Ausência de Edvaldo esfria debate

0

A ausência do candidato à reeleição, prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B), esfriou o debate promovido ontem à noite (30) pela TV Alese. Os outros quatro prefeituráveis sentiram a falta do concorrente, principalmente Almeida Lima (PMDB) e Mendonça Prado (DEM). Os dois foram para o confronto verbal preparados para atacar o comunista. Durante uma hora e trinta minutos, os debatedores falaram sobre as suas propostas e responderam perguntas dos jornalistas convidados. Almeida Lima, por exemplo, não gostou quando este colunista questionou como os aracajuanos poderão acreditar na proposta de construção de vários hospitais – só falta um para cachorro – se quando ele foi prefeito não pagou em dia ao Ipes, fato resultou, depois, no rompimento do convênio, prejudicando os servidores da Prefeitura. Em vez de responder, Almeida preferiu nos acusar de mal educado, etc. e tal. A ausência de Edvaldo e o destempero de Lima, contudo, não tiraram o brilho do evento, muito bem organizado pela Diretoria de Comunicação da Assembléia Legislativa.
 

Crise no Exército
 

O comando do Exército avisou que vai dispensar recrutas por falta de dinheiro. A corporação cobra do governo a liberação de recursos, afirmando que não há dinheiro para gastos com alimentação da tropa e com a segurança das eleições. Essa crise nas forças armadas se arrasta há muitos anos. Lastimável!

 

Bom cabo eleitoral

 

A popularidade do Bolsa Família dá origem nestas eleições a versões municipais do programa federal. Tem tido cabo eleitoral para muitos candidatos. No Nordeste, que abriga quase metade das famílias contempladas com a ajuda, proliferam promessas de transferências de renda. As propostas – que prevêem de depósitos mensais a partir de R$ 100 a parcela única de até R$ 2 mil – são as mais variadas. Aliás, aqui mesmo em Aracaju, o prefeiturável Mendonça Prado (DEM) já prometeu que se eleito as famílias beneficiadas pelo programa deixarão de pagar contas de água e energia elétrica.

 

Bolsa para tudo


No interior, onde o programa do governo federal é bem mais visível, os candidatos prometem ampliá-lo de várias formas. Há quem prometa implantar o Bolsa Saúde, para comprar remédios; o Bolsa Aprendiz, para quem faz cursos profissionalizantes; o Bolsa Cotista, para os universitários; e até o Retorna para Casa, para famílias que acolham parentes menores de idade que estejam em abrigos públicos. A diversidade de propostas é acompanhada pela pluralidade partidária.
 

Tropas federais

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou o envio de forças federais Sergipe.
Os primeiros contemplados com as tropas federais são Lagarto, Canindé do São Francisco e Itabaiana. Ao todo, o tribunal já aprovou o envio de soldados para reforçar a segurança nas eleições em 257 municípios. Tomara que não seja necessária a ação dos policiais federais e que as eleições transcorram de forma tranqüila em todo o Estado.
 

Parabéns aos bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe está completando hoje (1º) 88 anos de fundação. As atividades para comemorar a data foram iniciadas domingo passado, com a realização da 3ª Corrida do Fogo, que reuniu cerca de 600 atletas. Logo mais, às 9 horas, vai acontecer uma formatura geral no quartel da corporação, que deverá ser prestigiada por autoridades civis e militares. O Corpo de Bombeiros orgulha a todos nós sergipanos, principalmente pela bravura de seus homens. Parabéns a estes brilhantes soldados.

Onde votar

O eleitor que não souber o seu local de votação poderá obter a informação no site do Tribunal Superior Eleitoral, www.tse.gov.br. Para saber qual a sua seção eleitoral o eleitor precisa apenas clicar no ícone “Título e local de votação”, localizado na coluna esquerda da página principal. Para isso, é necessário ter em mãos o número do título de eleitor.
Caso o cidadão não tenha o número do título, deverá consultar o site do Tribunal Regional Eleitoral do seu estado ou procurar o Cartório Eleitoral da sua cidade para obter a informação.

Como denunciar


A Justiça Eleitoral conta com a participação dos eleitores no combate às irregularidades cometidas por candidatos durante a campanha. Os Tribunais Regionais de cada estado têm canais de comunicação para receber denúncias de propaganda irregular ou qualquer outro crime eleitoral como compra de votos, propaganda em outdoor, realização de showmícios, entre outros. Os eleitores podem denunciar pelo telefone ou pela internet na página de cada Tribunal Regional. Na internet, basta clicar em “Denúncia online” e preencher um formulário com as informações. Em Sergipe, o número do telefone para fazer denúncia sobre irregularidades é (79) 3259 3551.

Pedófilo engaiolado

A Polícia prendeu ontem (30) Gilson Gonçalves Teixeira, 43 anos. Ele é suspeito de ter abusado sexualmente de crianças de três e cinco anos em São Paulo. A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão temporária emitido pela Justiça de São Paulo. Gilson chegou a Tobias Barreto por volta das 15 horas da quarta-feira (22), vindo de São Paulo, fugindo após ter conhecimento que policiais do 30º Distrito Policial daquela cidade teriam encontrado imagens em que ele aparecia mantendo relações sexuais com crianças.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários