Campanha insossa

0

A pandemia da Covid-19 não permitirá que os políticos façam uma campanha eleitoral vibrante. Diante de uma doença que assusta pelo seu elevado grau de mortalidade, não será fácil apimentar a próxima disputa política. Nem mesmo os desempregados devem ganhar alguns trocados para distribuir os famosos “santinhos”. Quem vai querer ter contato com este material? Sobrarão os barulhentos carros de som e o lero-lero no rádio e na televisão. Outro fator que contribuirá para esfriar a campanha será a falta de dinheiro para animar os cabos eleitorais, responsáveis pela compra de votos. Ademais, a rigidez da lei eleitoral e a fiscalização desenvolvida pelo Ministério Público contra quem costuma lavar grana na disputa eleitoral também contribuem para deixar a campanha sem sal. Diante de tudo isso, se preparem para assistir uma campanha pra lá de insossa. Crendeuspai!

Reajuste negado

A Câmara de Aracaju aprovou, ontem, projeto congelando os salários dos futuros prefeito, vice, vereadores e secretários municipais. Para evitar maiores lengalengas sobre o tema, os parlamentares aprovaram a matéria em caráter de urgência. Agora, o projeto deve ser sancionado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Melhor assim!

Datas importantes

O calendário eleitoral tem algumas datas importantes neste mês. A partir do próximo sábado (4), os agentes públicos estão proibidos de nomear, exonerar e contratar pessoal. Também ficam vedadas as transferências de recursos. As convenções partidárias serão realizadas de 20 deste mês a 5 de agosto. Esse período, contudo, pode ser adiado. A partir do próximo 20, os candidatos terão direito de resposta contra a divulgação de conteúdo difamatório, calunioso ou injurioso pelos veículos de comunicação. Fiquem de olho!

Permanece preso

O Tribunal de Justiça negou, ontem, o pedido de habeas corpus em favor do empresário Rodrigo Rocha, que está preso no Complexo Penitenciário Jacinto Filho, em Aracaju. Ele é acusado de matar o empregado Alexandre Santana, 28 anos, com vários tiros na cabeça. O crime ocorreu em janeiro passado, na cidade de Lagarto, mas Rodrigo fugiu e só foi preso em abril, no interior de São Paulo. O empresário tem uma robusta ficha policial. No final da década de 90, ele assassinou o vigilante José dos Santos quando a vítima se encontrava trabalhando no centro de Lagarto. Misericórdia!

Luto

Vítima de Covid-19, morreu, ontem, o cantor e compositor Edgar do Acordeon, 73 anos. Desde a semana passada, ele estava internado na UTI de Cirurgia, em Aracaju. Forrozeiro de mão cheia, Edgar gravou mais de 60 músicas e, nesta época do ano, era muito requisitado para shows em Sergipe, Bahia e Alagoas. Natural da cidade Malhada dos Bois, Edgar também era servidor da Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania. Que a terra lhe seja leve, amigo!

Defesa da democracia

Sindicatos, associações, diretórios e centros acadêmicos da Universidade Federal de Sergipe estão exigindo a realização de uma consulta pública sobre a escolha do reitor e do vice. As entidades discordam que as vontades dos milhares de estudantes, professores e técnicos sejam substituídas por um simples colégio eleitoral especial. Por isso, estão defendendo que seja prorrogada a convocação do citado colégio, visando ampliar a discussão sobre a escolha da nova Reitoria da UFS. Certíssimo!

Fake news

O Senado aprovou o projeto de combate a fake News. De autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania), a polêmica propositura cria a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet, com normas para as redes sociais e serviços de mensagem como WhatsApp e Telegram. Segundo Alessandro Vieira, objetivo do projeto é fortalecer a democracia e reduzir a desinformação e o engano, por meio do combate a informações falsas ou manipuladas nas redes sociais. Então, tá!

Deu pra trás

E o deputado federal Fábio Reis (MDB) desistiu de disputar a Prefeitura de Lagarto. Pelas redes sociais, ele anunciou que o pré-candidato do grupo é o irmão Sérgio Reis (MDB). O parlamentar informou que a decisão foi tomada, após reunião de ambos com o pai Jerônimo Reis e a tia e deputada estadual Goretti Reis (PSD). A principal adversária de Sérgio será a prefeita e pré-candidata à reeleição Hilda Ribeiro (SD), esposa do deputado federal Gustinho Ribeiro (SD). Marminino!

Proibições discutidas

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) reuniu o secretariado para tratar dos cuidados que devem ser observados em respeito à legislação eleitoral. Foram discutidas, principalmente, as limitações relacionadas à contratação de pessoal e a proibição de realização de publicidade oficial. Segundo o gestor aracajuano, a ordem é respeitar integralmente o que determina a legislação para evitar futuros problemas com a Justiça eleitoral. Ah, bom!

Lambanceiro

O senador Rogério Carvalho (PT) lamenta que em apenas um ano e meio do governo Bolsonaro quatro ministros já tenham passado pela Educação. Aliás, a lambança do futuro ex-ministro Carlos Alberto Decotelli virou chacota nas redes sociais. Veja o que escreveu um internauta: “Ora, se para ser embaixador nos Estados Unidos só precisa saber fazer hambúrguer, talvez para ser ministro da Educação basta aprontar pipoca no micro-ondas. Agora, se souber passar leite condensado no pão, aí já pode ser presidente”. Quanta maldade!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Gazeta de Sergipe, em 25 de abril de 1975

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários