Blog apoia luta do SINDIJOR/SE

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Após conhecer melhor a regulamentação da profissão de jornalista e sua Convenção Coletiva, sabendo as atividades e funções a serem desenvolvidas, privativamente por jornalista, e conhecendo o trabalho que a Diretoria do SINDIJOR-SE realiza em defesa do Jornalismo e dos Jornalistas, este jornalista/blogueiro apoia integralmente as ações do SINDIJOR em defesa e preservação do campo de trabalho da nossa categoria.

Nada substitui quatro anos de estudos jornalísticos. Jornalismo é feito por Jornalista, assim como Medicina é feita por médico; Fisioterapia por fisioterapeuta; Engenharia por engenheiro; Radialismo por radialista; Advocacia por advogado, e etc.

Se quer ser jornalista que vá estudar quatro anos e meio na faculdade, como este jornalista e tantos outros colegas, inclusive alguns já experientes na área, como o amigo Rosalvo Nogueira.

É importante que todos os jornalistas estejam unidos em torno da entidade de classe.

Que cada um deixe de lado as divergências políticas/ideológicas e se unam em prol da valorização do Jornalismo e dos Jornalistas.

Da pesquisa que soma tudo e desvirtua os percentuais

Arrepare, como diz o amigo Osmário do Jornal da Cidade. O blog foi informado que um candidato a prefeito de uma cidade importante do interior de Sergipe inconformado com os índices baixos nas pesquisas internas e até mesmo numa divulgada recentemente resolveu “encomendar” outra. Parece que deve sair este fim de semana. O interessante é que na cidade, os partidários dele já falam nos percentuais. Ou seja Missa encomendada: a pesquisa que soma tudo e desvirtua os percentuais. Você que mora no interior se prepare para receber embaixo da porta uma cópia da pesquisa. Mais não faça a conta de somar não. Pense e diminua em muito…

Prêmio de consolação: o último suspiro do moribundo
Lamentável o governador do Estado montar uma engenharia com o vice-governador  para que o presidente da Alese, Luciano Bispo, que foi cassado pelo TSE e está com os dias contados, assuma o governo estadual. A posse já está sendo chamada do “último suspiro do moribundo”.

Amizade em primeiro lugar
O blog torce que a notícia que circulou ontem,08, que o empresário que vendeu a TV fechada não pretende judicializar o caso, seja verdade. O comentário é que ele ainda acredita que receberá amigavelmente porque a amizade prevalecerá em primeiro lugar.

Luz cortada
A reunião do Diretório do PT de Aracaju que aconteceria ontem para tratar das eleições foi adiada, por causa um motivo prosaico: a energia elétrica da sede do partido foi cortada, por falta de pagamento. A que ponto chegou o PT de Sergipe.

Incentivos
Em Brasília, o governador Jackson Barreto esteve na presidência do Senado Federal debatendo com outros governadores, secretários da Fazenda e senadores alterações relevantes do Regime Tributário do Simples Nacional, que discute incentivos para pequenas e micros empresas.

Saídas
O governador Jackson acredita que “se cada um fizer sua parte neste momento de crise podemos juntos encontrar saídas que ajudem a retomar os empregos que nossa gente tanto precisa”.

Jequié: MP-BA aciona Tânia Britto e Torre Empreendimentos por irregularidades em procedimentos licitatórios
Do Bahia Notícias:  “O Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou nesta sexta-feira (7) uma ação civil pública contra a prefeita afastada de Jequié, Tânia Britto (PP) (saiba mais), por irregularidades em procedimentos licitatórios. A ação também inclui a empresa Torres Empreendimentos Rural e Construção e seus sócios José Antônio Torres Neto e Soraya Machado Torres. De acordo com o promotor de Justiça Rafael de Castro Matias, autor da ação, os citados descumpriram normas relacionadas às licitações públicas e praticaram atos de improbidade administrativa que resultaram em prejuízo ao município. Ele argumenta que a empresa enriqueceu ilicitamente através da prorrogação irregular de contrato administrativo.

Jequié: MP-BA aciona Tânia Britto e Torre Empreendimentos por irregularidades em procedimentos licitatórios II
“O mais grave é que os demandados, não satisfeitos com as sucessivas prorrogações ilegais do contrato, para além do remanescente do serviço e até do prazo total de 60 meses da contratação original, firmaram um 5º Termo Aditivo, com prazo de vigência retroativo para o dia 8 de maio de 2014”, ressalta. O MP-BA pede a concessão de medida liminar de indisponibilidade dos bens dos acionados, com objetivo de promover o ressarcimento de pouco mais de R$ 2 milhões aos cofres municipais. Além disso, o órgão também deseja a condenação de Britto, da Torres Empreendimentos e de seus sócios por improbidade administrativa. O link:http://www.bahianoticias.com.br/municipios/noticia/5728-jequie-mp-ba-aciona-tania-britto-por-irregularidades-em-procedimentos-licitatorios.html

Palestra motivacional
O Diretor da Rede de Postos Presidente, Sandro de Miro, ministrou palestra motivacional para 50 alunos do curso de frentista realizado pelo Ceinfa em parceria com o Senac para jovens das comunidades do Veneza, São Carlos e adjacências. O curso ensina teoria e boas práticas que deixam os alunos prontos para atuação no mercado.

Mercado
"Meu desejo é que grande parte desses jovens consigam se inserir no mercado de trabalho tão logo seja concluído o curso, e de preferência, na Rede Presidente" falou Sandro de Miro, diretor da Rede Presidente.

Parque dos Cajueiros Aracaju: aspecto de abandono
O governo do Estado precisa ficar em alerta com a manutenção do Parque dos Cajueiros em Aracaju. O parque que é muito frequentado nos fins de semana está com muito mato sem falar nos alambrados das quadras que precisam de conserto.

Ecopontos
Preocupado com o grande número de entulhos provenientes de demolições, construções e pequenas reformas que são jogados ilegalmente em ruas, praças e avenidas da cidade, o vereador Max Prejuízo (PSB), apresentou o Projeto de Lei 91/2016 que versa sobre a criação de uma Política de Incentivo à Instalação de Ecopontos no município de Aracaju, que são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulhos (até 1 m³), grandes objetos (móveis, poda de árvores etc.) e resíduos recicláveis.

Problemas ambientais
“Todo esse entulho despejado diariamente pela cidade têm gerado sérios problemas ambientais para a cidade, além de acarretar na proliferação de mosquitos, ratos e outros tipos de pragas que causam doenças. A Emsurb faz a limpeza e no mesmo dia despejam entulhos. É importante que ampliemos permanentemente as ações voltadas à educação ambiental, priorizando a adoção de medidas concretas em todas as regiões da cidade. Essa é a finalidade dos ecopontos”, disse Max.

Debate com a Sema
A propositura estabelece ainda que não será admitida nos Ecopontos a descarga de resíduos domiciliares não-inertes oriundos do preparo de alimentos, resíduos industriais, resíduos dos serviços de saúde, bem como de resíduos poluidores da construção civil. “O objetivo é contribuir com a modernização das ações de coleta seletiva que têm sido implantadas no município de Aracaju”, disse Max que informou ainda ter buscado sugestões e debatido com o secretário Eduardo Matos, da Secretaria Especial do Meio Ambiente (Sema), “para que tivéssemos um ecoponto eficiente”.

PCCV

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) afirmou que o governo de Jackson Barreto nunca manipulou números para maquiar os resultados da Lei de Responsabilidade Fiscal. Disse isso em resposta a uma acusação feita por um deputado da oposição, Georgeo Passos, que tentou desvalorizar a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos servidores públicos estaduais. “A luta não é de agora. Os servidores aguardavam o plano há 30 anos. Não foi de 2014 para cá, como disse o deputado. O PCCV é uma conquista histórica desses servidores”, afirmou Gualberto.

Humildade
Falando com propriedade, já que participou diretamente da discussão, elaboração, aprovação e implantação do PCCV desde a época do governador Marcelo Déda, o deputado Gualberto disse que a oposição precisa ter mais humildade e reconhecer os bons feitos. “Vamos reconhecer que a implantação gerou um sacrifício enorme do governo, e vai continuar sendo para os cofres públicos. Portanto, tenham a humildade de reconhecer isso”, pediu o deputado. “Não há Estado no Brasil que esteja anunciando um PCCV. Pelo contrário. Todos estão no sentido inverso por causa da crise econômica”, disse Gualberto.

Programa Minha Casa, Minha Vida
Na manhã da quarta-feira (08), o deputado federal Fábio Reis (PMDB) esteve com o novo presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, a quem solicitou a retomada completa do programa Minha Casa, Minha Vida.De acordo com o parlamentar, as famílias com baixa renda precisam ter acesso a moradia, e foram estas as mais prejudicadas com as novas medidas em relação ao programa.

Visita
Durante o encontro, Fábio também convidou Occhi a visitar o estado de Sergipe e acompanhar de perto as benfeitorias que estão sendo realizadas com recursos que o parlamentar destinou ao estado.Também estiveram presentes na reunião o ex-deputado federal Sérgio Reis e o consultor da presidência, Silvani Pereira.

Tratamento Fora do Domicílio
Muitas pessoas que utilizam o Tratamento Fora do Domicílio – TFD, não sabem que podem alterar o valor baixo da ajuda de custo para um mais condizente com a realidade. Neste sentido será realizado amanhã, 10, no auditório da Semear  (rua Vila Cristina, Aracaju), às 9h, uma palestra pela doutora Laura Figueiredo.  A palestra tem como objetivo prestar esclarecimentos acerca dos procedimentos do TFD, os direitos dos pacientes e quais medidas podem ser tomadas para garantir um tratamento digno fora do domicílio.

Colóquio do doutorado em Sociologia discute as dimensões do pecado
O Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFS, promove a 10ª edição do colóquio de doutorado que reúne estudantes, professores e pesquisadores. São discutidos vários temas ligados à sociologia e à sociedade contemporânea. Orientado pelo Prof. Dr. Franz Brüseke, o próximo colóquio tem como tema “As dimensões do pecado”,amanhã, 10.

Conceito
A proposta do colóquio é discutir o modo como um conceito teológico de pecado originado da tradição judaico-cristã, cujo fundamento é metafísico ou transcendente, exerceu influência sobre a moral no ocidente. O pecado reaparece em versões laicizadas na modernidade, contribuindo para formar a noção de crime no ocidente.

Debates
Os debatedores serão: Alexandre de Jesus dos Prazeres (doutorando  PPGS/UFS); Élida Damasceno Braga (doutoranda PPGS/UFS) e Prof. Dr. Carlos Eduardo Calvani, Coordenador do Núcleo de Graduação em Ciências da Religião – NGCR/UFS. O colóquio é aberto à comunidade em geral e acontece na sala do PPGS/UFS (1º andar da Didática II), às 16h.

Começa nesta quinta-feira, o 9º Fórum de Recursos Humanos
Começa nesta quinta-feira (9), o 9º Fórum de Recursos Humanos: Setor Público e Privado, a partir das 8h, no auditório da reitoria da Universidade Tiradentes (Unit). O evento, que é uma iniciativa da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Sergipe (ABRH/SE), tem como enfoque central, este ano, o tema: “Quando a arte favorece o desenvolvimento das pessoas nas organizações”.

Experiências
Até o final da tarde de sexta-feira (10), gestores públicos, líderes empresariais, empreendedores e representantes dos mais diversos segmentos interessados, irão compartilhar experiências e acompanhar abordagens e cases envolvendo o desenvolvimento e o engajamento das pessoas com os propósitos das organizações. 

Palestras
Durante os dois dias, ocorrerão palestras importantes, a exemplo da que será proferida pelo maestro Guilherme Mannis, que fará uma exposição sobre “A arte de engajar e encantar as pessoas”. Outro palestrante é o consultor, coach e mentor de executivos, Marcos Wunderlich, que vai falar sobre “A arte de conviver: a magia das relações humanas”.Quem também contribuirá com o Fórum é o empresário Jorge Santana, que abordará “A arte de empreender: transformando sonhos em realidade”; bem como o defensor público geral de Sergipe, Jesus Jairo que exporá acerca da “Arte de servir: o servidor público como agente de transformação”.

Participação
Os interessados em participar do evento, que traz temas relevantes, devem se inscrever ou obter mais informações através do site: http://www.abrhse.com.br ou pelo telefone 79. 3211.7010.

Cine Vitória realiza Festival Varilux de Cinema Francês
O Cine Vitória recebe o Festival Varilux de Cinema Francês pelo quarto ano consecutivo. Com importantes produções do cinema francês, o evento é realizado de 9 a 22 de junho. Para a diretora do Cinema Vitória, Deyse Rocha, é de extrema relevância receber o evento, tanto pelo potencial de conteúdos que o festival contém, bem como pelo marco que foi reabrir o espaço, em 2013, com a primeira edição do Varilux aqui em Aracaju. “Este é o quarto ano consecutivo que o recebemos e temos a plena certeza que o público sergipano prestigiará esta edição”, afirma.São apoiadores locais:  Casa Curta-SE, Secretaria de Estado da Cultura, Pontão de Cultura Digital AVBR, Cinema Vitória e  AVBR  Produções. Mais informações no site: http://cinevitoria.com.br .

PELO TWITTER

www.twitter.com/braynerr  Ensurdecedor o silêncio em favor do Governo Temer.

www.twitter.com/RealKajuru  Aprendi que ética é Uma só. Não existe ambiguidade. Nas vidas privada e profissional.

www.twitter.com/revinhogama  Se as mulheres governassem o mundo não haveria mais guerras. Os países iam ficar emburrados uns com os outros sem explicar o porquê…

www.twitter.com/WalterCosta_aju  "O pássaro nasce em um ninho, aprende a voar. Ao mudar de ninho, aperfeiçoa o voo!" Boa noite aos bons!

DO LEITOR

Vergonhoso
Do leitor Messias Gonçalves: “Nesta quarta-feira, a Creche Municipal do Povoado Alto de Santo Antônio, na cidade de São Cristóvão, teve o seu fornecimento de energia elétrica, CORTADO, pela empresa responsável por FALTA DE PAGAMENTO. Paralelamente, ficam gastando dinheiro da população com uma campanha publicitária cujo objetivo é fazer com que o povo esqueça esses três anos e meio de descaso e corrupção, como o caso deplorável da merenda escolar, denunciada pelo jornalista Roberto Cabrini do SBT.”

EMPRESÁRIOS SE MANIFESTAM SOBRE MUDANÇAS NA FAPITEC

Ofício de entidades do Fórum Empresarial de Sergipe encaminhado ao governador Jackson Barreto:

As entidades do setor empresarial abaixo nominadas, membros do Fórum Empresarial de Sergipe, vêm se somar à comunidade científica sergipana e manifestar sua preocupação com os rumos da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (FAPITEC), diante da nomeação de seus novos dirigentes.
Inobstante termos consciência de que tal nomeação é prerrogativa de V. Exa.,  entendemos que a indicação de nomes desvinculados do meio acadêmico e sem trajetória no ensino, na pesquisa e na inovação poderá afetar os programas em andamento e trazer prejuízos para o desenvolvimento científico e tecnológico de Sergipe, cujo ritmo de crescimento deveu-se, em grande medida, à qualidade dos gestores que vêm conduzindo a FAPITEC desde a sua criação.

A agenda da FAPITEC é complexa e requer de seus dirigentes profundo conhecimento dos mecanismos de fomento à CT&I e interlocução privilegiada com as instituições de ensino e pesquisa de Sergipe (UFS, Unit, Embrapa etc), com agências federais (Finep, Capes e CNPq), com organismos internacionais e com entidades empresariais, além do reconhecimento dos pesquisadores e das lideranças do setor.

A ocupação de cargos estratégicos – sobretudo na área do desenvolvimento econômico – por indicados que desconhecem a temática do setor já vem sendo sentida com a visível perda de dinamismo e descontinuidade de importantes programas.

Diante do exposto, vimos manifestar nossa expectativa de que a FAPITEC continue a ter como dirigentes profissionais reconhecidamente à altura dos seus desafios e responsabilidades, comprometidos exclusivamente com as demandas da política de desenvolvimento científico e tecnológico de Sergipe.

(ABAV, ACESE, ADEMI, ASES, ASCORSEG, ASSEDIS, ASSESPRO, CDL, CRA-SE, CRC-SE, FACIASE, FAESE, FCDL, FECOMERCIO, SEAC, SESCAP, SHRBS, SINCADISE, SINCODIV, SINCOR, SINDESP, SINDETUR, SINDPESE, SIRECOM)

Palestra Ricardo Amorim – Principais Pontos (ascom/Sebrae/SE)

Os empreendedores sergipanos lotaram o Teatro Tobias Barreto em Aracaju para assistir a palestra do economista Ricardo Amorim sobre como Prosperar na Crise. Ricardo Amorim é autor do livro Depois da Tempestade, apresentador do Manhattan Connection da Globonews, presidente da Ricam Consultoria, o brasileiro mais influente no LinkedIn, único brasileiro na lista dos melhores e mais importantes palestrantes mundiais do Speakers Corner e o economista mais influente do Brasil segundo a revista Forbes.

Crescimento da Economia
Segundo Ricardo Amorim a economia vai voltar a melhorar. “Isso vai acontecer, ninguém sabe exatamente quando, daqui há dois, três, quatro ou cinco anos, mas que vai acontecer é certeza, a gente já passou por várias outras crises e essa não será a última, ainda iremos passar por outras.”

Como Prosperar e Desemprego

“Em primeiro lugar temos que falar em sobrevivência. Essas empresas, ainda que tenham encolhido e continuam vivas, são as que vão ter condições de quando a crise passar poder aproveitar um cenário mais favorável. Para isso algumas coisas têm que acontecer. Em primeiro lugar, as empresas têm que controlar com unhas e dentes o seu caixa, dinheiro nessa hora vale ouro, porque fica raro. Em segundo lugar precisa pensar em como melhorar o produto, o atendimento, o serviço, porque o que acontece é que as empresas que não conseguirem fazer isso, algumas vão ficar no meio do caminho. Exatamente porque algumas ficam no meio do caminho que aquelas que sobrevivem, uma vez que a economia voltar a melhorar, a gente vai ter uma recuperação e aquelas empresas que se fortaleceram e melhoraram o que fazem são as que vão conseguir crescer mais. Um empreendimento que tinha 12 funcionários e hoje tem três, talvez ele passe a ter 50 funcionários daqui há dois, três, quatro, cinco ou seis anos. Mas pra isso acontecer tem que defender o caixa em primeiro lugar, em segundo pensar em como melhorar o que ela já faz.”

Empreendedorismo
“A regra fundamental de crise, ninguém gosta de crise porque é desagradável, mas faz a gente sair da nossa zona de conforto e muitas vezes nos leva a fazer coisas que deveríamos, mas não faríamos se não fosse à crise. Isso vale para o micro empresário, para quem está empregado e para quem perdeu o emprego. No caso das pessoas o fundamental é como elas se qualificam mais. Uma das coisas que acho importante para quem quer empreender, empreender não é fácil, pois exigi capacitação, dedicação, perseverança, é saber lidar bem com dificuldades. Todo empresário pequeno, grande, em algum momento vai enfrentar dificuldades, o que quero dizer com isso tudo é que empreender tem que ser uma vocação. Aquele cidadão que perdeu o emprego e vai empreender porque não está achando outra opção e está vendo isso como uma solução temporária, não tem problema nenhum. Ou, se está disposto a ter toda a dedicação necessária para ter sucesso depois, também não tem problema nenhum. Mas, se a pessoa está achando que agora vai ser dono do próprio nariz, faço o que quero porque agora não sou empregado de ninguém e achar que vai ser mais fácil, essa pessoa vai se iludir. É aí que não pode entrar, porque além de se iludir pode perder dinheiro ou ficar numa situação ainda mais complicado do que já estava.”

Crise Política e Moral
Acho que é a razão de estarmos vivendo um momento tão difícil, por isso estamos vivendo uma crise econômica mais profunda. Pelo menos nos últimos 115 anos a gente nunca teve uma crise econômica tão profunda quanto essa. E porque ela foi tão profunda, porque está somando com a crise moral e política, ambas muito graves. O resultado foi que a economia despencou.

Como Sair da Crise

Para sairmos da crise fundamentalmente precisamos resolver três grandes desequilíbrios macroeconômicos. O primeiro de contas externas, como ficou muito caro produzir no Brasil as empresas começaram a produzir cada vez mais fora e trazer os produtos prontos para o Brasil. Ai não se gera emprego no Brasil, renda e capacidade de consumo no país. Em segundo lugar, também porque tivemos uma série de altas de preços de custos, estou falando de salários, aluguéis, financiamento, tudo isso encareceu a produção aqui e fez com que a inflação subisse. Inflação alta por sua vez ela rouba o poder de consumo das pessoas, não adianta ganhar mais se o dinheiro compra menos. O resultado dessas duas coisas levou o Brasil para a crise. Só que essas duas coisas vão ser resolvidas esse ano, primeiro o desequilíbrio de contas externas porque o dólar subiu muito e ficou muito caro importar, ai a gente começa a fazer aqui o que antes estava sendo importado. Segundo a inflação, a recessão é tão brava e tanta gente perdeu o emprego, que os cidadãos não estão conseguindo comprar como antes, as empresas não estão conseguindo vender como antes. A empresa para vender não pode mais subir preço, ai a inflação cai.

Contas Públicas e Congresso
“É fundamental resolver o desequilíbrio gerado no primeiro governo Dilma, o desequilíbrio de contas públicas, o Governo gastava e gasta mais do que tinha, isso não fecha. Se na casa ou em qualquer empresa a gente gasta mais do que a gente ganha, acaba gerando um problema. Com o Governo e com o País é igualzinho. Ai entra a crise política, o Governo Dilma tentou resolver isso quase que exclusivamente subindo imposto, mas o Congresso por causa da crise política não aprovou mais aumento de impostos, travou, a confiança no País foi embora e a crise se agravou. É ai que o Governo Temer tem uma chance, pois tem hoje uma base de sustentação política muito mais sólida do que o Governo Dilma tinha, mas tem várias perguntas: a primeira por quanto tempo? Em particular, a gente considerando que há vários dos Ministros sendo investigados, dois já caíram, enfim. Mas hoje por enquanto o Governo temer tem apoio, tudo que foi colocado para aprovação do Congresso passou. E espero que coloque rápido para aprovação as medidas mais importantes, que vão fazer com que gerem mais confiança, mais empresas investindo, mais empregos sendo gerados, gente com mais dinheiro no bolso, as empresas vendendo mais, possibilitando um círculo virtuoso.”

Bonança Depois da Tempestade
“Acho que a bonança não só virá, como será mais ampla e farta do que as pessoas imaginam. Acho isso por uma razão muito simples, estudei o que aconteceu em todas as grandes recessões brasileiras nos últimos 115 anos e em todas elas a gente teve na sequência um crescimento econômico por pelo menos três anos de pelo menos 6% ao ano. Ninguém em são consciência imagina que o Brasil possa crescer tanto em breve. Mesmo que não cresça tanto, cresça um pouco menos, ainda assim é muito mais do que as pessoas imaginam. Então, tenho poucas dúvidas que a bonança virá, o que tenho mais dúvida é quando ela começa. Sei que ela começa assim que a confiança for retomada, assim que o ajuste fiscal for feito, mas o ajuste fiscal depende da aprovação do Congresso. Primordialmente duas medidas, gastos públicos e reforma da previdência, como as duas são brigas boas, não sei qual será o tempo que levará para isso acontecer. Mas quando acontecer, as coisas vão melhorar rapidamente.”

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Cada fracasso ensina ao homem que tem algo a aprender.”
Charles Dickens, escritor inglês, morreu em 09 de Junho de 1870 (n. 1812).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais