Café Pequeno-O Mistério de Feiurinha

0

Outro dia vendo fotos de prédios do centro fiquei chocada com a poluição visual de Aracaju.

 

Infelizmente essa paisagem desalentadora nos é, a cada dia, mais familiar nas cidades.

 

Prédios pichados em áreas degradadas e, com letreiros escritos naquelas comercialmente ativas. Fachadas pintadas de forma inadequada  com tinta à óleo, quase sempre, em cores  berrantes, ao tempo que servem de suporte para propaganda.

 

Nenhum muro, sequer empresas, ou mesmo edifícios residenciais teem sido poupados dos letreiros ou mega banners que a computação gráfica viabilizou.

 

Quanta diferença das cidades antigas com sua programação visual clean, foco na  arquitetura e civilidade.

 

Não é preciso ser especialista para enxergar a diferença. É só olhar fotos antigas de qualquer cidade e comparar.

 

Nenhuma delas resiste a um bom antes e depois.

 

E não há nenhum mistério para tanta feiurinha. Basta acabar com essa mania de escrever nas paredes.

 

Propaganda é para ser feita no papel, jornais, revistas, nas rádios, na TV, na web…

 

Não há nada mais feio que out door em margem de rio, sombreiros e velas de jangada com marca de cartão de crédito ou, ainda, cadeiras de plástico de cervejaria em beira de praia.

 

-Arggg!

 

Poluição visual só se for eletrônica e de preferência em Tóquio ou Time Square.

 

Pare e pense-Aracaju-Foto ana Libório

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários