça), de forma “hercúlea”, tivesse dito que “não retiraria uma única palavra” do que já vinha afirmando na imprensa.  Albano, em seu estilo cordato e longevo, nada diz. Observa a criança. Está certo. Falar o quê para Mendonça? Albano Franco tem paciência monástica e como ele mesmo diz, e você, Cláudio Nunes, sempre nos relembra: “em Sergipe, todo mundo se conhece”. E apôi, como diz Osmário. Pois bem, Mendonça falou… falou…. e falou, mas quando inquiriu o radialista, se perdeu. Perdeu a noção de tempo e espaço. Entrou na discussão da reforma tributária; orçamento geral da união (OGU), emendas de bancada, mas sem nenhuma convicção. Fiquei envergonhado e sem saber se desligava o rádio ou ligava para emissora para pedir que o “deputado” terminasse de acordar, já que ele havia dito que fora pego de surpresa pela produção do programa.

 

 A verdade é que o DEM, pelos posicionamentos do deputado, têm tentado trazer a disputa de 2010 para 2009, de forma irresponsável, perdoem-me a extensão adjetiva.  Há uma crise econômica mundial em que todas as organizações partidárias deveriam estar centradas em soluções para que nosso Brasil, independente de 2010, busquem soluções e não criem problemas; picuinhas que irritam os cidadãos e não apontam o que todos queremos. As eleições municipais já passaram. Mas, será? Os índices e a nova configuração geopolítica nacional apontam o fortalecimento de algumas agremiações e o enfraquecimento de outras, e aí é que a corrida começa antes do tiro. A ansiedade, é fogo!

 

Mas deixe-me entrar na entrevista. O “democrata”, Mendonça Prado, entre tantas e tantas, desafiou Gilmar e todos os ouvintes a relacionar quais investimentos que o presidente Lula havia destinado para Sergipe. Quanta soberba! Cláudio, isso é sofismar, é mentir. Luz Para Todos, não significa nenhum investimento? PAC Santa Maria e Coqueiral, nada? A obra do viaduto? Ponte Caueira /Mosqueiro? Duplicação da BR-101? Convênios na área da justiça e da saúde? Territórios da Cidadania, em que Sergipe recebeu a autorização do presidente para ampliar em mais dois territórios. Na área da Cultura? Preservação e revitalização do nosso patrimônio, não recebeu nenhum investimento? PRODETUR? Recuperação e ampliação de rodovias? Recursos para saneamento básico e ambiental, onde se incluem aterros sanitários, esgotamento sanitário e revitalização de bacias? BNDES, nada para Sergipe? Francamente! Basta pegar uma topic, ali, no centro da cidade, e conversar com as pessoas que vão para os interiores do nosso Sergipe para descobrir que alguém não está sendo sincero. Adivinhe quem, Cláudio? 

 

A ladainha de perseguição, sempre remoída, reeditada e exaustivamente  condenada pela população, pode aparentar perfume, mas daí ser fragrância ao nariz do povo…  É preciso falar com dados, não apenas com o verniz eleitoral e da distração para com o povo. Quantas vezes, Cláudio, um presidente da república visitou nosso Estado, em proporção e em anúncio de liberação de recursos, como Lula? Desde a redemocratização; Sarney? Collor? Itamar? Fernando Henrique?  Lula, queiram, ou não, democratizou e reorientou a agenda de investimentos no Brasil. Sul, Sudestes e Centro-Oeste, não deixaram de ser assistidos. Só que Lula observou o Norte e Nordeste, mais que todos seus antecessores. O presidente Lula está redimensionando, como  já disse antes, o eixo de desenvolvimento do nosso País, buscando reparar o esquecimento a que nossa região ficou submetida durante o domínio da política do “café”.  Se os “democratas” (Leiam: UDN; ARENA; PDS e PFL) pretendem ganhar a atenção de Serra e atropelar todo mundo (Leia-se: PSDB), é bom que saibam que o PSDB não é apenas São Paulo. 2010 exige mais engenharia e realizações, que espinhos intencionados de bom aroma e forma. A disputa só começou para o DEM. É a velha receita. ( texto do leitor Edson Júnior).

 

Com Sarney, Almeida comandará comissão

A vitória de José Sarney para a presidência do Senado Federal dará um novo ânimo ao senador Almeida Lima. Ele e Renan Calheiros estão na linha de frente da candidatura do ex-presidente da República. Se Sarney vencer está prometida para Almeida Lima a presidência da principal comissão do Senado: a de Constituição e Justiça.

 

“Aperriados” do Sintese

O artigo publicado esta semana sobre o governo estadual e a educação deixou “aperriados” alguns membros do Sintese. Embora a maioria esmagadora dos leitores tenha enviados e-mails elogiando o artigo e defendendo um debate sobre a qualidade da educação, dois dirigentes enviaram e-mails no estilo agressivo e com o velho discurso querendo jogar este jornalista contra o magistério. Esquecem eles que a grande maioria dos professoras tem compromisso com a educação, já outros… Obs: na segunda-feira tem mais…Preparem o chá de camomila…

 

Maria Mendonça confirma candidatura

 A ex-prefeita de Itabaiana Maria Mendonça concedeu entrevista na manhã De ontem, 30, a Rádio Capital do Agreste e em sua fala disse que deixou de saldo bancário no dia 31 de dezembro de 2008 nas 71 contas da Prefeitura de Itabaiana cerca de 4 milhões de reais, dinheiro esse de convênios de obras, e ainda que daria para pagar os 40% da folha salarial de dezembro dos servidores que ficou sem receber, bem como cerca de 30 mil reais de fornecedores. Na entrevista Maria confirmou também que em 2010 o Grupo dos Teles de Mendonça terá um membro de sua família candidato a deputado estadual.

 

Nota Pública I

A Universidade Tiradentes e o Instituto Luciano Barreto Júnior têm sido alvo da ação de estelionatários que, se passando por seus funcionários, tentam aplicar golpes em outras instituições ou pessoas físicas. Os falsários solicitam quantias em dinheiro como sendo para uma campanha de cunho assistencialista, denominada “Adote um Drogado”. Diante desta ação criminosa, a Unit e o ILBJ vêm a público negar qualquer participação em campanhas dessa natureza e, sobretudo, alertar aos empresários e civis para que não entreguem qualquer quantia a qualquer indivíduo que utilize o nome da universidade ou do instituto como forma de obter doações.

 

Nota Pública II

Há 46 anos, a Universidade Tiradentes vêm formando profissionais gabaritados nas mais diversas áreas do conhecimento e promovendo, através do tripé ensino-pesquisa-extensão, ações que promovem, de forma significativa, a melhoria da qualidade de vida do povo de Sergipe. Da mesma forma, o Instituto Luciano Barreto Júnior proporciona a mais de mil jovens por ano a perspectiva de um futuro melhor, por meio dos projetos socioeducativos, de infoinclusão social, de incentivo aos esportes, às artes, entre outros. Portanto, a Unit e o ILBJ entendem seu papel enquanto fomentador da cidadania, o que transcende o mero assistencialismo.

 

R$ 5,6 milhões para ciência e tecnologia

O Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Concit), presidido pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Jorge Santana, realizou a primeira reunião deste ano, que aprovou um investimento de R$ 5.611.559,00 para 2009 na área de Ciência e Tecnologia. Os recursos são originários do Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec), que patrocina bolsas de mestrado, doutorado, iniciação científica, apoio a publicações e projetos que sejam considerados de relevância para o desenvolvimento humano, social, econômico, científico e tecnológico do Estado e também para a formação, capacitação e aperfeiçoamento de recursos humanos.

 

Plano Estadual de Ciência

Durante o encontro, foi aprovado também o Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. “O Conselho hoje apenas consolidou as informações do Plano e aprovou o documento, mas a sua construção foi feita a partir da I Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, realizada em março de 2008 em um ambiente democrático e participativo”, destacou o presidente do Concit, Jorge Santana.

 

Lei de Inovação

Além dos investimentos que serão aplicados em Ciência e Tecnologia em 2009, os conselheiros voltaram a discutir a Lei Sergipana de Inovação, que irá beneficiar diretamente as empresas sergipanas através do estabelecimento de medidas de incentivo à inovação, à pesquisa científica e tecnológica, ao desenvolvimento tecnológico e à extensão tecnológica no ambiente produtivo. A finalidade é alcançar a capacitação e o desenvolvimento tecnológico competitivo e estimular o desenvolvimento econômico e social do Estado de Sergipe. O Instituto de Tecnologia e Pesquisa de Sergipe (ITPS), por exemplo, poderá disponibilizar pessoal e laboratórios para atender demandas do setor produtivo. (ASN).

 

Transposição – Outras duas construtoras deixam projeto

Deu na FSP: O Ministério da Integração Nacional afirmou que as empresas LJA e a Ebisa, encarregadas de obras em um dos trechos da transposição do Rio São Francisco, desistiram do projeto. Segundo o ministério, o governo se negou a rever o valor do contrato e convocará as segundas colocadas na licitação para realizar as obras. Em novembro, a Camargo Corrêa havia desistido de outro trecho da transposição. Apesar de o ministério confirmar as informações publicadas ontem no jornal “Valor Econômico” sobre a desistência, ele não deu maiores detalhes. As empresas ainda não teriam iniciado as obras, mas notícia publicada em maio de 2008 no site do ministério afirma que “para a Construtora LJA foram liberados R$ 28 milhões”.

 

Novo salário mínimo vai injetar R$ 21 bi na economia

A partir deste domingo, 01, entra em vigor o novo valor do salário mínimo. Fixado em R$ 465, o piso incorpora um reajuste de 12,05%, o que corresponde a R$ 50 de acréscimo aos R$ 415 válidos atualmente. Descontada a inflação, o reajuste foi de 6,39%. Para o governo, o aumento tem a importância de injetar na economia R$ 21 bilhões e estimular o emprego. “O reajuste é uma forte fonte de aquecimento da economia do país, capaz de melhorar o poder aquisitivo da base da pirâmide [da população]. Vamos ter mais gente consumindo, mais produção e mais emprego”, disse Carlos Lupi, ministro do Trabalho, ontem, no Rio. Segundo o ministro, ingressarão ainda neste ano mais R$ 24,3 bilhões na economia em decorrência do aumento do mínimo. Segundo Lupi, o salário mínimo acumula um reajuste acima da inflação de 46% desde 2003.

 

Biblioteca funcionará em novo horário

A Secretaria de Estado da Cultura informa que a partir do dia 9 de fevereiro, a Biblioteca  Pública Epifânio Dória, passa a funcionar nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 7 às 19h e aos sábados, das 9 às 14h. A medida foi tomada em função da baixa frequência no período noturno e em comum acordo com os usuários.

 

Turismo e o verão Sergipe

Fruto de um trabalho de divulgação turística realizado no Brasil inteiro, o Verão Sergipe 2009 se consolida como um evento exitoso para dinamizar o turismo sergipano. Essa foi a constatação feita pelo governador Marcelo Déda ao abrir oficialmente a etapa do Verão Sergipe 2009 na praia de Pirambu, a 28 quilômetros da capital, na última sexta-feira. Segundo o governador, ao oferecer diversas atividades para a juventude sergipana, competições esportivas e uma extensa programação cultural de norte a sul do litoral sergipano, o evento já virou uma marca registrada atraindo um público cativo que percorre o Estado para participar do evento.“Além disso, o Verão Sergipe oferece aos turistas a oportunidade para curtir um evento diferenciado percorrendo cidades do interior sergipano. Por isso, é com muita alegria que damos início à segunda etapa do projeto em Pirambu”, disse Déda. Ao lado do prefeito do município, Nilton Vieira, o governador cumprimentou populares, lideranças políticas da região, além dos artistas Jorge Benjor e Diogo Nogueira, que se apresentaram nesta primeira noite.

 

 

Dinâmica do projeto

Segundo Déda, diversas secretarias e órgãos estaduais e dos respectivos municípios se mobilizam para oferecer uma estrutura completa a quem busca diversão e opções de lazer de qualidade nos municípios do interior sergipano. “Nosso objetivo é manter a dinâmica do projeto no próximo ano, valorizando os artistas locais, trazendo grandes nomes do cenário artístico nacional para consolidar cada vez mais Sergipe como um destino turístico competitivo no verão brasileiro”, afirmou.

 

Ferramenta de difusão cultural, artística e esportiva

Para o governador, um dos aspectos mais importantes é a possibilidade de oferecer aos visitantes a oportunidade de conhecer outras praias, outras atrações culturais e artísticas além das tradicionalmente encontradas na capital. “Esse é também um elemento fundamental para estender a presença dos visitantes em nosso estado, além de ser uma ferramenta de difusão cultural, artística e esportiva”, destacou Déda. “Por isso, vamos continuar nos empenhando para oferece atrações de qualidade, fazendo do verão sergipano uma estação de festa, alegria e celebração da nossa cultura”, concluiu o governador. (ASN).

 

DO LEITOR  

 

Empréstimos – Plágio de uma “nova” gestão

Matéria publicadas pelo Sindisan: “Aquela prática de realizar operações de empréstimos na Deso, que trouxe nomes de bancos que parecia estrangeiros, ao que parece continua. Depois de criticar a gestão passada pelos empréstimos tomados aos Bancos Industrial Multistock, BicBanco, Daycoval e Indusval, colocando como garantia os créditos futuros oriundos dos serviços prestados a população, a mais nova é que a atual direção da Deso recorreu ao mesmo expediente de realizar operações de empréstimos bancários. Comenta-se que, somente na atual gestão a operação já chega a casa dos R$ 8 milhões de reais. R$ 5 milhões a um banco privado desse de nome estranho e mais R$ 3 milhões num banco público, bem conhecido pelo diretor de administração e finanças da Deso, Everton Santos Teixeira. Segundo informações obtidas a atual direção inovou mais uma vez, conseguiu até um credito bancário rotativo, o que no popular é chamado de cheque especial, de R$ 1 milhão de reais. É… diz o dito popular “faça o mando, mas não faça o que eu faço”. Agora há quem acuse a atual direção de plágio, e até quem diga que deveria pagar pelos direitos autorais. Será? É aguardar pra ver!”.

 

Sobre Almeida Lima

E-mail de Diogo: “A Filosofia de Almeida é sem dúvida peculiar, uma eventual anulação das eleições por um fato que não relacionado a ato praticado nenhum dos candidatos sem dúvida o levaria a sofrer uma derrota ainda maior em novo pleito. Isso para não falar que mais uma vez ataca o Judiciário como se este fosse obrigado a acatar suas teses sem fazer um Juízo de admissibilidade/valor sobre as mesmas, levanta ainda dúvidas sobre a imparcialidade da Juíza acusando-a de possuir interesses sobre a causa, pois então Almeida se V. Senhoria tem conhecimento de fatos que tornam a decisão da MM. Juíza suspeita é seu dever vir a público e dizer que fatos são esses e não simplesmente fazer alegações soltas que maculam a honra de uma servidora pública muito bem conceituada e que parecem apenas birra de um mau perdedor”.

 

MPF x Pré-Caju

Do leitor Antônio: “Quero deixar bem claro que acho o episódio de menor relevância, contudo me chamou atenção a defesa do procurador em desqualificar a denúncia. Você deve lembrar daquele episódio da mulher do ministro que viajou de carona em um avião da FAB para Fernando de Noronha, onde o mesmo teve que recolher aos cofres públicos o valor da passagem aérea. Na defesa do episódio o procurador em um  programa de rádio até afirmou que a Procuradora Geral esteve  no local, então a mesma também deve ser enquadrada no crime de prevaricação, e juntamente com os demais funcionários recolher aos cofres públicos o correspondente ao valor de pelo  menos um camarote. É assim que eles agem com os funcionários públicos do legislativo, judiciário e executivo. Obs: sempre defendi e defenderei qualquer instituição que venha a coibir qualquer  safadeza no serviço público. Porém o pau que dá em CHICO, também tem que dá em FRANCISCO”.

 

Frase do Dia

“Os hipócritas são como as tâmaras: o doce está fora, o mel nas palavras e o duro lá dentro, na alma”. Mateo Alemán.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários