Caminhão virado

0

Ainda é cedo para avaliar os estragos que o “propinódromo” do DEM de Brasília pode causar ao partido pelo país afora. A preocupação maior dos democratas é com a possível recusa do PSDB em se coligar com o DEM para as eleições de 2010. Em isso acontecendo, o ex-governador João Alves Filho será um dos grandes afetados, pois não terá em seu palanque o deputado federal Albano Franco e os aliados deste, além de não poder usar na campanha o escandaloso mensalão do PT. As conseqüências do caso Arruda, portanto, são ainda imprevisíveis. É como um caminhão virado, que só se conhece o tamanho dos prejuízos quando se remove tudo que está embaixo das ferragens.

 

Pique da indústria

 

A produção industrial medida pelo IBGE teve crescimento de 2,2% em outubro, impulsionada pelo consumo de veículos e de eletrodomésticos da linha branca. Foi o décimo mês seguido de alta. Com isso, reforça-se a tendência de que o mercado interno continue sustentando o crescimento do setor – para o ano que vem, especialistas projetam que o mercado doméstico responderá por 80% da expansão industrial.

 

Mais tempo

 

A Superintendência da Polícia Civil estenderá a partir de amanhã o horário de atendimento da 1ª Delegacia Metropolitana, em Aracaju. Até o dia 23 próximo, a unidade estará de portas abertas das 8 às 21 horas para atendimento e registros de ocorrências. Durante as festas natalinas, a Polícia Civil estará presente nas áreas comerciais de Aracaju. “Vamos focar principalmente o trabalho no combate ao tráfico de drogas”, promete delegada Katarina Feitoza.

 

Mais barata

 

Aracaju teve em novembro a cesta básica mais barata entre as 17 capitais pesquisas pelo Dieese. O custo dos gêneros essenciais na capital sergipana correspondeu a R$ 167,87, ou seja, 0,17% a menos do que o apurado em outubro passado. A queda no custo da cesta em Aracaju foi influenciada pela redução de preço verificada em seis dos 12 itens pesquisados: açúcar (-6,45%), farinha (-2,58%), manteiga (-0,81%), tomate (-0,67%), leite (-0,62%), carne bovina de primeira (-0,59%). Outros cinco produtos apresentaram aumento em seus preços: feijão carioquinha (6,96%), arroz agulhinha tipo 1 (2,29%), banana (0,47%), café (0,41%), óleo de soja (0,40%). O pão não apresentou variação. 

 

Balanço positivo

 

A Associação dos Dirigentes das Empresas da Indústria Imobiliária de Sergipe – Ademi-SE – e a empresa Êxito Eventos apresentaram ontem para a imprensa o balanço do Salão Imobiliário de Sergipe. Realizado de 4 a 8 do mês passado, no Centro de Convenções de Sergipe, o Salão foi visitado por 10.033 pessoas e movimentou cerca de R$ 130 milhões. “O sucesso do evento mostrou a confiança do consumidor no mercado imobiliário sergipano”, afirmou a presidente da Ademi/SE, Danusa Silva. Ela passa o cargo em janeiro para o empresário Júlio Cezar Silveira.

 

Ortotanásia sem culpa

 

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou projeto de lei que descriminaliza a prática da ortotanásia. Desta forma, quando constatada a irreversibilidade da doença, os médicos poderão deixar de utilizar aparelhos para garantir a sobrevida. Pelo projeto, a prática da ortotanásia somente ocorrerá quando a morte iminente e inevitável for atestada por dois médicos. A ortotanásia é diferente da eutanásia, na qual se induz uma morte rápida para evitar o sofrimento de doente incurável.

 

PEC do diploma

 

E a Comissão de Constituição de Justiça do Senado também aprovou a proposta de emenda à Constituição (PEC) que exige o diploma de jornalista para o exercício da profissão. Ao restabelecer essa condição, o Congresso revê a decisão do Supremo, que acabou com a exigência do diploma. Pela matéria, a habilitação em jornalismo será facultativa para colaboradores e para os profissionais que já tenham registro no Ministério do Trabalho e do Emprego.

 

Campanha no ar

 

Estão no ar os mais recentes filmes da campanha de Natal do Bompreço criada pela Morya Comunicação. A idéia é homenagear a região Nordeste, com seus talentos e riquezas, que leva na essência o universo popular do Nordeste. Além do forte apelo cultural, a comunicação também contempla tudo o que o Bompreço oferece para que as pessoas façam a melhor festa: preços mais baratos, prazos de pagamento diferenciados, além de qualidade e variedade nos sortimentos de produtos.

 

Remédio proibido

 

A Anvisa determinou a apreensão e inutilização do medicamento Poliplexil 250ml. De acordo com resolução da Agência, o remédio é clandestino, não têm registro no órgão e a fabricação atribuída à Empresa Belfare Ltda é falsa. Os medicamentos à base de poliplex são indicados na prevenção e tratamento das deficiências de vitaminas e minerais, na anorexia e nas restrições dietéticas. É particularmente indicado durante regimes de emagrecimento, nos períodos de crescimento rápido e para febres prolongadas.

 

Homenagem da Adas

 

A Associação dos Distribuidores e Atacadistas de Produtos Industrializados de Sergipe (Adas) promove hoje à noite um jantar de confraternização para os seus associados e convidados. Será a partir das 20 horas no Quality Hotel. O presidente da Adas, Juliano Cezar, informou que durante a solenidade será homenageado o empresário Marcos Aurélio Noronha Oliveira, que atuou durante muitos anos no setor supermercadista do Nordeste.

 

Mega acumulada

 

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.131 da Mega-Sena, sorteado ontem, e o prêmio acumulou. No próximo sábado, a loteria pode pagar um prêmio de até R$ 20 milhões ao bilhete que acertar os seis números do concurso 1.132. Desde o início da semana, as lotéricas recebem as apostas para concorrer ao prêmio de R$ 85 milhões estimado para o concurso da Mega-Sena que será realizado no último dia do ano. A cartela de aposta usada na virada será diferente da usada normalmente, mas o valor do jogo simples permanece o mesmo: R$ 2. 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários