Café Pequeno

0

Movimento dos Atingidos pela Corrupção

 

Ontem fui ao dentista que me recebeu alegremente exclamando:

– E aí, tudo bem? Vamos trabalhar para garantir o salário do pessoal lá de Brasília? Risos…

 

Parece piada, mas é assim que nós brasileiros nos sentimos quando vemos o fruto do nosso trabalho, traduzindo impostos, além de financiar uma ineficiente máquina pública, ir parar no poço sem fundo da corrupção.

 

Um escândalo sucede o outro e, passado o furor das denúncias, nada acontece, a mídia parte para outra, a vida continua…E quanto a nós, só nos resta trabalhar.

 

Felizmente nem todos pensam assim e já pipocam, aqui e ali, focos de rebeldia que, mesmo não diretamente ligados ao escândalo do momento, já demonstram uma boa dose de insatisfação e cansaço.

 

Estudantes invadem reitorias… sem terra mais fazendas… sem teto prédios e hidrelétricas acompanhados da mais nova sensação do momento:o Movimento dos Atingidos por Barragens. Isto é, quando elas são realmente concluídas o que parece não ser o nosso forte.

 

E nós, pacatos cidadãos, que tal aderirmos a essa onda e criarmos o Movimento dos Atingidos pela Corrupção?

 

Catedral de Brasilia-Foto Ana liborio
 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários