Café Pequeno- Demasiadamente Humano

0

HUMANO  DEMASIADAMENTE  HUMANO…

Assim é o presidente Lula quando resolve falar ao povo brasileiro de improviso e de coração aberto.  Abrindo mão do discurso certo, preparado pela assessoria,  ele  acaba fornecendo farto material para paródias, semanas e semanas de análises, matérias de revistas e jornais.

Agora no episódio da TAM não poderia ser diferente e  seu desabafo simplório, e lugar comum, de que “entrega a alma a Deus quando entra num avião” provoca um sem número de comentários e avaliações.

É o ônus da prática política que persegue quem é impulsivo. Recomenda-se, neste caso, declarações pautadas,  e de caso pensado, como já rezava a cartilha do onipresente na política brasileira, José Sarney, com suas teorias sobre liturgia do cargo.

E nisso o governo Lula tem muito que cuidar pois foi  uma gafe atrás da outra, a começar pela condecoração inoportuna, sem falar em  gestos obscenos  e comentários, tipo blasé, como o da ministra que adquiriu  contorno  macabro após o sinistro. Tudo num momento pra lá de delicado.

E  são desses pequenos detalhes que se alimenta a tal da imprevisibilidade política quando numa reviravolta inesperada,  depois de passar ileso pelas crises do mensalão, sangue-sugas , faz mergulhar numa  temporada de incertezas quem, até então, se achava voando em céu de brigadeiro.

Foto Ana Liborio

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários