Balões de ensaio

0

Até que os partidos definam as chapas majoritárias para as eleições de outubro, políticos e comunicadores vão seguir praticando o conhecido exercício de futurologia. Nomes apresentados agora como candidatos não passarão de balões de ensaio. Para o governo estadual só estão praticamente definidas as candidaturas de Jackson Barreto (PMDB) e Eduardo Amorim (PSC). Nos bastidores trabalha-se o nome do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e, mesmo sem apoio declarado do PSDB, a jovem Grace Franco sonha e encabeçar a chapa tucana. A disputa para o Senado também permite mil e uma especulações, inclusive com lançamentos de pré-candidatos que não enchem uma cuia de votos. Portanto, evite fazer apostas agora, pois muita água rolará por debaixo da ponte antes que os partidos registrem as chapas majoritárias na Justiça Eleitoral.

Braços cruzados

Os policiais civis sergipanos estão em greve por tempo indeterminado. Em decisão tomada ontem à noite, eles resolveram só retornar ao trabalho quando o governo atender as reivindicações salariais da categoria. Os delegados de Polícia definem hoje se também cruzam os braços. Já os policiais federais lotados em Sergipe decidiram não aderir à greve nacional em defesa de uma política de segurança pública.

Dono do pedaço

O inquérito que tramita no Supremo sobre a contratação de rádios pela Assembleia expõe um detalhe interessante: há anos, o Legislativo sergipano só contrata os serviços das emissoras pertencentes ao dublê de empresário e político Edvan Amorim (PR). O que será que elas têm de diferente das demais rádios sergipanas para serem as queridinhas da Assembleia?

Na tora

O blog foi informado que um forte grupo político está tentando tomar o comando local do PDT, liderado em Sergipe pelo prefeito de Socorro, Fábio Henrique, e pelo deputado estadual José Franco. Para evitar a concretização da rasteira, os dois foram às pressas para Brasília. Além da tentativa do golpe, o prefeito e o deputado discutiram com a direção nacional pedetista sobre a sucessão estadual.

Ponto cortado

Os médicos que não estão comparecendo ao trabalho devem ter o ponto cortado. A sugestão é do vereador aracajuano Agamenon Sobral (PP). Segundo ele, o atendimento nos postos da capital é precário porque vários profissionais recebem da Prefeitura sem trabalhar. “Se o novo secretário da saúde tiver vergonha na cara, manda cortar o ponto de quem está enganando a população”, sugeriu. O vereador está certíssimo!

Petróleo e gás

A Universidade Federal de Sergipe inaugura hoje no campus universitário de São Cristóvão as instalações físicas do Núcleo de Petróleo e Gás (Nupeg), que abrigará sete modernos laboratórios para multiuso pelos diversos cursos. Orçadas em cerca R$ 20 milhões, as obras foram custeadas com recursos do Fundo Setorial do Petróleo e do Gás Natural e da própria Petrobras. Todos os laboratórios já estão em funcionamento nos diversos departamentos da Universidade.

Saindo pelo ladrão

A Ordem dos Advogados do Brasil fez uma óbvia constatação: os presídios sergipanos estão superlotados. Levantamento feito pela Coordenação de Acompanhamento do Sistema Carcerário atestou que as nove unidades prisionais do estado possuem 2.473 vagas, mas abrigam 4,4 mil detentos. Outro fato que chamou a atenção da OAB foi o elevado número de presos provisórios: eles são 60% dos internos de Sergipe.

Tapa na macaca

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB) entende que o Brasil precisa avançar no uso medicinal de substâncias derivadas da maconha. Ele fez a afirmação durante audiência pública para debater a descriminalização do porte de drogas para consumo pessoal e a constitucionalidade. Segundo Valadares, o debate trouxe luz a uma questão controversa, como o uso do canabidiol, que em alguns casos já é permitido pela Justiça brasileira.

Força tarefa

E o vereador aracajuano Emerson Ferreira (PT) defendeu a implantação de uma força tarefa para combater a venda e o consumo de birita para menores de 18 anos. “Existe a vinculação do consumo de bebidas alcoólicas com drogas ilícitas e acidentes de trânsito, que vitimam cada vez mais os nossos jovens”, discursa o petista.

Refinaria

Agora que deixou a cadeia, quando será que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, virá a Sergipe tratar sobre a instalação da refinaria de petróleo em Carmópolis? Antes de ir em ‘cana’, o moço andou por aqui anunciando que faria um investimento de R$ 120 milhões para produzir derivados de petróleo. Será que o estágio na cadeia o fez desistir do empreendimento?

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha de Sergipe em 23 de abril de 1908

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais