Balanço das viagens ao exterior

0

  Faltando 40 dias para deixar o Governo do Estado, o governador João Alves Filho (PFL) viajou para a Europa em busca de contatos para a implantação de um resort em Sergipe de um grupo português, além Portugal além de  outros contatos empresariais na Espanha. Fala-se também que em dezembro ele tem outra viagem marcada para o exterior, desta vez para a Jordânia. 

  Um balanço rápido das viagens feitas nos últimos anos pelo governador ao exterior chega-se a conclusão de que muito pouco de concreto foi fechado em termos de negócios. Sem falar que em quatro viagens o governador viajou com uma comitiva de digna de sultão do Oriente Médio, com um grupo de auxiliares, parlamentares e até jornalistas que foram manter “contatos” comerciais em busca de novos investimentos para o Estado.

 Seria bom, que o governador João Alves Filho, antes de deixar o governo estadual cala-se de uma vez por todas parte da oposição e parte da imprensa que faz criticas duras a essas viagens ao exterior. Seria correto que ele apresentasse os números concretos. Quantas pessoas foram, quantas viagens foram feitas e o retorno financeiro para Sergipe em milhões de reais. Com certeza este espaço seria o primeiro a pedir desculpas ao governador João Alves se ele provar que as viagens trouxeram lucros concretos para Sergipe. Não vale a refinaria que nunca sairá do papel.

  Quem não lembra da viagem que o governador fez a China com um seleto grupo de auxiliares, parlamentares e também membros da imprensa de Sergipe? Este jornalista deve ser caolho e ignorante porque até o momento não viu nenhum grupo chinês colocando recursos e investindo em Sergipe.

  Com todo respeito ao governador João Alves os resorts cantados em prosa e verso ainda estão no papel, até mesmo o da CVC que seria (ou será?) construindo no final da rodovia José Sarney. De concreto apenas a venda do Hotel da Ilha para um grupo da terra cuja reforma está se arrastando há muito tempo e dando margens a diversas especulações. Mas isso é tema para outro artigo.

  A verdade é que essas viagens de João Alves Filho para o exterior estão mais para uma releitura do clássico da literatura de Lewis Carrol, “Alice no País das Maravilhas”, onde a personagem principal passa por reinos encantados e surrealistas.  Por enquanto, os sergipanos ainda não viram os encantos das viagens governamentais desembarcarem em forma de desenvolvimento para o Estado.

 

 

Empresário vai arrendar o Augustu`s

Depois de resolvida as pendências judiciais da Casa de Espetáculos Augustu`s com o Banese –  divulgada nesta coluna com exclusividade – poderá ser anunciado ainda esta semana o arrendamento do espaço para o empresário Gilton Andrade, proprietário da banda Calcinha Preta. Além de sair do vermelho com a pendência judicial a Casa de Espetáculos começará a dar lucros.

 

Desprezo irrita governador e assessores

Quem pensava que o governador eleito, Marcelo Déda, sairia disparando para todos os lados para responder a carta publicada pelo governador João Alves na imprensa caiu do cavalo. Déda apenas respondeu diretamente para João Alves e não dará publicidade a carta. Além disso, assessores e o próprio governador esperavam que Déda fosse para a imprensa rebater as criticas que ele fez na entrevista coletiva. Como não foi dada nenhuma resposta alguns assessores ficaram desnorteados com o desprezo dado. É só aguardar o próximo lance.

 

 

Saia justa na área da cultura I

A saída do Secretário de Estado da Cultura, José Carlos Teixeira, da Pasta faltando apenas 40 dias para o encerramento da gestão administrativa do atual governo não está sendo bem vista por auxiliares entrosados com o governador João Alves Filho. É que eles entendem que o governador terá dificuldade em encontrar alguém que queira responder pela Pasta nos últimos 40 dias de governo.

 

Saia justa na área da cultura II

Segundo um importante auxiliar, quem aceitar responder pelos 40 dias, ficará sujeito a ser convocado por qualquer órgão fiscalizador sempre que for encontrada alguma falha administrativa dos últimos 4 anos, ou seja, se a Secretaria não cumprir a Lei de

Responsabilidade Fiscal o primeiro a ser notificado é quem assumiu por último, depois da explicação dada é que pode recair nos antecessores, mas inicialmente as insuportáveis convocações vão para quem finalizou a gestão.

 

Albano é bom de fazer oposição

Depois do anuncio do ex-governador e deputado federal eleito Albano Franco (PSDB) de que fará oposição a Lula e a Deda, os dois devem ficar atentos, porque se tiver alguém bom em fazer oposição nesse País, deve empatar com Albano.

 

Valadares defende Missão Criança I

Depois do discurso ontem do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) defendendo investigações sobre os repasses  de recursos por parte do governo federal para as chamadas organizações não-governamentais (ONGs) entre elas, a Missão Criança Aracaju, o senador Valadares (PSB) saiu em defesa da organização não-governamental Missão Criança, que é dirigida por Eliana Aquino, esposa do governador de Sergipe, Marcelo Deda, do PT. Em reportagem publicada no último final de semana, o jornal O Globo revelou que a Petrobras privilegiou com grande volume de recursos ONGs dirigidas por políticos petistas e/ou respectivos parentes, dentre elas a Missão Criança de Sergipe.

 

Valadares defende Missão Criança II

Valadares assinalou que nem o jornal carioca e nem o senador Mozarildo acusaram a ONG da primeira-dama de estar envolvida em qualquer irregularidade. Valadares disse que Eliana Aquino tomou o cuidado de pedir afastamento da entidade para se dedicar à campanha eleitoral do marido ao governo de Sergipe. Ele também lembrou que a CPI que investigou a atuação das ONGs no Brasil, presidida pelo próprio senador Mozarildo Cavalcanti, não encontrou qualquer irregularidade na Missão Criança.Em aparte, Mozarildo explicou que aquela CPI não investigou a Missão Criança porque tinha o foco voltado para as ONGs que atuam na Amazônia, notadamente na área indígena. Ele disse que a nova CPI a ser criada vai ampliar o alcance e outras ONGs serão apropriadamente investigadas.A senadora Ideli Salvatti (PT-SC) disse que tem a sensação de estarem tentando “voltar a um determinado clima político vivido nos últimos dois anos”.

 

 

Edvaldo tem extensa agenda I

Ontem o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, teve uma agenda extensa em busca de recursos para a capital. Esteve reunido –  juntamente com o governador eleito, Marcelo Déda -com a bancada federal de Sergipe, buscando garantir as três emendas que

tradicionalmente a cidade de Aracaju inclui no Orçamento Geral da União. Além disso, teve audiência com o ministro do esporte, Orlando Silva, com o fito de renovar e iniciar novas parcerias com o governo federal na área do esporte.

 

Edvaldo tem extensa agenda II

O prefeito também se encontra com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, para tratar de assuntos do interesse de Aracaju naquela Casa. Amanhã Edvaldo participa da reunião da Frente Nacional dos Prefeitos, que tem uma extensa pauta de discussão, e deverá abordar o problema da desoneração da tarifas nos transportes públicos, além de assuntos de reestruturação da própria Frente, hoje sob o comando do Prefeito, João Paulo, do recife.

 

Gestão do Centro Cultural do BB

No fim da semana, Edvaldo embarca para o Rio e São Paulo para conhecer o modelo de gestão do Centro Cultural Banco do Brasil naquelas cidades. A idéia é trazer o modelo de gerência para o Centro Cultural de Aracaju que funcionará na antiga sede da Fazenda, na praça General Valadão, cujo prédio, brevemente, estará sendo  reformado com recursos da própria PMA e do BNDES.

 

Governo cortou água e leite em Monte Alegre

De um leitor do sertão: “É triste a situação do sertanejo depois das eleições. O leite que era distribuído gratuitamente entre a população foi cancelado. Foi cancelado o fornecimento de água do povoado Maravilha e do Assentamento Raimundo Monteiro, município de Monte Alegre, que tinha sido reeligado, depois de passar  mais de três anos desligado”.

 

VIII Festa de Confraternização do Atheneu

Será realizado no próximo dia 02 de dezembro, no Colégio Estadual Atheneu Sergipe, a VIII Festa de Confraternização dos ex-colegas. A festa começará a partir das 13 horas com a recepção aos ex-colegas, logo após, às 15 começará o show com Núbia Faro. Depois show de calouros e por fim show com The Top`s.  Ingresso: R$ 13,00 (adquira seu ingresso antecipado e ganhe uma camisa) Venda no Studio Pilates situado a Av. Acrisio Cruz, 174. Fone: 3041-8288.

 

Veículos da polícia na área dos lagos I

De um leitor: “A nota “Veículos da polícia na área dos pedestres nos lagos I e II” não me causou nenhuma surpresa. Como freqüentador da Orla de Atalaia, já estou “acostumado” a ver os carros transitando na região (calçadas). Basta você ir a pista de skate e verá uma viatura da polícia militar estacionada em cima, ao lado da guarita dos policiais. Sobem tanto pela frente da Orla, como por trás. E por falar em pista de skate, gostaria de chamar atenção dos responsáveis da região. Para quem não conhece o local, a área fica ao lado da quadras de tênis da orla. É gradeada por uma estrutura metálica. Resumindo: um local para maravilhosa para prática do esporte Algum tempo atrás esta coluna noticiou um corpo estranho no local: um pombal! Isso mesmo, num local de uma parede de escalada instalaram uma morada de pombos-correios. Estranho, pode ser, mas nada igual ao que tem acontecido”, explica.

 

Veículos da polícia na área dos lagos II

Continua o leitor: “Primeiro a pista que servia 24 horas aos skatistas, começou a ser fechada com horário estabelecido, ou seja, o atleta que quer andar um pouco mais tarde, não tem direito. Por que será Energia Acho que não, os refletores ficam ligados até amanhecer. Duvido muito. Além disso, a entrada da pista do fundo, local que dá acesso ao pombal, está fechado. Será que é para não acordar o sono dos pombos Essa eu não sei responder mesmo. O que sei é que fui “vítima” desse fechamento. Tive que fazer a volta para adentrar ao local. Essas minhas colocações não são afirmativas (sobre a luz e os pombos), mas sim suposições. Em relação aos pombos, conheço todos os argumentos da associação. E por isso mesmo acho que eles deveriam ter um local apropriado, distante dos gritos de euforia dos skatistas. Seria bom para os dois (criadores de pombo e atletas). Já os carros, é bom que eles permaneçam na pista, que é o seu devido local”. Alberto Marques, jornalista e skatista há 20 anos. .A coluna vai procurar maiores com a associação dos pombos-correios.

 

Exames demoram no Centro de Referência

Indignação de uma paciente: “O Centro de Referência da Mulher não é tão de referência como divulgam por aí. Minha mãe fez uma mamografia no dia 06 de outubro deste ano e foi informada de que o resultado só sairia um mês depois, ou seja dia 06 de novembro. Vale lembrar que esse tipo de exame quando feito numa clinica particular fica pronto em apenas 03 dias. Porém mesmo com esse prazo enorme fui buscar o resultado dia 10/11 e para surpresa mais que desagradável ainda não estava pronto. Voltei dia 20 e adivinhe ainda não está pronto. Seria interessante que essas coisas fossem levadas mais a sério pois minha mãe já teve câncer de mama, agora faz os exames para monitoração, acompanhamento mas com essa demora para entregar resultados fica muito difícil”.

 

 

Projeto Casa da Criança

No próximo dia 29, a partir das 17 horas,  a Oncologia Pediátrica do Hospital João Alves Filho, vai ganhar novos ares com o Projeto Casa da Criança através do Instituto Ronald Mac Donald que este ano escolheu o local para desenvolver um trabalho de socialização, com a participação de dezenas de arquitetos, decoradores, empresas e engenheiros. A Oncologia estará de “cara nova”, totalmente reformada, desde o mobiliário à ambientação total do espaço.

 

Estado do Sergipe pede suspensão de processos I

O Estado do Sergipe ajuizou a Reclamação (RCL) 4753, com pedido de liminar, contra decisões da justiça trabalhista que tem recebido, processado e julgado dissídio instaurado por ex-servidora pública estatutária, ocupante de cargo em comissão. O ministro Carlos Ayres Britto é o relator da reclamação. Segundo o estado, a 5ª Vara do Trabalho de Aracaju (SE) e o Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT-20) têm analisado processos que envolvem servidor estatutário, mesmo quando provado que o vínculo dele não era de celetista – regido  pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O entendimento da justiça trabalhista sergipana, de acordo com a Procuradoria Geral do Estado (PGE-SE), “atenta contra o texto constitucional, e de forma direta, contra decisão dessa Corte de Justiça na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) de 3395, negando eficácia à decisão liminar do Supremo Tribunal Federal”.

 

Estado de Sergipe pede suspensão de processos II

Na ADI 3395, o Plenário do STF suspendeu qualquer interpretação do artigo 114, inciso I, da Constituição Federal, com redação dada pela EC 45/04, “que inclua, na competência da Justiça do Trabalho, a apreciação de causas instauradas entre o poder público e seus servidores, com base em vínculo de ordem estatutária ou de caráter jurídico-administrativo”.“A Constituição Federal ao tratar dos servidores públicos o faz no título relativo à organização do Estado, conferindo à relação mantida entre o servidor público ocupante de cargo ou função criado por lei, de provimento efetivo ou em comissão, e a Administração um caráter notadamente institucional e administrativo, não se confundindo com o contrato de trabalho”, sustenta a Procuradoria estadual.Dessa forma, a PGE-SE requer a concessão de liminar para suspender a prática de atos em processo em curso no TRT-20, contra o estado, ajuizadas por ex-servidora comissionada. Em caso de deferimento liminar, pede a comunicação, de imediato, da decisão ao juiz-presidente do TRT-20 e do juiz de Trabalho da 5ª Vara de Aracaju (SE).

 

 

Frase do Dia

 “O PSDB me deve mais do que eu devo ao partido em Sergipe”. Do deputado Ulices Andrade, ao explicar em entrevista ao radialista George Magalhães que vai deixar o PSDB após a diplomação e todo o grupo de dissidentes estuda os convites para filiação no PSB e no PMDB.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários