Bancos aceitam notas carimbadas

0

Há poucos dias registramos aqui neste colunão a nova façanha do PT, qual seja, a de carimbar o papel moeda com o rosto do ex-presidente Lula da Silva ou a frase “Lula Livre”. O Banco Central voltou atrás e agora emitiu outra nota para informar que os bancos e as casas lotéricas são obrigados a aceitar a nota carimbada que deve ser trocada imediatamente por uma nota nova, sem rasuras. É uma operação gratuita, não custa nada ao portador – mas o portador da nota carimbada pode ser denunciado à Polícia.  O Banco Central esclarece: “Cédulas com rabiscos, símbolos ou quaisquer marcas estranhas podem ser trocadas ou depositadas na rede bancária.  As notas descarecterizada apresentadas na rede bancárias serão recolhidas ao Banco Central para destruição”. A nota informa ainda que o comércio não é obrigado a aceitar as notas, mas os bancos são.

SESI está completando 70 anos

O Serviço Social da Indústria – o conhecido SESI –está completando este ano setenta anos de sua presença no Estado de Sergipe. Criado em 1º. De julho de 1946, no Brasil, o SESI atua em 26 estados e no Distrito Federal. Ao longo de todos esses anos tem  se dedicado a atender as demandas da indústria através de ações que aumentam a produtividade e competitividade com a atenção voltada para o trabalhador. A partir de 1948, com o surgimento da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) instalou-se o Departamento Regional do SESI no Estado, ampliando assim a qualidade da indústria local. O SESI fica sempre de olho na educação, saúde e segurança no trabalho e promoção da saúde na indústria, por isso promove ações voltadas para os temas: alimentação saudável, esporte e lazer e conscientização quanto à redução de risco de acidentes e prevenção de doenças.

CEAC trabalha com novo formato

A partir de hoje, 7 de maio, o Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC) da Rodoviária e os serviços de emissão da carteira de identidade em todas as unidades do Centro passam a funcionar em novo formato. O CEAC da Rodoviária passa a ter seu horário de atendimento diferenciado, das 7h15 às 12h45. Já os serviços da SSP serão realizados apenas por agendamento em todas as unidades dos Ceacs. Esse formato por agendamento foi colocado em prática em 2012  e conseguiu desde logo fomentar no cidadão a importância do agendamento.

Quem fabrica o melhor pão

Quem fabrica o melhor pão francês da Grande Aracaju? A campanha que busca avaliar o item mais consumido no café da manhã dos sergipanos chega a sua quarta edição buscando reconhecer mais uma vez o talento dos panificadores e melhorar ainda mais a qualidade do produto comercializado nos estabelecimentos. A campanha faz parte do Projeto Indústria Transformadora de Farinha de Tribo , desenvolvido por meio de uma parceria entre o Sebrae, o Moinho Motrista e o Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado de Sergipe (Sindipan-SE).  Podem participar do concurso os estabelecimentos formalizados como microempreendedor  individual, microempresa e empresa de pequeno porte sediados nos cinco municipios. Neste ano, ao contrário de anos anteriores, os candidatos preparam seus  produtos e uma equipe de avaliadores percorrerá os estabelecimentos entre os dias 7 a 11 de maio. Os municípios que participam do concurso são Aracaju, Barra dos Coqueiros, São Cristovão, Laranjeiras e Itaporanga.

Canto Vivo promove Dia Verde

Com o intuito de proporcionar bem estar e cuidar do meio ambiente, o Instituto Canto Vivo vai promover o Dia Verde na Croa do Goré, Praia do Viral e Ilha dos Namorados. A programação ocorre no dia 26 dia 26 de maio e conta com passeio de catamarã pelas praias de água doce do Rio Vaza Barris e visita às principais praias e ilhas do estuário. O plantio de mudas de árvores por cada um dos participantes também compoá as atividades realizadas no Dia Verde. O pacote custa  R$ 10, inclui passeio, stand up, alimentação e translado. Para se inscrever basta ligar para 3022-7090. A saída será as 7h na sede da ONG, localizada na Avenida Beira Mar, 308, na praia 13 de Julho.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários