Ausência, nulos e brancos: o eco da indignação dos brasileiros

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Uma média de 30% de abstenção em todo o país no primeiro e no segundo turno. Juntando-se aos brancos e nulos a média chega a 40% e em alguns casos 53,9%, como em Campinas (SP) e 51% em Petrópolis (RJ). O print abaixo, do Valor de ontem, 01, mostra as 12 cidades com a maior alienação dos votos. Em capitais como São Paulo foram 2,7 milhões de leitores que se abstiveram. Já no Rio de Janeiro, 1,7 milhão. Nos dois casos a abstenção ganhou do candidato eleito. Aracaju ficou com a média de 405 entre votos brancos, nulos e a abstenção.

 

E não venha com a desculpa que a responsável é a pandemia. O povo está na rua e um grande percentual já não respeita os protocolos. O número de abstenção vem aumentando a cada eleição juntamente com os votos brancos e nulos. A verdade é que é preciso que os candidatos mudem o foco do debate político-ideológico que só interessa a uma pequena parcela do eleitorado e passe a discutir os problemas locais. O eleitor que solução para o seu problema micro no ponto de vista de sua cidade/dia a dia e macro no ponto de vista econômico e financeiro.

Por outro lado a política perde a cada eleição a sua credibilidade. É preciso decência na vida pública e isso não pode ser passado como virtude: é obrigação!

Com certeza, apesar de todas as ações do presidente da República, a democracia no Brasil passa por um processo não só de consolidação, mas de conscientização e amadurecimento de parte significativa do eleitorado.

A classe política precisa ouvir o que diz as urnas. A abstenção este ano mostrou um recado: o eleitor ausente bradou silenciosamente que está cansado de ir às urnas e se decepcionar.

É preciso zelo com o erário, é preciso compromisso e palavra cumprida. Chega de promessas vãs.

O eleitor está cansado desta polarização direita radical e esquerda radical no País. Ele quer soluções para o seu dia a dia, para o seu bolso, não importa a ideologia. Importa o caráter e o compromisso com o bem comum.
É pedir muito? As urnas mostraram o eco da indignação de parte significativa do eleitorado.



Morte de Washington Batista é lamentada pelo deputado Gualberto Uma notícia bastante triste tomou conta do gabinete do deputado estadual Francisco Gualberto (PT), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). No último domingo, dia 29, faleceu o companheiro Washington Batista de Melo, 61 anos. Foi acometido de um mau súbito que ocasionou em uma queda dentro do seu apartamento em Aracaju. Washington foi socorrido, mas não resistiu ao ferimento na cabeça. O sepultamento ocorreu nesta segunda-feira, 30, no cemitério São João Batista, em Aracaju.

Histórico Natural da cidade de Cedro de São João, Washington nasceu no dia 14 de abril de 1959. Era formado em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas, pela Universidade Tiradentes. “Foi uma pessoa com quem tive a honra de conviver por mais de 30 anos na política e na amizade pessoal”, lembrou Francisco Gualberto. “Ele foi filiado ao Partido dos Trabalhadores, mas em 1993 saímos e fundamos o PSTU. Em 1999 voltamos juntos ao PT”, informa o deputado.

Boa índole Atualmente ele estava como chefe de gabinete na Alese, mas trabalhava com Francisco Gualberto em gabinetes desde 2001, quando iniciou-se o mandato de vereador na Câmara de Aracaju. “Tratava-se de uma pessoa de boa índole, e todos que o conheceram atestam isso. Um homem incapaz de manifestar qualquer ato prejudicial ou agressivo contra qualquer ser humano”, afirma o amigo Gualberto.

Solidariedade Em seu pronunciamento na sessão remota desta terça-feira, 1º, o deputado prestou solidariedade à mãe de Washington, Marinalva Nunes de Melo, assim como aos irmãos Wellington, Willian, João, Graça e demais parentes e amigos que faziam parte do seu convívio. Agradeceu aos servidores da Alese que compareceram ao velório e ao sepultamento. “Principalmente aos trabalhadores terceirizados que frequentam o nosso gabinete e que sabem exatamente como eram tratados por Washington Batista, um grande ser humano”.

Solidariedade O blog se soma a solidariedade à família de Washington Batista o qual conheceu como estudante de jornalismo na então Faculdades Tiradentes. Como disse Gualberto, Washington era uma pessoa de boa índole e de um coração enorme.


Pela nona vez no ano terceirizada da Deso abre buraco na Avenida Anísio Azevedo A foto acima enviada por um morador mostra a Rua Moacir Rabelo com Laura Fontes no Bairro São José, ontem, 1. “Pela nona vez no ano, é aberto um buraco na Avenida Anísio Azevedo por uma terceirizada da Deso. Com a obra o trânsito é desviado e nenhum acompanhamento da SMTT que chegou e já foi! Estão em alguma sombra de árvore, um no whatsApp e outro no face! Uma vergonha”, desabafa o morador João Luiz.

Sargento Vieira é novamente empossado vereador de Aracaju Atendendo a uma decisão do pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE), a Câmara Municipal de Aracaju (CMA), através de seu presidente, vereador Josenito Vitale (PSD), empossou ontem, 1º, o primeiro suplente de vereador de Aracaju, o Sargento Jorge Vieira (Cidadania), para exercer o mandato até o próximo dia 31, quando termina a atual legislatura.

Sargento Vieira foi empossado pela segunda vez Em setembro ele substituiu o vereador Jason Neto (in memoriam), mas por decisão judicial, foi afastado graças a uma ação movida pelo Diretório Municipal do PDT, alegando suposta infidelidade partidária cometida por Vieira. A defesa argumentou e o Tribunal reconheceu, por maioria, que o PDT cometeu grave discriminação contra seu filiado. Vieira não era convidado para as reuniões e o partido o discriminava. Por isso a questão de infidelidade defendida não foi reconhecida pela maioria do Tribunal.

Razão “Quero honrar cada voto que me foi confiado em 2016 e também para o amigo Jason Neto (in memoriam). Quero apenas a oportunidade de terminar com dignidade essa legislatura, mesmo com toda a perseguição do pessoal do PDT, legenda que tanto defendi e ajudei a crescer. Mas, mesmo com toda ingratidão, a justiça me deu razão e nós vamos fazer o nosso trabalho”, disse Vieira, agradecendo o tratamento atencioso que recebeu do vereador Josenito Vitale (PSD).

Queda receita E o secretário de Estado da Fazenda, Marco Queiroz participou ontem, 01, do Encontro dos Novos Gestores Municipais realizado no Del Mar Hotel na Orla de Aracaju. Marco conversou com vários gestores entre eles
o prefeito eleito de Laranjeiras, José de Araújo (Juca-MDB) e confirmou a previsão da queda de receitas de ICMS no município para o próximo ano. Juca mostrou-se preocupado, mas consciente de que esse era o quadro esperado. “Não só o próximo ano, mas 2022 também tende a ser de extrema dificuldade. Isso exigirá medidas duras, com cortes de despesas e ações de incentivo à economia para compensar a perda de receitas”, avalia Juca.

Diretoria da Adepol se reelege para novo mandato A chapa ‘Prosseguir Inovando’ foi reeleita ontem, 1º, para comandar a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol/SE) pelos próximos três anos. A chapa única, liderada pelo presidente Isaque Cangussu, recebeu 76 dos 81 votos que foram depositados na urna, o que representa a vontade de 93,82% do universo dos delegados votantes. Foram contabilizados apenas quatro votos nulos e um em branco.

 Trabalho Isaque Cangussu comemora a vitória, que considera expressiva. “Estou muito feliz com o reconhecimento dos colegas pelo trabalho realizado. A ausência de concorrência, num primeiro momento, já nos dava a sensação de que estávamos no caminho correto. Agora, essa expressiva votação confirma que estamos no rumo certo”, diz o presidente reeleito.

 Conquistas A colega de chapa e delegada Flávia Felix concorda com o presidente que foi mais um voto de confiança da categoria. “Os colegas sabem da nossa dedicação para manter as conquistas alcançadas e lutar por mais direitos. Acredito que a responsabilidade só aumenta e iremos nos esforçar ainda mais para retribuir tamanha confiança”, comenta a vice-presidente secretária-geral.

 Reconhecimento O vice-presidente jurídico eleito, delegado Samuel Oliveira, comenta que a continuidade da diretoria à frente da Associação revela o reconhecimento do importante trabalho de renovação e inovação. “O fato de termos somente uma chapa neste ano foi uma mensagem, que demonstra a harmonia da categoria. Esta união é extremamente importante para evoluirmos em busca de nossas demandas”, diz.

Diretoria O delegado Neviton Rodrigues fez questão de legitimar o trabalho dos colegas ressaltando que confia plenamente nos integrantes da atual diretoria. “Vim exercer meu direito e reconhecer que a diretoria vem fazendo um brilhante trabalho, defendendo com todas as forças nossas prerrogativas e por isso merecem continuar à frente da instituição. Estou de acordo com as decisões tomadas por eles. Em suma, estamos bem representados”, diz o titular das delegacias de Porto da Folha, Gararu e Nossa Senhora de Lourdes.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Palestra para representantes de seis clubes de tiro SE
O Cel. Marcelo Baptista Oliveira da Silva, Chefe do SFPC/6, que está realizando uma visita técnica no 28º BC, reuniu representantes de seis clubes de tiro sergipanos para uma palestra. Foram passadas orientações importantes pertinentes à atividade do tiro esportivo e o trabalho de acompanhamento e monitoramento do Exército. Com eventos sérios e de grande nível como esse, ajudamos a elevar essa modalidade em nosso Estado. Na noite da segunda-feira, 30, aa diretoria do Clube de Tiro Pinheiro teve a honra de receber em seu lounge um grandioso evento.

PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br  E FACEBOOK

ENTREVISTA

                           

Presidente Isaque Cangussu fala dos projetos para a próxima gestão Reeleito  para presidir a Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe (Adepol/SE) pelo próximo triênio, o delegado Isaque Cangussu adiantou que a defesa das prerrogativas profissionais permanecerá sendo o eixo central da gestão. Em entrevista, o delegado conta alguns desafios do primeiro mandato e fala das principais pautas a serem trabalhadas no próximo triênio.

 


Confira entrevista na íntegra abaixo:


Qual o sentimento em ser reeleito pelos seus pares por chapa única e por tão expressiva votação?

Isaque Cangussu– Estou muito feliz com o reconhecimento dos colegas pelo trabalho realizado. A ausência de concorrência, num primeiro momento, já nos dava a sensação de que estávamos no caminho correto. Agora, essa expressiva votação confirma que estamos no rumo certo, que o perfil de sindicalismo que implementamos é o mais eficaz para a nossa classe.


Na sua visão, qual foi o fator determinante para uma eleição sem concorrência?
IC
 – A defesa veemente da carreira, até nas situações mais adversas, fez com que a categoria cultivasse um sentimento coletivo de autoproteção. A coerência das nossas posições passa aos colegas uma clara mensagem da previsibilidade das nossas ações, quando se trata da defesa da carreira. Assim sendo, a tranquilidade dessa sensação recomendou à categoria a continuidade do nosso trabalho.


Quais foram as principais desafios e conquistas na Adepol/SE durante sua gestão?
IC
 – A neutralização de um projeto prejudicial à carreira; a aprovação de uma reforma da previdência que preservou direitos e trouxe avanços, a partir de emendas apresentadas por nós; a antecipação das promoções, em razão de correção de data realizada por nossa provocação; a implementação do novo valor de plantão e o fim do desconto indevido do imposto de renda nesta verba; a deflagração de processo licitatório para contratação de limpeza e manutenção predial para unidades da capital e todas as delegacias do interior do Estado; a contratação de assessorias jurídica e de comunicação de excelência são alguns exemplos de conquistas.

 

O que você pode citar do lado social de sua gestão?

IC – Desde o início do nosso mandato, o lado social foi uma preocupação muito importante. Já em 2018, organizamos o Forró do Delegado, uma festa que ganhou espaço no calendário junino de Sergipe. Além dos associados, várias lideranças e membros da sociedade civil puderam participar de um evento que outrora era exclusivo para os Delegados. Essa interação é muito importante e aproxima os Delegados da sociedade. Investimos também na nossa festa de fim ano, sempre recebendo o reconhecimento dos colegas pelo cuidado e atenção na formatação do evento. Além das festas, investimos também na realização de eventos acadêmicos, como o seminário do Dia do Delegado e de atualização jurídica. Nas datas relevantes, sempre prestigiamos os colegas, como no Dia das Mães, Dia dos Pais e Dia dos Delegados, por exemplo.


Como os associados podem ajudar a Adepol/SE conseguir novas conquistas no próximo triênio?
IC
– A Adepol já tem uma história de união e luta. Os associados sempre fizeram parte de todas as conquistas alcançadas. A continuidade do espírito coletivo é o que irá determinar os próximos avanços.


Quais são os projetos para o triênio 2021-2023?
IC- A recomposição salarial depois de vários anos sem a correção inflacionária, melhorar ainda mais as condições de trabalho, e o continuado investimento na valorização da imagem do Delegado de Polícia são pautas prioritárias. E por fim, mais não menos importante, a manutenção da vigilância permanente contra ataques à nossa carreira nos planos nacional e local.


PELO TWITTER

www.twitter.com/ISMARVIANA “A fonte primeira e única de todo o poder como princípio é a democracia, vontade da nação.” José de Alencar.

www.twitter.com/ORodrigoMachado Quem tem responsabilidade? Políticos de direita e de esquerda, imprensa e empresas como um todo. O Brasil resolveu tirar o coronavírus da pauta de discussão séria. Ontem (segunda, dia 30/11) tudo começou a mudar.

www.twitter.com/jmauricioconti Nesta sexta, dia 4, 10h30, ao vivo pelo YouTube!
#direitofinanceiro #direitoadministrativo #gestãopública

www.twitter.com/lula_ribeiroNessa sexta tem “Lula Ribeiro convida”, abrindo a temporada de dezembro, com os queridos amigos @pitagoras_silveira e @italosu  , bailarino do @primeiro_ato. Espero a companhia de vocês mais uma vez. Até lá! #musica #lives #show #mpb #friends #dança #lularibeiroconvida #emcasa

 

 

 



Siga Blog Cláudio Nunes:                                               

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Um bom amigo, que nos aponta os erros e as imperfeições e reprova o mal, deve ser respeitado como se nos tivesse revelado o segredo de um oculto tesouro.” Buda.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários