BR-101: De sonho a Pesadelo em SE

0

A BR-101 nasce em Natal (RN) e termina no Rio Grande do Sul. Quem a utiliza com frequência sempre “sonhou” com a duplicação. Impossível para muitos, possível para alguns. Ai vem Lula e numa tacada chamada PAC manda duplicar toda no Nordeste.

 

Em Sergipe, deixa por último por questões orçamentárias o trecho sul, de Estância a Cristinápolis passando por Umbaúba. Sendo assim o governador Marcelo Déda buscou entendimento com o governo federal para que esse trecho não ficasse de fora. Com isso, o governo federal repassa recursos, mas deixa a responsabilidade da execução a cargo do governo estadual.

 

O governador, através do DER, sob a coordenação da Seinfra, faz os estudos iniciais e conclui que os municípios de Umbaúba e Cristinápolis não serão mais cortados pela BR, com desvios por fora dos seus centros urbanos. E a BR gera muitos empregos nos dois municípios.

 

Os prefeitos dos dois municípios, professor Anderson, de Umbaúba e padre Raimundo, de Cristinápolis, estão recebendo uma pressão popular sem precedentes, principalmente porque são aliados de primeira hora do governador e não neo-aliados.

 

Levantamento feito pelos dois prefeitos constata que em nenhum, dos centenas dos municípios com duplicação da BR-101 entre Natal e Umbaúba, tiveram desvios em suas áreas urbanas. A justificativa aqui é porque o DNIT não quer e que as indenizações chegariam a R$ 40 milhões. Em Estância, onde o local é a metade da largura dos outros dois municípios, no trecho da área urbana, o DNIT fará a obra por dentro.

 

Mais quilômetros – Pelos dados apresentados pelos prefeitos para serem realizados estes desvios serão necessários a construção de quatro viadutos e mais de uma dezena de quilômetros de pista de rolamento e interligação. E o custo disso tudo? Ao final essa “economia” tosca valerá em detrimento de milhares de moradores da região?

 

Audiências públicas – Segundo os dois prefeitos o PAC exige audiências publicas com as populações atingidas por suas obras e em Sergipe esta regra não está sendo cumprida. E os dois prefeitos – aliados de primeira hora do governador – pediram há algum tempo uma audiência e nada. Restaram apenas ir para a imprensa, já que a cobrança da população é diária.

 

O governador está desinformado quando diz que – entrevista ontem na rádio Cultura – que enquanto Umbaúba e Cristinápolis brigam para passar por dentro a rodovia, Estância briga para passar por fora. Lá, todas as forças políticas, empresários e comerciantes somaram-se e arrancaram do DNIT o compromisso de que a rodovia passará por dentro. Alguém passou a informação destorcida para o governador.

 

Será que o governo estadual tem algum dado concreto que os dois municípios não sofrerão nenhum prejuizo econômico a curto, médio e longo prazo?  E o valor das indenizações, R$ 40 milhões, foi calculado de que forma? Pelo valor compra-se boa parte do município de Umbaúba.

 

E por fim o mais justo e humano: não devem existir argumentos técnicos que fiquem acima dos prejuízos sociais e econômicos para a população. Uma região que já sofre problema com o desemprego por conta da crise da citricultura, não pode e não deve receber uma ameaça de mais desemprego e miséria.

 

Paralisação

Ontem, 22, à noite os dois prefeitos fizeram uma grande reunião com toda a classe política, empresários, moradores e decidiram que se não tiverem uma definição até o início do mês vão começar a paralisar a Br101 para chamar a atenção do Brasil.

 

Blog se soma a luta

E este espaço, por conhecer a região bem e sua população se soma a luta. Fará a sua parte não só com a uma dúzia de leitores, mas abrindo espaço na imprensa do sul do país e em Brasília. Buscará dados econômicos também sobre os dois municípios.

 

Delta

O blog recebeu uma informação valiosa, vai aguardar, mas será que este trecho da BR-101, com tanta polêmica, vai se transformar em algum Delta? Tem gente que já registrou contrato em cartório para provar depois.

 

Telejornal TV Atalaia: prêmios para conselheiros do TCE

Segundo o telejornal “alguns poucos privilegiados estão recebendo dos cofres públicos, uma verba esdrúxula, da época da fundação de Brasília”.Segundo Aélio Argolo, os conselheiros antigos podem ter direito a R$ 250 mil e alguns chegam a R$ 700 mil e os aposentados o máximo de R$ 1 milhão.O conselheiro Carlos Alberto, diz na matéria que é uma perda salarial ocorrida a cerca de 10 anos e que a Justiça em nível de Brasília decidiu que vários magistrados têm direito.

 

É legal, mas é ético?

No país onde poucos privilegiados têm muito e a maioria vive no dia a dia, correndo e lutando pela sua sobrevivência uma notícia desta, mesmo com a Justiça dando ganho de causa, faz lembrar Ruy Barbosa:De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.

 

Prefeitos preocupados

Como coordenador da bancada de Sergipe, o senador Antonio Carlos Valadares, líder do PSB no Senado, reuniu-se ontem à noite com prefeitos de nove municípios do interior do Estado. Os prefeitos estão preocupados com o Decreto 7418, de dezembro de 2010, que pode vir a suspender recursos para obras que já estão em andamento.O senador ouviu a inquietação dos prefeitos e prometeu levar ao conhecimento da presidente Dilma Rousseff, na próxima reunião das lideranças partidárias com a chefe de Estado, na próxima quinta-feira, dia 24.

 

Lexotan acaba no sertão

Na região do sertão, após a operação da PF na semana passada contra o prefeito de Brejo Grande, localizado na outra ponta, na região do São Francisco, alguns administradores sertanejos estão tomando lexotan para dormir. Qual o motivo? Será que lá compram notas fiscais de construtoras e tudo mais? O blog não acredita…

 

Limpeza de Fossa

Um leitor indignado enviou e-mail ontem, 22, afirmando que estava completando 12 dias que ele pediu a Emurb para limpar uma fossa no residencial Costa Nova, na Zona de Expansão. “Ninguém dá nenhuma atenção, como foi determinado pela justiça acredito que a EMURB não tá nem aí, e nós que fazemos? Pagar pelo alto custo de limpeza das nossas fossas, ou ter que ir ao M. Público, ou talvez ter que esperar alguns meses aguentando o mal cheiro, isso é a cidade da qualidade de vida”, desabafou o leitor.

 

Doações I

Quando soube que foi supostamente denunciado porque recebeu doação na campanha da reeleição, em 2008, da empresa Splice, que opera controladores de velocidade em Aracaju, o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) confirmou a doação e entregou a setores da imprensa a relação dos doadores. Edvaldo recebeu doações de 302 empresas, num valor total de quase R$ 2 milhões. A Splice doou R$ 20 mil, portanto, 1% desse total.

 

Doações II

O prefeito Edvaldo Nogueira lembrou que todas as doações que recebeu foram legais, por isso mesmo teve as contas da campanha aprovadas sem ressalvas pelo Tribunal Regional Eleitoral. E apenas algumas das empresas doadoras venceram licitações realizadas pelo município, dentre elas a Splice. A outra empresa que trabalha com fiscalização eletrônica em Aracaju, a Eliseu Kopp, não doou nada para a campanha e também venceu a licitação. E nenhuma licitação jamais foi contestada. O maior doador da campanha de Edvaldo Nogueira foi a Celi, que deu R$ 200 mil.

 

Doações III

E das doações recebidas por Edvaldo Nogueira na campanha da reeleição em 2008, nenhuma foi doação de candidato ou de comitê financeiro. Como se sabe, doações de candidatos ou de comitês financeiros sempre despertam mais desconfiança porque já houve casos de empresas que não querem aparecer fazerem doações escondidas nessas modalidades.

 

 

Fiscalização eletrônica

O titular deste blog, assim como a maioria esmagadora dos motoristas, é favorável a fiscalização eletrônica. Neste espaço já relatou alguns casos, como dos radares nas curvas do Iate e do Palácio de Veraneio (sentido praia/centro) que salvaram muitas vidas. A curva do Palácio de Veraneio tinha acidentes graves todos os finais de semana e os moradores da área já estavam acostumados a ficarem sem energia elétrica nas madrugadas da vida…

 

TJ apóia campanha

O Tribunal de Justiça de Sergipe aderiu à campanha em prol das vítimas da seca em Sergipe, em parceria com o governo do Estado e diversas entidades civis. Magistrados e servidores podem contribuir com cestas básicas ou depósito bancário. “Podemos contribuir para atenuar o sofrimento dos nossos conterrâneos mais desafortunados da região sertaneja atingida pela inclemência da seca”, destacou o desembargador José Alves, presidente do TJSE.

 

STF discute Ficha Limpa

O Supremo Tribunal Federal (STF) volta a discutir neste quarta-feira a validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições do ano passado. Está na pauta do plenário um recurso do deputado estadual Leonídio Bouças (PMDB-MG), barrado das urnas por ter sido condenado por improbidade administrativa, um dos motivos de inelegibilidade previstos na lei. No ano passado, houve empate no julgamento do tema no STF. Os ministros decidiram manter a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que considera a validade imediata da lei. Como agora a composição do Supremo está completa, com 11 ministros, a interpretação pode ser alterada.

 

Seminário reúne prefeitos hoje

A Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) vai reunir hoje, 23, os 75 prefeitos e secretários municipais de Assistência Social das cidades sergipanas durante o seminário “O Desenvolvimento em Sergipe – Desafios e Perspectivas”. O evento servirá para a apresentação do planejamento estratégico para o desenvolvimento social do estado na atual gestão do governador Marcelo Déda, e será realizado das 8h às 13h no salão Abaís do Hotel Parque dos Coqueiros, na orla de Atalaia, em Aracaju.

 

Planejamento

De acordo com a secretária de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino, o encontro vai ser dividido em duas partes. No primeiro momento ela apresentará o trabalho realizado pela Seides e as ações planejadas para os próximos quatro anos. Na segunda etapa, o representante do Departamento de Economia Solidária do Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES), Dalmo Fugita, fará uma explanação sobre as possibilidades que o banco oferece aos municípios.

 

Direitos e deveres

“Nosso objetivo é pactuar a gestão de modo que cada prefeito saia daqui ciente dos seus direitos, mas também dos seus deveres. Precisamos ter prefeituras cada vez mais atuantes e encontros como este são fundamentais para conseguirmos aparar quaisquer arestas e avançar na execução, ampliação e criação dos nossos programas de modo que os cidadãos sintam o nosso trabalho lá na ponta em suas casas, com suas famílias”, resumiu Eliane Aquino.

 

Diretoria do Banpará visita Banese

Com o objetivo de conhecer de perto os produtos oferecidos pelo Banese na área  empresarial, modernização dos processos, modelo de gestão e a projetos na área de Tecnologia, diretores do  Banpará (Banco do Estado do Pará) – único banco público da região Norte – estiveram ontem em Aracaju, reunidos com a diretoria do Banese. O diretor-presidente do Banpará, Augusto César Amorim Costa, estava à frente da comitiva.

 

Banese é referência

O diretor-presidente do Banese, Saumineo Nascimento disse que a visita é um reflexo do trabalho do Banese que vem sendo destacado e servindo de referência para todo o país. Ao lado do Banese, o Banpará faz parte dos bancos públicos que sobraram na onda de privatização do governo FHC. Outros três ainda resistem: o Banestes (Espirito Santo); BRB (Brasília) e Banesul (Rio Grande do Sul).      

 

Risco de desabastecimento

Diagnóstico inédito da Agência Nacional das Águas (ANA) no Atlas Brasil, divulgado pelo governo: trata-se de mais um gargalo ao desenvolvimento econômico que vai se formando sem fazer estardalhaço . Se o país não investir R$ 22,2 bilhões nos sistemas de captação e coleta de água até 2015, pode faltar água em 55% dos municípios do país, ou 3.059 do total.

 

Destaque I

O Festival de Teatro Sergipano está alcançando um grande sucesso de público e crítica em Sergipe. Sempre com casa lotada, seja nos teatro os nas ruas, os grupos sergipanos estão tendo a oportunidade de mostrar seu trabalho e de serem reconhecidos pela população. Isso tudo graças a um trabalho contínuo da Secretaria de Cultura, na pessoa da Secretária Eloísa Galdino, que não mede esforços para ver a cultura acontecer em Sergipe.

 

Destaque II

E por falar em Eloísa Galdino, a secretária está com a agenda cheia de compromissos fora do Estado. Na quinta-feira ela parte para Brasília, onde participa da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), da qual Eloísa é a primeira sergipana a ser membro. Já na sexta ela segue para Belo Horizonte, onde preside mais uma reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Cultura.

Laércio faz palestras para entidades de classe em São Paulo

 

Aniversário da Cidade

Os 156 anos de Aracaju também foram comemorados no Instituto Luciano Barreto Júnior (ILBJ). Os alunos participaram de atividades culturais, com elaboração de cartazes e slides com fotos históricas de pontos turísticos e personalidades aracajuanas, além da confecção de réplicas da bandeira de Aracaju, mostrando muita criatividade e amor pela cidade onde vivem.

 

Contribuinte de SE foi multado por não declarar quase R$ 2 milhões

Um contribuinte sergipano processado Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) foi condenado e cumpriu pena por deixar de declarar quase R$ 2 milhões em seu imposto de renda. Além de pagar multa de mais de R$ 13.600, ele ainda prestou mais de mil horas de serviços comunitários em um hospital do interior do Estado e doou cestas básicas a uma instituição por três anos.

 

Sem comprovação da origem dos recursos

O coordenador do Grupo Criminal do MPF/SE, o procurador da República Paulo Gustavo Guedes Fontes, afirma que o órgão tem trabalhado com afinco no combate a este tipo de crime. A condenação do contribuinte citado no início do texto é um dos resultados deste trabalho. Ele omitiu o depósito de mais de R$ 1,8 milhão em uma conta no Banco do Brasil e também não comprovou a origem de tais rendimentos. A Justiça Federal, à época de sua condenação, ressaltou na sentença que sua conduta era especialmente reprovável pela magnitude dos prejuízos causados aos cofres públicos.

 

Alunos de Sergipe na FEBRACE I

Os alunos Franey Alef dos Santos, Maic Cícero Matos Júnior e Murilo Jildázio da Silva do Colégio Estadual Manoel Alcino do Nascimento, localizado em Graccho Cardoso, sob a orientação do Professor José Edi-Ackel Santos e com o apoio da Secretaria de Estado da Educação, estão participando da FEBRACE – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, na cidade de São Paulo, com o Projeto Veículo Movido por Energia Solar, classificado na categoria Engenharia Mecânica.

 

Alunos de Sergipe na FEBRACE II

O projeto foi o único do Estado de Sergipe classificado para participar da Feira, isso envolvendo as redes pública e particular. No Brasil inteiro na categoria engenharia mecânica apenas onze projetos foram classificados.Há uma votação através do site da Febrace, www.febrace.org.br, na opção Febrace Virtual. Também peço que divulgue, visto qu e ajudará aos alunos. É rápido, fácil e dá pra votar quantas vezes quiser. O número do projeto é o 251.

 

20 melhores prefeitos do Brasil

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Capela enviou release ontem, 22, para a imprensa de Sergipe, informando que  uma pesquisa nacional de opinião pública realizada pela União Brasileira de Divulgação – UBD, em 500 municípios brasileiros apontou o prefeito de Capela/SE, Manoel Messias Sukita Santos (PSB) como um dos 20 melhores gestores da atualidade. Em 2009, o administrador já havia se classificado entre os 50 melhores pelo IBVG. A premiação será no dia 30 de março, em Pernambuco.

 

Trabalho

Para Sukita a premiação é resultado de muito trabalho, uma vez que ao assumir a administração de Capela em 2005 o município encontrava-se no 44º lugar na economia sergipana. Agora está no 6º. “Para nós é motivo de honra e muita alegria. Com planejamento e muito trabalho colocamos todos os serviços públicos para funcionar, além de termos executado obras importantes. Por isso, este êxito e reconhecimento são resultados de um projeto revolucionário, que está sendo reconhecido além fronteiras do Estado. Isso é a prova de que é possível administrar bem com o pouco que se tem”, revela satisfeito.

 

Nota Pública – Solidariedade a deputada Ana Lúcia I

O Partido dos Trabalhadores vem, através desta nota pública, se SOLIDARIZAR com a Deputada Estadual Ana Lúcia e os demais 08 companheiros que foram ameaçados de morte devido às lutas pelo reconhecimento das comunidades remanescentes de quilombos do Baixo São Francisco. O PT, desde a sua origem, sempre se posicionou ao lado dos trabalhadores, explorados, pobres e das minorias, tentando reduzir as desigualdades e cumprindo fielmente o texto constitucional, com o fito de construir uma sociedade igualitária. A luta pelo reconhecimento das comunidades tradicionais, quilombolas, indígenas, é prioridade para atingir esse objetivo.

 

Nota Pública – Solidariedade a deputada Ana Lúcia II

Ao chegarmos ao governo sempre optamos por colocar em prática esses ideais. Com Lula retiramos milhares de brasileiros do estado de miserabilidade e nestes últimos anos construímos as possibilidades concretas para que inúmeros cidadãos brasileiros fossem incluídos na sociedade.A conduta de nossos representantes, como é o caso da Parlamentar em questão, faz parte de um projeto de governo ideológico que não pode ser tolhido em face de práticas inidôneas e ilegais, sendo que desta forma, é imperiosa a necessidade de repudiar qualquer tipo de ato que atente contra a vida ou à moral da Companheira Ana Lúcia, bem como a todos os militantes e trabalhadores que lutam pelos seus direitos e melhores condições de sobrevivência.Aracaju, 22 de março de 2011.Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores de Aracaju.

 

Caixa apóia mulheres empreendedoras

A Caixa Econômica Federal assina hoje, 23 com a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), protocolo de intenções para apoiar o empreendedorismo feminino e a geração de trabalho e renda por meio do Microcrédito Produtivo Orientado. O acordo será firmado no Teatro da CAIXA Cultural Brasília, durante o evento “O Empreendedorismo e o Empoderamento de Mulheres Transformando Vidas e Comunidades”, com as presenças da presidenta da CAIXA, Maria Fernanda Ramos Coelho, da ministra da SPM, Iriny Lopes e das ministras Luiza Bairros Palavra, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, e Maria do Rosário, da Secretaria de Desenvolvimento Humanos. Mais informações no site www.caixa.gov.br

 

Estância comemora Dia Mundial da Água

Na manhã de ontem, 22, que se comemorou o Mundial da Água, a prefeitura de Estância realizou um abraço simbólico ao Rio Piauitinga. O prefeito Ivan Leite fez a abertura oficial do evento ressaltando a consciência que todos devemos ter enquanto cidadãos na preservação do meio ambiente. “É preciso à consciência de preservar a água, porque a estimativa é que daqui a alguns anos a água potável será mais preciosa que o petróleo”, destacou Ivan.

 

Abraço simbólico no rio

Após a abertura, todos entusiasmados abraçaram simbolicamente o Rio com o objetivo de sensibilizar a população em relação aos cuidados com a água, em especial com o Rio Piauitinga que passa pelo município, e valorizar a importância dos recursos hídricos e sua forma de tratamento, a fim de utilizá-los de maneira sustentável.

 

OAB firma novas parcerias

A III Feijoada dos Advogados, servida no sábado (19) no Hotel Parque dos Coqueiros, foi marcada por absoluto sucesso.  Na oportunidade, o presidente da OAB/SE, Carlos Augusto Monteiro Nascimento, e a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da entidade (CAA/SE), Glícia Salmeron, anunciaram a formação de novas parcerias entre a instituição e outras entidades, ampliando assim os serviços e os benefícios oferecidos pela Ordem aos advogados de Sergipe.

 

Recadastramento obrigatório

Neste ano, a OAB/SE realiza o Recadastramento obrigatório com o objetivo de aproximar o advogado da OAB e atualizar a base cadastral da entidade, de forma a não contrariar o Regulamento Geral da Advocacia, facilitar a interlocução da OAB/SE com os advogados, estagiários e escritórios de advocacia instalados em Sergipe e criar mecanismos com o intuito de buscar soluções para sanar eventuais problemas durante o exercício profissional e na luta em defesa das prerrogativas dos advogados e pela preservação do estado democrático de direito, em favor da cidadania.

 

Estrutura montada

Para o Recadastramento, a OAB/SE criou estrutura no Palácio da Cidadania, onde funciona a sede administrativa da entidade (Av. Ivo do Prado, 1072) e também nas Salas dos Advogados mantidas pela entidade nos fóruns da capital e do interior. Os formulários de recadastramento também estão disponíveis no site da OAB/SE (www.oabse.org.br). Advogados, estagiários e sociedades de advogados têm prazo de até 180 dias para realizar o recadastramento, contados a partir da data do lançamento da Campanha (19 de março de 2011).

 

Rede Extramed

Na Feijoada dos Advogados, a presidente da CAA/SE, Glícia Salmeron, formalizou convênio com a Rede Extramed, que disponibiliza assistência odontológica à classe dos advogados, estagiários e respectivos familiares, além de beneficiar os funcionários da entidade. Em pronunciamento, a presidente Glícia Salmeron explicou que os membros da Comissão de Benefícios da Caixa de Assistência fizeram minucioso estudo a fim de garantir aos associados um plano odontológico de qualidade e com condições favoráveis à adesão por parte dos advogados.

 

Convênio de acordo com as agências reguladoras

De acordo com Glícia Salmeron, o convênio se enquadra dentro da formatação prevista pelas agências reguladoras de Plano de Saúde. O valor mínimo para adesão ao plano odontológico é de R$ 20,45, abrangendo todas as coberturas, sem carência, à exceção do Plano Máster, em que há uma carência para próteses e outros serviços de ortodontia. Os interessados em firmar o convênio para ter acesso aos serviços podem procurar a Caixa de Assistência dos Advogados, localizada à Travessa Martinho Garcez, 71 – prédio onde funcionou a sede administrativa da OAB/SE – em horário comercial, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

 

Projeto Sábado solidário

No próximo dia 25 de março, sexta-feira, às 09h da manhã, no auditório da Sociedade Semear, acontece o lançamento do Projeto Sábado Solidário, que tem por objetivo melhorar o rendimento escolar em Língua Portuguesa e Matemática, aliado ao fortalecimento da identidade sócio-cultural, cidadania e das relações interpessoais de cerca de 120 alunos, da 5ª a 9ª séries, com baixo rendimento escolar, do Colégio Estadual José Alves do Nascimento, no bairro Coqueiral, em Aracaju.

 

PDP para os quatro anos

Após quatro meses de discussões que envolveram governo estadual, Federação das Indústrias de Sergipe e diversas instituições locais e nacionais, ontem, 22, di foi a vez do setor privado conhecer as demandas propostas na Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP) para os próximos quatro anos. A apresentação foi feita durante oficina de trabalho realizada no Quality Hotel, sob a coordenação da Rede Nacional de Agentes de Política Industrial (Renapi), órgão da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), responsável por orientar os Estados na construção da PDP.

 

Integração

Responsável pela abertura dos trabalhos e representando o secretário do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Zeca da Silva, o presidente da Codise, Décio Portella, agradeceu a participação das instituições no processo de construção da PDP. “Esse instrumento pode ser observado como uma forma de integração entre a política industrial com o que queremos chamar de Sistema de Planejamento do Estado, nesse ano em que teremos a construção do Plano Plurianual”, ressaltou o secretário do Planejamento, Oliveira Júnior, que prestigiou o evento, acompanhado pelo secretário de Meio Ambiente, Genival Nunes. De acordo com Oliveira, com essa iniciativa o Estado está ajudando o setor produtivo a gerar mais renda. “Temos que aplaudir a iniciativa e nos somar para o sucesso dessa política que tem como principal ação o foco participativo”, enfatizou o secretário de Planejamento.

 

IEL/SE faz reunião com empresas do Setor de Construção Civil

O IEL/SE realizou na noite da última segunda-feira, dia 21, uma reunião de negócios com empresas do setor de construção civil do estado. O encontro foi uma ação que fez parte do Programa SEBRAE-IEL de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) e aconteceu na sede do Sindicato das Indústrias de Construção Civil do Estado de Sergipe – SINDUSCON/SE. A reunião objetivou mostrar para os empresários as vantagens de participar do programa. Criado em 2009, através de uma parceria entre o IEL e o SEBRAE, o PDF procura contribuir para a melhoria da competitividade das micro e pequenas empresas fornecedoras de bens e serviços das grandes e médias indústrias brasileiras.

 

Happy hour  no Iate clube

Na quinta-feira, 24,, no Happy hour do Iate, a partir das 19h30 tem Geraldo Paixão, Maria Augusta & Musical  brasileiríssimo, além de Jr. Do cavaco & Cia. Do choro. Na outra quinta, dia 31, será a vez de Anna aparecida, Banda woltz e Nosso samba.  Projeto de Extrema Sergipanidade com filmagem das atrações para edição de um documentário do artista sergipano. Mais em: www.entreamigosnatv.com.br

 

Páscoa à vista

Promessa feita; promessa cumprida: o Shopping Garden trouxe muitas surpresas da Abup Show, da Gift Fair e da Feicon, algumas das principais feiras do setor de decoração, realizadas em março na cidade de São Paulo, de onde a arquiteta e paisagista Anarlene Ribeiro retornou no último domingo, dia 20. Segundo a proprietária do Shopping Garden, a maior parte dessas novidades ainda é segredo – por enquanto… Porém, para matar um pouquinho da curiosidade do público, ela revela: trouxe peças cheias de estilo que deixarão sua casa ainda mais bonita nesta Páscoa, a exemplo de esculturas, souvenires e vasos. Vale a pena conferir!

 

Reunião-almoço da Acese

Amanhã, quinta-feira, 24, será realizada a primeira reunião-almoço do ano da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE) este ano. O convidado como palestrante será o secretário de Finanças, Jeferson Passos, que falará sobre a implantação da nota fiscal eletrônica no município.  A reunião-almoço tem início às 12h30, no Mercure Hotel, orla de Atalaia. 

 

Conversando com o Lojista

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL), receberá nesta quinta-feira, 24, em sua sede, na rua Santa Luzia, o gestor local de Fornecedores da Petrobrás, Ubirajara de Brito Cruz. Ele falará entro do programa “Conversando com o Lojista”.

A reunião almoço ocorrerá a partir das 12h, onde são esperadas as presenças de aproximadamente 120 associados, entre lojistas e convidados.O palestrante versará sobre “Oportunidades de Negócios em Bens e Serviços”, sendo Fornecedor da Petrobras em Sergipe, tema que interessa diretamente aos lojistas, segundo avalia o presidente da CDL, Samuel Schuster.

 

Recadastramento do cartão escolar termina dia 31

Os usuários do cartão Mais Aracaju Escolar que ainda não realizaram o Recadastramento 2011 nem o Cadastramento Biométrico precisam se apressar, pois o prazo para realizar tais procedimentos termina dia 31 de março. Após essa data, os estudantes que não recadastraram o cartão estarão impossibilitados de utilizá-lo.Para recadastrar, é preciso acessar o Portal SETRANSP, no www.setransp-aju.com.br/escolar, preencher a ficha de recadastramento e procurar um dos postos SETRANSP (veja lista abaixo) levando o cartão Mais Aracaju Escolar e a documentação (fotocópia de um comprovante de residência em nome dos pais ou do aluno  e documento que comprove o vínculo escolar original).

 

Moradores do Robalo querem redutores de velocidade

A ponte Jornalista Joel Silveira foi inaugurada pelo Governo do Estado no dia 30 de março do ano passado e mesmo antes da inauguração representantes dos moradores da Zona de Expansão já haviam solicitado a sinalização eletrônica da Rodovia dos Náufragos.Agora, com a polêmica do cancelamento dos contratos dos pardais, fotossensores e das lombadas tanto da SMTT quanto do Detran, moradores voltam a cobrar do Governo do Estado medidas para que seja garantida a segurança dos pedestres da região.

 

Audiência

A Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo – ADCAR solicitou audiência com o Diretor Presidente do DER, Antonio Vasconcelos, a fim de ouvir o que o Governo do Estado pretende fazer a partir de agora, já que os equipamentos que existiam foram desativados.Além disso, a Direção da ADCAR pretende cobrar a instalação de equipamentos de redução de velocidade nos locais que os moradores entendem que trazem risco permanentemente para todos os pedestres ao longo da rodovia.

 

Multas ilegais

Com o anúncio do rompimento do contrato pelo Governo do Estado e com a notícia de que o contrato era feito através do Detran, José Firmo defende a tese de que a sinalização estava ilegal, visto que o Detran não é a autoridade com jurisdição sobre a via e sim o DER. “O Código de Trânsito define e diferencia nos artigos 21 e 22 o que é autoridade executiva e autoridade de trânsito e o Detran como autoridade executiva não poderia sinalizar rodovias”, assevera Firmo.

 

DO LEITOR

 

A Deso continua linda

Do leitor Messias Gonçalves: “No ano passado, escrevi neste blog, além de enviar um e-mail para o nosso governador, denunciando a maneira perversa e desleal com que são praticadas as cobranças das tarifas cobradas pela DESO, quanto ao consumo de água por parte da população assistida. Na oportunidade, o governador me respondeu, baseado nas informações repassadas pela companhia de abastecimento. Para refrescar a memória dos leitores, escancarei como são taxadas as contas. Se nós consumimos de 1 até 10 m³, paga a chamada taxa mínima. Caso ultrapasse essa primeira escala e  não gaste 20 m³, nós pagaremos o valor correspondente aos 10³ mais as frações excedentes.  Só que em cima do valor referente a 20 m³. É por essa mágica que as contas são elevadíssimas. E assim va le para as demais faixas de consumo. Sem falar na taxa de esgoto que é de 80 % do valor consumido da água. Logo após a minha publicação, vimos depois uma pesquisa realizada por uma universidade do Rio de Janeiro, constatando e ressaltando justamente o que eu havia denunciado, de que a DESO, cobra uma das maiores tarifas do Brasil. Essa semana, ao receber a fatura do meu apartamento, com consumo de 13 m³, constatei que ao lado da leitura dos meses anteriores, está a média dos últimos meses. No meu caso, ficou em 10 m³. Isso quer dizer que em alguns meses o meu consumo foi menor ou igual aos 10 m³ da tarifa mínima e que em outros meses, veio a ultrapassar aos 10 m³. É ai que não me conformo, pois quando consumimos abaixo de uma escala, pagamos por ela. Mas quando ultrapassamos alguns metros, somos lesados, já que há a bi tributação. O que eu defendo é que o governador mande rever essa prática e envie para a assembleia legislativa, algo que venha a institui r a chamada ?tarifa social?, nos moldes do que ocorre com as contas de energia elétrica. Quando os consumidores ficam dentro de determinados níveis de consumo, há até descontos. No caso da DESO, que instituam as médias, para que a população não continue sendo penalizada. Me entristece ainda mais é o fato de não ver o MPE abraçar essa causa, nem nenhum deputado estadual, apresentar nenhum projeto na assembléia”.

 

Mitomania e as eleições

Do leitor Elcio Conceição: “Estava lendo um artigo sobre a mitomania (mentira obsessivo-compulsiva). Ao ler o texto imaginei duas situações bem distintas, mas ao mesmo tempo bem real. Todos nós conhecemos um “mitomaníaco” em nossas relações pessoais, profissionais e até mesmo familiar. Normalmente o mitomaníaco (mentiroso) , vive em função de sua mentira, vive interpretando um papel diferente daquilo que ele é. Deve ser difícil para o mitomaníaco a sua vida cotiadiana, pois, para evitar que sua mentira seja descoberta, ele cria uma série de situações, de estórias para sustentar suas mentiras todos os dias, todas as horas do dia. Confesso que conheço um amigo que sofre dessa doença e sei da dificuldade que ele tem para manter a mesma estória ou a mesma mentira.Para as pessoas que tem mitomania (mentiroso) a mentira é a sua verdade. As coisas que elas inventam são as mais complicadas possíveis, tipo: já morei em Paris , Londres, Itália, e descrevem perfeitamente esses lugares como se já estivessem mesmo morado lá, ou ainda a preferida deles: eu era muito rico, estudei nos melhores colégios, mas meu pai perdeu tudo e agora ficamos pobres, tinha uma casa enorme com 8 quartos. Tem casos que o mitomaníaco (mentiroso) é tão convincente que em alguns casos passamos a acreditar nas suas mentiras.Em período eleitoral a sociedade tem de conviver com vários candidatos que sofrem dessa doença eleitoral a ” mitomania-eleitoral” (mentira eleitoral). Alguns candidatos para ter o apoio da sociedade passam a criar estórias, prometer coisas que dificilmente poderá ser cumpridas, prometem empregos, casas, que vai resolver todos os problemas da comunidade. Enfim, sabemos que é tudo mentira, eles só querem nossos votos. Compram as consciências das pessoas com dinheiro. Em 2012, iremos ter a oportunidade de ver muitos desses “mitomaníacos eleitorais”, na televisão,em comícios, nas praças públicas, no sinais entregando seus santinhos etc. O tratamento para os casos da “mitomania” (mentira compulsiva) é o tratamento psiquiátrico com acompanhamento psicoterapêutico.Nos casos de “mitomania-eleitoral” (mentira eleitoral), é simples. Não se iluda com falsas promessas, aceite o que o mentiroso for te dar, mas não vote nele. Converse com amigos e familiares sobre os candidatos, valorize seu voto. Na maioria das vezes o bom candidato está bem próximo de você e nem sempre tem capital financeiro para investir em sua candidatura. Mas tem compromisso com os verdadeiros anseios da sociedade. Pense nisso!”

 

ESPECIAL – Cooperativas de SE são destaque no Estadão

O jornal Estado de São Paulo da última segunda-feira, 21, publicou duas páginas sobre cooperativas existentes no Nordeste onde cerca de 100 mil famílias produzem oleaginosas para o biodiesel com contratos e preços garantidos pela Petrobras. Confira os principais trechos da extensa matéria:

 

Incentivo a organização dos produtores

O professor de Economia da Universidade Federal de Sergipe, Olívio Teixeira, especialista em agricultura familiar, ressalta que o programa de biodiesel tem sido importante por incentivar a organização dos produtores para fazer frente às exigências da PBio. “De certa forma, o programa incentivou a organização de cooperativas regionais e criando um ambiente para o bom desempenho de programas governamentais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar.”Segundo Teixeira, o pequeno agricultor também tem se mostrado receptivo à transferência de conhecimento propiciada pela assistência técnica do programa de biodiesel. “Estas novas tecnologias, embora básicas, têm levado ao aumento de produtividade não só nas lavouras do programa mas também nas demais culturas plantadas.” Para o pesquisador, a maior vantagem do programa é o fortalecimento da agricultura familiar e não apenas o biodiesel. Em algumas áreas, não foi só a produtividade que dobrou, mas também a renda das famílias.

 

Cooperativas agregam valor e tecnologia     

O programa de biodiesel da Petrobrás Biocombustível fortaleceu o cooperativismo na agricultura familiar no Nordeste. Para fazer parte do programa, o agricultor precisou se associar a uma cooperativa, que, por sua vez, teve de se profissionalizar para atender às exigências da PBio. As cooperativas mais estruturadas passaram a ter condições de apoiar os produtores no acesso a máquinas e tecnologia, além de ajudá-los a agregar valor ao produto e a vender.

 

Assentamento em Indiaroba

Maria Batista da Silva está entre os produtores beneficiados. “Antes, eu vendia toda a produção para atravessadores e não conseguia pagar as dívidas.” Presidente da associação dos produtores de Sete Brejos, uma agrovila de assentados em Indiaroba (SE), Maria diz que os programas mudaram a realidade da região. Hoje, toda sua produção é direcionada para as vendas de contrato. “Não tenho produto nem para vender na feira. Está tudo comprometido.” Além da garantia de escoamento, os recursos extras obtidos com os programas foram usados na aquisição de um debulhador para retirar as sementes de girassol da planta.O fortalecimento das cooperativas permite que os agricultores cooperados agreguem valor ao seu produto. Em Indiaroba, a Cooperafir já conseguiu negociar um preço mais remunerador para a produção de laranja. “Não somos mais entregadores de laranja para a indústria”, afirma o presidente da cooperativa, Adinaldo do Nascimento.Agora, são eles que contratam a indústria, processam e engarrafam o próprio suco, com a marca da cooperativa. “Antes, tirávamos R$ 280 por tonelada de laranja. Agora, ganhamos R$ 400 por tonelada de suco, com uma margem muito maior para o produtor.” A laranja é uma das frutas plantadas em rotação com o girassol.

 

Produção em Poço Redondo

No município de Poço Redondo, a 200 quilômetros de Aracaju, cerca de 700 famílias plantam girassol, milho e feijão há dois anos. Com a renda gerada pela oleaginosa, a cooperativa local investiu em maquinário. “Temos a única plantadeira de girassol da região”, conta João Gomes, presidente da cooperativa. A semente é entregue para a Petrobrás e, o restante, aproveitado na produção de ração animal.Os produtores já estão vendendo a ração de talo de girassol por R$ 0,60 o quilo, valor que cobre os custos de produção da semente. Na primeira safra plantada, a produtividade média foi de 600 quilos por hectare. A expectativa é de que, com a mecanização, a produtividade atinja 1.400 quilos por hectare.

 

DE BRASÍLIA

 

Palestra na Sevesp

“A sustentação empresarial dos nossos negócios passa, invariavelmente, pela representação efetiva de interesses dentro do Congresso Nacional”. Foi com essa frase que o deputado federal Laércio Oliveira iniciou suas palestras que trataram dos 50 dias de atuação parlamentar, durante todo o dia de ontem São Paulo. A primeira foi realizada na sede da Sevesp (Sindicato das Empresas de Segurança Privada de São Paulo) e a segunda na Fecomercio (Federação do Comércio de Bens, Serviço e Turismo).O parlamentar fez uma explanação sobre projetos de sua autoria, temas que defende na Câmara dos Deputados e representações classistas que ele participa, a exemplo do Conselho Nacional da Previdência Social, do Conselho Nacional das Relações do Trabalho, a vice-presidência institucional da FEBRAC e a vice-presidência da Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços. Além da participação na Frente Parlamentar das Micro e Pequenas Empresas, nas comissões do Trabalho e de Minas e Energia, na Frente parlamentar da Pesca e como vice-líder do PR.

 

Recursos hídricos brasileiros

“Hoje, 22 de março é o Dia Mundial da Água, o ouro líquido do século XXI. Por conta disso, precisamos trazer a sociedade o debate de preservar este recurso natural que é essencial a vida”. Foi com estas palavras que o deputado federal Márcio Macêdo (PT) iniciou nesta terça-feira, um pronunciamento especial em alusão ao Dia da Água quando apresentou um panorama das condições deste recurso no planeta e falou sobre a política de recursos hídricos de Sergipe, estabelecida durante sua gestão na Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Na reunião da Comissão de Meio Ambiente, Márcio também abordou o assunto

 

Permanência do voto proporcional

A permanência do atual sistema eleitoral com voto proporcional, porém com lista fechada, e o fim das coligações partidárias, foi a proposta mais votada  ontem,22, na reunião da Comissão Especial de Reforma Política do Senado. O senador Antonio Carlos Valadares, líder do PSB no Senado e um dos titulares da Comissão, defendeu essa proposta, já adiantando que a lista seria preordenada pelos partidos, por considerar que isto reduz o custo das campanhas, cabendo principalmente aos partidos financiá-las, evitando a corrupção e a influência do poder econômico, que prejudica os candidatos menos aquinhoados.

 

Confederação Nacional dos Municípios

O deputado federal André Moura (PSC/SE) visitou ontem, 22, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, Paulo Ziulkoski.A CNM é um poder independente do governamental, com ações de mobilização, representam também os municípios nas mais diferentes esferas, tendo voz nas discussões no Congresso Nacional, na agenda de negociação do Governo Federal, nos comitês e nos diversos conselhos nos quais os municípios necessitam para a definição das políticas públicas do país.André Moura se colocou a disposição da entidade para futuras parcerias. O deputado disse que sempre esteve ao lado dos prefeitos, pois sabe as dificuldades de se administrar um município.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia

“A origem de toda a angústia é a de ter perdido o contato com a verdade”. Vilhelm Ekelund.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários