Canal Xingó: a hora da bancada federal mostrar para que veio

0

 


“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Desde o ano de 2013 que começaram as reuniões para implantação do Canal Xingó que ficará localizado entre os Estados de Sergipe e Bahia e beneficiará os municípios de Canindé do São Francisco, Poço Redondo, Porto da Folha, Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre de Sergipe, Paulo Afonso e Santa Brígida, na margem direita do rio São Francisco.

O ex-deputado federal José Carlos Machado foi um dos que abraçou a causa e destaca a necessidade da bancada federal de Sergipe se unir a bancada da Bahia para que o projeto comece a andar.

Para se ter uma ideia, o projeto será a redenção para o semiárido sergipano. É como se um rio fosse implantado no local com uma vazão de trinta metros cúbicos por segundo. Será uma revolução, não só garantindo o abastecimento de água na região, mas também para os produtores. Um dos projetos de mais sucesso no mundo, o de Israel, tem o dobro da vazão e mudou o país. Segundo estimativa da Codevasf, o projeto beneficiará 70 mil pessoas, gerando 16 mil empregos diretos e 33 mil indiretos.

Machado entende que se Sergipe fizer apenas com a metade da água, 1/10 do que foi feito em Israel, o Estado seria, sem sombras de dúvidas, um exemplo para o Nordeste. Além disso, Sergipe teria garantida a segurança hídrica para os próximos 60 anos ou mais.

Chegou a hora de unir forças com a Bahia e concretizar um projeto que mudará todo o semiárido sergipano. É preciso mais ação e menos discurso. É preciso pensar mais no coletivo e menos nas ações individuais eleitorais.

É preciso que a bancada federal de Sergipe mostre para o que veio.

 

Projetos menores Para quem não sabe, o projeto Ribeira, em Itabaiana, implantado pela Cohidro, beneficia 6 mil trabalhadores. Tem produtor de batata doce exportando para a Argentina. Já o Jacaré-Curituba espera um aporte de alguns milhões para ser finalizado e beneficiar mais trabalhadores.

Eles estão de volta Não perca, na próxima segunda-feira, 29.

Casa de ferreiro, espeto de pau: há vários meses entulho da obra do terminal da Atalaia jogado na rua. A Emurb não deveriam multar a empresa responsável? Viralizou nas redes sociais ontem, 25, um vídeo de um cidadão revoltado com os entulhos que estão há vários meses na rua ao lado do terminal integrado do Bairro Atalaia, da obra de reforma do local. Sem sinalização e prejudicando a passagem. Se fosse um cidadão comum, que não colocasse uma caixa coletora para os entulhos, seria notificado. Uma vergonha, como bem disse o cidadão! A empresa está recebendo 1 milhão para fazer a obra e deveria ser punida, não é dona Emurb? O vídeo:



Nota MPE/SE A Procuradoria-Geral de Justiça e a Corregedoria Geral do Ministério Público de Sergipe resolveram estabelecer que, enquanto durarem os efeitos da crise pela pandemia da covid-19, “serão considerados meios de comunicação entre os membros do Ministério Público e estes com os setores administrativos, exclusivamente o correio eletrônico oficial e o sistema eletrônico de transmissão de documentos – GED”, conforme recém-editada Portaria Conjunta nº 927/2020.

Nota MPE/SE II O Conselho Nacional do Ministério Público suspendeu os efeitos dos Atos PGJ/Corregedoria-Geral MPSE que estabeleceram a comunicação oficial rápida, através de aplicativo de mensagens via celular. Dessa forma, todos os grupos de aplicativos de mensagens via celular seguem apenas os regramentos da Portaria PGJ nº 836/2020, que prevê que ninguém está obrigado a permanecer em tais grupos de trabalho.

Dividendo do Banese Valor ontem, 25: O conselho de administração do Banco do Estado de Sergipe (Banese) aprovou a proposta de pagamento de dividendos adicionais no montante de R$ 2,742 milhões, relativos a 2019. A proposta foi aprovada com dois votos contrários e apesar da orientação da diretoria do próprio banco de que não fossem pagos dividendos acima do mínimo. 

CDL/SPC volta a atender ao público na segunda, 29 Após o decreto governamental autorizando ao retorno da abertura gradual do comércio em Aracaju e regiões do Estado, a Câmara de Dirigentes Lojista da capital (CDL) comunica ao público em geral e aos associados que o Sistema de Proteção ao Crédito (SPC) – banco de dados sob o controle da entidade – voltará a atender as pessoas presencialmente a partir desta segunda, 29, no horário das 9 às 15h, de segunda a sexta-feira.

JFILHOS vence prêmio Realce Na segunda-feira (22), através de uma transmissão virtual, foi realizada mais uma edição do Prêmio Realce 2020, em Lagarto. Uma das grandes vencedoras do prêmio, sem dúvida alguma, foi a JFILHOS. Além de vencer na Categoria Construtora, a empresa venceu também na Categoria Residencial, com o empreendimento Silvio Romero, que vendeu 100% dos imóveis. Vale destacar que somos uma empresa tricampeã (2018, 2019 e 2020), fruto de um trabalho reconhecido pela transparência, credibilidade, qualidade de suas obras e respeito aos clientes.

Confiança Todo sucesso da empresa em Lagarto foi um reflexo da confiança que a empresa trouxe dos outros empreendimentos imobiliários que cumpriu todos os prazos pré-estabelecidos com os clientes, qualidade de cada material utilizados nas obras, atendimento e preço justo, afirma Anderson Rosa, Diretor Geral do Prêmio Realce.

Equipe “Para nós, Jfilhos, esse prêmio representa o reconhecimento do trabalho desenvolvido por uma equipe do mais alto escalão, temos os melhores profissionais. Além da equipe, nos preocupamos com a qualidade nas obras, afinal, o padrão Jfilhos já é reconhecido no mercado e não podemos falhar! Outra preocupação constante na empresa é a forma respeitosa como lidamos com nossos clientes, afinal, é para garantir a satisfação deles que desenvolvemos nosso trabalho”, conclui Evislan Sousa, Diretor-presidente da Jfilhos.


UTILIDADE PÚBLICA

Externato São Francisco realiza o ‘Arraiá do Chico’ em casa

O tradicional ‘Arraiá do Chico’ realizado pelo Externato São Francisco de Assis para comemorar o mês junino vai ser realizado neste ano diferente, porém, muito animado, solidário e especial como sempre. A festa foi transformada em uma live e todos vão poder acompanhar de casa e se divertir muito com grandes atrações.

A Live que tem o tema ‘Cultura e tradição’ vai ser apresentada pelos jornalistas Fredson Navarro e Marcele Machado, a partir das 17h do dia 8 de julho no canal do Externato São Francisco de Assis no Youtube e ninguém pode perder: https://www.youtube.com/channel/UC7h14KHS8YAm5L5FTXhHwEQ

Conheça mais do externato em:
https://www.facebook.com/Externato-S%C3%A3o-Francisco-de-Assis-207116989394298/

Vão se apresentar os artistas: Fabio Lima, Thiago Sol, Maraísa a Dama do Forró, Mário do Forró e Fabricio Rodrigues. A festa online vai contar ainda com sorteio de brindes e os internautas podem colaborar com o trabalho realizado pela instituição que acolhe crianças carentes através do QR Code.

O Externato São Francisco de Assis é uma instituição que atua juntamente com a Obra Social Frei Caetano de Messina em Aracaju, atendendo crianças de famílias carentes e/ou em situação de vulnerabilidade social ofertando Creche, Educação Infantil. Atualmente, atende crianças, na faixa etária de 2 a 10 anos. O Externato foi fundado em 1964 e é dirigido pelas Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora do Bom Conselho.

Colabore com a obra fazendo doações através das contas: Banco do Brasil Ag.: 3361-8 C/C 411.469-8 ou Banese Ag.: 014 C/C 03.101.146-0. Outras informações através do número (79) 9 9158-6400.


LIVES SERGIPE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Live hoje, 26/06 “Temas do Pacote Anticrime” O Programa “Ministério Público Acadêmico”, iniciativa da Procuradoria-Geral de Justiça, por intermédio da Coordenadoria de Ensino da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), realizará hoje, 26, a partir das 20h, Live sobre “Temas do Pacote Anticrime”. A sétima Live do Programa terá a participação do promotor de Justiça e coordenador Disciplinar da Corregedoria Nacional do Ministério Público (CNMP), Rafael Schwez Kurkowisk, e contará, também, com a exposição da promotora de Justiça e integrante do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPSE, Luciana Duarte Sobral.Transmissão no Instagram: https://www.instagram.com/mpsergipe/

                                                                                                                                                         
Live hoje, 26/06 Programa do Direito do Trabalho em tempos de COVID-19 Este é o tema da live desta semana coordenada pelo defensor público e advogado Elber Batalha Filho nesta sexta-feira, 26, a partir das 19h30. O convidado desta semana é o Conselheiro Federal da OAB e meste em direito Paulo Ralin. Participe por aqui: https://www.instagram.com/elberbatalha

 

 

 


                                                                                                                                                   
Live hoje, 26/06 Palestra Inteligência Motivacional Dentro do Projeto Agrevida, com o tenente Alexandre Soares, idealizador do projeto que baseia-se em 4 pilares de combates: drogas, violência doméstica, pedofilia e suicídio. Hoje, 26, às 20h, pelo instragram: https://www.instagram.com/projetoagrevida



Live Solidária em apoio aos músicos sergipanos A Banda Marcello Rodrigues está promovendo uma Live Solidária para ajudar a classe dos músicos e a população carente de Sergipe por meio de arrecadação de doação de alimentos e produtos essenciais para a sobrevivência de suas famílias. A live, que terá a participação especial dos cantores Pedro Guilherme, Nick Mattos e Lucas Aragão, será realizada no espaço Chica Chaves nesta sexta-feira, 26 de junho, a partir das 19h e será transmitida pelo Youtube oficial: Banda Marcello Rodrigues. Não perca tempo e já se inscreva no canal para acompanhar essa live que será incrível e também para fazer a sua doação.


PELO E-MAIL E FACEBOOK

OPINIÃO

Seja sujeito de você mesmo, nessa Pandemia! Por José Renilson Souza Santos*

Diante a conjuntura mundial que se encontra o mundo, somos bombardeados diariamente com números gigantescos de pessoas infectadas e vidas ceifadas por esse vírus chinês. Vírus esse que imaginávamos estar há anos-luz da nossa realidade cotidiana.

Segundo dados da OMS, o número de casos de COVID-19 nas Américas ultrapassa 4,5 milhões, com 226 mil mortes e na América do Sul, o Brasil superou um milhão de casos de COVID-19, com mais de 50 mil mortes, juntando-se aos Estados Unidos como o único outro país do mundo com casos de seis dígitos.

Não sendo nosso Sergipe Del Rey uma ilha, também temos nosso quantidade de COVID-19, mais de 20 mil pessoas infectadas e 524 óbitos (SES/SE, 24/06/2020).

Em fase dessa realidade não podemos negar os esforços de governadores e prefeitos para frear e/ou amenizar tal pandemia; utilizando-se dos recursos federais (também próprios) para construção de hospitais de campanhas e outros meios em prol da sociedade brasileira e sergipana.

Agora e nós, meros mortais, qual nossa participação diante essa cruel realidade? Estamos com nossa nau(nossas atitudes) no mesmo norte? A favor da vida? Ou nossa bussola só nos guia ao AUXÍLIO EMERGENCIAL?
Tais interrogativas são pertinentes, devido sermos testemunha ocular da FALTA de compreensão e sensibilidade da população, com vagas exceções, em foco desta PANDEMIA.

Precisamos parar de transferir nossas responsabilidades para terceiros, pois somos seres capazes de raciocinar e concluímos que a co- responsabilidade de extinguir esse vírus também é nossa. E sabemos como fazê-lo!

Não estamos querendo que nos tornemos prisioneiro domiciliar, mas que além da higienização pessoal com álcool em gel e detergente, possamos ver a real necessidade de estamos fora de casa. Precisamos ser SUJEITO, também nesse processo e não apenas telespectadores dos noticiários que a cada dia passa o aumentativo de infectados e mortos por esse vírus.

Não há caixa de pandora para contribuirmos com o fim dessa PANDEMIA; há a disponibilidade de nos somarmos: agentes públicos, saúde e sociedade unidos em prol da vida.

Somente com o vírus da COLETIVIDADE é que passaremos por esse vírus!

*Presidente Nacional da ANAEB.


NOTA PUBLICA SINDISAN

Nota Pública de Repúdio à aprovação do PL 4.162/19

O SINDISAN – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e Serviços de Esgotos do Estado de Sergipe –, representando os trabalhadores e trabalhadoras da Deso, da Cohidro e dos SAEEs de Estância, Capela e São Cristóvão, vem a público lamentar e repudiar a aprovação, pelo Senado, do Projeto de Lei 4.162/19, do Poder Executivo federal, que modifica e atualiza o Marco Regulatório do Saneamento Básico no Brasil. Lamentamos, ainda, que da bancada sergipana de senadores, apenas o senador Rogério Carvalho (PT) votou contrário a essa proposta privatista, com os senadores Alessandro Vieira (Cidadania) e Maria do Carmo (DEM) colocando as suas digitais na aprovação da proposta.

A aprovação do referido PL, que atende aos interesses do grande capital privado nacional e internacional, abrindo de vez o setor para a iniciativa privada, enfraquecendo as companhias públicas de saneamento, foi votado em sessão remota do Senado da República em meio a uma pandemia de coronavírus que assola o país, e sem sequer passar pelas comissões temáticas da Casa, indo direto para o plenário. Ao que parece, estão mesmo aproveitando a pandemia para “ir passando a boiada”.

Em seu bojo, o PL 4.162/19, com o subterfúgio de pretender abrir mais espaço à atuação de agentes privados e atrair investimentos no setor, visa, na verdade, em grande medida, fragilizar e destruir as empresas públicas de saneamento das principais cidades do Brasil e desestruturar toda a Política Nacional de Saneamento que foi construída nos últimos 15 anos com muita luta de toda a sociedade. Outro prejuízo gigantesco que o PL causará é a eliminação do subsídio cruzado, que permite às cidades com maior arrecadação financiarem o saneamento em áreas mais pobres. Isso causará um enorme prejuízo para as cidades e populações mais carentes, já que o setor privado, sempre ávido por lucros, não terá interesse em investir nessas áreas. Além disso, o texto aprovado estabelece prioridade no recebimento de auxílio federal para os municípios que efetuarem concessão ou privatização dos seus serviços, tornando claro o estímulo à privatização do setor.

Vale ressaltar que são várias as experiências negativas de gestão privada do setor de saneamento no mundo e mesmo no Brasil, como o caso da malfadada experiência da cidade de Manaus, cujos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário foram privatizados e se mostraram ineficiente e de alto custo para a população. Há 20 anos, a iniciativa privada se instalou na capital amazonense prometendo realizar a universalização do saneamento, mas, ao longo deste período, a empresa produziu melhorias para a cidade e seus cidadãos, mas buscou apenas lucro às custas do sofrimento da população, obrigada a conviver com serviços precários ou até inexistentes em muitas partes da cidade. Essa experiência nefasta, com a aprovação do PL 4.162/19, tende a se repetir em multiplicar por todo o país.

Lamentavelmente, o Senado Federal, com essa aprovação, dá provas de que a força do capital e dos interesses monopolistas privados falaram mais alto que os interesses populares e nacionais, e o projeto de destruição e privatização do patrimônio público brasileiro, encampado pelo atual governo, segue seu caminho perverso.

Neste sentido, reforçamos o nosso repúdio à aprovação do Projeto de Lei 4.162/19, do Poder Executivo federal, e a nossa disposição em continuar a lutar, junto com a Federação Nacional dos Urbanitários, para reverter, pelas vias judiciais, a efetivação dessa proposta.

Dizemos não à privatização da água! Água não é mercadoria, é direito!

SINDISAN

PELO TWITTER

www.twitter.com/ayres_britto A diferença entre o velho e o novo é que o novo se sabe de passagem e o velho teima em se ver como a única passagem.

www.twitter.com/braynerr Infelizmente a atos da justiça que atrapalham a punição de bandidos. A questão grave das rachadinhas vai para o ralo e o Queiroz será solto. Viva o Brasil das ilicitudes…

www.twitter.com/palmeriodoria A propósito do habeas corpus concedido a Flávio Bolsonaro, lembro uma frase do avô do atual presidente do Banco Central, tão entreguista que o chamavam de Bob Fields: “Certas vitórias parecem o prenúncio de uma grande derrota. É um amanhecer que não canta”.

www.twitter.com/congemfoco O desmatamento em 2020 será maior do que em 2019, ano em que o Brasil registrou recorde de derrubada de vegetação nos últimos 10 anos, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.


Siga Blog Cláudio Nunes:                                       
  

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“A felicidade ou infelicidade dos homens depende não menos do seu temperamento do que de sua fortuna.” La Rochefoucauld, 1665.

 

https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2020-06/papa-francisco-doacao-bicicleta-eletrica-unitalsi-leilao-crianca.html

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários