Bastos & Cachoeira: PT na berlinda

0

Por mais que se tente passar que estava no papel de advogado, foi difícil para boa parte da população brasileira aceitar e “engolir” sem pensar em algo mais escuro nos bastidores a presença do ex-ministro da Justiça no governo Lula, Márcio Thomaz Bastos ao lado do contraventor Carlos Cachoeira durante o Não-depoimento na CPI que investiga o relacionamento dele como agentes públicos.

Como ministro atuante a imagem de Márcio Thomaz Bastos se fundiu por muito tempo com a imagem do próprio presidente Lula e, consequentemente, a do Partido dos Trabalhadores. Márcio Thomaz Bastos sempre foi definido como um homem de esquerda com uma ideologia bastante definida.

O problema é que por mais que ele tente separar a imagem dele do ex-presidente Lula e do PT é difícil. Principalmente quando a investigação na CPI não é um crime comum e sim o chamado crime do colarinho branco. E que tem forte conotação política envolvendo vários políticos e partidos, inclusive o PT.

Ficam no ar alguns questionamentos: o que leva um ex-ministro bem sucedido em sua carreira jurídica defender um contraventor que está envolvido com vários políticos? A questão financeira não vale. Hoje, Márcio Thomaz Bastos é um homem bem sucedido financeiramente. Como fica a cabeça de um advogado ao receber dinheiro de um contraventor? Será que ele pergunta a origem do dinheiro?

Sei não caro leitor. Ao ver Cachoeira e Thomaz Bastos sentados lado a lado ontem na CPI o titular deste espaço ficou com a impressão que a imagem da Justiça estava ali. E não só ela, mas também Lula e o PT pareciam referendar toda aquele dramalhão mexicano.

Se fosse um advogado em início de carreira, existiriam várias justificativas. Porém, é um advogado que não precisa mostrar mais nada profissionalmente e não precisa de mais nada financeiramente.

Parece que a Justiça brasileira ficou mais pobre ontem nos seus valores éticos e morais.  O episódio mostrou que a ética perdeu para uma cachoeira que encontrou uma barragem  no caminho impedindo que suas águas deságuem no rio da transparência e do respeito ao dinheiro público.

Luta do PSD pelo Fundo Partidário
Tramita no TSE o pedido do PSD para garantir o horário e o fundo partidário. Até o momento dois ministros votaram favoráveis ao pedido do PSD e um contra. Outro pediu vistas. O secretário geral do partido em Sergipe,o ex-deputado Jorge Araújo lembra que a lei permitiu criar um novo partido e deve permitir também que tenha vida própria. “Não sou jurista, mas é como se permitisse uma criança nascer, mas não permitir que ela viva igual as outras”.

Projeto anistia candidato com conta rejeitada I
(FSP): A Câmara dos Deputados aprovou ontem projeto que altera regra do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e autoriza a candidatura de políticos que tiveram contas de campanhas anteriores rejeitadas pela Justiça Eleitoral. A proposta foi aprovada no plenário apenas 13 dias após a sua criação. Agora ela segue para votação no Senado. O texto apresentado pelo deputado Roberto Balestra (PP-GO) determina que o candidato fique sujeito apenas ao pagamento de multa.

Projeto anistia candidato com conta rejeitada II
A aprovação do projeto ocorre dois meses depois de o TSE aprovar resolução em que determina o oposto do previsto no texto de Balestra. "É certo que a simples rejeição de contas de campanha eleitoral não pode, sem outras considerações, conduzir à restrição dos direitos políticos", justifica Balestra. "Havia uma demanda para o TSE reconsiderar [a resolução], mas, como o tribunal não tinha se pronunciado, a Câmara resolveu aprovar essa anistia a quem não teve conta aprovada", afirmou ontem o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ). Seu partido, que tem três deputados federais na bancada, foi o único a se posicionar contra a proposta.

Celeridade para criação do TRF da 8ª Região
O senador Eduardo Amorim (PSC) fez uso da palavra na tarde de ontem, 22, no Plenário do Senado para destacar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 544/2002, oferecida pelo ex-senador Arlindo Porto (PTB-MG). O ex-parlamentar propunha a criação dos Tribunais Regionais Federais da 6ª Região, com sede em Curitiba; e da 7ª Região com sede em Belo Horizonte.

Tramitação
"Durante sua tramitação nas duas Casas, a PEC, recebeu emendas para a criação de outros dois Tribunais Regionais Federais, os da 8ª Região com sede em Salvador, contemplando os Estados de Sergipe e Bahia e o da 9ª Região, com sede em Manaus", informou Eduardo Amorim.

Em defesa do Rei do Baião
Amigos leitores  usem esse canal, diariamente, para repudiar a programação junina das cidades de Aracaju e Capela pela inclusão dos shows de Gustavo Lima e Michel Telô no ano do centenário do Rei do Baião. Respeitem a memória e a obra do nosso Luiz “Lua” Gonzaga.

Presidente da Funasa em Aracaju
O presidente da Funasa, Gilson Queiroz, estará em Aracaju nesta quarta-feira (23) onde participará de uma reunião de trabalho cujo objetivo é elaborar o Planejamento/2012 da Superintendência Estadual da Fundação em Sergipe (Suest/SE). O evento será realizado no Del Canto Hotel e, na ocasião, Gilson Queiroz fará uma apresentação sobre a Universalização do Saneamento Ambiental no Brasil .

O TJ/SE e os investimentos estratégicos em TI
O Tribunal de Justiça de Sergipe avança na gestão de projetos e se torna referência em execução de planejamento estratégico. A instituição adquiriu uma série de soluções, a exemplo do Microsoft EPM – Enterprise Project Management – que proporcionarão um gerenciamento mais eficaz, centralizado e célere. As soluções, implementadas pela ADX, empresa de projetos e governança de TI, já começaram a ser utilizadas pelo TJ/SE e em breve estarão em pleno funcionamento. As expectativas são animadoras.

Acompanhamento
Assim que a ferramenta estiver alimentada com todas as informações estratégicas, será possível acompanhar o andamento dos projetos em tempo real e de qualquer lugar do mundo, em um ambiente colaborativo, padronizado e inteiramente integrado. Esse e outros investimentos fazem com que o TJ/SE seja referência na gestão e execução de processos e do planejamento estratégico. Em pouco tempo, os frutos do investimento serão revertidos para a sociedade. 

Agilidade e resultados concretos para o cidadão
“Se nós perdemos menos tempo alimentando planilhas, coletando informações, buscando documentos, conseguimos nos dedicar mais e melhor às atividades estratégicas da instituição. Somando-se a isso, a gestão mais ágil dos projetos e programas diminui o tempo de resposta para a efetividade das metas, trazendo resultados concretos para o cidadão, que tem à disposição uma justiça mais ativa, rápida e transparente”, explica o chefe da divisão de estatística e planejamento estratégico, Fabrício Silvestre.

Novos conselheiros do Sebrae tomam posse
O presidente Antônio Carlos de Araújo deu posse nesta terça-feira, 22, aos novos integrantes do Conselho Deliberativo do Sebrae. Vera Lúcia de Oliveira e Saumíneo Nascimento passam a ocupar as cadeiras de titulares do Banco do Estado de Sergipe e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia (Sedetec), respectivamente.  Durante a reunião, o empresário Carlos Augusto Franco Guimarães também foi nomeado para a suplência da cadeira destinada à Sedetec . O Conselho é composto por 15 entidades e tem a responsabilidade decidir sobre políticas e diretrizes da instituição, além de promover ações de orientação e acompanhamento das atividades do Sebrae.

Invasão do mangue na avenida que margeia a Coroa do Meio
O blog já denunciou por várias vezes, inclusive com fotos, mas parece que a Prefeitura de Aracaju, através do órgão responsável (será a Emurb?) espera que alguém construa um “puxadinho” para tomar as devidas providências. Na Avenida Desembargador Antônio Gois, que margeia o mangue da Coroa do Meio, um dono de uma empresa de pré-moldado está utilizando o local como depósito e já até fez uma rampa para estacionar o veículo. Sem falar que em vários pontos estão depositando entulhos.

Ciclovias
É preciso também que a Emurb e a SMTT façam o acompanhamento das estruturas das ciclovias mensalmente. Alguns pontos na Avenida Tancredo Neves e no DIA (entre o terminal e o São Conrado) estão com a estrutura levantada. É preciso uma recuperação rápida antes para não prejudicar os ciclistas.

Ópera Tosca
A Orquestra Sinfônica de Sergipe preparou uma inesquecível apresentação que acontecerá nesta quinta-feira, 24 e no sábado, 26. Trata-se da Ópera Tosca de Giácomo Puccini, que será executada em forma de concerto pela ORSSE. A apresentação acontece no teatro Tobias Barreto, a partir das 20h30 e contará com a regência de Guilherme Mannis, a soprano Daniella Carvalho e com a participação dos Coros Adulto e Infantil da Orquestra. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro.

Jenner Augusto: livro sobre sua vida e obra será lançado amanhã, 24, em Salvador
O Procurador do Estado de Sergipe Mário Britto e Zeca Fernandes lançam, no espaço "Villa Augusta", na Avenida Princesa Isabel, 665, em Salvador (BA), amanhã, 24, a partir das 19h, o livro “Jenner Augusto – Vida e Obra”, que é ilustrado com obras de Jenner Augusto, fotografadas pelo seu filho, Guto Silveira. A noite contará ainda com uma exposição da obra, de diferentes fases, do artista plástico sergipano Jenner Augusto. O exitoso lançamento do livro e exposição, em Aracaju, aconteceu em Dezembro de 2011.O evento será promovido pela Catabas Empreendimentos Imobiliários, empresa baiana que atua no seguimento imobiliário, construindo e vendendo grandes e inovadores empreendimentos residenciais e comerciais e que este ano comemora seus 25 anos de fundação.

Chico Bento pede para 'dona Dirma' vetar Código Florestal
Editoria da Folhinha (FSP):Por essa, dona "Dirma" não esperava. Chico Bento, personagem caipira de Mauricio de Sousa, entrou na campanha contra o novo Código Florestal, que deverá ser aprovado ou vetado pela presidente até esta sexta-feira. "Nóis percisa das mata, dos rio, dos peixe… I tá todo mundo achando qui isso vai sê mexido pra pior!", diz Chico Bento, que aparece no desenho ao lado de seus amigos e diante de várias árvores.

Imagem divulgada pelo twitter
A imagem foi divulgada por Sousa em seu Twitter, na noite de segunda. Ontem, ele postou outras mensagens contra o código e aderiu ao movimento "Veta, Dilma".À Folha Sousa afirmou não conhecer todos os pontos do texto, mas disse ser contra os "nevrálgicos, que ameaçam várzeas, manguezais". Ele afirmou que já se interessava pelo código, mas que agora "deu uma vontade de fazer algo mais forte para chegar à presidente, por isso apelei aos personagens." O cartunista elogiou Dilma e disse que ela "tem as melhores intenções e enfrenta os problemas políticos". Ao final da mensagem, Chico Bento diz que, se "dona Dirma ajudá pra isso num acontecê, nossa gente vai agardecê por toda vida".

Trabalho do Batalhão de Choque nos estádios
Quem já assistiu a uma grande partida de futebol em um estádio sabe o quanto as emoções das pessoas se manifestam quando o time querido vai ao gramado, especialmente quando é para decidir um título. E para garantir que, nos momentos de mais ação e de sentimento intenso, ninguém saia ferido ou o espetáculo da bola seja prejudicado, entram em cena equipes especializadas da Polícia Militar de Sergipe, com destaque para o Batalhão de Policiamento de Choque (BPChq).

Todo jogo é uma decisão
"Qualquer jogo é importante para nós, é uma decisão, pois envolve a segurança de pessoas. E se tratando de um evento que chega a reunir mais de 10 mil torcedores, essa responsabilidade se multiplica exponencialmente. Por isso, assim como no futebol, nós nos qualificamos, treinamos, planejamentos e cobramos muito para que tudo dê certo", explica o comandante do BPChq, major Carlos Rolemberg.

Efetivo
São cerca de 60 soldados por partida. Assim como os jogadores utilizam caneleiras e chuteiras, os soldados recebem os equipamentos de proteção individual e armamentos não-letais para contenção de distúrbios, como capacete, colete, bastão e escudo. Ainda sem qualquer movimentação dos torcedores, por volta das 14h15, todo o efetivo é distribuído. Parte dos homens e mulheres – elas são cerca de 5% no Choque – é designado para formar patrulhas nas arquibancadas e acessos, cerca de de 10, com uma média de cinco integrantes, cada uma.

Isolamento e pontos vulneráveis
Os policiais militares também realizam o isolamento das torcidas rivais, a tomada de pontos vulneráveis (como escadas e portões) e a seguranção da comissão de arbitragem. Um grupo do Canil é designado especialmente para se posicionar com cães, altamente adestrados, nos extremos do campo, para entrarem em ação em caso de invasão de torcedores. Essa movimentação é toda verificada para que, uma hora antes do início da partida esteja tudo pronto. "O acompanhamento é constante, seja visualmente, ou via rádio", explica Rolemberg.

Papel importante
"Encerramos mais uma batalha. Agora é voltar a se preparar para os trabalhos na Copa Governo do Estado, Campeonato Sergipano da Série A2 e Campeonato Brasileiro da Série D. Graças a Deus, em mais de 100 jogos que fizemos a segurança das partidas em estádios da capital e do interior neste ano, nenhum fato mais grave foi registrado. Esperamos continuar desempenhando esse papel, com a ajuda de cada policial militar do Batalhão de Choque e da corporação como um todo", agradece o major Rolemberg.

Dr. Costa Neto no Entre Amigos
O juiz da Comarca de São Cristóvão Dr. Manoel Costa Neto foi o entrevistado do programa Entre Amigos, falou sobre a zona de expansão e diversos outros temas, mas dentre os assuntos abordados o que mais lhe preocupa é o alto índice de marginalidade em São Cristóvão e adjacências. Clique no link para assistir: 
http://www.youtube.com/watch?v=VmWwprjkd34

Categoria no Forró
Fazendo uma alusão à classe dos economiários (Caixa Econômica Federal), a Associação do Pessoal da Caixa (APCEF/SE) estará promovendo no próximo dia 06 de junho, véspera de feriado, o "Forró de Categoria". O evento será realizado no Clube da Caixa, av. Melício Machado, a partitr das 20h. Terá a participação da banda Skema de Três e CIA, além de trio Pé de Serra, que homenagearão, claro, Luiz Gonzaga, no ano de centenário de nascimento. Ingressos à venda na ACEF ou na portaria do clube.

Lançamento
A Jotanunes Construtora, genuinamente sergipana, acaba de lançar o Mais Viver Terra Bela Condomínio Clube. Localizado na Avenida Euclides Figueiredo, no bairro Cidade Nova, em Aracaju, o empreendimento alia a moradia à segurança, lazer, conforto e qualidade Jotanunes. Perto de tudo que uma família moderna precisa, ele está bem próximo ao Terminal Maracaju, como também, a cinco minutos do Shopping Prêmio, um diferencial para quem busca mais conforto e facilidade no quesito moradia. Mais informações pelo telefone 2105. 5800 ou pelo email vendas@jotnaunes.com.

PELO TWITTER

www.twitter.com/sergioalves1  Pare de ser o cara do copo meio vazio. Existe chance? Arrisque. #BomDia

www.twitter.com/rosangeladoria  Hora de ir! Um bom trabalho a todos! E não esqueçam: fiquem longe de alagamentos e gente chata! Os dois estragam seu dia!

www.twitter.com/MayuMatsunae  Minha cama me sequestrou! Não consigo sair rsrsrs #help

www.twitter.com/Adalberto_Pro f Bom dia aos que lutam cotidianamente para além da política do eu com vistas a dignidade humana.

www.twitter.com/LeoOlliveira  Bom dia. Vamos priorizar o que realmente vale a pena e deixar de lado o que só te faz mal.

www.twitter.com/Rafael_Salomao  Por favor, não trate a criança como adulto, ela está ainda aprendendo, se conhecendo, ajude-a amorosamente a construir seus valores ético…

www.twitter.com/Rafael_Salomao …e estéticos, permita que ela desfrute da alegria de se vestir como criança, de fantasiar, de ler histórias, de sonhar, de ver uma vida melhor agora e no futuro.

www.twitter.com/CharlesDesigne Não confunda. Sou humilde, não idiota. Sou compreensivo, não palhaço.

ESCLARECIMENTOS/LAGARTO

O declarado e uma publicação criminosa
Por Ferreira Filho Secretário de Comunicação de Lagarto: Acordo todas as manhãs e costumeiramente leio as notícias e fatos que acontecem em Sergipe, principalmente, sobre política.
Dentre os sítios e blogs selecionados para minha leitura matinal está o do jornalista Cláudio Nunes, o que considero bastante experimentado na desenvoltura dos seus comentários, entretanto, me estarrecem as duas últimas publicações nos dias 21 e 22, onde trata do município de Lagarto.
Na primeira o colunista refere-se sobre uma possível reconciliação entre o ex-prefeito de Lagarto, Cabo Zé, e o atual, Valmir Monteiro, tendo como referência para tal um encontro comercial do deputado estadual e sobrinho, Gustinho Ribeiro, que manifestou interesse de contratar um horário na Eldorado FM de propriedade de seu tio.
Do encontro o jornalista noticia que nos bastidores da política do município, “comenta-se”, que se tratava de um ponta pé para a reconciliação do Cabo com Valmir.
Normalmente acontece que numa apuração ouvem-se os envolvidos para melhores esclarecimentos.
Estranhou-me a publicação do dia seguinte, 22, quando Cláudio publica a oitiva de Cabo Zé, que nunca fora procurado por Valmir para essa possibilidade, além de não perceber a incoerência das manifestações do declarante, quando, criminosamente, faz propaganda eleitoral antecipada, declara dados estatísticos que exige registro para divulgação, e o pior, sem qualquer fundamento.
A diferença declarada e publicada pelo blog depreciando o pré-candidato, Valmir Monteiro, está referida para qual possível adversário, já que são citados os nomes de sua esposa e do pré-candidato do PSDB?
Não bastasse esse conflito estatístico, o jornalista sequer ouviu o atual prefeito, como também publicou de forma panfletária a declaração criminosa do Cabo Zé, no seu comentário de abertura na sua página.

Esclarecimentos do Blog
As duas publicações no blog sobre a política de Lagarto, nos dias 21 e 22 não foram frutos de entrevistas feitas pelo titular deste espaço. A primeira, sobre a reunião de Cabo Zé com Gustinho, foi uma declaração publica do próprio ex-prefeito no programa de rádio que apresenta na Eldorado FM. O blog apenas analisou as possíveis consequências. E o que foi publicado ontem é de pura responsabilidade do ex-prefeito Cabo Zé que ligou para o titular deste espaço. O blog é um espaço opinativo e nunca deixou de publicar nenhuma informação solicitada pelo prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro. As declarações publicadas ontem foram do ex-prefeito Cabo Zé e não a opinião deste espaço. Lamentavelmente a assessoria de comunicação que passar a responsabilidade da autoria para o blog, quando na verdade sabe que a responsabilidade é do ex-prefeito Cabo Zé.

DO LEITOR

A triste cultura do "jogar no mato"
Do leitor Virgílio Cardozo: “Infelizmente vemos a toda hora permanecer em nosso meio a cultura do "jogar no mato"; creio que isso se deva a um costume antigo e que remonta desde os primórdios da nossa cidade onde as casas eram dispersas uma das outras e eram construídas em terrenos imensos e tinha quintais enormes. Nesta época, tudo aquilo que não tinha serventia era jogado rotineiramente no "mato" e parece que tal prática perdura até hoje, pois, é comum vermos quase que diariamente restos de construção jogados nas esquinas ou em terrenos em que até mesmo o Poder Público diariamente ou semanalmente vai lá e recolhe com sua máquinas e caçambas para locais próprios; outras vezes é o vizinho que poda sua mangueira ou seu coqueiro do quintal e sacode tudo que retirou no terreno de frente à sua casa ou no da esquina ou em algum terreno baldio qualquer; é o morador de condomínio que não quer mais um sofá, uma cama, um colchão, um armário, um ar condicionado ou até mesmo um vaso sanitário e sacode tudo na calçada do prédio, mesmo sabendo que ali não é o local adequado e que o caminhão do lixo não recolhe aquilo, prá não dizer das cascas de amendoim, palitos de picolé, latas de cerveja, pontas de cigarro, etc, lançadas a toda hora em via pública; certa feita presenciei um camarada que reside na beira mar (próximo ao João do Alho) atravessar a avenida e sacudir um saco de lixo em pleno Rio Sergipe, é claro que o deixei à vontade para também não ter o mesmo destino; naquele local, quando a maré está seca podemos ver pneus, restos de geladeira e até mesmo móveis dentro do rio, ou seja, é a cultura primitiva e da ignorância e de que jogando o lixo no "mato" o problema estará resolvido e ficaremos livre daquele entulho que antes havia em casa sem refletirmos dos efeitos nefastos para com a cidade que vivemos. Depois, quando chega a época das chuvas, vamos reclamar do poder público como se este fosse o responsável pelo entupimento dos bueiros pelo lixo que jogamos "no mato" a toda hora, fazendo a cidade ficar alagada por conta do não escoamento das águas das chuvas.
ACORDA MINHA GENTE! O QUE NÃO SERVE DEVE SER JOGADO NO LIXO, DEVIDAMENTE ACONDICIONADO E EM LOCAL PRÓPRIO, NÃO NO MEIO DA RUA, POIS, "MATO" ALGUM EXISTE MAIS!”

Falta fiscalização nos preços dos combustíveis
Do leitor Messias Gonçalves: “Não há como não acreditar que em Aracaju ou mesmo o próprio estado de Sergipe, existe o cartel dos preços de combustíveis, praticados pelos proprietários dos postos.  Na semana passada, os postos localizados próximo a TV Aperipê, o da praça da bandeira, os dois na Hermes Fontes e o do DIA indo para o Orlando Dantas, praticavam preços de gasolina, próximo dos R$ 2,53, 2,55. Nesta semana, todos estão operando preços entre R$ 2,75, 279 entre outros. Por curiosidade, conversando ontem com uma proprietária de posto, lhe indaguei se teria havido algum reajuste por parte das distribuidoras. Obtive como resposta, um não. E que segundo ela, eles aumentaram porque  estavam vendendo barato. E por isso, aumentaram.Quer dizer que é assim que funcionam. De repente todos têm a mesma idéia, a mesma decisão, sem haver uma combinação. Com a palavra aqueles que detêm o poder de fiscalizar. Ou seria bom que a população também de repente tivesse a mesma decisão e passassem uma semana pelo menos sem abastecer os seus veículos.  Queria ver se eles não voltariam atrás desta decisão”

ARTIGO

Ainda bem que temos os torcedores e os cronistas sergipanos! *Joseilton Nery Rocha

Após cerca de quatro meses, o Sergipão/2012 foi concluído com uma vibração contagiante. Graças a Deus, à grandiosa atuação da imprensa esportiva e à tesão dos torcedores. Isso prova a abnegação de cronistas e que o torcedor sergipano adora futebol, principalmente os jogos de grande apelo. A torcida do Tremendão da Serra deu um show à parte, em todo o certame, porém destaco também a torcida do Dragão do bairro Industrial e, na reta final, os diabos rubros. Todavia, se dependesse apenas da gestão da FSF, teríamos somente gafes irreparáveis. Mencionamos algumas.

No tocante à elaboração da tabela, a entidade mater não se prestou ao equilíbrio e à racionalidade. Na primeira fase, estabeleceu os quatro jogos iniciais da AD Confiança, em Aracaju. As agremiações foram cúmplices no equívoco, pois aprovaram a tabela que privilegiou sobremaneira os azulinos. E houve proveito. Segundo, deixou, na segunda e oitava rodadas da segunda fase, o Batistão sem nenhuma partida. Isso mesmo, Aracaju, o município com a maior população e, por conseguinte, detentor da esmagadora maioria de torcedores, privado do futebol profissional em tardes de domingo.

Quanto à comunicação institucional, a ação da FSF foi precaríssima. Observou-se, em todo o campeonato, um portal de notícias eletrônicas desatualizado. A impontualidade foi uma marca registrada do seu site. Até cerca das 16h da sexta-feira, 18, véspera da decisão, não havia sequer uma notícia acerca da última partida do Sergipão. Nem até a terça, 22. Também, a Federação não dialoga com os torcedores. Faça colega torcedor uma visita ao portal da Federação Alagoana ou da Baiana. Numa quadra em que a informação é uma ferramenta estratégica para o êxito, a consolidação e o crescimento de qualquer atividade, é de se estranhar a inapetência dos dirigentes da FSF, para as novas tecnologias.

Após o encerramento da competição, outras sensacionais mancadas. Numa peça publicitária, promovida pela FSF, sob o título “Venceu o Futebol Sergipano!”, se constatam duas pérolas: a) a família sergipana “deram um show de civilidade”. A culpa pelo atentado à gramática, provavelmente, deverá ser remetida à empresa de publicidade contratada ou à impressora!; b) o esquecimento dos distintivos do Lagarto FC e do Sete de Junho EC associações participantes do Sergipão/2012 e a lembrança dos scudettos do meu América FC e do Estanciano EC que, por sua vez, não se fizeram presentes no certame findo.

E, quando se tinha tudo para premiar os vitoriosos somente com alegria, algumas frustrações. O troféu na cor vermelho. Que tamanha gafe! Já pensou se o título fica com os azuis? O número insuficiente de medalhas para o campeão. Não há de que por a culpa nos fabricantes ou fornecedores. Afinal, quem os escolheu? As empresas são inidôneas?

Não era isso, o que os torcedores esperavam da FSF. Exceto o protagonismo pelo retorno da Copa Nordeste, a “renovada” direção da mentora não começou bem. Nada de medidas criativas. Sabemos da seriedade e da capacidade de Milton Dantas e de Gilson Dória. Comenta-se acerca do tino empresarial de Henrique da Competir. Mas precisam tomar as rédeas na busca do novo. Ouvir os torcedores e a imprensa. Enquanto torcedor sonhador, desejo que a FSF e as próprias associações reavaliem as suas posturas, no modo de gerir o nosso futebol, e adotem ações inovadoras em favor do seu restabelecimento.

*É torcedor do América FC. Mas, sobretudo, do futebol sergipano.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun  
  
Frases do Dia
“Se você tem conhecimento, deixe os outros acenderem suas velas nele.” 1810 – Margaret Fuller, jornalista e feminista norte-americana, nasceu em 23 de Maio de 1810 e morreu em 1850.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários