Bancada do amém

0

O governador Marcelo Déda (PT) reuniu ontem os deputados da situação para apresentar o ‘novo’ Proinveste e comunicar que o projeto segue para a Assembleia nos próximos dias. Foi mais um ato de cortesia com os aliados, pois estes, em minoria, não têm como reagir contra as exigências feitas pela robusta oposição para aprovar o projeto. Obedientes, os deputados situacionistas ouviram mais do que falaram e saíram da reunião comprometidos a votar no pacote, que deverá chegar ao Legislativo até o final do mês. O encontro serviu para deixar claro que, se antes já rezava fielmente na cartilha do Palácio,a partir de agora a bancada governista só precisa dizer amém aos caprichos da oposição.

Dia do fico

Apesar da forte reação popular contra a indicação do deputado Marco Feliciano (PSC) para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, o danado vai continuar no cargo. A decisão foi tomada ontem pela bancada cristã. O líder do PSC, deputado André Moura, explicou em detalhes o clamor da sociedade contra a indicação, porém a maioria preferiu manter Feliciano, que é acusado de homofobia e estelionato. Uma vergonha!

Cassado

E o presidente da Câmara Municipal de Areia Branca, Gilbran Ramos Boaventura (PDT), teve o mandato caçado sob a acusação de compra de votos. Para tomar a decisão, o juiz de Direito José Amintas Menezes fundamentou-se em gravações, num caderno de anotações do parlamentar e em prova testemunhal. Um eleitor confirmou que Gilbran autorizou lhe entregar 500 blocos de cerâmica em troca do voto. Danou-se!

Mais caro

Um conselho: não fique doente a partir do próximo dia 30. É que a partir desta data os preços dos remédios vão aumentar por determinação da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed). Caso não consiga evitar a enfermidade, procure um pai de santo ou uma rezadeira, pois o preço da ‘garrafada’ está bem mais em conta.

Lei Geral

Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e servidores públicos sergipanos participam hoje do "I Encontro Tribunais de Contas e o Desenvolvimento Local". O evento, que será realizado no Tribunal de Contas do Estado, em Aracaju, objetiva estimular ações visando implementar a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nos municípios sergipanos.

Perdoado

O jovem Clístenes Lima Silva foi ontem ao gabinete do deputado estadual Venâncio Fonseca (PP) pedir desculpas por ter postado no twitter que os deputados iriam receber R$ 5 milhões para aprovar o Proinveste. Após ouvir o arrependido cidadão, Fonseca o desculpou. “Além de perdoá-lo, parabenizei pela humildade de reconhecer o erro”, disse Venâncio.

Latas velhas

Ao tempo em que promete tarifas especiais para comemorar o aniversário de Aracaju, a Avianca atrapalha a vida dos passageiros. Ontem, o voo da empresa, que deveria ter decolado às 7h15, só saiu do aeroporto Santa Maria por volta das 14h. Desse jeito não adianta reduzir o preço da passagem. É aí que o barato sai muito caro.

Dívida

Em discurso ontem na Câmara de Vereadores, o secretário de Finanças de Aracaju, Nilson Lima, voltou a dizer que a administração passada deixou uma dívida de R$ 149 milhões. A queixa é justa, mas agora não resta outra alternativa ao prefeito João Alves Filho (DEM) que não seja pagar os ‘papagaios’ deixados pelo comunista Edvaldo Nogueira.

Sem água

É feia a situação em Ribeirópolis. Segundo o deputado estadual Antônio Passos (DEM), a população está enfrentando sérias dificuldades com as constantes faltas d’água. O demista apela para que a Deso adote medidas urgentes visando normalizar o abastecimento no município. A empresa alega que as bombas estão quebradas, mas o deputado suspeita que a seca seja motivada pela redução do lençol freático.

PTB na TV

De hoje até sexta-feira próxima o PTB terá espaço nas inserções gratuitas concedidas aos partidos políticos no rádio e na televisão. Neste momento, trata-se de uma veiculação a cargo do diretório estadual do partido. Segundo o jornalista Eugênio Nascimento, como o presidente local do PTB é o empresário Edivan Amorim, tem muita gente apostando que as inserções dos trabalhistas reservam surpresas para todos.

Do baú político

Em maio de 2011, o time do Estanciano deixou o governador Marcelo Déda (PT) e os torcedores na maior saia justa. Foi durante a festa de reinauguração do Estádio Augusto Franco, o “Francão”. O jogo festivo entre o Estanciano e o Rive Plate era válido pelo Campeonato Sergipano, e o time da casa precisava vencer, sob pena de ser rebaixado para a 2ª divisão. Tudo pronto, o governador foi ao centro do gramado e deu o pontapé inicial. A partir de então, o Rive Plate começou a fazer gols um atrás do outro. No final do 1º tempo, já vencia por quatro a zero. Insatisfeita com a terrível atuação da equipe, a torcida começou a vaiar. Percebendo o clima ruim, Déda e sua comitiva decidiram ir embora antes do fim da goleada de seis a zero. Pior foi para os jogadores do Estanciano, que, ao retornarem à pousada, encontraram suas coisas na calçada da rua, pois há três meses que o dono da estalagem não recebia um centavo. Este foi, talvez, o pior vexame vivido por um time de futebol sergipano.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais