Bendita campanha

0

A partir de hoje, os candidatos a prefeito e vereador vão às ruas apresentar suas propostas e, naturalmente, pedir votos aos eleitores. Até outubro, assistiremos debates acalorados, acusações de todos os tipos, promessas irreais e distribuição de tapinhas nas costas. A campanha eleitoral também ajudará a aquecer a economia local, pois partidos e candidatos vão gastar alguns milhões visando convencer que são os melhores para administrar a cidade e legislar na Câmara de Vereadores. Por conta disso, serão gerados muitos empregos temporários, as gráficas faturam com a impressão de panfletos, ‘santinhos’, cartazes e banners, as agências de publicidade montam equipes só para atender aos concorrentes, os restaurantes e casas de fogos de artifício faturam mais, e até locadoras de veículos alugam carros. Pensando por esse anglo, a campanha ajudará financeiramente a muita gente, porém os principais beneficiados serão os candidatos que melhor souberem conquistar o voto do eleitor.

Nas ruas

Os prefeituráveis Valadares Filho (PSB) e Vera Lúcia (PSTU) colocam hoje à tarde suas campanhas nas ruas de Aracaju. O primeiro fará uma caminhada no calçadão da rua João Pessoa com o objetivo convidar os aracajuanos para a inauguração do comitê, marcado para amanhã na avenida Barão de Maruim. Já Vera lançará a campanha com um ato nos mercados centrais da cidade.

Palanque pesado

Os governadores de Perbambuco, Eduardo Campos, e do Amapá, Camilo Capiberibe – ambos do PSB –, confirmaram presenças na inauguração do comitê de Valdares Filho. Também estarão na festa o governador Marcelo Déda (PT), o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), o vice-governador Jackson Barreto (PMDB), o senador Antônio Carlos Valadares (PSB), além de vários outros políticos menos votados.

Só depois

E o candidato a prefeito João Alves Filho (DEM) deixou para a próxima semana o lançamento oficial de sua campanha. Será no dia 25, em festa marcada para o Cotinguiba Esporte Clube. A partir daí ele promete promover uma série de atos nos bairros da capital, carreatas e caminhadas. Os aliados do “Negão” precisam estar preparados, pois ele já revelou que costuma caminhar diariamente nove quilômetros na areia da praia. Haja sapatos para a galera!

Meningite

É muito delicado o estado de saúde do ex-deputado federal Gilton Garcia. Levado às pressas para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, os medidos diagnosticaram meningite aguda gravíssima, descartando o primeiro diagnóstico de acidente vascular cerebral. Gilton permanece em estado de coma sem a indução de medicamentos.

Banco dos réus

Quase 200 senadores e deputados federais respondem inquéritos ou ações penais no Supremo Tribunal Federal. Feito pela revista Congresso em Foco, o levantamento mostra que entre os acusados estão o senador Eduardo Amorim e o deputado federal André Moura – ambos do PSC. O primeiro responde dois inquéritos por compra de votos e improbidade administrativa. Já André é acusado de comprar votos e cometer crimes de responsabilidade/quadrilha ou bando.

Alô, alô…

A partir de segunda-feira próxima, as operadoras TIM, Oi e Claro estarão proibidas de vender linhas de telefones celular e internet em quase todos os estados, inclusive Sergipe. Determinada pela Anatel, a proibição só será suspensa quanto as três apresentarem um plano de investimentos tratando, principalmente, da qualidade da rede. Aqui pra nós, diante do péssimo serviço oferecido pela TIM, Oi, Claro, se a proibição fosse definitiva, ninguém iria se queixar. Ah, a Vivo também é outra desgraça.

Urubu baleado

Não tá certo o Corinthians querer se reabilitar no ‘Brasileirão’ goleando justamente o nosso Flamengo. Também, a equipe carioca erra mais do que acerta. Os dois gols de Douglas, por exemplo, nasceram de duas falhas terríveis da defesa do Mengão. Com essa derrota, o time mais querido do Brasil despenca na tabela igual a um urubu quando é baleado na asa. Que fuleragem, sô!

Novo livro

O desembargador aposentado Artur Oscar de Oliveira Déda lança amanhã o livro “Histórias de Vários Tempos – fatos e pessoas”. A obra reúne 80 crônicas divididas em cinco capítulos: “Várias Histórias”, “Outros Fatos e Pessoas”, “Pessoas e Fatos”, “Viagens” e “Matéria Vária”.  O lançamento está marcado para as 19h, no Museu da Gente Sergipana. Prestigie!

Do baú político

Foi justamente no novo livro do desembargador Artur Déda que o blog foi buscar o baú político desta quinta-feira. Ele escreve que quando o ex-prefeito de Japaratuba, padre Gérard Olivier (PT), veio para o Brasil quase não falava português. “Em Aracaju, tomou um ônibus que o levaria à nova paróquia. Já perto de Japaratuba, estourou um pneu. Delicadamente, o motorista ordenou: ‘Desce, cambada!’. E logo ele aprendeu que já fazia parte de uma nova comunidade. Em seguida, o mesmo motorista – porta-voz da desgraça – anunciou o pior: ‘O ônibus não tem macaco!’. E todo mundo demonstrou desolação. Todo mundo, menos o Padre Gérard, que ficou assustadíssimos. É certo que já ouvira falar de exploração do trabalho humano em nosso país. Mas nunca soube que um macaco devesse prestar serviço de ajudante de ônibus. Ce n’est pas possible!”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais