Caia na gandaia

0

O Brasil respira carnaval, festa que começa hoje e só vai acabar na próxima quarta-feira. Capitais como Rio de Janeiro, Salvador e Recife já vivem o clima carnavalesco há dias, porém Aracaju se fantasia a partir desta sexta para reverenciar o Rei Momo e a Rainha da Folia. Blocos organizados e de lambe-sujos garantem a animação do período, naturalmente à base de muita ‘birita’ para aquecer os foliões. Portanto, a ordem é cair na gandaia. Vale a pena, contudo, tomar alguns cuidados para não precisar se explicar em casa na quarta-feira de cinzas. Desarme o espírito, não aceite provocações, use camisinha e evite dirigir após encher a caveira. No mais, é se esbaldar pra valer, porque ninguém é de ferro. Então, alô, alô, pessoal do alô, cachaça não é água não, mas não se perca de mim, pois o índio quer apito e o arlequim está chorando pelo amor da colombina. Segundo o pierrô apaixonado, quando as pastorinhas, pra consolo da lua, vão cantando na rua lindos versos de amor, é porque já é Carnaval, cidade!

Presentão

Começa a valer a partir desta sexta-feira em Aracaju a taxa de iluminação pública, que vai aumentar de R$ 3,33 a R$ 4,99 a conta de luz da população. Este ‘presentão’, que chega em pleno carnaval, é de autoria do prefeito João Alves Filho (DEM) e dos vereadores que dizem amém a todos os desejos do demista.

Fechados

Hoje é o último dia de funcionamento normal das agências bancárias. Em função do carnaval, os bancos estarão fechados segunda e terça-feira, dias 3 e 4. O atendimento ao público será retomado somente na Quarta-Feira de Cinzas, a partir das 12h. As contas de consumo, como água, energia e telefone, e carnês com vencimento neste período, poderão ser pagas no primeiro dia útil após o feriado, sem acréscimo.

Audiência pública

A Comissão Nacional da Verdade realizará audiência pública em Aracaju no dia 30 de abril próximo. Serão ouvidos depoimentos de vítimas da ditadura militar para o fechamento do relatório sobre os crimes de torturas praticados pela ditadura. A Comissão também receberá do Tribunal de Justiça cópias dos processos referentes a violações dos direitos humanos que tramitaram no judiciário sergipano entre 1946 e 1988.

Lerdeza

Enquanto isso, dorme em algum canto escuro do governo a proposta para criação da Comissão Estadual da Verdade. Sabe-se lá por qual motivo, o Executivo sergipano se omitiu de instalar uma comissão para apurar os crimes praticados em Sergipe contra os direitos humanos. Ou é lerdeza do governo, ou medo de mexer nas torturas praticadas nos porões do Exército durante a ditadura militar.

Reajuste

E o governador Jackson Barreto (PMDB) discutiu ontem com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação sobre o reajuste salarial de 8,32% referente ao ano de 2014. Os educadores também querem receber outros 22,22% não pagos pelo governo em anos anteriores. Ficou agendando um novo encontro para depois do carnaval. Enquanto isso, ninguém do governo fala nadica de nada sobre a vexatória situação dos servidores da administração direta. Uma lástima!

Osso duro

O lendário pistoleiro ‘Chapéu de Couro’ está vivinho da silva, embora toda a imprensa – inclusive este blog – tenha alardeado que ele havia partido dessa pra melhor. Nascido Maurício Guedes, o rei da pistolagem segue internado entre a vida e a morte no hospital São Lucas, após ter sofrido um derrame cerebral na penitenciária. Ontem, a Secretaria estadual da Justiça emitiu nota oficial explicando que foi induzida ao erro pelo advogado do detento.

Sem restrições

O PSDB sergipano reagiu contra notícia dando conta que sua direção nacional proibiu aliança com o DEM. Segundo o secretário geral dos tucanos, José Carlos Machado, o partido não restringe ninguém e está aberto para dialogar sobre as próximas eleições com todas as correntes políticas. Machadão, contudo, faz uma ressalva: o candidato a governador da preferência dos tucanos é o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM).

Novas regras

A Justiça Eleitoral aprovou ontem três resoluções com novas regras para as eleições de outubro. Entre outras coisas, as normas proíbem que  candidatos usem serviços de telemarketing para pedir votos, e sejam identificados por nome relacionados a autarquias ou órgãos públicos, como “Fulano do INSS”. Agora, os partidos só podem substituir candidatos 20 dias antes da eleição. Também é obrigatório que a propaganda eleitoral e os debates na TV tenham legenda ou a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Pernas pro ar

Os servidores da Prefeitura de Aracaju trabalham hoje e só retornarão ao batente na próxima quinta-feira. Para que a galera possa brincar o carnaval pra valer, o prefeito João Alves decretou ponto facultativo na próxima segunda e na quarta-feira de cinzas. Legal!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã em 21 de fevereiro de 1911

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais