Cacique Chá, Jenner Augusto e Mário Britto

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Uma obra com a qualidade e o reconhecimento de acordo com a história do Cacique Chá e do artista plástico Jenner Augusto. Assim o blog define o livro “Cacique Chá – Jenner Augusto. Marcos do Modernismo”, organizado por Mário Britto, curador do memorial Jenner Augusto.

Com uma equipe altamente gabaritada e textos de diversas pessoas que viveram o Cacique Chá em toda sua plenitude, Mário Britto conseguiu construir uma obra-prima que orgulha Sergipe. Aqui uma Justiça a realização do Fecomércio e do Senac.

Os textos levam o leitor a vida do Cachique Chá e toda história do artista plástico sergipano que tornou-se referencia internacional.  Cita os intelectuais de esquerda que fizeram do Cacique o “front” da oposição em Sergipe, entre eles Alberto Carvalho que é citado vários vezes no livro.

O entrelaçamento do Cacique Chá e Jenner Augusto é definido pelo próprio artista em entrevista ao Correio de Aracaju, em 1949 e que está no livro:

“Pertencendo a uma geração inquieta; tendo nascido em um século de inovações e vivendo a minha mocidade numa época em que o povo não é mais um número inexpressivo, mas uma força viva que adquire consciência e já sabe lutar pela solução dos seus problemas, senti-me arrastado pelas novas tendências e fui buscar nas fontes populares todos os assuntos dos meus trabalhos. Aliás, o artista, se não tiver a centelha do gênio para avançar para fora de sua época, deve viver intensamente o seu tempo, pois sendo dotado de forte dose de sensibilidade não poderá deixar de sofrer a influência das coisas que o cercam, a menos que seja egoísta e mistificador…”

Parabéns Mário Britto e toda equipe por conseguir resgatar para gerações o Cacique Chá, o templo de Aracaju e a  plenitude do gênio Jenner Augusto.

Em Itabaiana, muita gente ganhou apostas. Adiamento julgamento Luciano Bispo. Caso pode chegar no ACNJ
Mais uma vez o blog acertou na mosca, foi adiado o julgamento de Luciano Bispo no pleno do TRE, marcado para ontem. Em Itabaiana, correligionários do deputado ganharam várias apostas. É mais fácil chegar um terremoto a Sergipe do que Luciano Bispo perder o cargo, disse um deles. Será mesmo? Com o adiamento, não foi marcada uma nova data para o processo retornar a pauta. O caso vai chegar ao CNJ. Anotem!

Cassação Valmir Monteiro: Justiça confirma que processo está em trânsito julgado, sem mais recurso em SE.
Através de intimação eletrônica publicada ao promotor do MPE, o juiz de direito Edinaldo César Junior confirmou ontem, 28, que o

Decisão judicial é clara. 

deputado estadual Valmir Monteiro não tem mais recurso no processo movido pelo Ministério Público Estadual. Ou seja, o processo está em trânsito julgado e o juiz pediu o cumprimento da sentença do dia 01 de Abril deste ano. Ao lado print da página do TJSE de ontem.

Valmir pode entrar com ação rescisória STJ, mas não tem efeito suspensivo.
O deputado Valmir Monteiro pode entrar com ação rescisória STJ, mas não tem efeito suspensivo. Só com uma liminar. Adelson Filho para assumir tem que renunciar mandato de vereador de Aracaju. E se Valmir conseguir uma vitória em Brasília. Adelson fica sem nada. Será que ele renunciará a suplência? Neste caso assume Gilmar Carvalho. E se Adelson renunciar a Câmara assume sargento Vieira.

PSB e PV conversam em Sergipe
Na última segunda-feira o deputado federal Valadares Filho (PSB) teve uma conversa com o presidente regional do PV, Reynaldo Nunes e do diretório municipal de Aracaju, Itamar Amaral. Na pauta as afinidades dos dois partidos que são alinhados no Congresso Nacional e a possibilidade de alianças em Sergipe, principalmente em Aracaju.

Parabéns Prefeitura de Aracaju. Licitação para canal 3 do Augusto Franco saiu
E a comunidade do conjunto Augusto Franco pode comemorar: depois das coberturas dos canais 4 e 5 na gestão anterior, será a vez de iniciar agora a obra de cobertura do canal 3. A PMA já fez a licitação. Uma importante obra.

Ipesaúde Plus
O governo do Estado de Sergipe, através da Secom e do Ipesaúde, preparam uma campanha para conquistar os servidores públicos que têm um salário mais elevado e migraram para outros planos de saúde nos últimos anos. “Quem tem Ipesaúde Plus tem muito mais proteção” é o slogan da campanha que irá para os meios de comunicação em Maio.

Economia
Segundo o presidente do instituto, Lauro Seixas os  beneficiários terão muito mais acesso aos hospitais credenciados como Primavera, São Lucas Clinica e Hospital, Santa Helena, entre outros. E se comparado com os outros planos a economia será bem maior.

Desarmamento
O Ex-deputado Jorge Araujo (PSD) observa com preocupação a possibilidade de mudanças no atual Estatuto do Desarmamento como desejam alguns parlamentares federais integrantes da Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal, visando criar facilidades para aquisição de armas.

Desarmamento II
Segundo Jorge Araujo o país precisa é consolidar o atual estatuto, apoiando as campanhas de desarmamento que são desenvolvidas, cobrando cada vez mais dos órgãos de segurança ações que visam coibir a utilização de armas fogo. O cidadão deve ser protegido e a utilização de armas deve ser somente através dos policiais e órgãos da Segurança Pública.

Solidariedade
O presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Vinicius Porto (DEM) prestou solidariedade à família da ex-vereadora por Aracaju e defensora pública, Emília Corrêa (DEM) pela morte do seu pai, José Corrêa Sobrinho, de 87 anos.Ex-presidente da Câmara Municipal de Lagarto, seu José Corrêa, como era conhecido, morreu na noite da última segunda-feira e deixou cinco filhos, além de netos e bisnetos. Como parlamentar e desportista, seu Corrêa marcou a história de Lagarto com as suas ações.

Legado
"Perder um ente querido é bastante doloroso, sobretudo, quando se trata de um pai. Neste momento, quero abraçar a todos os familiares do seu Corrêa, em nome da doutora Emília. Não tenho dúvida, que ele deixa um legado de honradez para todos que o acompanharam ao longo da sua existência". disse Porto.

Somação
Já a senadora Maria do Carmo que também prestou solidariedade lembrou do carinho de Emilia pelo pai. “este momento de dor, queremos nos somar em oração, pedindo ao Pai Celeste que o acolha e conforte os seus familiares, parentes e amigos que ficaram", afirmou. A senadora destacou que a veia política de Emília foi estimulada pelo seu pai que deu grande contribuição ao Estado de Sergipe, através do município de Lagarto.

Segurança
O vereador Anderson de Tuca (PRTB) cobrou ontem, 28, na Câmara de Aracaju mais segurança nos bairros da capital. Ele fez um apelo ao secretário de Estado da Segurança Pública, Mendonça Prado, para que tome medidas emergenciais para conter o avanço dos índices de violência.

Assaltos
Anderson revelou que sente na pele o que a população tem sofrido. “Semana passada presenciei quatro assaltos no mesmo dia. Isso é inaceitável. A polícia tem que se fazer presente nas ruas e devolver a tranquilidade da população”, frisou.

Iluminação pública na Avenida Gasoduto
Apresentando um vídeo, o vereador Max Prejuizo fez um apelo ontem, 28, na Câmara de Aracaju, para que seja implantada uma iluminação adequada na Avenida Gasoduto, no conjunto Orlando Dantas. O vídeo mostrou a escuridão que prejudica os moradores  principalmente os que utilizam o calçadão central para atividades físicas.

Encontro com os moradores
Através de uma indicação, Max Prejuizo pediu a Prefeitura de Aracaju para atender a reivindicação da comunidade. “A iluminação precária facilita também a ação de marginais”, disse, afirmando que o canteiro central está necessitando de reparo nos pisos e bancos. Max aproveitou para anunciar que realizará o “I Encontro dos Moradores do Orlando Dantas com o vereador Max Prejuízo”, que acontecerá no dia 7/5, às 19h, na loja Itabar Motos, na Rua 8..

Laércio Oliveira: faço a defesa por convicção ao meu mandato
A reunião-almoço da Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas – ASEOPP, desta semana contou com a presença do deputado federal Laércio Oliveira, que destacou a importância de como representante dos empresários estreitar o relacionamento com todas as áreas. “Tenho orgulho de fazer parte desta categoria”, disse, Laércio que é  vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e presidente da Fecomércio Sergipe.

Cultura
Laércio lamentou a cultura no país que muitos acham que o empresariado só visa o lucro e esquece da importante contribuição para o crescimento do país e o relacionamento de parceria com os trabalhadores.

Projeto terceirização
“Lamentavelmente tentam desvirtuar o projeto aprovado sobre terceirização. Ele não acaba com os concursos públicos e muito menos atinge a administração de direta do serviço público”, explicou, afirmando que o projeto não vai retirar direitos dos trabalhadores. “Pelo contrário, com a regulamentação eles terão todos os direitos garantidos.”

Transparência
No segundo mandato, Laércio Oliveira disse que procura fazer o jogo da boa política e muitas vezes senti-se só porque é fiel aos seus princípios. “Sou transparente, faço a defesa por convicção ao meu mandato”, disse, afirmando que nunca escondeu que é empresário, mas sempre respeitou e defendeu os direitos dos trabalhadores dentro de uma ação de parceria.

Questionamentos
Laércio Oliveira respondeu diversos questionamentos dos associados da ASEOPP e foi recebido pelo vice-presidente, Francisco Costa, que saudou o trabalho que o parlamentar vem realizando em Brasília. Uma das reivindicações do vice-presidente é que no programa “Minha Casa, Minha Vida”, o juros de obras, seja incluído no financiamento. “Isso seria bom para os empresários e para quem compra. Porque hoje é um grande entrave na construção”, disse.

Luta da ASEOPP
Francisco Costa aproveitou para fazer um relato da luta da ASEOPP apresentando sugestões para acabar com o atual quadro de obras paralisadas em todo o país. “Temos o lema que resume bem: preço justo, obra concluída e sociedade atendida”, disse Francisco, pedindo a Laércio Oliveira que é preciso encontrar mecanismos para fazer com que o poder público cumpra com o prazo de pagamento das faturas e a liberação de recursos. “Hoje o que se vê são centenas de obras paralisadas em todo país, onde os governos pagam as primeiras parcelas e depois atrasam”, disse.

Aumento de pena para diretor de penitenciária e agente público
A Câmara dos Deputados aprovu o projeto de Lei 6.701/13, de autoria do deputado federal Fábio Reis (PMDB), que altera o Código Penal e aumenta a pena para o crime praticado por diretor de penitenciária ou agente público que não proibir o acesso do preso a aparelho celular, ou similar, que permita a comunicação com outros presos ou com o ambiente externo.

Redação
Atualmente, o Código Penal prevê detenção de três meses a um ano para o diretor de penitenciária ou agente público que deixar de cumprir seu dever de vedar ao preso o acesso a aparelhos telefônicos.Com a nova redação, a pena poderá ser aplicada se um ou outro franquear ou facilitar o acesso do preso a aparelhos telefônicos, radiofônicos ou similar, que permita a comunicação com outros presos ou com o ambiente externo.

Vitória
Fábio comemora não só a aprovação da proposta, mas também o fato de ter conseguido levar um projeto a plenário durante seu mandato, conquista que não é celebrada por todos os parlamentares. “Estou muito feliz com esta vitória, mas quem ganha é a sociedade, que terá mais segurança. Com essa medida, queremos evitar golpes aplicados de dentro das penitenciárias e a manutenção de facções comandadas de dentro das cadeias”, declarou Fábio.

Segunda Plenária de Debates terá Reitor da UFS e Presidente do SergipeTec
O Fórum Pensar São Cristóvão vai realizar nesta quarta-feira, 29, às 19 horas no Salão de Eventos da Igreja Senhor do Bomfim no bairro Rosa Elze a 2ª Plenária de debates sobre assuntos de interesse para toda população.O tema para a segunda plenária será a atuação da Universidade Federal de Sergipe – UFS e do Sergipe Parque Tecnológico – SergipeTec e a interação com São Cristóvão.Foram convidados e serão debatedores o Prof. Dr. Angelo Roberto Antoniolli e o Prof. Dr. Marcos Vandir, respectivamente, Reitor da UFS e Presidente do SergipeTec. Toda comunidade da região está convidada.

Sugestões
A ideia do Fórum Pensar São Cristóvão é que o debate produza sugestões que contribuam com as políticas públicas e, no caso específico, que venha estreitar mais a relação da UFS e SergipeTec com São Cristóvão e mais de perto com esta região do município onde as duas Instituições de pesquisa estavam encravadas.

Desenvolvimento
O Fórum Pensar São Cristóvão é a reunião de Cidadãos e Cidadãs são-cristovenses, líderes políticos e comunitários e tem como objetivo congregar pessoas físicas e jurídicas interessadas na promoção do desenvolvimento econômico sustentável e sócio-cultural do município de São Cristóvão – SE, bem como de ser um instrumento aberto, plural e eficaz de discussão e formulação de propostas de políticas públicas municipais.

Crea-SE
O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) recepciona a 2ª Reunião Ordinária da Coordenadoria Nacional de Câmaras Especializadas de Agronomi que  acontece até esta quarta-feira (29/4) na sede da Associação de Engenheiros Agrônomos de Sergipe (AEASE). O evento reúne representantes dos Conselhos de todos os Estados e Distrito Federal. A Educação a Distância e o Cadastro Ambiental Rural são alguns dos assuntos em pauta.

Temporada Mariano de Artes Cênicas
O mês de maio começa com um final de semana repleto de boas atrações no Teatro Lourival Baptista. Três espetáculos, integrantes da programação da Temporada Mariano de Artes Cênicas, estarão em cartaz: o espetáculo de dança “Perfil”, a peça “Minha vida, meu bolero” e o espetáculo infantil “Anance, uma lenda africana”. Os ingressos para as apresentações têm valor de R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). Maiores informações por meio do telefone (79) 31791970.

Iniciativa
A Temporada Mariano de Artes Cênicas, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado de Sergipe, tem dois pilares na sua concepção: o apoio à formação e manutenção de grupos teatrais e a formação de plateia. Sob esta ótica, a avaliação feita do desenvolvimento do projeto é animadora. “Temos acompanhado as apresentações da Temporada Mariano de Artes Cênicas e o retorno, não apenas por parte dos grupos, mas, também, do público, é animador. Aos poucos, vamos tornando a produção de artes cênicas em Sergipe mais forte”, alega o Secretário da Cultura, Elber Batalha.

Ceinfa/Programa Entre Amigos
Um trabalho calcado no profundo amor e com muita abnegação devotada pela família e grupo Miro dos Santos, esse trabalho tem o cunho caritativo e é desenvolvido no Centro de Integração da Família – Ceinfa, com o foco voltado para a família de renda baixa dos mais variados bairros de nossa cidade vem atendendo desde a criança ao mais idoso cuja presidente e psicóloga Emanuelle Santos tem acompanhado todas as atividades que são desenvolvidas, mas sempre respaldada na família Miro dos Santos. Clique no link para acompanhar todas as atividades do Ceinfa: https://www.youtube.com/watch?v=VW3blJjS_6g

PELO TWITTER

www.twitter.com/gilbertotv  Um olhar, as vezes, derruba mais que uma trombada de caminhão.

www.twitter.com/oMarioSousa  Acordamos. É mais uma chance para ser/fazer melhor. Bom dia!

www.twitter.com/ManuSanthiago  Medíocre! Quem nasceu cauda, nunca será cabeça. Nasce pobre e morre pobre!

www.twitter.com/AdemarQueiroz  Nós não vemos as coisas como elas são.Vemos as coisas como nós somos.

www.twitter.com/JoseRaimundos  Enquanto os homens de bem não denunciar as coisas e pessoas erradas, todos pagamos caro,  as vezes com a  vida até.

www.twitter.com/hm_maia  @Georg_Magalhaes Por que a SSP não apresenta um plano concreto ao povo um Plano para a Segurança Pública de Sergipe?

DO LEITOR

Aumento salarial servidores de Aracaju
E-mail recebido: “Sou servidor municipal da prefeitura de Aracaju, e até agora não soube nada do aumento salarial, lembrando que o Prefeito assim que assumiu alterou a data base de janeiro para maio, agora já estamos chegando no mês de maio e nada, lembrando que ano passado não foi dado aumento, apenas reposição da inflação.Se tiver alguma informação agradeço!”

Desgaste desnecessário
E-mail recebido de um servidor: “Auxiliares do governador não estão nem um pouco preocupado com o desgaste da imagem do governador. Marcaram para sexta feira, feriado nacional o pagamento dos servidores das empresas, fundações e autarquias. Embora que o pagamento poderá ser retirado nos Cash, poderiam colocar no último dia do mês. A esperança dos barnabes é que já na quinta o dinheiro esteja disponível, como acontece quando cai numa segunda e no sábado já está disponível. Governador com aliados desse tipo, o senhor não precisa dos Amorim e nem de André Moura ou João Alves como adversários.”

ARTIGO

Das Terceirizações e o canto da sereia. Por Eduardo Marcelo Silva Rocha*

Estamos diante do sério debate acerca das terceirizações. Seríssimo debate, na verdade.

Antes de tudo, é importante entender a diferença entre atividade- fim e atividade meio.

Pensemos numa empresa de “programas de computador”. Ela produz softwares, que são desenvolvidos pelos seus profissionais da área de computação – esses são os que exercem as atividades fim. Ao mesmo tempo, necessita de profissionais responsáveis pela manutenção do espaço físico e dos equipamentos, que não se envolvem na produção  dos programas, mas que desempenham funções essenciais ao funcionamento da organização – esses exercem as atividades-meio.

Pois bem,  o instituto da terceirização surge como uma opção de aumento de eficiência de uma empresa, através da concentração de esforços em sua atividade-fim,  possível mediante a transferência das atividades-meio a um prestador de serviços, que assumirá estas funções, poupando a empresa de preocupar-se com recrutamento, seleção, treinamento e etec, dessa mão de obra específica.

Não é algo novo.

Mas vejamos, como foi dito, quando uma empresa terceiriza, livrando-se de parte dos encargos (não necessariamente financeiros), ela oportuniza se reinventar, no sentido de melhor gerir seus funcionários – ligados à atividade-fim –  na busca pela excelência, no caso acima, na produção de programas/softwares. O que, naturalmente, terminará por aumentar a sua lucratividade.

Vejamos que não se falou em diminuição de custos, mas sim de melhora na produtividade.

Mas  o que ocorre na terceirização brasileira?

Aqui, ao invés de se liberar a empresa para atuar mais focada em sua atividade fim, usa-se o instituto para reduzir custos.

Ora, vamos pensar no seguinte: se um funcionário custa 2.000 reais e eu o terceirizo para reduzir custos, o terceirizado terá de custar menos que esses 2.000. (nesse caso, o custo refere-se à salários e garantias de ordem previdenciárias e FGTS).

Mas há um detalhe importante, exceto em casos como o do link acima, a maior parte do trabalhador terceirizado é contratado por uma empresa de prestação de serviços. Ou seja, desse valor que o terceirizado passara a custar, menor que os 2000 reais, além  do salário do trabalhador, ainda há de se abater o lucro e outros custos da empresa prestadora de serviços.

Logo, está claro que o trabalhador que custava 2000 reais, contratado diretamente, ao ser contratado via empresa terceirizada a um custo menor, perderá valores,  se não diretamente em seu salário (o que é regra),  certamente  o estará em relação à suas vantagens previdenciárias e FGTS.

Não por acaso, muitos setores significativos e autoridades manifestam-se contrários ao projeto de Lei 4330, em andamento, por se correr o risco de “abrir as portas para a insegurança econômica” dos trabalhadores brasileiros, nas palavras de Mangabeira Unger.http://jornalggn.com.br/noticia/para-mangabeira-unger-terceirizacao-pode-aumentar-precarizacao-no-trabalho.

Dados de 2013 demonstram que o trabalhador terceirizado:
1 – recebe salário, em média, 25% menor que o do trabalhador não terceirizado;
2 – que a jornada de trabalho do terceirizado é 7,5% maior;
3 – que o terceirizado consegue se manter no emprego apenas 50% do tempo que o não terceirizado;
4 – e que a taxa de rotatividade no emprego é 50% maior que o não terceirizado.

Longe de querer esgotar  o assunto, que é mais amplo, já podemos perceber as questões mais simples, imediatas e assustadoras desse projeto em andamento.

Corroborando com essa idéia, é revelador saber da existência de algumas ações trabalhistas em andamento contra diversas empresas que, usam-na – segundo tais ações – para diminuir custos com empregados em seus direitos trabalhistas e previdenciários. http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2015/04/16/terceirizada-mulher-de-eduardo-cunha-venceu-acao-trabalhista-contra-a-tv-globo.htm.

Por fim, a leitura da noticia referenciada no link acima, nos revela que Cláudia Cunha trabalhou como terceirizada de 1989 a 2001 e ingressou na justiça do trabalho para que fosse reconhecido que – apesar de ter sido terceirizada – o vínculo empregatício comum (e não terceirizado, uma vez que fora imposição da empresa como meio de descaracterizar a relação de trabalho) e, com isso, lhe serem assegurados os direitos trabalhistas e previdenciários decorrentes.

Se pensarmos que caso essa lei das terceirizações estivesse em vigor ela dificilmente teria vencido a ação, o que põe em dúvidas as propaladas vantagens do projeto de Lei pintado como  “algo maravilhoso”, pregado por muitos.

Ao que parece, os trabalhadores estão correndo riscos. Sem debate amplo, um projeto desses pode precarizar as relações de trabalho, causando prejuízos imensos aos trabalhadores. Se permitir o uso da terceirização foco na diminuição de custos e na possibilidade de terceirizar o desempenho de atividades-fim, além dos prejuízos aos trabalhadores, ainda poderá ter efeito residual de reduzir a qualidade dos serviços prestados por profissionais liberais, como professores por exemplo.

Mais uma vez, o discurso raso tenta dar as cartas, soando como o canto da sereia que encanta quem o ouve, retirando-lhe a clareza de julgamento.

P.S.  De igual importância e totalmente relacionado ao tema, foi o julgamento da ADI 1923 pelo Supremo Tribunal Federal, em 15/04/2015.

*Graduando em Administração de Empresas e Pós Graduando em Gestão Pública.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun    

Frase do Dia
“Com o engodo de uma mentira, pesca-se uma carpa de verdade.”William Shakespeare.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários