Belivaldo imita JB

0

O governador Belivaldo Chagas (PSD) plagiou seu antecessor Jackson Barreto (MDB) ao declarar que não será mais candidato “nem a síndico de condomínio”. Após se reeleger para o governo em 2014, JB prometeu pendurar as chuteiras da política, abrindo espaços para os mais jovens. Até sugeriu às lideranças com a idade dele que fizessem o mesmo. Achando pouco, Barreto ainda apelou ao povo para não votar nele caso resolvesse quebrar o juramento. A promessa não durou nem até o fim do mandato. Em 2018, desdizendo o que tinha dito, Jackson se candidatou ao Senado e foi rejeitado pelo eleitorado. “Viciado” por política, JB já está em campanha por uma cadeira na Câmara federal. Quando alguém o lembra da promessa, ele é categórico: “Não digo mais nunca que não serei candidato”. Tomara que, tal qual o seu antecessor, governador Belivaldo Chagas também não se arrependa do que acaba de prometer. Marminino!

Votando errado

Parte da bancada federal de Sergipe deu dois trágicos votos em menos de um mês. No final de junho, os deputados Bosco costa (PL), Fábio Reis (MDB), Fábio Henrique (PDT), Fábio Mitidieri (PSD), Gustinho Ribeiro (SD), João Daniel (PT) e Laércio Oliveira (PP) votaram para perdoar os políticos fichas-suja para que estes suplicantes continuem se elegendo e se locupletando com o dinheiro do povo. Na semana passada, os deputados Bosco Costa (PL), Fabio Reis (MDB), Gustinho Ribeiro (Solidariedade), Laercio Oliveira (PP) e a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) votaram a favor do aumento do Fundo Eleitoral, que passou de R$ 2 bilhões para exagerados R$ 5,7 bilhões. Home vôte!

Nova desembargadora

A aposentadoria do desembargador Alberto Romeu Gouveia Leite faz a juíza Maria Angélica França e Souza ascender ao Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe, por antiguidade. A magistrada só ficará no cargo por quatro meses, pois completará 75 anos e terá que se aposentar compulsoriamente. A opção para substituí-la é o juiz de Direito Gilson Félix, também pelo critério de antiguidade. Depois de Maria Angélica, os próximos desembargadores do TJ a se aposentar são Osório Ramos Filho, em maio de 2022, e José dos Anjos, em agosto e 2022. Essa informação é do blog Primeira mão!

Recesso menor

O recesso parlamentar dos deputados estaduais e vereadores de Aracaju será bem menor do que os costumeiros 30 dias. O Legislativo sergipano reiniciará as sessões plenárias no próximo dia 2, já de forma presencial, mas sem público nas galerias. Por sua vez, a Câmara da capital retorna às atividades parlamentares no dia 1º de agosto, um domingo. A expectativa da presidência é que as sessões já sejam reiniciadas no prédio do Parlamento municipal, que está com a reforma física em fase final. Aguardemos, portanto!

Mapa da fome

E quem deu com os costados, ontem, em Sergipe foi Guilherme Boulos (Psol). Coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), ele veio inaugurar em São Cristóvão o projeto “Cozinha Solidária”, desenvolvido pelo MTST e que vai entregar 100 refeições gratuitas às famílias carentes. Durante sua estada em Sergipe, Boulos não tratou sobre política partidária, tendo preferido focar no debate sobre a volta do Brasil ao mapa da fome. Segundo o MTST, somente em Sergipe são mais 50 mil pessoas sem teto. Crendeuspai!

Saúde e educação

O prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa (PL), assinou um termo de cooperação para a realização no município dos programas Agro Fraterno, Senar Saúde e do Senar Jovem. O primeiro visa ajudar as famílias mais necessitadas, enquanto o Senar Saúde atende homens e mulheres do campo para prevenção do câncer de próstata e do colo do útero. O terceiro programa oferece o curso gratuito de Pecuária de Corte. Previsto para começar em setembro, este treinamento se destina a filhos de produtores ou trabalhadores rurais cursando ou que já tenham concluído o ensino médio. É o poder público investindo na saúde e na qualificação dos itabaianenses. Legal!

Elefante na política

Com o título acima, a amiga Thaís Bezerra publicou no Jornal da Cidade a seguinte nota: “Mesmo o governador Belivaldo Chagas (PSD) jurando que não será candidato ao Senado, tem gente que não acredita nele. O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) está entre estes incrédulos. Segundo o petebista, a partir do momento em que Chagas disse que não disputará uma cadeira no Senado, o nome dele entrou no jogo pra valer: “Isso é técnica psicológica. Se eu falar pra você não pensar em um elefante, a primeira coisa que vem à sua mente é justamente o elefante”, ensina Valadares. A nós mortais, resta apenas esperar por 2022 pra saber se a psicologia do deputado funciona”. Danôsse!

Entrevista de Lula

O ex-presidente Lula da Silva (PT) deve conceder amanhã, entrevista a uma rádio de Aracaju. O presidente do PSB sergipano, Valadares Filho, aguarda com expectativa a conversa do “Barba” com os ouvintes sergipanos: “Será uma grande oportunidade para Lula demonstrar os relevantes serviços prestados pelo governo dele a Sergipe. Como deputado federal da sua base, fui testemunha desses benefícios”, afirma Vavazinho. Ah, bom!

Miolo de pote

Nesta fase de pré-campanha eleitoral, todo mundo conversa com todo mundo visando sentir o clima no lado adversário. Ninguém abre o jogo sobre os planos políticos, porém tenta colher informações preciosas do interlocutor. Na maioria das vezes, contudo, a conversa não passa de “cerca Lourenço”, miolo de pote. Até as convenções partidárias de 2022, os políticos vão continuar plantando verde, na esperança de colher maduro. Só Jesus na causa!

Mar de lama

“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”. Trecho de discurso do ex-senador Rui Barbosa, que embora tenha sido feito no século passado está super atual. Misericórdia!

Boquinha

Antes mesmo de se aposentar compulsoriamente, o conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, Carlos Alberto Sobral, já conseguiu uma “boquinha”. Por indicação do presidente do TCE, Luiz Augusto Ribeiro, o fidalgo vai dirigir a Escola de Contas (Ecojan). O conselheiro se aposenta no próximo dia 24, ao completar 75 anos de idade. “Fiz questão de convidá-lo para continuar colaborando com esta Casa”, afirma o presidente do TCE. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna, em 17 de agosto de 1931

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais