Câncer de votos

0

Câncer de votos

Enquanto portadores de câncer agonizam sem atendimento porque o acelerador linear do hospital de Cirurgia está quebrado, a classe política bate boca para saber quem é o pai do inexistente hospital do câncer. Em vez de reivindicarem recursos para equipar o setor de oncologia do Hospital de Urgência de Sergipe, alguns políticos preferem pousar para fotos defendendo um projeto com feição eleitoreira. Todos sabem que não será fácil arrancar R$ 60 milhões do governo federal para construir o hospital, porém falam como se a obra já fosse uma realidade. Na verdade, estão torcendo que, assim como o câncer provoca o crescimento desordenado das células, o ilusório hospital multiplique seus votos nas próximas eleições. Sabem que a unidade hospitalar em questão não ficará pronta – se ficar um dia – a tempo de salvar quem já padece de câncer, mas promovem pirotecnia para conquistar o apoio das famílias dos doentes. Isso é, no mínimo, desumano.

Desejo adversário

O prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo (PMDB), encheu o ego do governador Marcelo Déda (PT), seu adversário político, ao lhe desejar saúde para continuar tocando o governo e para cumprir um futuro mandato de senador. Foi ontem em Itabaiana, durante as inaugurações de uma clínica da saúde e de um sistema de bombeamento de um perímetro irrigado. O desejo de Bispo fez Déda abrir um largo sorriso.

Juntos e separados

Durante as solenidades de inaugurações, o prefeito Luciano Bispo e sua adversária deputada estadual Maria Mendonça (PSB) estiveram o tempo todo ao lado do governador. Na hora do almoço, contudo, os três se separaram, pois Déda foi almoçar na residência da parlamentar, que, naturalmente, não convidou o adversário para o supimpa rega bofe.

Juizado feminino

A secretária nacional de Política para as Mulheres, Iriny Lopes Cobra, esteve ontem com o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Alves Neto, para pedir urgência na criação do Juizado Especial de Atendimento à Mulher. Iriny veio a Aracaju participar, ontem à noite, da abertura da III Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres. A etapa Nacional da Conferência está prevista para dezembro, em Brasília.

Cheia anunciada

A população ribeirinha de Sergipe deve botar as barbas de molho. É que a Chesf anunciou que os reservatórios de Três Marias (MG), Sobradinho e Itaparica – todos na Bahia – estão cheios e deverão liberar parte da água rio São Francisco abaixo. Em isso acontecendo, Xingó também precisará abrir suas comportas, liberando grande volume d’ água que inundará as comunidades ribeirinhas de Sergipe.

Natimorto

O Partido dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores da Iniciativa Privada do Brasil (PSPB) morreu antes de nascer. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu ontem o pedido de registro por considerar que a sigla em formação não cumpriu os requisitos legais mínimos para a sua criação. Entre essas exigências não atendidas pelo PSPB está a comprovação de apoio mínimo nacional de eleitores correspondente a 0,5% dos votos válidos dados para a Câmara dos Deputados nas últimas eleições.

Braços cruzados

Os servidores da Deso paralisam hoje as atividades na sede da empresa. Eles protestam contra a demora da estatal em responder a proposta salarial da categoria. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Deso, Sérgio Passos, o governo está tratando com descaso as reivindicações dos empregados. No próximo sábado haverá uma assembléia da categoria, que pode deliberar pela greve por tempo indeterminado.

Hitler caboclo

E quem não gostou das insinuações do deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) contra o PT foi o também deputado estadual João Daniel (PT). Segundo o petista, “a história do PT é de sangue, suor e luta dos trabalhadores, como Chico Mendes e tantos outros que deram sua vida para construir esse partido”. Daniel também comparou Augusto a Hitler e os nazistas, “que faziam de uma mentira uma verdade por repeti-la várias vezes para ludibriar o povo". Misericórdia!

Agricultura familiar

O deputado federal Márcio Macedo (PT) participou da reunião da bancada do PT com o ministro Afonso Florence, do Desenvolvimento Agrário, para tratar sobre agricultura familiar. Segundo o petista, 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são produzidos pela agricultura familiar, 74% da mão de obra empregada no campo atuam neste setor e 24% da área cultivada produz alimentos da agricultura familiar, que contém menos agrotóxico e que responde por 34% do PIB rural.

Do baú político

Em 1950, o líder político Francisco de Araújo Macedo (PTB) tentou de tudo para se eleger governador do Estado. Para tanto, segundo narra o professor Ibarê Dantas em seu livro “Os Partidos Políticos em Sergipe”, Macedo usou e abusou dos aparelhos da Previdência Social, graças à sua boa relação com o governo de Getúlio Vargas (PTB). “O assistencialismo adquiria maior eficácia na medida em que ele associava suas idiossincrasias de figura excêntrica com tiradas popularescas”, escreve Ibarê. De fato, Francisco Macedo não tinha papas na língua. Em seus discursos, descia a madeira nos adversários. Para se ter uma idéia de como o líder político estanciano era demagogo, num de seus concorridos comícios na Praça Fausto Cardoso, ele prometeu que se eleito promoveria para os operários um baile de tamancos no salão nobre do Palácio Olímpio Campos. Não conseguiu cumprir a promessa, pois foi derrotado pelo candidato do PSD, Arnaldo Rollemberg Garcez.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais