Bônus para os professores

0

O governador de São Paulo, José Serra sancionou a medida mais ousada de sua gestão: o pagamento dos servidores das escolas, com base especialmente no desempenho dos alunos. Para isso, ele teve de enfrentar a ira sindical e mesmo a incompreensão de parte dos acadêmicos, defensores da idéia de pagar pelo mérito é jogar nos professores a responsabilidade da qualidade do ensino.

 

Vou repetir aqui que o professor é uma vítima: ganha mal, seu treinamento é precário, enfrenta, em especial nas regiões metropolitanas, a violência cotidiana combinada com a falta de infra-estrutura.

 

Mas o aluno também é vítima do professor que, além das dificuldades conhecidas, não gosta ou não quer ser professor. Isso só piora o problema das faltas, dos atrasos, da pouca vontade de preparar aulas mais interessantes.

 

Professores dedicados e esforçados são tratados da mesma forma que os relapsos. Não é justo nem com os professores nem com os alunos.

 

O bônus proposto faz do professor mais esforçado sócio do sucesso de seu aluno e do relapso, cúmplice do fracasso. Isso exige que o poder público que apóie ainda mais as escolas, do contrário o bônus será apenas um penduricalho.

 

Pela importância da rede paulista, esse bônus terá um impacto nacional e até na América Latina. Os bons professores (e não faltam professores dedicados) serão os maiores beneficiados, por serem reconhecidos em seu esforço. (Gilberto Dimenstein, em artigo na Folha Online).

 

Demora nas obras do governo estadual

Em 11 de março de 2008 o governador Marcelo Déda assinou o protocolo de intenções com o Banese para a execução do projeto de restauração do prédio do Atheneuzinho. Pois bem! Somente na última terça-feira o Banese divulgou o edital de concorrência para a obra. Ou seja o processo de licitação será concluído em três meses. Vai lá para junho. Mais de um ano do anúncio do protocolo de intenções. Algo está errado neste governo…

 

Torre retorna obra em Socorro

Depois que o secretário de Infra-Estrutura, Valmor Barbosa, deu o recado correto, de que rescindiria o contrato com a Torre e proibiria a empresa de participar das licitações do governo, a empresa retornou ontem a fazer o serviço de recapeamento asfáltico de 36 quilômetros em Socorro. É preciso que o governo atue com firmeza contra algumas empresas.

 

Greve e radicalização

Segundo Déda, a greve do Sintese é descabida, já que o piso está sendo pago. “Vou apenas reconhecer um fato que a sociedade inteira reconhece: a greve chegou ao ponto de radicalização extrema. Primeiro porque a data base é em maio. Depois porque a primeira conversa que eu tive com o Sintese eu disse: amigos, nós estamos cumprindo mais do que integralmente a decisão do STF, que interpretou a lei do piso do magistério. Quem tiver uma posição capaz de desmentir a minha que leve para rádios, televisão e jornais”. 

 

Absurdo

Para o governador, o sindicato deveria ter sido mais honesto com a categoria. “O STF disse que o piso, até o julgamento final da causa, é calculado pelo conjunto da remuneração. Era isso que o sindicato dizia aos professores? O Sintese informou com transparência à base o que o Supremo deliberou? O sindicato tinha o direito de estar contrariado com a decisão do Supremo, mas não tinha o direito de enganar os professores dizendo que Déda rasgou a lei do piso. Resultado: hoje vimos o absurdo do presidente do sindicato dizer que o ministro do STF errou quando explicou o piso”.

 

Ana Lúcia deve voltar em breve à AL I

Hoje, 20, a secretária da Inclusão e Desenvolvimento Social, Ana Lúcia, deve comunicar formalmente a Marcelo Déda em uma audiência seu desejo de retornar à Assembléia Legislativa (AL). O governador disse que já recebeu um expediente da petista sobre sua vontade de voltar ao parlamento. Questionado se Ana estaria ‘liberada’ para reassumir seu mandato como deputada estadual, Déda explicou que ele tem o poder de convidar, mas não pode obrigar ninguém a permanecer. Se o retorno da secretária à AL tem a ver com a manifestação dos professores, Déda desconversou e preferiu não opinar sobre o assunto.

 

Ana Lúcia deve voltar em breve à AL I

Caso retorne mesmo à Assembléia, Ana Lúcia pegará de volta sua cadeira que foi ocupada por Gilmar Carvalho desde que ela assumiu a Secretaria de Estado da Inclusão e Desenvolvimento Social (Seides). Não há informações sobre o nome que deve substituí-la no comando do órgão. (Infonet).

 

Secretário pede que TC e MP apurem denúncias

Como havia se comprometido na entrevista que concedeu à imprensa na última segunda-feira, 16, o secretário de Estado da Educação, professor José Fernandes de Lima, foi ontem, 19, ao Tribunal de Contas de Sergipe e ao Ministério Público Estadual oficiar o pedido de apuração das denúncias feitas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe (Sintese), quanto à aplicação dos recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).Pela manhã, ele foi recebido pelo presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Reinaldo Moura, e à tarde, pelo procurador do MP Rodomarques Nascimento e pelos promotores Carlos Cezar Soares e Luís Fausto Valois.

 

Professores nas salas de aula

Ontem, no boletim do Sintese foi divulgado que o movimento grevista decidiu visitar nesta sexta-feira, 20, algumas escolas onde há professores ministrando aulas. Ou seja, a greve não teve a adesão total como passaram para a mídia deste o início dela.

 

Labirintite

O governador esclareceu os boatos sobre a sua saúde. “Há oito dias, tive uma indisposição no Rio de Janeiro. Sofri uma tontura muito forte e fui ao hospital. O médico disse que eu tinha tido uma labirintite provocada, talvez, pela forma brusca como eu me levantei da mesa e por estresse. Além do remédio, pediu para que eu repousasse. Como eu não posso repousar, prometi a ele que iria reduzir a minha carga de trabalho. Tenho buscado melhorar minha alimentação e tomar alguns cuidados que um coroa de 49 anos tem que ter. Estou freqüentando o Palácio todos os dias. Aliás, na quarta-feira encerrei minha agenda às 23h”, explicou o governador.

 

Augusto Bezerra e as placas

Ontem, 19, o deputado estadual Augusto Bezerra ligou para este jornalista informando que não usa placa fria e que a mesma é antiga. Este jornalista lembrou ao mesmo que não citou o nome dele na primeira nota e foi a assessoria dele que se manifestou. Para o leitor lembrar a primeira nota que foi publicada: “Alguém na Assembléia pode explicar porque um parlamentar usa placa fria no seu veículo? A placa HZZ-3262, num carro novo. E o pior este mesmo parlamentar vive cobrando providencias, principalmente na área da segurança pública. Mas na prática…Amanhã o nome do parlamentar”.

 

Assessoria esclareceu

No mesmo dia a assessoria do deputado ligou assumindo que a placa era usada por Augusto e dizendo que a mesma não era fria e que está  “no nome da Assembléia assim como tem os outros 23 deputados”. Ou seja, que assumiu o uso da placa HZZ-3262 não foi este espaço, mas a assessoria do deputado.

 

Ainda sobre placa fria

De um amigo ontem no Calçadão da 13:  1 – O satus de placa fria do carro do deputado Augusto Bezerra é totalmente compatível com as ações dele nas áreas em que atua.2 – Com relação a Augusto Bezerra, não é apenas a placa que é fria.

 

Aperipê tira programas históricos

A direção da rádio Aperipê AM resolveu modificar a programação retirando programas históricos. Esquecem que a emissora não visa lucro, mas difundir a cultura sergipana. Um bom exemplo é o programa José Augusto Eterna saudade, que há vários anos está no ar (passando por várias emissoras) em homenagem ao cantor sergipano que faleceu prematuramente e fazia sucesso em todo país. Apresentado por Fernando Pereira o programa saiu do ar, mas quem sabe não retorna em outra emissora.

 

Renato Teixeira em Aracaju

 O cantor e compositor Renato Teixeira será a grande atração do cenário musical sergipano no mês de março. Nos dias 31 de março e 1º de abril, o Projeto MPB Petrobras traz o artista para se apresentar no Teatro Tobias Barreto, sempre às 21 horas. São 40 anos de estrada e canções que se consagraram na sua voz e nas vozes de importantes nomes da música popular brasileira. No repertório, sucessos como “Romaria”, “Frete” e “Amora”, dentre outras canções. Para abrir o espetáculo, a música de Muskito e Heitor Mendonça. Os preços são populares: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). O Projeto MPB Petrobras é uma realização da Caderno 2 Produções Artísticas. Patrocínio exclusivo da Petrobras, com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura – Ministério da Cultura.

 

Botijão de 8kg lançado

Um investimento de R$ 13 milhões que revela capacidade gerencial e sensibilidade social. Assim o governador Marcelo Déda classificou a importância do lançamento do novo botijão de oito quilos (P-8) pela Liquigás, empresa de distribuição de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) da Petrobrás Distribuidora. O ato de lançamento ocorreu no Posto Chefia, no conjunto Rosa Elze, em São Cristóvão. A partir do novo lançamento, famílias de baixa renda ou que tenham consumo reduzido de GLP passam a contar com uma opção vantajosa na relação custo/benefício.

 

Meta de governo

O presidente da Petrobras Distribuidora, José Eduardo Dutra, fez questão de evidenciar que esta medida se alinha aos objetivos definidos pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para possibilitar que a população de baixa renda, mesmo nas localidades mais distantes, tenha acesso ao gás de cozinha. “Ao analisarmos a evolução histórica desse segmento, vamos constatar que, só no ano de 2002, o preço do botijão de gás sofreu um reajuste de 100%. A partir do governo Lula, não ocorreram mais aumentos significativos”, relembrou Zé Eduardo.

 

Ganho ambiental

Outra vantagem enumerada pelo presidente da BR Distribuidora refere-se aos benefícios à saúde e o ganho ambiental com a eliminação do consumo de lenha para cozimento dos alimentos por famílias de baixa renda. “A substituição da lenha pelo GLP traz benefícios à saúde e ao meio ambiente, já que a lenha emite grande quantidade de gases causadores do efeito estufa, além de doenças respiratórias devido à quantidade de fumaça produzida na queima da lenha dentro das residências”, argumentou. “Estamos trazendo este produto para Sergipe graças à agilidade do Governo do Estado, que alterou o regime fiscal permitindo que a opção de troca dos recipientes fosse feita sem custo adicional para o consumidor”, completou.

 

Iniciativa de Machado

Zé Eduardo também fez menção à iniciativa do deputado federal José Carlos Machado, que o procurou com a iniciativa de possibilitar a venda fracionada de gás, popularmente conhecida como ‘retalho’, o que foi desaconselhado tecnicamente pelos riscos que a operação envolveria por se tratar de um produto altamente inflamável. “Mas dando resposta a essa demanda, os técnicos desenvolveram o P-8 e já estão em pesquisas avançadas para desenvolver o P-5, um botijão de cinco quilos, que também atenderá a outra demanda de mercado”, anunciou o presidente. (ASN).

 

DO LEITOR

 

Pérolas do TC e a saga pela busca de uma equipe perfeita I                                               

De um servidor do TC: “Para começo de conversa temos que parabenizar o ex-presidente pelas ações promovidas na sua gestão tão fugaz e tão eficiente nos objetos conquistados: combate ao nepotismo, julgamento dos processos de superfaturamento na compra de equipamentos de informática na gestão do conselheiro aposentado Hildegards Azevedo e por último e mais importante do julgamento de Flávio Conceição. Foi um fardo pesado e cumprido que muito nos orgulhou como servidores desta Casa de Contas.A esperança que une os servidores do TC é que o recém empossado Conselheiro Reinaldo Moura Ferreira cumpra o prometido em sua posse. Começou muito bem nomeando para Coordenação Estratégica o muito conhecido pela sua capacidade Theotônio Cruz Neto (homem público digno, respeitado e muito conhecido em todos Brasil em sua área), Gilson Bezerra para a Direção Administrativa, também sua capacidade é muito conhecida, principalmente pela sua docência em economia, porém o que muito nos assusta (a todos) é o Conselheiro Presidente ter chamado para dirigir a área técnica uma pessoa envolvida em todos os episódios sanados pelo gestor anterior”.

 

Pérolas do TC e a saga pela busca de uma equipe perfeita II                                             

Continua o servidor: “Todos sabem que o próximo Diretor Técnico foi também Diretor técnico e também Diretor administrativo (ou seja, responsável por pagamentos) na gestão do ex-presidente Hildegards Azevedo, articulava com prefeitos e demais autoridades do Estado a troca e barganha de cargos no setor público (nepotismo) e principalmente foi o Coordenador de Flávio Conceição desde a sua entrada nesta Casa, sempre esteve a par de todas as conversas, negociações e barganhas na operação navalha. Não fosse só por isso, a arrogância e o autoritarismo deste novo Diretor Técnico o afastam dos demais servidores, e não esquecendo um simples detalhe este entrou no TC pela porta dos fundos, ou seja, não é servidor público concursado e nem requisitado, desafio o próprio a provar seu ingresso no serviço público.Não obstante a sua nova administração desejamos sucesso ao Conselheiro Reinaldo Moura e muita cautela na formação de sua equipe e viva ao SINDICONTAS”. De um servidor indignado e preocupado.

 

Ainda sobre Xingó I

Da leitora que enviou o e-mail sobre o passeio a Xingó: “Interessante o quanto se doeu a Sra. Irma Karla, que primeiro disse que é normal a exploração do turista, que o que temos em Xingó é a beleza natural e pronto, sem que haja infraestrutura, que é normal se ter triplicado o valor de produtos em prol do turismo e ainda disse mais… que fui enganada quando comprei o pacote na agência oficial de reserva para o Xingó Parque Hotel. Concordo com ela… acho que fui mesmo. Talvez porque eu venha de Alagoas, onde lá se tem o turismo com outra concepção. O fato não é apenas preço e sim os serviços oferecidos. Pago quase que semanalmente R$ 34,00 em um único prato no Buana e não reclamo. Entretanto o que mais fez esta senhora foi falar do Guia de turismo… Eu apenas citei o fato de que se eu chego com 5 pessoas no meu carro, quem eu vou ter que deixar de fora para o guia ir? A empresa teria que dispor de um veículo, como é em Itaipu onde também já fui. Fui muito bem tratada pela guia e nada reclamei dela. Também conheço o passeio do macuco (que optei por não fazer). Pode se comparar o risco e o número de pessoas na embarcação? Estivemos em 185 pessoas num sol de “rachar o coco”, sem qualquer conforto além do chuveirinho.  Paguei R$ 8,00 em duas benditas pilhas raiovac por que as minhas descarregaram, mas não posso achar ruim, tenho que achar normal por que estou no sertão. Lá, pelo jeito, ninguém deve usar rádio de pilha…” 

 

Ainda o passeio de Xingó II

Do leitor Alexandre: “Eu havia lido em sua coluna as reclamações de um leitor seu sobre os passeios em Xingó. Moro em Aracaju há tempos e nunca me animei a fazer o passeio com meu filho pequeno, dados os muitos relatos que recebia de amigos sobre a precariedade dos serviços no local. São relatos de muitas fontes diferentes, falando da beleza do local mas também da absoluta falta de estrutura ou, quando ela existe, da sua precariedade ou desleixo. Eu realmente não conseguia entender como um lugar que é um dos principais destinos da região conseguia receber este tipo de qualificação negativa. Todavia, depois de ler a resposta da Sra. Irma Karla F. Barbosa, “Presidente do SINGTUR/SE e Diretora de comunicação da FENAGTUR”, eu passo a entender melhor as razões para o tipo de julgamento negativo que escuto com frequência. É sempre realmente lamentável que diante de um relato negativo se tente jogar a culpa no cliente, sem qualquer menção aos serviços. E é mais lamentável ainda que alguém ache que para se fazer turismo deva-se depender de um guia de turismo, e que aproveite-se de um cliente insatisfeito para propagandear este absurdo”.

  

Terceirizados da Postdata

E-mail recebido: “Lembram dos terceirizados da Postdata que trabalhavam na Sefaz? Pois bem! Estes mesmos foram transferidos de firma estão agora na CCP empresa do grupo PCL e por incrível que venha parecer a situação piorou. Não receberam sequer um centavo de rescisão da Postdata, ou seja férias, décimo, 40%,fundo de garantia,nada. E para completar a CCP não paga mais feriado nem adicional noturno e o comentário é que é tudo premeditado contra os digitadores. Agora pergunto eu? Será que o serviço dos digitadores não tem nenhuma importância para a Sefaz? Agora para cobrar aparece gente de todos os lados. Chega de tanta humilhação e falta de resolução para a classe de digitadores principalmente os da Sefaz”.

 

Dito popular “se agente não reclamar vai ficar tudo como estar”

Do leitor Eduardo: “Como estais escrevendo sobre lisura da coisa pública, vamos interrogar: 1º- Recentemente o ex-prefeito de Barras dos Coqueiros, Sr Airton Martins foi colocado a disposição da ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, perguntar não ofende, se ofender que respondam. Esta lotado em qual setor, quais tarefas irá  desempenhar, cumprirá horário, esse gestor público competente  ganhará quanto do erário? Claudio, Assembléia deveria publica quantos funcionários tem disponível e quanto custas cada. 2º- Por que os funcionários comissionados com apenas meses de trabalhos no serviços conseguem comprar apartamentos, carros e qualidade de vida e, os funcionários efetivos estão sempre mal humorado e devendo agiota, o Banese e outros. 3º – A criação das fundações, é realmente, a ferramenta necessária para a solucionar ou sanar o caos na saúde pública e dá melhor qualidade aos pobres. Enquanto o Governo não regulamenta através de ato normativo o uso dos carros,eles continuam abusando, no dia 14/03/2009 às 10:35 parou próximo ao estádio de  futebol de Barra dos Coqueiros uma Fiat IAH-8109,,já estava dentro o Vereador Caducha e mais 03 pessoas traje esporte seguindo sentido praia do jatobá. em mesmo horário Gol Preto da Criminalista passou em sentido praia da costa com pessoas de biquíni. Os professores cobram melhores salários, mas não incluem em sua pauta escola novas e não mais reformar. Nossa escola estão ultrapassada, são verdadeiros estábulos ou currais como queiram. Escola particular verticaliza, escola pública rasteja.  “Se não reclamar vai ficar tudo como estar”. Eta mundinho bom.!”

 

Frase do Dia

“O segredo da felicidade é liberdade e o segredo da liberdade, coragem”. Thucydides.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários