Auxílio emergencial, o papel da Caixa, da Dataprev e as enormes filas

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

É preciso entender o papel de cada empresa federal nesta questão do auxilio emergencial por conta do coronavírus. Alguns pontos:

1 – Não é o funcionário da CAIXA que decide se você tem ou não direito. Isso é feito pela DATAPREV em conjunto com outros órgãos federais;

2 – Se não aprovar, não é culpa do funcionário e nem da CAIXA. Ou seja, quem não foi aprovado tem que ligar no 111, refazer o cadastro e verificar se realmente se enquadra nos requisitos. Ou seja: cobre de quem tem o poder de liberar, não aquele que está ali, na linha de frente, trabalhando para que você possa receber.

3 – Xingar, humilhar o funcionário que está ali, junto com você e o vírus, não vai fazer com que seu dinheiro apareça;

4 – Colocar fogo em frente à agência, obstruir o DIREITO DE IR E VIR DOS FUNCIONÁRIOS, não fará com que seu benefício seja aprovado;

5 – Toldos e bloqueio – As prefeituras e suas respectivas guardas municipais e agentes de

Só um meteoro para que o mundo seja outro. Se não colocar Toldo não adianta, sempre tem um jeitinho: não adiantar tentar separar, colocam um objeto e vão todos para um “canto” conversar. (Santo Antônio de Jesus/BA).

trânsito precisam interditar as ruas em frente e ao lado das agências para que, não apenas marquem os locais, mas coloquem toldos para que as pessoas não encontrem jeitinhos como nas fotos ao lado para não cumprirem o distanciamento necessário. É preciso uma somação de todos. Em Aracaju, o MPE fez um ajuste com a SMTT para viabilizar estes bloqueios. Precisa também que a Emsurb coloque toldos.

O blog repete para ser mais claro: é injusto que os empregados da Caixa, que estão se expondo ao coronavírus, sejam responsabilizados, hostilizados e até mesmo agredidos fisicamente (como ocorreu em várias agências do país), como sendo os únicos responsáveis pela aglomeração. Aliás, mesmo nos locais onde os espaços estão delimitados com o fechamento de ruas, muitos, por falta de consciência, insistem em formar rodas de bate papo. É preciso lembrar que os funcionários da Caixa também têm famílias e estão cumprindo a missão de servir com dedicação, respeito, ética e correndo risco também.

Mesmo nos locais que foram montadas todas as estruturas tem gente que ainda acha que o coronavírus é uma gripezinha e não mantém a distância. A organização é uma ação conjunta de todos os envolvidos com a participação das prefeituras. Cada um fazendo a sua parte. E ninguém pode alegar desinformação. É preciso exigir de quem não respeita o distanciamento que cumpra a lei.

Toda solidariedade do blog aos abnegados funcionários da CAIXA, não só em Sergipe, mas em todo Brasil.

Obs: um exemplo que pode ser seguido: Prefeitura de Tupã (SP) no vídeo abaixo:

 

A Polícia Federal é dos brasileiros Toda essa confusão realizada pelo presidente da República Jair Bolsonaro na Polícia Federal deve ser reprovada pela população brasileira. A PF é uma instituição de Estado e não de governo. Ela serve para defender os interesses do povo do Brasil e não de uma família.A PF é uma das instituições mais respeitadas do Brasil, porém Bolsonaro está provocando um sério arranhão na sua imagem. Pelo visto, Moro tinha razão.

Sobre alguns restaurantes abrindo para privilegiados O delegado Gilberto Passos, responsável pela área informou que aguardará as devidas provas para abrir o procedimento investigatório e tomar as devidas providências. Ontem, o leitor e amigo do blog que enviou a denúncia foi bastante pressionado, não diretamente, mas em grupos com alguns passando mensagens tentando descobrir quem foi a pessoa que foi convidada para uma desses regabofe privilegiado e não foi. O blog lamenta que na maioria são pessoas que deveriam dar exemplo e não querer ser melhor do que os outros que estão cumprindo o decreto. E algumas destas pessoas ainda postam em grupos sociais com a certeza da impunidade. Desta vez parece que o bicho vai pegar. Ninguém está acima da lei! Ninguém mesmo! No print ao lado o número do disque denúncia da SSP.

Denúncia: MPSE investiga supostos crimes de responsabilidade da Prefeitura de Lagarto Deu no NE Notícias: Uma denúncia encaminhada ao Ministério Público do Estado está sendo apurada pela 1ª Promotoria de Justiça de Lagarto sobre supostas irregularidades na utilização de verbas federais pela Prefeitura de Lagarto.

Pedaladas fiscais Estão sendo avaliadas supostas práticas de “pedaladas fiscais”, em virtude de operações administrativas irregulares que teriam sido realizadas com verba federal. Supostas manipulações indevidas teriam ocorrido entre os meses de Julho a Outubro de 2019. Lembrando que as “pedaladas fiscais” foram responsáveis pela queda de Dilma Rousseff em 2016.

Solicitação O MPSE solicitou mais informações ao Tribunal de Contas do Estado por meio de parecer técnico acerca das operações financeiras realizadas pela Prefeitura de Lagarto, a fim de que seja avaliada a legalidade ou não de tais movimentações de verba recebida pela Prefeitura de Lagarto.

Solicitação II Além disso, solicitou que a documentação da denúncia fosse encaminhada ao Ministério Público Federal para que o mesmo tome conhecimento dos fatos e avalie se existe prejuízo ao erário da União nas operações financeiras a que se refere a denúncia. Por fim, solicitou ao Legislativo Municipal que avalie as ações da prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro, e se houve crime de responsabilidade.

Não perca: hoje, 05, 11h, live sobre controle da corrupção em tempos de pandemia O Congresso em Foco fará uma live hoje, 05, às 11h, para debater os desafios que a pandemia de covid-19 traz às ações de prevenção e combate à corrupção. A necessidade de rápida utilização de recursos públicos, em caráter emergencial, provoca inevitável flexibilização dos procedimentos de controle. Até que ponto tolerar esse afrouxamento de regras e como evitar a interferência política estão entre os pontos que serão discutidos.

Atuação Convidados de renome na área vão analisar como manter a imparcialidade na atuação das instituições democráticas por meio da atuação funcional independente dos agentes públicos, sobretudo de órgãos de controle como o Ministério Público e os tribunais de contas. A iniciativa conta com o apoio da Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC).

Participarão da live Ismar Viana – mestre em Direito, é auditor de controle externo, advogado e professor. Vice-presidente nacional da Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC), é autor do livro Fundamentos do Processo de Controle Externo; João Villaverde – doutorando em Administração Pública e Governo na FGV-SP. Foi pesquisador visitante na Universidade de Columbia (Nova York). É autor do livro Perigosas pedaladas: os bastidores da crise que abalou o Brasil e levou ao fim o governo Dilma Rousseff (Geração Editorial, 2016); Nicole Verillo – fundadora e gerente de Apoio e Incidência Anticorrupção da Transparência Internacional – Brasil. É gestora de Políticas Públicas pela USP e foi gerente de Estratégia Governamental da Secretaria de Planejamento de Osasco (SP) e em várias organizações de combate à corrupção e à impunidade.

Ipesaúde tem Centro de Referência para síndromes gripais Bastante esclarecedora a entrevista do presidente do Ipesaúde, Christian Oliveira, concedida ontem, 04, no Bom dia Sergipe, mostrando que o instituto tem um Centro de Referências para síndromes gripais e que faz o diagnóstico dos beneficiários que apresentam sintomas leves a moderados.

 Monitoramento O centro começou a funcionar no último dia 14 e já atendeu 38 pessoas que estão em monitoramento diário por telefone através de um convênio com a UFS. “Se tiver piora é redirecionado para cá para tratamento”, explicou acrescentando que destes 38 pacientes, 24 tiveram alta e 14 ainda estão em observação. Segundo Christian, dos 38, três testaram positivo para a COVID-19.

Porta de entrada O presidente destacou que os beneficiários do Ipesaúde em todo o Estado tem o Centro de Referência de síndromes gripais para ser utilizado. “É um centro especializado e é uma porta de entrada para pessoas portadoras de síndromes gripais e quando detectado precocemente podemos conduzir de maneira adequada o tratamento do paciente, inclusive os pacientes portadores do coronavírus”, disse, afirmando que a procura está baixa e o centro está pronto para receber a todos. A princípio o Centro está funcionando das 7h às 12h30.

Itabaiana: obras em diversas localidades do município “Nós temos consciência das medidas necessárias de proteção a serem tomadas por conta do novo coronavírus. E, com os devidos cuidados tomados, seguimos visitando e fiscalizando o andamento das obras. Porque elas não podem parar, uma vez que essa pandemia vai passar e Itabaiana merece seguir forte e rumo a um futuro melhor para todos”. Com essa análise, o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, realizou as suas já tradicionais visitas às obras em andamento pelo município na tarde da segunda-feira, 4 de maio.

Transparência Valmir também aproveito para fazer as tradicionais “lives” nas suas redes sociais durante as visitas. “É mais uma forma de garantir total transparência e acesso à todos em relação ao que nossa gestão vem executando”, disse o prefeito. A primeira parada foi nas obras de calçamento da rua São Domingos, no bairro Mamede Paes Mendonça “Em nossa primeira gestão, fizemos as obras do canal na primeira parte da São Domingos. E agora estamos completando o seu calçamento, assim como calçaremos as ruas de seu entorno”, garantiu Valmir.

Esportes Na sequência, o prefeito itabaianense visitou as obras do Centro de Iniciação ao Esporte. “Será um espaço para que nossos jovens possam praticar esportes. Mas teremos também academia, que atenderá as pessoas de todas as idades. Além de tudo, será um espaço muito bonito, como as obras já deixam antever”, destacou Valmir de Francisquinho.

Toda segurança E o ritmo de obras em execução na cidade segue acelerado. “Mais uma vez reforço que isso só está acontecendo porque tomamos todas as providências de segurança, como máscara protetora, álcool e com todos os trabalhadores instruídos da necessidade de higienização. Assim, garantimos proteção à saúde, mas também mantemos esses pais de família trabalhando e tendo seu salário pago dentro do mês, garantindo comida da mesa para seus familiares”, finalizou o prefeito Valmir de Francisquinho. Durante as visitas, o prefeito esteve acompanhado dos secretários Adailton Souza, Chefe de Gabinete, e Anderson Christian, da Comunicação.

PGR se manifesta pela constitucionalidade de dispositivo da Lei Orgânica do MPSE que trata dos requisitos para composição de lista tríplice Em parecer juntado aos autos da Ação Direita de Inconstitucionalidade (ADI) nº 6294/SE, em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República (PGR) Augusto Aras se manifestou pela constitucionalidade do artigo 8º da Lei Complementar n 02/90 (Lei Orgânica do MPSE), com a redação dada pela Lei Complementar n. 332, de 31/10/2019.

Redação Segundo a redação atual no artigo, apenas poderão figurar na lista tríplice a ser encaminhada ao governador para escolha e nomeação do procurador-geral de Justiça (PGJ) local procuradores e promotores de Justiça de entrância final, que estejam no primeiro quinto do quadro geral de antiguidade e possuam mais de 35 anos de idade e 15 de carreira.

Critérios No parecer, o PGR destaca que as leis estaduais que tratem sobre o tema podem estabelecer critérios de elegibilidade de membros do Ministério Público à lista tríplice para o cargo de procurador-geral de Justiça, desde que não contrariem o que dispõe o artigo 128, §3º, da Constituição Federal, ressaltando que “é razoável a redução dos elegíveis à lista tríplice aos membros do Ministério Público de última entrância, que figurem no primeiro quinto do quadro geral de antiguidade e tenham mais de 35 anos de idade e 15 anos de carreira, uma vez que possibilita que a escolha do procurador-geral de Justiça seja feita entre aqueles que já vivenciaram os degraus iniciais da carreira e adquiriram experiência pelo maior tempo de exercício das funções”.

Alegações Sobre as alegações de vícios formais existentes na formação do anteprojeto de lei perante o Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ), Aras ressaltou que “eventuais vícios na formação de anteprojeto de lei não contaminam o diploma dele decorrente, quando a proposição foi encaminhada ao Parlamento pela autoridade competente para deflagrar o processo legislativo”.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018                                                       

São Cristóvão: Tá nervoso prefeito? De um morador de São Cristóvão: “Não sei se o jornalista já recebeu, mas certamente que sim já que viralizou a reação do prefeito em uma rede social quando questionado por um morador. Mandou um VTNC. Lamentável, infelizmente é assim que o prefeito Marcos Santana trata as pessoas. Deixe ele aparecer aqui na minha porta pedindo voto para continuar na prefeitura. Eu e os vizinhos já enterramos ovos no quintal para lhe dar as boas vindas.”

 Informe Rede Primavera Sempre pensando na comodidade dos nossos pacientes, lançamos o Primavera em sua Casa, um serviço de consulta domiciliar para atendimento eletivo e Coleta Laboratorial. Não deixe de cuidar da sua saúde, agende a sua visita de um dos nossos médicos na sua casa. Os agendamentos são de segunda a sexta, das 8h às 16h, e o nosso telefone para marcação é o 2105-2626.#PrimaveraEmSuaCasa                                                                         

Fortalecimento do SUS Do advogado Maurício Lobo: Amigo e amigas, teremos Live hoje, 05, com um bate papo no Instagram com o senador Rogério Crvalho, líder do PT no Senado Federal e médico sanitarista. A pauta será o trabalho no Senado e o fortalecimento do SUS para o combate ao COVID-19. Agende, participe e mande seu questionamento: @rogeriocarvalhooficial e @mmauriciolobo


Nunca é tarde para reparar as injustiças De um leitor: “’Grande Cláudio, um debate necessário sobre a necessidade do funcionamento independente das instituições brasileiras de fiscalização, investigação e controle. Para o MP/SE (Dra. Euza Mizano). Doutora, me permita iluminar a sua mente, para que possa de uma vez por toda, acabar com os absurdos praticados pela DESO, ao longo de muitos anos. Vamos começar pela TAXA DE ESGOTO. Como admitir que seja cobrado o mesmo percentual em todaS as etapas? Se, para implantar cobram 80%, porquê mantém quando implantam e durante todo o fornecimento? Os custos da implantação jamais será o mesmo para manter. Condomínios não terem medidores. Aí criaram o tão famigerado RATEIO. Também não existe a cobrança pela média do consumo nos últimos três meses. Ou seja, caso o consumidor não utilize nesses três meses, o mesmo pagará cada mês individualmente. Mesmo que não gaste o mínimo que dão 12 metros. Agora, mais grave, escraboso, é a metodologia na cobrança dos consumos individuais. Não vou ter nenhum descaramento para dizer que “metem a mão nos bolsos dos seus clientes. Existe uma planilha com os valores com múltiplos de dez. Vamos exemplificar. (valores fictícios). 10 metros cúbicos, 18,00. 20 MTS, 40,00. 30 MTS, 60,00. E assim por diante. Isso demonstra que caso você utilizasse apenas 26 metros no mês, deveria pagar 40,00 dos vinte metros mais 24,00 dos 6 metros excedentes, perfazendo 64,00. Isso não é o que ocorre. Com a metodologia praticada, o cliente/consumidor pagará 94,00 reais. Sabem o porquê? Porque a empresa soma todos os valores múltiplos de dez, mais o metro excedente, já do múltiplo seguinte a casa do seu consumo. Se você ultrapassa dez, o excedente será calculado em cima da média de 20 metros. Sobretaxando varias vezes. Dra. Promotora, se quer realmente resolver, eis as dicas. Certo vez passei esses absurdos para um governador popular. Ele deve ter mandado o e-mail para a empresa e logo o mesmo ne respondeu que a empresa cumpria as resoluções do Conselho. Jamais poderia ser diferente. Pense nisso.”

PELO E-MAIL E FACEBOOK

ESCLARECIMENTOS UNIT

Aracaju, 04 de Maio de 2020

O CONTEXTO: Diante dos intensos acontecimentos sociais, políticos e legais ocorridos na atualidade – visto a pandemia do novo coronavírus/Covid-19 e as determinações de isolamento social recomendadas pelo Poder Público e a sua coercibilidade, inclusive, com a decretação do Estado de Calamidade Pública – a presente instituição de ensino vem, incansavelmente, desempenhando esforços para compor soluções de forma a manter a continuidade da prestação de serviço de ensino no mesmo nível prestado antes dos fatos supramencionados e a fim de, principalmente, mitigar qualquer dificuldade ao aprendizado de nossos alunos.

Como é sabido por todos, a disseminação do coronavírus impactou diretamente no funcionamento da nossa instituição de ensino, bem como exigiu um redesenho das nossas rotinas. Atento ao momento em que vivemos, e que certamente sairemos mais fortes dele, o Ministério da Educação (MEC) permitiu, em caráter excepcional, a substituição dos encontros em espaços físicos por encontros em espaços virtuais. Assim, depois de muito investimento em tecnologia e capacitação dos nossos professores e colaboradores, retomamos as nossas atividades no dia 30 de março, com aulas ao vivo por meio do Google For Education.

A Universidade Tiradentes reforça o seu compromisso com a qualidade de ensino de todas suas instituições, bem como segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde para zelar pela saúde e segurança de alunos, professores e colaboradores, mantendo o ritmo das aulas, agora ao vivo, provendo o cumprimento do programa das disciplinas.

Nossa missão de inspirar pessoas a ampliar os horizontes, por meio da Educação, se aplica ainda mais nesse momento de isolamento social, quando precisamos nos utilizar de recursos tecnológicos para continuarmos próximos e conectados com o mundo, ainda que distantes fisicamente.

Do blog: como a UNIT enviou um texto com 10 folhas, impossível de ser publicado neste espaço segue o link para os leitores para todo o texto:Press Release – Unit Sergipe

DO BLOG ESPAÇO MILITAR




Um correntista do Banese que é policial militar, encaminhou para o blog Espaço Militar uma simulação que fez junto ao aplicativo do banco, com o objetivo de saber como ficaria seu empréstimo consignado, caso viesse a solicitar uma pausa, face o momento difícil que atravessa com a pandemia de coronavírus.

A surpresa que teve foi extremamente desagradável segundo o servidor público estadual, visto que seu contrato empréstimo consignado seria de 78 prestações no valor de R$ 1.557,27, que daria um total a pagar de R$ 121.476,06 e com a pausa de um meses no pagamento, o contrato passaria para 91 prestações com o mesmo valor, que daria um total de R$ 141.711,57, havendo uma diferença de R$ 20.235,51. Caso desejasse pausar o contrato de 78 prestações no valor de R$ 1.557,27 por três meses, o contrato passaria para 100 prestações com o mesmo valor, o que daria um total de R$ 155.727,00, havendo uma diferença de R$ 34.250,94.

O policial militar lamenta a postura do banco, que se diz dos sergipanos, porém um momento difícil deste que enfrentamos de pandemia, ao invés de ajudar ao servidor público estadual, faz é afundar este em uma dívida ainda maior. (Matéria do blog Espaço Militar).



Asese Solicita do Banco Central e do ministério público de Sergipe @mpsergipe providências imediatas com relação a venda casada e a taxa de juros abusivos cobrado pelo @banese além do aumento de parcelas dos contratos vigente.

Recebemos inúmeras denúncias e reclamações de associados e demais trabalhadores públicos estaduais, referente à venda casada e os juros abusivos cobrados pelo Banese, para que estes trabalhadores (Clientes) pudessem fazer a prorrogação dos seus empréstimos consignados junto a instituição.

Uma das nossas associada fez a simulação para prorrogar um dos seus empréstimos por 3 meses e verificou que seria acrescentado ao seu contrato anterior, 36 parcelas com CET de 23,8% ao ano.

Outro associado verificou que ao solicitar a prorrogação de um dos seus empréstimos o aplicativo do Banese, informou que ele não tinha margem para prorrogar.

Anexamos a denúncia vários prints de trabalhadores que receberam esse presente de grego no dia 01 de Maio.

Resumindo! O Banese utilizou e permanece utilizando o termo prorrogar para atrair o trabalhador, com a intenção de fazer refinanciamentos e novos contratos.
Uma venda casada que é ilegal

Esse não foi o nosso pedido ao Banese, solicitamos que suspendesse ou fizesse a pausa dos empréstimos sem juros.

As duas indicações de autoria dos deputados @iranbarbosaoficial e @depkittylima foram aprovadas na assembleia legislativa pelos 24 deputados estaduais e deixam bem claro o pedido de ajuda dos servidores e a pausa ou suspensão dos empréstimos por 60 ou 90 dias conforme pedido pela @asesesergipe

O Banese está sufocando ainda mais aqueles já estão com fome e sem dinheiro para comprar alimentos e remédios.

São milhares de trabalhadores insatisfeitos com a postura abusiva e desumana do Banese. Nesse momento de dificuldade os trabalhadores estão em isolamento domiciliar para conter a pandemia do Covid-19 estão sem poder trabalhar nas suas atividades autônomas que completam a sua renda e mantém o sustento da familiar.

Solicito desta promotoria de defesa do consumidor as providências necessárias que o caso requer.

Iraldir Silva
Diretor Presidente

PELO TWITTER

www.twitter.com/petracostal Virou costume que, aos domingos, Bolsonaro ataca o Supremo e o Congresso, faz comício pela “intervenção militar” com faixas golpistas, diz que tem Deus e as Forças Armadas ao lado dele e fala como aspirante a ditador. Na segunda-feira, finge recuar e na terça começa tudo de novo.

www.twitter.com/BlogClaudioNun Segundo os da Ultradireita o repórter fotográfico ‘escorregou” e foi convidado a se retirar. A foto não deixa dúvida de como ele escorregou. Nazistas, reacionários e FDP.

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter


Frase do Dia
“A ganância insaciável é um dos tristes fenômenos que apressam a autodestruição do homem.” Textos Judaicos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais